D /E^' Z/^s ZEKî Wh >/ O ^ d Z /ZK^ /d /^ KDZ ^ YhZ ds& /ZUìï Z/> … · 2019. 7. 25. ·...

of 1/1
minas Gerais - Caderno 2 PubliCações de TerCeiros e ediTais de ComarCas quarTa-feira, 03 de abril de 2019 – 5 com base em contratos padrão da Associação Internacional de Swaps e Derivativos (AISD) que SUHYrHP SDJDPHQWRV OtTXLGRV (P JHUDO FRP EDVH QHVVHV FRQWUDWRV RV GLUHLWRV H REULJDo}HV de cada contraparte em um mesmo dia em relação a todas as transações em aberto e na mesma moeda, são agregados em um único montante líquido que é pago por uma parte para a outra. Em FHUWDV FLUFXQVWkQFLDV SRU H[HPSOR TXDQGR XP HYHQWR GH FUpGLWR WDO FRPR LQDGLPSOrQFLD RFRUUH todas as transações em aberto sob esse contrato são encerradas, o valor da liquidação é apurado e um único montante líquido é pago para liquidação de todas as transações. Tais contratos da AISD não atendem aos critérios para compensação de saldos no balanço patrimonial. Isso porque atual- mente o Grupo não possui nenhum direito legal atualmente executável para compensar os mon- WDQWHV UHFRQKHFLGRV SRUTXH R GLUHLWR GH FRPSHQVDomR Vy SRGH VHU H[HUFLGR QD RFRUUrQFLD IXWXUD GH GHWHUPLQDGRV HYHQWRV WDLV FRPR D LQDGLPSOrQFLD GH HPSUpVWLPRV EDQFiULRV RX RXWURV HYHQWRV GH FUpGLWR $ WDEHOD DEDL[R LQGLFD RV YDORUHV FRQWiEHLV GRV LQVWUXPHQWRV ¿QDQFHLURV UHFRQKHFLGRV que estão sujeitos aos contratos mencionados acima. $WLYRV ¿QDQFHLURV Valores brutos GRV LQVWUXPHQWRV ¿QDQFHLURV QR ED- ODQoR SDWULPRQLDO Instrumentos ¿QDQFHLURV QmR FRPSHQVDGRV Valor OtTXLGR Outros investimentos incluindo derivativos - Swap de taxa de juros 7.277 3DVVLYRV ¿QDQFHLURV Fornecedores e outras contas a pagar - Swap de taxa de juros 7.277 - 7.277 5HFHLWD GH YHQGDV &RQVROLGDGR &RQWURODGRUD 2017 (não auditado) Receita bruta de prestação de serviços 80.797 80.806 77.195 Receita bruta de vendas 59.504 - - (-) Tributos sobre receita (23.004) (12.447) (12.493) (-) Devoluções de vendas (2.194) (634) (782) 5HFHLWD OtTXLGD GH YHQGDV 67.725 &XVWR GDV YHQGDV &RQVROLGDGR &RQWURODGRUD 2017 (não auditado) Matéria prima (34.799) - - Gastos gerais/depreciação (34.488) (32.919) (33.732) Mão de obra direta (17.973) (15.588) (11.420) Mão de obra indireta (1.989) - (260) Total 'HVSHVDV FRP YHQGDV &RQVROLGDGR &RQWURODGRUD 2017 (não auditado) Fretes e seguros de cargas (1.089) (27) (57) Rateio de serviços (421) (305) (304) 6DOiULRV H HQFDUJRV VRFLDLV H EHQHItFLRV (292) - - Outros gastos com vendas (98) - - Total 'HVSHVDV DGPLQLVWUDWLYDV &RQVROLGDGR &RQWURODGRUD 2017 (não auditado) Serviços de terceiros (442) (262) (10) 5HPXQHUDomRHQFDUJRV VRFLDLVEHQH¿FLRV (416) (18) (2) Manutenção (290) (232) - Rateio / Reversão nota débito (279) (279) (245) Depreciação/amortização (269) (261) - Taxas diversas (65) (59) (2) Expediente (49) (42) - Seguros (41) (41) (8) Demais despesas administrativas (185) (38) - Total 5HVXOWDGR ¿QDQFHLUR &RQVROLGDGR &RQWURODGRUD QmR DXGLWDGR 5HFHLWDV ¿QDQFHLUDV 5.457 1.566 5HFHLWD VREUH DSOLFDo}HV ¿QDQFHLUD 4.034 3.988 471 Receitas com juros 1.004 1.455 1.086 Descontos obtidos / Outros 220 14 9 'HVSHVDV ¿QDQFHLUDV Juros sobre empréstimos (8.324) (8.524) (3.078) Variação cambial e monetária 12 19 (2) Descontos concedidos (56) (16) (6) Outros (5.829) (3.680) (91) 5HVXOWDGR ¿QDQFHLUR ,5 H &6 FRUUHQWHV D 3URYLVmR SDUD ,5&6 &RQVROLGDGR &RQWURODGRUD 2017 (não auditado) Provisão para IR/CS 521 123 1.000 &RQVROLGDGR &RQWURODGRUD 2017 (não auditado) 5HVXOWDGR DQWHV GRV LPSRVWRV 9.430 7.675 16.733 ( + ) Adições permanente 1.384 1.384 1.400 ( - ) Exclusões (7.820) (7.714) (5.823) %DVH GH FiOFXOR DQWHV GDV FRPSHQV 2.994 ( - ) Compensações - - (3.693) %DVH GH FiOFXOR 2.994 ,53- 449 202 1.290 $GLFLRQDO ,53- 275 110 835 &6// ± 270 121 774 994 $OtTXRWD HIHWLYD E ,5 H &6 GLIHULGRV 3DVVLYR ¿VFDO GLIHULGR VREUH DV GLIHUHQoDV WHPSRUiULDV DSOLFiYHLV j amortização da carteira de clientes alocadas nas combinações de negócios realizadas pelo Grupo. &RQVROLGDGR &RQWURODGRUD Lucro antes do IRPJ/CSLL 9.430 7.675 ,53- H &6// DSXUDGRV FRP EDVH QDV DOtTXRWDV QRUPDLV ± 3.208 2.609 Doações - (190) IRPJ e CSLL no resultado do exercício – corrente 994 433 ,53- H &6// QR UHVXOWDGR GR H[HUFtFLR ± GLIHULGR 2.214 1.986 &RQWLQXDomR %$80,1$6 /2* ( 75$163257( 6$ &13- 6DOGR ,5 GLIHULGR 2.691 2.691 ,5 GLIHULGR H[HUFtFLR 2.214 1.986 IR da mais valia e carteira de clientes 10.156 - 6DOGR ,5 GLIHULGR 15.061 4.677 3DUWHV UHODFLRQDGDV Todos os saldos em aberto com esta parte relacionada devem ser li- quidados dentro do prazo de 60 dias da data base das DFs e não possuem garantias. Nenhuma GHVSHVD IRL UHFRQKHFLGD QR DQR HP FXUVR RX DQR DQWHULRU SDUD GtYLGDV LQFREUiYHLV RX GXYLGRVDV em relação aos valores devidos por partes relacionadas. D (PSUpVWLPRV LQWHUFRPSDQ\ &RQ- VROLGDGR Ativo Passivo 5HVXOWDGR 2017 2017 2017 BAUMINAS Mineração - - - - %$80,1$6 4XtPLFD 11( /WGD - - - - - SULFABRAS - - - 290 - Total - - - - 2V HPSUpVWLPRV FRP SDUWHV UHODFLRQDGDV IRUDP SDFWXDGRV FRP FRQGLo}HV DFRUGDGDV HQWUH DV SDUWHV FRP SUD]R GH YHQFLPHQWR LQGHWHUPLQDGR FRP UHPXQHUDomR GH MXURV D DP E (PSUpVWLPRV FRQFHGLGRV D SDUWHV UHODFLRQDGDV &RQWURODGRUD Ativo Passivo 5HVXOWDGR 2017 2017 2017 BAUMINAS Mineração - - - - %$80,1$6 3DUWLFLSDo}HV 6$ - - - - %$80,1$6 4XtPLFD 11( /WGD - - - NHEEL Química 117 - - - 6LMRVL ,QGXVWULD H &RPHUFLR 474 - - - - SULFABRAS - - - 290 - %$80,1$6 6RF 3DUWLFLSDo}HV /WGD 11.606 - - - - - %$80,1$6 (PSU 6RFLHWiULRV /WGD - - - - - Total - - 2V HPSUpVWLPRV FRP SDUWHV UHODFLRQDGDV IRUDP SDFWXDGRV FRP FRQGLo}HV DFRUGDGDV HQWUH DV SDUWHV FRP SUD]R GH YHQFLPHQWR LQGHWHUPLQDGR FRP UHPXQHUDomR GH MXURV D DP F 9HQGDV LQWHUFRPSDQ\ &RQWURODGRUD Ativo 5HVXOWDGR 2017 2017 BAUMINAS