O INGLÊS EM ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO · PDF fileo inglÊs em atividades de...

Click here to load reader

  • date post

    01-Dec-2018
  • Category

    Documents

  • view

    212
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of O INGLÊS EM ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO · PDF fileo inglÊs em atividades de...

  • .

    UNIVERSIDADE DE LISBOA

    FACULDADE DE LETRAS

    DEPARTAMENTO DE ESTUDOS INGLESES E AMERICANOS

    O INGLS EM ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR.

    ELF E ORIENTAES PROGRAMTICAS NO 1 CICLO

    DO ENSINO BSICO.

    ISABEL MARIA PEDROSA DOS SANTOS GRAA

    MESTRADO EM ESTUDOS INGLESES E AMERICANOS

    2013

  • UNIVERSIDADE DE LISBOA

    FACULDADE DE LETRAS

    DEPARTAMENTO DE ESTUDOS INGLESES E AMERICANOS

    O INGLS EM ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR.

    ELF E ORIENTAES PROGRAMTICAS NO 1 CICLO

    DO ENSINO BSICO.

    Dissertao orientada por

    Professora Doutora Maria Lusa Fernandes Azuaga

    ISABEL MARIA PEDROSA DOS SANTOS GRAA

    MESTRADO EM ESTUDOS INGLESES E AMERICANOS

    2013

  • III

    Agradecimentos

    O processo acadmico de investigao e escrita foi vivido de forma desafiadora

    e dolorosa: o tempo, inexorvel, decorria e nem sempre o ritmo desejado era constante;

    porm, a Professora Maria Lusa Fernandes Azuaga mostrou uma total disponibilidade

    para orientar e discutir, de modo paciente e cuidadoso, tanto as dvidas mais bsicas,

    como as opes fundamentais para a minha pesquisa. Sustentadamente, compeliu-me a

    avanar, acompanhando e animando-me. A sua presena fez-se sentir, no s

    fisicamente, como tambm recorrendo a uma dinmica prpria do sculo XXI, i.e.

    virtualmente, atravs de Skype e redes sociais.

    Assim, Professora Maria Lusa Fernandes Azuaga asseguro o primeiro

    agradecimento e a expresso de uma vontade de continuar a trabalhar nas reas de

    conhecimento que me mostrou existirem.

    famlia prxima, agregada por laos de amor e vida vivida, os agradecimentos

    pela compreenso, ajuda e estmulo constantes. Nem sempre foi emocionalmente

    pacfica a gesto de tempos de estudo com momentos de lazer e celebraes familiares;

    contudo, a qualidade sobreps-se quantidade. Em especial, s trs filhas e quatro netos

    expresso a gratido e testemunho que o estudo, investigao e luta pelos sonhos so a

    estrutura axial da vida.

    famlia dos afetos, construda pelo desenrolar da existncia e pelos seus

    momentos marcantes, manifesto apreo por terem contribudo para um equilbrio

    emocional que me fez sentir feliz pelas opes que fui construindo, nomeadamente a de

    voltar Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e ingressar no Mestrado de

    Estudos Ingleses e Americanos. A partilha de sentimentos, sugestes de leituras e

    metodologias, sobretudo por parte de quem trilhava o mesmo caminho de investigao,

    foram alavancas de conforto e nimo.

  • IV

    Neste processo mental de expresso de reconhecimento, no posso deixar de

    mencionar os Professores e Professoras que acompanharam o meu percurso nos

    diversos seminrios: as suas sugestes e crticas sinalizaram caminhos possveis de

    serem percorridos posteriormente. Para colegas, igualmente, uma palavra especial por

    cumplicidades e amizades construdas.

    Um agradecimento abrangente devido a docentes, em geral, e de AEC em

    particular, com quem partilhei experincias, procurando responder s expectativas de

    jovens aprendentes no seu primeiro contacto com a lngua inglesa. Particularmente,

    saliento os profissionais que, respondendo ao inqurito que lhes apresentei, ajudaram a

    construir o estudo a que me propunha e que agora apresento.

    Miss Butler, minha primeira professora de ingls, tributo o ltimo

    agradecimento por me ter desvendado a beleza e dinmica da lngua inglesa.

  • V

    Resumo

    Em Portugal, desde 2006/07, as Atividades de Enriquecimento Curricular

    tornaram-se uma realidade para jovens aprendentes. O ingls passou a ser ensinado a

    alunos dos quatro anos do 1 ciclo do ensino bsico, comeando estes a aprender a

    lngua mais cedo do que, antes, outras geraes.

    Esta dissertao pretende focar estas evidncias e refletir sobre aspetos

    relacionados com o ingls, a um nvel global, e abordagens relacionadas com

    metodologia e prticas do seu ensino nas referidas Atividades.

    A investigao apresentada baseia-se numa conceptualizao nova do ingls,

    English as a lingua franca, um bem partilhado e escolhido por falantes de diferentes

    lnguas maternas, em busca de uma intercomunicao eficiente que, por todo o mundo,

    e particularmente na Europa, se tem vindo a impor.

