Comunicado Técnico 44 - Intralab Tecnologia .Técnica da AES Eletropaulo; • NTE 8.324- Padrões

download Comunicado Técnico 44 - Intralab Tecnologia .Técnica da AES Eletropaulo; • NTE 8.324- Padrões

of 33

  • date post

    18-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Comunicado Técnico 44 - Intralab Tecnologia .Técnica da AES Eletropaulo; • NTE 8.324- Padrões

  • COMUNICADO TCNICO N 47

    PADRO DE ENTRADA COM MEDIO AGRUPADA E

    INDIVIDUAL COM CAIXA DE POLICARBONATO

    Diretoria de Planejamento e Engenharia

    Gerncia de Engenharia da Distribuio

  • NDICE

    OBJETIVO ..................................................................................................................3

    1. APLICAO........................................................................................................4

    2. ESPECIFICAES TCNICAS E DISPOSITIVOS REGULAMENTARES.........5

    3. CONDIES GERAIS.........................................................................................6

    4. TERMINOLOGIA E DEFINIES .......................................................................7

    5. DETERMINAO DA DEMANDA ....................................................................10

    6. PROCEDIMENTOS E DOCUMENTAES NECESSRIAS ...........................11

    6.1. Documentao Necessria..............................................................................11

    7. PROJETOS ELTRICOS ..................................................................................14

    7.1. Entrada Individual ............................................................................................14

    7.2. Entrada Coletiva...............................................................................................14

    8. LIGAES INDIVIDUAIS..................................................................................17

    9. LIGAES COLETIVAS...................................................................................18

    9.1. Caixas de medio agrupada..........................................................................18

    9.2. Instalao e localizao das caixas de medio agrupadas........................19

    10. CONSIDERAES FINAIS...............................................................................22

    11. ANEXO I ............................................................................................................23

    COMUNICADO TCNICO N 47 v.00 30/05/2011 2

  • OBJETIVO

    Este Comunicado Tcnico tem como objetivo apresentar novas alternativas

    de construo de entrada de energia e centro de medio, utilizando medies

    agrupadas com caixa confeccionada integralmente em policarbonato, com tampa

    totalmente transparente, com fornecimento de energia eltrica em tenso secundria

    atravs de rede de distribuio area ou subterrnea.

    COMUNICADO TCNICO N 47 v.00 30/05/2011 3

  • 1. APLICAO

    Este Comunicado Tcnico entra em vigor a partir de sua publicao no site da

    AES Eletropaulo (www.aeseletropaulo.com.br), sendo aplicvel nos 24 municpios

    servidos por esta Distribuidora para atendimento de ligaes individuais e coletivas

    com fornecimento em tenso secundria de distribuio, sem prejuzo das

    informaes descritas no Livro de Instrues Gerais - LIG BT 2005.

    COMUNICADO TCNICO N 47 v.00 30/05/2011 4

    http://www.aeseletropaulo.com.br/

  • 2. ESPECIFICAES TCNICAS E DISPOSITIVOS REGULAMENTARES

    Comunicado Tcnico n 8 Ligaes de Conjunto de Edificaes

    Residenciais;

    LIG BT 2005 - Livro de Instrues Gerais da AES Eletropaulo - Baixa

    tenso;

    NBR 5410 Instalaes eltricas de baixa tenso;

    NBR 10582 Apresentao da folha para desenho tcnico;

    NBR 13142 Desenho tcnico - Dobramento de cpia;

    NBR 15820 Caixa para medidor de energia eltrica Requisitos;

    NTE 6003 Poste de ao para entrada de servio Especificao

    Tcnica da AES Eletropaulo;

    NTE 8.324- Padres de entrada montados para ligaes individuais e

    coletivas;

    Resoluo ANEEL n 395, de 15 de dezembro de 2009.

    Resoluo ANEEL n 414, de 9 de setembro de 2010.

    Resoluo ANEEL n 424, de 17 de dezembro de 2010.

    OBS: Este Comunicado Tcnico assim como todas as normas que a integram podero sofrer revises por conseqncia da mudana na Legislao em vigor,

    revises normativas ou mudanas de tecnologias. Estas alteraes sero realizadas

    sem prvio aviso e atualizadas no site da Eletropaulo.

    COMUNICADO TCNICO N 47 v.00 30/05/2011 5

  • 3. CONDIES GERAIS

    A utilizao do padro apresentado neste comunicado tcnico destina-se a

    unidade consumidora atendida em rede secundria de distribuio com carta total

    instalada at 20 kW, monofsico ou bifsico, ou com corrente de demanda at 100

    A, obedecidas as Normas da ABNT e as legislaes aplicveis.

    COMUNICADO TCNICO N 47 v.00 30/05/2011 6

  • 4. TERMINOLOGIA E DEFINIES

    ART Anotao de Responsabilidade Tcnica: documento a ser apresentado pelo profissional habilitado que comprova a sua responsabilidade pelo

    projeto e/ou execuo da obra.