Química S.A. - 12.247 BAUMINAS Ambiental - - 461 264 %$80,1$6 3DUWLFLSDo}HV 6$ - - - - %$80,1$6 4XtPLFD 11( /WGD 7.606 - 27.612 NHEEL Química - 24.454 26.605 6LMRVL ,QGXVWULD H &RPHUFLR - - - - SULFABRAS - 192 Outros - - Total 15.477 - 62.172 2V QV DFLPD UHIHUHPVH EDVLFDPHQWH DV WUDQVDo}HV FRP SDUWHV GH SUHVWDomR GH VHUYLoR GH WUDQV- porte rodoviário para as empresas do Grupo BAUMINAS. Diretor Administrativo Financeiro: José Heitor Leonardo; Responsável Técnico: Marcio Eduardo Garcia Romero - Contador - 1SP214204/O-1. 5HODWyULR GRV DXGLWRUHV LQGHSHQGHQWHV VREUH DV ')V LQGLYLGXDLV H FRQVROLGDGDV $RV $GPL- QLVWUDGRUHV GD %DXPLQDV /RJ H 7UDQVSRUWH 6$ &DWDJXDVHV 0* 2SLQLmR FRP UHVVDOYD Examinamos as DFs individuais e consolidadas da Bauminas Logística e Transporte S.A. (Cia.), LGHQWL¿FDGDV FRPR FRQWURODGRUD H FRQVROLGDGR UHVSHFWLYDPHQWH TXH FRPSUHHQGHP R EDODQoR patrimonial em 31/12/2018 e as respectivas demonstrações do resultado, do resultado abrangen- WH GDV PXWDo}HV GR SDWULP{QLR OtTXLGR H GRV ÀX[RV GH FDL[D SDUD R H[HUFtFLR ¿QGR QHVVD GDWD EHP FRPR DV FRUUHVSRQGHQWHV QRWDV H[SOLFDWLYDV FRPSUHHQGHQGR DV SROtWLFDV FRQWiEHLV VLJQL¿- FDWLYDV H RXWUDV LQIRUPDo}HV HOXFLGDWLYDV (P QRVVD RSLQLmR H[FHWR SHORV SRVVtYHLV HIHLWRV GR assunto descrito na seção a seguir intitulada “Base para opinião com ressalva”, as DFs acima re- IHULGDV DSUHVHQWDP DGHTXDGDPHQWH HP WRGRV RV DVSHFWRV UHOHYDQWHV D SRVLomR SDWULPRQLDO H ¿- nanceira, individual e consolidada, da Bauminas Logística e Transporte S.A. em 31/12/2018, o GHVHPSHQKR LQGLYLGXDO H FRQVROLGDGR GH VXDV RSHUDo}HV H RV VHXV UHVSHFWLYRV ÀX[RV GH FDL[D LQ- GLYLGXDLV H FRQVROLGDGRV SDUD R H[HUFtFLR ¿QGR QHVVD GDWD GH DFRUGR FRP DV SUiWLFDV FRQWiEHLV adotadas no Brasil. %DVH SDUD RSLQLmR FRP UHVVDOYD 1mR QRV IRL SRVVtYHO REWHU HYLGrQFLD GH DXGLWRULD DSURSULDGD H VX¿FLHQWH VREUH R LQYHVWLPHQWR GD &LD QD FROLJDGD %* 3DUWLFLSDo}HV 6$ HP H GR UHVXOWDGR GH HTXLYDOrQFLD SDWULPRQLDO UHJLVWUDGR QR H[HUFtFLR ¿QGR QHVVD GDWD HP UD]mR GH QmR WHUPRV WLGR DFHVVR j DGPLQLVWUDomR H jV ')V GD UHIHULGD LQYHVWLGD &RQVHTXHQWHPHQWH QmR QRV IRL SRVVtYHO GHWHUPLQDU VH KDYLD QHFHVVLGDGH GH HIHWXDU DMXVWH QD UX- EULFD GH LQYHVWLPHQWR LQGLYLGXDO H FRQVROLGDGR HP QR UHVXOWDGR GH HTXLYDOrQFLD patrimonial, individual e consolidado, nos montantes de R$ 1.225 mil e 298 mil, respectivamen- WH H QRV GHPDLV HOHPHQWRV GDV ')V GR H[HUFtFLR ¿QGR QHVVD GDWD 1RVVD DXGLWRULD IRL FRQGX]LGD de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Nossas responsabilidades, em FRQIRUPLGDGH FRP WDLV QRUPDV HVWmR GHVFULWDV QD VHomR D VHJXLU LQWLWXODGD ³5HVSRQVDELOLGDGHV dos auditores pela auditoria das DFs individuais e consolidadas”. Somos independentes em rela- ção à Cia. e suas controladas, de acordo com os princípios éticos relevantes previstos no Código GH eWLFD 3UR¿VVLRQDO GR &RQWDGRU H QDV QRUPDV SUR¿VVLRQDLV HPLWLGDV SHOR &RQVHOKR )HGHUDO GH Contabilidade, e cumprimos com as demais responsabilidades éticas de acordo com essas nor- PDV $FUHGLWDPRV TXH D HYLGrQFLD GH DXGLWRULD REWLGD p VX¿FLHQWH H DSURSULDGD SDUD IXQGDPHQWDU nossa opinião com ressalva. 