O Dia do Juízo

download

of 56

  • date post

    23-Jul-2016
  • Category

    Documents

  • view

    213
  • download

    1

Embed Size (px)

description

Quando Iniciar o Dia do Juzo? Quanto Tempo Durar o Dia do Juzo? Como Ser o Julgamento no Dia do Juzo? O Que Acontecer Depois do Dia do Juzo?

Transcript of O Dia do Juízo

  • O Dia do Juzo

    2

    O DIA DO JUZO

    Edinaldo Nogueira E-mail: nogueira.edinaldo@gmail.com

    (caso queira fazer alguma refutao por escrito pode enviar para o e-mail)

  • O Dia do Juzo

    3

    Dedicatria

    Dedico este livro a Deus e Pai de nosso

    Senhor Jesus Cristo que me concedeu graa. A Ele

    seja a glria para todo sempre em Cristo Jesus no

    poder do Esprito Santo!

    minha dignssima e amada esposa, Claudete

    Nogueira, por sua compreenso e amor e aos nossos

    filhos Letcia e Renan e a sua esposa Aline.

    Aos meus pais, Paulo e Marleide e meus

    queridos irmos e irms: Edileuza, Ftima, Ednardo,

    Edvaldo, Eduardo e Paula.

    todos os amados irmos em Cristo que

    amam, assim como eu, a escatologia bblica, em

    especial aos amados irmos da congregao Shekin

    da Assembleia de Deus, atualmente supervisionada

    pelo Pb. Cristvo Arago, que me deram o

    privilgio de ministrar sobre O Dia do Juzo na

    Semana Escatolgica no dia 17 de Setembro de 2015.

    A todos os leitores dedico este livro.

  • O Dia do Juzo

    4

    NDICE

    Introduo ....................................................................................... 05

    Quando Iniciar o Dia do Juzo ....................................................... 07

    Quanto Tempo Durar o Dia do Juzo ............................................. 28

    Como Ser o Julgamento no Dia do Juzo......................................... 33

    O Que Acontecer Depois do Dia do Juzo ...................................... 52

  • O Dia do Juzo

    5

    INTRODUO

    Nesse livro escreverei sobre o Dia do Juzo que chamamos de Juzo

    Final, muito embora tal expresso no se encontre nas Escrituras Sagradas,

    mas uma expresso j adotada por todos os cristos e que se refere ao

    mesmo Dia do Juzo.

    Neste livro, possivelmente, irei escrever algumas coisas que pode at

    ser diferente do que a maioria dos cristos tenha lido ou ouvido acerca do

    juzo, e talvez entre em choque com o velho sistema j estabelecido de

    interpretao escatolgica.

    Porm, peo aos meus leitores que no fiquem chateados e nem

    confusos, pois a escatologia assim mesmo, uma doutrina complicada e

    frtil que nos permite uma vasta interpretao. O apstolo Pedro disse

    ...que nenhuma profecia da Escritura de particular interpretao (2 Pe 1.20). Ento ningum, em particular, tem a chave correta de interpretao,

    mas falamos segundo aquilo que entendemos e compreendemos.

    Sabendo que a escatologia uma doutrina em aberto, todos ns

    poderemos est equivocados em nossas interpretaes, e os cristos da

    gerao futura podero ter um entendimento melhor dessa doutrina querida

    e amada.

    At mesmo eu, no momento em que for envelhecendo, mas

    avanando em meus estudos meticulosos da profecia vejo meu

    entendimento se modificando em alguns pontos que ainda no estavam bem

    claros para mim. Por isso que eu escreverei algumas coisas paradoxais com

    meus escritos anteriores, principalmente no que diz respeito as naes no

    Milnio.

    Eu espero que tambm, o meu querido leitor, avance no seu modo de

    entender e interpretar assuntos escatolgicos.

    Edinaldo Nogueira,

    06 de outubro de 2015,

    Fortaleza, CE

  • O Dia do Juzo

    6

    O DIA DO JUZO

    2 Pedro 3.7-14:

    [7] Mas os cus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo,

    at o dia do juzo, e da perdio dos homens mpios.

    [8] Mas, amados, no ignoreis uma coisa, que um dia para o

    Senhor como mil anos, e mil anos como um dia. [9] O Senhor

    no retarda a sua promessa, ainda que alguns a tm por tardia;

    mas longnimo para conosco, no querendo que alguns se

    percam, seno que todos venham a arrepender-se. [10] Mas o

    dia do Senhor vir como o ladro de noite; no qual os cus

    passaro com grande estrondo, e os elementos, ardendo,

    se desfaro, e a terra, e as obras que nela h,

    se queimaro.

    [11] Havendo, pois, de perecer todas estas coisas, que pessoas

    vos convm ser em santo trato, e piedade, [12] Aguardando, e

    apressando-vos para a vinda do dia de Deus, em que os cus,

    em fogo se desfaro, e os elementos, ardendo, se fundiro?

    [13] Mas ns, segundo a sua promessa, aguardamos novos cus

    e nova terra, em que habita a justia. [14] Por isso, amados,

    aguardando estas coisas, procurai que dele sejais achados

    imaculados e irrepreensveis em paz.

  • O Dia do Juzo

    7

    CAPTULO I

    QUANDO INICIAR O DIA DO JUZO

    O Dia do Juzo ter inicio com a vinda do dia do Senhor

    abemos disso por causa das prprias palavras de Pedro

    ao compararmos o versculo 7 com o versculo 10.

