Seuspulmoes revisado

Click here to load reader

  • date post

    01-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    2.150
  • download

    3

Embed Size (px)

Transcript of Seuspulmoes revisado

  • 1. Apresenta Olga Olga Mendona PPS 2008

2. Segundo a Tradicional Medicina Chinesa Olga Srie Nossos rgos Edio Revisada SEUS PULMES 3. Olga Este um material para estudo e reflexo.Leia-o quando tiver tempo,pois longo. Relaxe. A transio automtica. Ligue o som. 4. Olga Ol! Somos os seusPulmese chegou a vez de nos apresentar! Pode nos dar um pouco de sua ateno? 5. Olga Estamos localizados em sua caixa torcica,separados um do outro pelo corao epelapleura , que nos reveste individualmente. 6. Diafragma Olga Tambm estamos separados da cavidade abdominal pelodiafragma , que controla nossos movimentos de inspirao e expirao. Inspirao Expirao 7. Olga Como ficamos em contato direto com oambiente externo, se estivermos desequilibrados, voc se torna mais vulnervel aos ataques nocivos vindos de fora. 8. Cada rgo tem seu clima favorito ens gostamos de ambientes midos, que ajudam no desempenho de nossas funes.Aromatizadores comEssncia de Eucalipto so umregalopara ns! Olga 9. Exercemos vrias funes em seu corpo. A principal levar o oxignio ao sangue e expelir o dixido de carbono eoutras toxinas. Olga 10. Olga Ns somos chamados pelos chineses de Mar de Chi porque extramos oChi do Ar e o misturamosaoChi do Alimento (processado pelo bao e estmago)e aoChi Pr-Nataldos Rins,para suprir todas as funes do seu corpo. 11. Olga O Chi a fora invisvel e vital quepermeia e alimenta tudo o que existe debaixo do sol! 12. Olga Voc est mergulhado nummar de chi, que pode ser absorvido pela respirao, pela pele e pelos Chakras (vrtices energticos). No corpo humano, o chi circula por rotas interligadas chamadascanaisoumeridianos , utilizados na acupuntura para equilibrar seus rgos e sistemas. 13. Olga Quanto mais chi ns absorvermos,mais saudvel voc ser! 14. CHI DE METAL Olga Ns somos rgos Yin e nosso rgo complementar Yang oIntestino Grosso . Segundo o Sistema dos Cinco Elementos, nosso chi est associado aoelemento metal ,e apalavra chinesa para o Chi de Metal ouro , a qualidade mais evoluda do metal. Estamos ligados cor branca. 15. Os taostas deram o nome demetal nossa energia, porque somos ns que forjamosa energia do corpo. Olga 16. Olga Quando misturamos oChi do arcom oChi do alimento e o Chi Pr-Nataldos Rins,ns produzimoso seuSanguee duas outras formas de chi: oNutritivoouEnergtico e o Defensivo. 17. Osangue, portanto, uma forma muito densa de chi que circula pelo seu corao, artrias e veias.Ochi a fora motriz que d vida e energia para o sangue circular por todoo seu corpo. Olga Sangue Chi nutritivo 18. Olga + O chi e o sangue so as energiasessenciais do corpo humano.A condio e o movimento dessasenergias, a base de sua sade vibrante!Sade = 19. Nossochi nutritivorealiza o trabalho pesado do corpo. Ele flui com o sangue, percorrendo todos os canais do sistema. Quando voc se sente cheio de energia ou precisa de um afluxo energtico extra,est usando sua reserva de chi nutritivo... Olga 20. J o nossochi defensivosai de ns e se dirige fsciasuperficial da pele impregnando suas clulas ese abrigando sob ela. Olga 21. Olga Afscia um tecido conectivo que nutre eprotege rgos, msculos e ossos...Representando 70% do tecido humano, a fsciad forma e sustentao ao corpo. Por ser uma rede nica, ela a grande responsvel pela unidade do corpo. 22. As duas lendrias formas de Kung Fu Camisa de Ferro e Sino Dourado foram criadas pelos Taostas, que conheciam perfeitamente o mtodo para desenvolver o chi defensivo. Olga 23. Olga Eles podiam se concentrar nasfsciase reunir o chi na sua superfcie, de modo que eram invencveis, podendo absorver um soco ou repelir um golpe de faca... 24. Nossochi defensivo,quando abundante, lhe protege dosgermes, bactrias e vrus externos , como os das gripes e tuberculoses, que tentarem invadir seu corpo.Olga Ele tambm lhe protegedeventos, umidadeintensa e frieza . 25. Nossa defesa diferente da imunolgica,que ligada s clulas brancas do sangue!Olga 26. Energeticamente nsregemos vrias partes do seu corpo: agarganta e suas estruturas (amdalas, tireide ),nariz, seios da face, os plos e o intestino grosso . Olga 27. Olga Quando abundante, nosso chi aquece seus ps e suas mos e produz cabelos exuberantes. 28. Ns tambm controlamos suapele, seus porose suor .Tanto no Oriente como no Ocidente, a pele conhecida como o Terceiro Pulmo, pois ela nos ajuda a eliminar o dixido de carbono. Olga 29. Ns controlamos sua transpiraoatravs do fechamento e abertura dos poros. Quando nossa energia est fraca, voc vaitranspirar abundantemente, inclusive noite, porque no estamos conseguindo fechar os seus poros. Olga 30. Olga O nosso Chi de Metalest associado aoAr de Outono ; quando equilibrado, ele lhe ajuda a sentir sensaes e estados mentais claros, bem definidos. 