3ULQFLSDLV DVVXQWRV GH DXGLWRULD Principais assuntos de auditoria VmR DTXHOHV TXH HP QRVVR MXOJDPHQWR SUR¿VVLRQDO IRUDP RV PDLV VLJQL¿FDWLYRV HP QRVVD DXGLWR- ULD GR H[HUFtFLR FRUUHQWH (VVHV DVVXQWRV IRUDP WUDWDGRV QR FRQWH[WR GH QRVVD DXGLWRULD GDV ')V LQGLYLGXDLV H FRQVROLGDGDV FRPR XP WRGR H QD IRUPDomR GH QRVVD RSLQLmR VREUH HVVDV ')V LQGLYL- duais e consolidadas e, portanto, não expressamos uma opinião separada sobre esses assuntos. Além do assunto descrito na seção “Base para opinião com ressalva”, determinamos que o assun- to descrito abaixo é o principal assunto de auditoria a ser comunicado em nosso relatório. Princi- SDO DVVXQWR GH DXGLWRULD Veja Notas explicativas 3, 9, 16 e 18 das DFs individuais e consolida- GDV 3ULQFLSDO DVVXQWR GH DXGLWRULD &RPELQDomR GH QHJyFLRV &RQIRUPH GHVFULWR QD QRWD explicativa n° 3, 9.i, 16 e 18 às DFs individuais e consolidadas, a Cia. adquiriu participações acionárias em 2018, que resultaram no controle da Pigminas Fábrica Pigmentos Minas Gerais 6$ (OHWUR 0DQJDQrV 6$ H /DERUDWyULR /LQXV 3DXOLQJ 6$ (VWD WUDQVDomR UHSUHVHQWRX D DTXL- VLomR GH FRQWUROH D SDUWLU GH H IRL FRQWDELOL]DGD SHOR PpWRGR GH DTXLVLomR $ DSOLFD- ção do método de aquisição requer, entre outros procedimentos, que a Cia. determine a data de DTXLVLomR HIHWLYD GR FRQWUROH R YDORU MXVWR GD FRQWUDSUHVWDomR WUDQVIHULGD R YDORU MXVWR GRV DWLYRV DGTXLULGRV H GRV SDVVLYRV DVVXPLGRV H D DSXUDomR GR iJLR SRU H[SHFWDWLYD GH UHQWDELOLGDGH IXWXUD ou ganho por compra vantajosa na operação. Estes procedimentos normalmente envolvem, um elevado grau de julgamento e a necessidade de que sejam desenvolvidas estimativas de valores MXVWRV EDVHDGDV HP FiOFXORV H SUHPLVVDV UHODFLRQDGRV DR GHVHPSHQKR IXWXUR GR QHJyFLR DGTXLUL- do e que estão sujeitos a um elevado grau de incerteza. Devido do alto grau de julgamento rela- cionado, e ao impacto que eventuais alterações nas premissas poderiam ter nas DFs, considera- PRV HVWH XP DVVXQWR VLJQL¿FDWLYR HP QRVVD DXGLWRULD &RPR DXGLWRULD HQGHUHoRX HVVH DVVXQWR 1RVVRV SURFHGLPHQWRV GH DXGLWRULD LQFOXtUDP HQWUH RXWURV $ OHLWXUD GRV GRFXPHQWRV TXH IRU- PDOL]DUDP D RSHUDomR WDLV FRPR FRQWUDWRV H DWDV H D REWHQomR GDV HYLGrQFLDV TXH IXQGDPHQWDUDP a determinação da data de aquisição do controle e a determinação do valor justo da contrapresta- omR WUDQVIHULGD &RP DX[tOLR GH QRVVRV HVSHFLDOLVWDV GH YDORUL]DomR DQDOLVDPRV D PHWRGRORJLD utilizada para mensuração a valor justo dos ativos adquiridos e passivos assumidos e avaliamos DV SUHPLVVDV XWLOL]DGDV H FiOFXORV