PUBLICIDADE JORNAL DE · PDF file acessível, vasto portefólio. Quali-dade...

Click here to load reader

  • date post

    19-Jul-2020
  • Category

    Documents

  • view

    1
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of PUBLICIDADE JORNAL DE · PDF file acessível, vasto portefólio. Quali-dade...

  • pág. 5

    PUBLICIDADE

    JORNAL DE SINTRA PUBLICAÇÕESPERIÓDICASAUTORIZADOA CIRCULAREM INVÓLUCROFECHADODE PLÁSTICOOU PAPELPODE ABRIR-SEPARA VERIFICAÇÃOPOSTALTAXA PAGAPORTUGALSintra S. Pedro de Penaferrim / S. João das Lampas

    Feira Medieval e Exposições Caninas dão colorido a Sintra

    O concelho de Sintra em época de Verão é local privilegiado para apreciar a sua beleza natural e as múltiplas actividades que proliferam nesta terra considerada Património Mundial da Humanidade. De realçar que em S. Pedro de Penaferrim se vai realizar mais uma Feira Medieval de 29 a 31 de Julho; em S. João das Lampas a 30.ª Exposição Canina Nacional de Sintra e a 28.ª Exposição Canina Internacional de Sintra a 30 e 31; na Correnteza, Sintra, estará patente ao público mais uma Feira do Livro até 31 de Julho; e em Colares permanece a Exposição de Vinho de Colares até 13 de Novembro. Em vários locais haverá pontos de interesse cultural e gastronómico que darão aos visitantes prazer e vivência cultural.

    PROPRIEDADE: TIPOGRAFIA MEDINA, SA - ANO 77 - N.º 3897 PREÇO AVULSO 0,60 (c/ IVA) DIRECTORA: IDALINA GRÁCIO DE ANDRADE SEXTA-FEIRA, 22 DE JULHO DE 2011

    SEMANÁRIO REGIONALISTA INDEPENDENTE ANTÓNIO MEDINA JÚNIOR (fundador) e JORNAL DE SINTRA galardoados com a Medalha de Mérito Municipal (Grau Ouro)

    PUB.

    pág. 12

    Negrais Festas religiosas prosseguem em Almargem do Bispo até Outubro

    pág. 4

    Almoçageme Praia da Adraga tem apoio para pessoas de reduzida mobilidade

  • 2 JORNAL DE SINTRASEXTA-FEIRA 22 DE JULHO DE 2011 OPINIÃO

    PUB.

    Câmara Municipal de Sintra

    Notificação para efeitos de audiência dos interessados

    Para efeitos do disposto no artigo 71.º do Decreto-Lei n.º 555/ /99, de 16 de Dezembro, com a redacção que lhe foi dada pelo Decreto-Lei n.º 177/2001, de 04 de Junho, Lei n.º 60/2007, de 04 de Setembro e D.L. n.º 26/2010, de 30 de Março, e, com base no disposto no artigo 70.º do Decreto-Lei n.º 442/91, de 15 de Novembro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 6/96, de 31 de Janeiro, notificam-se todos os interessados no alvará de loteamento n.º 70/92, em nome de Luís Manuel Gaspar Canas Pereira e Outra, sito em Vale Mourão, freguesia de Rio de Mouro, para pronúncia por escrito, no prazo de 10 dias sobre a Proposta de Declaração de Caducidade da Licença de Loteamento, promovida por esta Câmara. O processo de loteamento encontra-se disponível na Câmara Municipal de Sintra, Departamento de Urbanismo, Praça Afonso Henriques, na Portela de Sintra. Os interessados poderão consultar o processo de loteamento, proposta de declaração de caducidade da licença de loteamento e informações técnicas elaboradas pelos serviços municipais que a consubstanciaram, documentos que fazem parte integrante do processo de loteamento, podendo pronunciar-se em requerimento dirigido ao Presidente da Câmara Municipal de Sintra.

    Sintra, 30 de Junho de 2011.

    O Director Municipal do Planeamento Estratégico e Urbanismo,

    Por delegação de competências (Despacho n.º 51 – P/2010)

    Arq. Luís Ferreira

    PUB. JORNAL DE SINTRA, 22-07-2011 PUB.

    Câmara Municipal de Sintra

    Notificação para efeitos de audiência dos interessados

    Para efeitos do disposto no artigo 71.º do Decreto-Lei n.º 555/ /99, de 16 de Dezembro, com a redacção que lhe foi dada pelo Decreto-Lei n.º 177/2001, de 04 de Junho, Lei n.º 60/2007, de 04 de Setembro e D.L. n.º 26/2010, de 30 de Março, e, com base no disposto no artigo 70.º do Decreto-Lei n.º 442/91, de 15 de Novembro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 6/96, de 31 de Janeiro, notificam-se todos os interessados no alvará de loteamento n.º 71/92, em nome de Adelaide Maria Gaspar Canas Pereira Antunes e Outro, sito em Vale Mourão, freguesia de Rio de Mouro, para pronúncia por escrito, no prazo de 10 dias sobre a Proposta de Declaração de Caducidade da Licença de Loteamento, promovida por esta Câmara. O processo de loteamento encontra-se disponível na Câmara Municipal de Sintra, Departamento de Urbanismo, Praça Afonso Henriques, na Portela de Sintra. Os interessados poderão consultar o processo de loteamento, proposta de declaração de caducidade da licença de loteamento e informações técnicas elaboradas pelos serviços municipais que a consubstanciaram, documentos que fazem parte integrante do processo de loteamento, podendo pronunciar-se em requerimento dirigido ao Presidente da Câmara Municipal de Sintra.