31. Srio e sbrio, ele est presente na energia de um olhar firme e na determinao herica.Essa uma energia que voc pode invocar para resolver qualquer contradio e fazer ascoisas acontecerem. Olga 32. O Chi de Metal enche voc decoragem, pureza, retido, solidez, altrusmo, generosidade e perdo .Olga 33. Os aspectos negativos do Metal incluemhipocrisia, pesar, desonestidade, afetao, confuso,inconstncia, irresponsabilidade, mesquinharia, inveja e ressentimento . Olga 34. As emoes ligadas a ns so atristeza, a melancolia, as angstias e as tenses prolongadas,que muito nos desequilibram.Aqui poderamos incluir asdepresses,que comprometem tambm o fgado.Olga 35. Olga De uma forma genrica, poderamos dizer que somos afetados pelasperdas afetivas , como os relacionamentos terminados ou as perdas de entes queridos. 36. A maioria doscnceres de mama epulmo , tem origem em perdas mal resolvidas, no luto inacabado que deixa a dor trancafiada no peito...Olga 37. Olga claro que desenvolver um cncer depende tambm de sua herana gentica e de se expor a fatores externos perigosos como radiaes ouo hbito do fumo...Mas a dor no elaborada e reprimida, ainda a nossa maior inimiga, contra a qual nopodemos lutar... 38. Ento no corra esse risco e enfrentesua dor... Lamente suas perdas...Chore... Sentir dor no arranca pedao...Mas fugir dela, pode arrancar, sim... Olga 39. Olga O seu equilbrio emocional depende da capacidadede seu corpo eliminar tudo o que desnecessrio. 40. Isso vai depender do bom funcionamento doIntestino Grossoque, junto com apele , nos ajuda no processode eliminao.Percebemos isso melhor nos quadros catarrais onde h eliminao de muco juntamentecom as fezes.Olga = + ELIMINAO + 41. Tambm importante que voc tenha um bom padro respiratrio, que a capacidade de voc respirar profundamente pelo abdmen ,promovendo a liberao dos resduos txicos do seu corpo e das emoes aprisionadas em seu peito e outras partes do corpo. Olga 42. Sua capacidade de respirar livre e plenamente, depende da plena utilizao do diafragma, o Msculo da Respirao .Se o seu diafragma estiver tenso e rgido -o que acontece quando voc se sente ansioso, oprimido, angustiado nossa ao ser prejudicada... Olga 43. Ento seusrins ,abexigae especialmenteseuintestino grosso , no receberochisuficiente e ficaroimpedidos de executar o trabalho de eliminao... Olga 44. Voc pode ter desdefalta de ar e fadiga crnica, a gripes constantes, asma, enfisema, bronquite crnica, alergias, at baixa funo imunolgica, AIDS e cncer ...Olga 45. Quer um bom conselho? Aprenda a fazer arespirao abdominal !Talvez seja difcil inicialmente,mas valer a pena investirem sua sade! Olga 46. Olga Comece esvaziando e relaxando bem o peito.Solte o diafragma. Inspire e leve o ar para o abdmen. Voc sentir uma presso dentro do abdmen, que comear a expandir-se para todos os lados, assumindo uma forma arredondada. No expanda apenas o estmago. 47. Olga Com o diafragma abaixadoe o abdmen cheio de ar, o espao que contm os rgos se reduzir e os rgos se massageiam a si mesmos. Expulse o ar elevando o diafragma, contraindo o abdmen em toda a sua extenso e forandoo ar pelo nariz.Faa essa respirao durante 5 minutos, pelo menos 3 vezes ao dia. 48. Olga Com o tempo, os resultados sero pulmes mais fortalecidos, uma respirao abdominal espontnea e profunda, um abdmen mais relaxado e desintoxicadoe o aumento do bem estar em seu corpo! 49. Quando precisar aliviar a tristeza,a depresso, resfriados, gripes, falta de ar,dores de cabea e de garganta,faa a respirao abdominalenquanto visualiza uma luz branca brilhante nos envolvendo . Olga 50. Olga Mas se estiver apresentando sintomas mais srios donosso desequilbrio -asma e enfisema, tosse defumante, pneumonia, tuberculose, bronquite crnica, baixa funo imunolgica, AIDS e cncer- p rocure um profissional daTradicional Medicina Chinesa. Alm de acupuntura,a TMC oferece tratamentos base de ervas que nos tonificam, sedam ou umedecem, equilibrando nosso chi, complementando qualquer tratamento tradicional. 51. Olga Um lembrete - os exerccios respiratrios noso bons apenas para asade! Segundo os Taostas,a vida sustentada pelaFora Universal ,uma energia que se manifesta como estrelas, planetas e galxias e tambm impregna e alimenta seu corpo fsico, mente e esprito.Voc pode se ligar Energia Universal atravs de exerccios respiratrios (pranayamas) e da meditao, como so ensinados h sculos,pelos grandes Yogues e Mestres Iluminados. . 52. Olga A respirao consciente, uma tima maneira de desenvolver seuPoderinterior, pois ela permitir que mergulhe nas dimenses mais profundas do seu Ser! 53. Olga Voc tem muito mais controle sobre seu corpo, sua sade e sua vida do que pode imaginar... Queremos deix-lo com essa mensagem : 54. Olga Ns somos a chave para voc assumir o controle! 55. Agradecemos sua ateno! Os preciosos amigos, Olga Seus Pulmes 56. Olga Texto adaptado do Mtodo Taosta de Mantak ChiaMsica:Song for Peace. Wave - Kitaro.Criaoe Formatao : OLGA MENDONA Psicloga, Psicoterapeuta Corporal e Naturoterapeuta Contato :[email_address] Visite nosso site e conhea outros rgos da srie: http://www.terapeutaolga.com.br/ Recife, Janeiro de 2008