    Aterramento: ligaes eltricas intencionais com a terra, podendo ser com objetivos:

    Funcionais: ligao do condutor neutro a terra, e;

    Com objetivos de proteo: ligao terra das partes metlicas no destinadas a conduzir corrente eltrica.

    Caixa de Medio: caixa destinada instalao de equipamentos de medio, acessrios e dispositivos de proteo ou de seccionamento de uma ou

    mais unidades de consumo, fabricada em conformidade com a norma ABNT NBR

    15820.

    Carga Instalada: soma das potncias nominais dos equipamentos eltricos instalados na unidade consumidora, em condies de entrar em funcionamento,

    expressa em quilowatts (kW).

    Centro de Medio: conjunto constitudo, de forma geral, de caixa de distribuio ou seccionadora, caixa(s) de dispositivo de proteo e manobra, cabina

    de barramentos, caixa(s) de medio e caixa(s) de dispositivos de proteo

    individual.

    Concessionria ou Permissionria: agente titular de concesso ou permisso federal para prestar o servio pblico de energia eltrica, referenciado,

    doravante, apenas pelo termo concessionria.

    Condutor de Aterramento: condutor que faz a ligao eltrica entre uma parte condutora e o barramento de equipotencializao principal (BEP).

    Consumidor: pessoa fsica ou jurdica, ou comunho de fato ou de direito, legalmente representada, que solicitar a concessionria o fornecimento de energia

    eltrica e assumir a responsabilidade pelo pagamento das faturas e pelas demais

    obrigaes fixadas em normas e regulamentos da ANEEL, assim vinculando-se aos

    contratos de fornecimento, de uso e de conexo ou de adeso, conforme cada caso.

    CREA: Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Demanda: potncia em kVA, requisitada por determinada carga instalada,

    COMUNICADO TCNICO N 47 v.00 30/05/2011 7

  • aplicadas aos respectivos fatores de demanda.

    Edificao: toda e qualquer construo reconhecida pelas autoridades competentes como regular e utilizada por um ou mais consumidores.

    Edificao de Uso Coletivo: toda edificao que possui mais de uma unidade de consumo e que dispe de rea de uso comum.

    Eletroduto: conduto destinado a alojar e proteger mecanicamente os condutores eltricos.

    Eletrodo de Aterramento: infra-estrutura de aterramento (ver subseo 6.4 da NBR 5410).

    Entrada Area: toda entrada consumidora localizada na zona de distribuio area e de futura distribuio subterrnea.

    Entrada Coletiva: toda entrada consumidora com a finalidade de alimentar uma edificao de uso coletivo.

    Entrada Consumidora: conjunto de equipamentos, condutores e acessrios instalados entre o ponto de entrega e medio e proteo, inclusive.

    Entrada de Servio: conjunto de condutores, equipamentos e acessrios compreendidos entre o ponto de derivao da rede secundria e a medio e

    proteo, inclusive.

    Entrada Individual: toda entrada consumidora com a finalidade de alimentar uma edificao com uma nica unidade de consumo.

    Entrada Subterrnea: toda entrada consumidora localizada na zona de distribuio subterrnea.

    Equipotencializao: procedimento que consiste na interligao de elementos especificados, visando obter a equipotencialidade necessria para fins

    desejados. Por extenso, a prpria rede de elementos interligados resultante.

    Limite de Propriedade: demarcaes que separam a propriedade do consumidor da via pblica e dos terrenos adjacentes de propriedades de terceiros no

    alinhamento designado pelos poderes pblicos.

    Nota de Atendimento Tcnico: sistema de registro e atendimento s solicitaes tcnicas e comerciais de consumidores, que visa gerenciar o

    atendimento e detectar interferncias com as redes de distribuio.

    Origem da Instalao: corresponde aos terminais de sada do dispositivo geral de comando e proteo, quando este estiver instalado aps a medio, ou aos

    terminais de sada do medidor, quando este estiver ligado aps o dispositivo geral

    COMUNICADO TCNICO N 47 v.00 30/05/2011 8

  • de comando e proteo.

    Pedido de Ligao: ato voluntrio do interessado na prestao do servio pblico, pela distribuidora, de fornecimento de energia ou conexo e uso do sistema

    eltrico, segundo o disposto nas normas e nos respectivos contratos, e ainda, pela

    alterao de titularidade, nos casos em que a unidade consumidora permanea

    ligada.

    Ponto de Entrega: ponto de conexo do sistema eltrico da concessionria com as instalaes eltricas da unidade consumidora, caracterizando-se como o

    limite de responsabilidade do fornecimento. o ponto at o qual a Concessionria

    se responsabiliza pelo fornecimento de energia eltrica e pela execuo dos

    servios de operao e manuteno. O ponto de entrega dever situar-se no limite

    da via interna com o limite da propriedade.

    Poste Particular: poste situado na propriedade do consumidor com finalidade de fixar o ramal de l