    Considerando grandes desenvolvimentos tecnolgicos, apresentam-se

    consideraes acerca do fenmeno da globalizao e a forma como esta transformou a

    comunicao numa realidade de fcil acesso, onde redes sociais e internet mudaram a

    relao entre conhecimento e aprendizagem, a escola e ligaes fora dela, inclusive a

    sua validao.

    Aps uma abordagem global, prevalecem as questes educativas e o facto de

    Portugal ser membro de organizaes, instituies internacionais e europeias,

    influenciadoras do seu contexto poltico e educativo; so delineadas, portanto, linhas

    mestras de orientao pedaggica supranacionais, instrumentos de monitorizao,

    prioridades e estratgias da educao no pas.

    Por fim, analisa-se o caso particular da aprendizagem precoce do ingls,

    recorrendo-se aplicao de um questionrio a professores da disciplina, procurando a

  • VI

    sistematizao das suas respostas, atitudes e escolhas sobre a importncia destas

    atividades na motivao dos alunos para a aprendizagem e utilizao de ingls.

    Embora limitado a professores da regio de Lisboa, este estudo evidencia novas

    abordagens educativas face ao preconizado pelo Ministrio da Educao, equacionando-

    as com tendncias atuais sobre o desenvolvimento da lngua inglesa.

    Palavras-chave: globalizao, comunicao, ELF, jovens aprendentes, AEC.

  • VII

    Abstract

    In Portugal, since 2006/07, Curricular Development Activities have become a

    reality for young learners. Nowadays, English is taught to pupils of all four years of

    schooling of the Portuguese first cycle of basic education, thus they study the English

    language earlier than other generations before.

    This dissertation aims at focusing these evidences and reflects upon aspects

    related to English at a global level and approaches related to methodology and practice

    of the teaching of English in such Activities.

    This investigation is based upon a new conceptualization of English, English as

    a lingua franca (ELF), a shared asset accepted and chosen by speakers of different

    mother languages, in search of a clear and efficient intercommunication, which has

    imposed itself everywhere, and particularly in Europe.

    Considering major technological developments, reflections are presented on

    globalization and on the way it turned communication into a much easier reality, where

    social networks and internet changed the relationship between knowledge and

    apprenticeship; between school and connections outside it, including their due

    validation.

    After a global approach, educational issues prevail as well as the fact that

    Portugal belongs to international and European organisations and institutions, which

    influence political and educational contexts; thus supranational pedagogical orientation

    guidelines, monitoring instruments and strategies in the national education are drawn.

    Lastly, the particular case of early apprenticeship of English in Portugal is

    analysed, based on a questionnaire addressed to teachers of this subject, searching the

    systematization of their answers, choices and attitudes on the importance of these

    activities in motivating students for the learning and use of English.

  • VIII

    Although limited to professionals from the Lisbon area, this study highlights

    new approaches in relation to what the Ministry of Education rules, questioning them,

    regarding current trends on the development of the English language.

    Keywords: globalization, communication, ELF, young learners, AEC.

  • IX

    ndice

    Agradecimentos. III

    Resumo... V

    Abstract..

    VII

    Lista de figuras... XI

    Lista de quadros. XII

    Lista de grficos. XII

    Lista de abreviaturas.. XIII

    Introduo.

    1

    1. O mundo atual e o novo estatuto do ingls 7

    1.1.Globalizao: complexidades e manifestaes... 8

    1.2. A lngua inglesa, um recurso de comunicao global 12

    1.3.Ingls, internacionalizao e modelos de expanso 16

    1.4. Novas abordagens no estudo da lngua: ELF. 25

    2. Ensino do ingls, recomendaes e opes...

    32

    2.1. Organizaes internacionais e seu contexto funcional.. 33

    2.2. Orientaes lingusticas supranacionais..... 36

    2.3. Instrumentos de monitorizao . 47

    2.4. Prioridades e estratgias no domnio da educao em Portugal... 50

  • X

    3. A disciplina de Ingls em AEC.

    59

    3.1. Linhas mestras de orientao pedaggica das AEC.. 60

    3.2. Estudo sobre viso e desempenho de profissionais em AEC. 70

    3.2.1. Descrio do questionrio... 71

    3.2.2. Anlise das respostas do questionrio..... 72

    Concluso...

    81

    Referncias bibliogrficas..

    88

    Apndice

    94

  • XI

    Lista de figuras

    Figura 1 O mapa-mundo de Strevens. 21

    Figura 2 Os crculos concntricos de Kachru. 22

    Figura 3: O crculo de McArthur. 23

    Figura 4 Os crculos centrpetos de Modiano. 24

    Figura 5 O modelo de Brutt-Griffler. 24

    Figura 6 UNESCO Relatrio de Monitoramento Global 2011

    Educao para Todos: A