    Sintra, 5 de Julho de 2011.

    O Director Municipal do Planeamento Estratégico e Urbanismo,

    Por delegação de competências (Despacho n.º 51 – P/2010)

    Arq. Luís Ferreira

    PUB. JORNAL DE SINTRA, 22-07-2011

    Obama, Portugal, a Grécia e a lógica cruel da política

    ui um dos milhões de europeus que festejaram a eleição de Barack Obama para a Presidência dos Estados Unidos, e ainda não me arrependi de ter tido essa reacção. Foi uma eleição histórica por razões que transcendem a própria política, mas a

    José Jorge Letria

    F política é como é e leva os políticos a fazerem e a dizerem coisas injustas e impróprias, sobretudo quando precisam de assegurar a reeleição. Barack Obama, que perdeu votos à esquerda e à direita e tenta agora recuperar a popularidade perdida, está disposto a tudo, ou pelo menos a quase tudo, para continuar na Casa Branca. Talvez por isso tenha afirmado que os Estados Unidos não são Portugal nem a Grécia. Se um dos seus trisavós tivesse nascido num destes países, como parece ter acontecido na Irlanda, talvez tivesse pensado duas ve- zes antes de fazer essa afirmação. O Presidente norte-americano não deu ao mundo nenhuma novidade. Todos sabemos que os EUA não são Portugal nem a Grécia, pelas piores e pelas melhores razões. Os Estados Unidos não inventaram a democracia nem des- cobriram o Brasil ou o caminho marítimo para a Índia, embora devam muito a uns e a outros. Sem eles, ninguém sabe o que seriam hoje, sobretudo por serem uma nação ainda jovem, rica, superpotência militar, mas já com sinais de crise interna e de declínio que a fazem tremer ante o crescimento imparável dos BRIC e sobretudo da imensa China, que foi de Mao e é agora do mais desenfreado e implacável capita- lismo de Estado, ou, se preferir, socialismo de mercado expansionista. O que Barack Obama poderia ter dito é de que forma os Estados Unidos, com a brutal crise que por lá eclodiu em 2008, contribuíram para que países como Portugal, a Grécia e a Irlanda estejam hoje na situação em que estão, seguidos de muito perto, nesta amarga sina, pela Espanha e pela Itália. Os próprios Estados Unidos, cuja lógica interna dos mercados e dos esquemas predatórios foi tão exemplar- mente denunciada no filme “Inside Job”, já viveram melho- res dias e estão agora a deitar contas à vida para verem se a crise não lhes faz abalar os alicerces. O capitalismo desre- gulado e voraz transforma-se num verdadeiro monstro que dá origem à arrogância das agências de “rating” e à rapina de casino selvagem que elas representam. O que parece estar verdadeiramente em jogo é a liquidação do euro em benefício do dólar, e a Europa da União levou demasiado tempo a aperceber-se de que era este problema que se encontrava no cerne da crise e não qualquer outro. Ao dizer o que disse, o Presidente norte-americano quis tranquilizar o seu eleitorado, mostrando que o destino dos países periféricos falidos ou à beira da falência nunca será o da sua poderosa nação. Não foi feliz ao fazê-lo e até já obrigou o seu embaixador em Lisboa a tentar reduzir o impacto da sua afirmação, no mínimo inoportuna. Se os Portugueses votassem para a sua eleição, outro galo teria cantado. Infeliz foi também a Sr.ª Merkel ao declarar que os povos do sul trabalham pouco, gastam muito e são pouco respon- sáveis quando se endividam. No fundo, a História repete- se. Em tempos de crise aguda, os ricos e muito ricos, no pelotão da frente, gostam de deixar os pobres cá para trás, mais que não seja para fazerem deles fáceis bodes expiató- rios. Não é bonito de se ver, mas dá-lhes jeito. Nada nos leva a crer que esta tendência e esta desfavorável correlação de forças venham a inverter-se nos próximos tempos, porque, em matéria de crise, ainda a procissão vai no adro. Mas, assim, sempre ficamos a saber quem são os nossos amigos e com quem podemos contar. É por isso que, também em matéria de relações internacionais, é cada vez maior o número daqueles que, quanto mais conhecem os Estados, mais gostam dos cães.

    EMPREGO PRECISA-SE Empregado de mesa com experiência, para Zona de Mem Martins. Contacto: 963107421 / 963135151.

    PRECISA-SE funcionário para suinicultura para fazer lavagens e alimentar os animais. Não é ne- cessária experiência. Apenas von- tade de trabalhar. Localidade - To- jeira. Mais informações contactar 96 135 15 26 até dia 15/7 ou a partir de dia 1/8.

    OFERECE-SE – Licenciada em matemática procura emprego co- mo professora de Matemática. Na

    área de Sintra/Cascais. Telem. 96 607 13 16.

    FAÇO SITES profissionais. Valor acessível, vasto portefólio. Quali- dade comprovada. [email protected] mail.com – Telem. 967740975.

    PROPRIEDADES ARRENDA-SE Armazém/garagem. 350E/mês. 63m2 zona da Estefânia, vila de Sintra, junto à estação da CP. Pos- sui 2 grandes portões p/ acesso ao interior. WC. Ideal para actividade não ruidosa e não poluente ou p/ 2 viaturas. Contacto: 922 09 13 16.

    Precisamos de meios para combater a crise

    Todos juntos vamos vencer

    Levamos as notícias e os anunciantes

    a todo o lado

    JORNAL DE SINTRA EM PAP