    2 Pedro 3.7,10: [7] Mas os cus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam

    como tesouro, e se guardam para o fogo, at o dia

    do juzo, e da perdio dos homens mpios. [10] Mas o dia do Senhor vir como o ladro de noite;

    no qual os cus passaro com grande estrondo, e os

    elementos, ardendo, se desfaro, e a terra, e as

    obras que nela h, se queimaro.

    Devemos nota que no Dia do Juzo o fogo do Dia do

    Senhor no pulverizar a Terra, mas causar uma grande

    destruio na natureza trazendo runa aos mpios. A terra est

    sendo reservada como tesouro, e no como palha ou madeira, nesse caso o fogo purificar a terra destruindo os mpios e suas

    construes e sistemas. Pedro compara essa destruio ao

    Dilvio dos dias de No onde o justo No e sua famlia

    sobreviveram e a Terra foi purificada com o afogamento dos

    mpios e violentos (2 Pe 3.6,7).

    Portanto, no Dia do Juzo haver uma grande assolao nos

    cus e na terra e que isso ir acontecer no Dia do Senhor. Ento,

    o Dia do Juzo vai iniciar no Dia do Senhor. E o Dia do Senhor

    a vinda de Jesus Cristo.

    O Dia do Senhor a vinda de Jesus.

    hegamos a essa definio por compararmos 2 Pedro

    3.10 com Apocalipse 16.15.

    S

    C

  • O Dia do Juzo

    8

    2 Pedro 3.10: Mas o dia do Senhor vir como o ladro de noite.... Apocalipse 16.15: Eis que venho como ladro. Bem-aventurado aquele que vigia, e guarda as suas

    roupas, para que no ande nu, e no se vejam as

    suas vergonhas.

    Ora se o Dia do Senhor vem como ladro e o Senhor Jesus

    vem como ladro, isto , de surpresa, isso significa que a vinda

    de Jesus e o dia do Senhor so a mesma coisa.

    Mateus 24.29,30 descreve a vinda do Senhor Jesus nesses

    termos...

    E, logo depois da aflio daqueles dias, o sol escurecer, e a lua no dar a sua luz, e as estrelas

    cairo do cu, e as potncias dos cus sero

    abaladas. Ento aparecer no cu o sinal do Filho

    do homem; e todas as tribos da terra se lamentaro,

    e vero o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do

    cu, com poder e grande glria.

    Esse evento visvel, poderoso e glorioso acontecer no dia

    e na hora que ningum sabe, nem os anjos do cu, mas unicamente meu Pai (Mt 24.36), disse Jesus. E o compara ao Dilvio dizendo:

    Mateus 24.38,39: ... at ao dia em que No entrou na arca, e no o perceberam, at que veio o dilvio,

    e os levou a todos, assim ser tambm a vinda do

    Filho do homem.

    Assim como o Dilvio muito embora visvel, mas

    iminente, assim tambm ser a vinda do Senhor Jesus, por isso

    que Cristo compara a Sua vinda com a vinda do ladro a noite.

  • O Dia do Juzo

    9

    Mateus 24.43,44: Mas considerai isto: se o pai de famlia soubesse a que viglia da noite havia de vir o

    ladro, vigiaria e no deixaria minar a sua casa.

    Por isso, estai vs apercebidos tambm; porque o

    Filho do homem h de vir hora em que no

    penseis.

    Semelhantemente, Paulo descrevendo a vinda do Senhor

    onde os santos sero ressuscitados e arrebatados e os mpios

    destrudos de modo iminente a chama de Dia do Senhor e a

    compara como o ladro de noite.

    Porque o mesmo Senhor descer do cu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de

    Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitaro

    primeiro. Depois ns, os que ficarmos vivos,

    seremos arrebatados juntamente com eles nas

    nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim

    estaremos sempre com o Senhor. Mas, irmos,

    acerca dos tempos e das estaes, no necessitais de

    que se vos escreva; Porque vs mesmos sabeis muito

    bem que o dia do Senhor vir como o ladro de

    noite; Pois que, quando disserem: H paz e

    segurana, ento lhes sobrevir repentina

    destruio, como as dores de parto quela que est

    grvida, e de modo nenhum escaparo. (1 Ts 4.16-5.3).

    Portanto, se o Dia do Senhor a vinda de Jesus, e o Juzo

    iniciar exatamente nesse Dia isso significa que o Dia do Juzo

    tem inicio com a vinda de Jesus Cristo.

    O Dia do Juzo tem inicio com a vinda do Senhor Jesus

    uando Cristo voltar, ele j vem trazendo o juzo.

    Vamos ver isso mais claramente na epstola de Judas. Q

  • O Dia do Juzo

    10

    Judas 14,15: ... Eis que vindo o Senhor com milhares de seus santos [anjos]; Para fazer juzo

    contra todos e condenar dentre eles todos os mpios,

    por todas as suas obras de impiedade, que

    impiamente cometeram, e por todas as duras

    palavras que mpios pecadores disseram contra ele.

    E tambm as palavras de Paulo a Timteo no deixa

    dvidas de que o Juzo estabelecido na vinda do Senhor Jesus.

    2 Timteo 4.1: ...Senhor Jesus Cristo, q