HIHWXDGRV FRQIURQWDQGR TXDQGR GLVSRQtYHLV FRP LQIRUPDo}HV GH PHUFDGR &RP DX[tOLR GH QRVVRV HVSHFLDOLVWDV GH ¿QDQoDV FRUSRUDWLYDV DYDOLDPRV D PHWRGR- logia e premissas utilizadas para a alocação de preço dos intangíveis e Goodwill (Ágio) apurados QD FRPELQDomR GH QHJyFLRV $YDOLDomR GDV GLYXOJDo}HV HIHWXDGDV SHOD &LD 1R GHFRUUHU GD QRVVD DXGLWRULD LGHQWL¿FDPRV GH¿FLrQFLDV GH FRQWUROH H DMXVWHV TXH DSHVDU GH LPDWHULDLV DIHWD- riam a mensuração e divulgação do valor justo dos ativos adquiridos e passivos assumidos na FRPELQDomR GH QHJyFLRV RV TXDLV IRUDP UHJLVWUDGRV SHOD $GPLQLVWUDomR &RP EDVH QDV HYLGrQ- cias obtidas por meio dos procedimentos acima sumarizados, consideramos que o valor do inves- WLPHQWR GHPDLV YDORUHV UHJLVWUDGRV HP GHFRUUrQFLD GD FRPELQDomR GH QHJyFLRV H GLYXOJDo}HV HIHWXDGDV VmR DFHLWiYHLV QR FRQWH[WR GDV GHPRQVWUDo}HV LQGLYLGXDLV H FRQVROLGDGDV WRPDGDV HP conjunto. 2XWURV DVVXQWRV ([HUFtFLR DQWHULRU QmR DXGLWDGR &KDPDPRV D DWHQomR SDUD R IDWR de que não examinamos o balanço patrimonial da Cia. em 31/12/2017 e as demonstrações do re- VXOWDGR GR UHVXOWDGR DEUDQJHQWH GDV PXWDo}HV GR SDWULP{QLR OtTXLGR H GRV ÀX[RV GH FDL[D SDUD R H[HUFtFLR ¿QGR QDTXHOD GDWD RX GH TXDLVTXHU QRWDV H[SOLFDWLYDV UHODFLRQDGDV H FRQVHTXHQWHPHQ- te, não expressamos uma opinião sobre eles. 5HVSRQVDELOLGDGHV GD DGPLQLVWUDomR SHODV ')V LQGLYLGXDLV H FRQVROLGDGDV A administração é responsável pela elaboração e adequada apresen- tação das DFs individuais e consolidadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de ')V OLYUHV GH GLVWRUomR UHOHYDQWH LQGHSHQGHQWHPHQWH VH FDXVDGD SRU IUDXGH RX HUUR 1D HODERUD- ção das DFs individuais e consolidadas, a administração é responsável pela avaliação da capaci- dade de a Cia. continuar operando, divulgando, quando aplicável, os assuntos relacionados com a sua continuidade operacional e o uso dessa base contábil na elaboração das DFs, a não ser que a administração pretenda liquidar a Cia. e suas controladas ou cessar suas operações, ou não tenha nenhuma alternativa realista para evitar o encerramento das operações. 5HVSRQVDELOLGDGHV GRV DXGLWRUHV SHOD DXGLWRULD GDV ')V LQGLYLGXDLV H FRQVROLGDGDV Nossos objetivos são obter segu- rança razoável de que as DFs individuais e consolidadas, tomadas em conjunto, estão livres de GLVWRUomR UHOHYDQWH LQGHSHQGHQWHPHQWH VH FDXVDGD SRU IUDXGH RX HUUR H HPLWLU UHODWyULR GH DXGL- toria contendo nossa opinião. Segurança razoável é um alto nível de segurança, mas não uma ga- rantia de que a auditoria realizada de acordo com as normas brasileiras e internacionais de audito- ria sempre detectam as eventuais distorções relevantes existentes. As distorções podem ser GHFRUUHQWHV GH IUDXGH RX HUUR H VmR FRQVLGHUDGDV UHOHYDQWHV TXDQGR LQGLYLGXDOPHQWH RX HP FRQ- MXQWR SRVVDP LQÀXHQFLDU GHQWUR GH XPD SHUVSHFWLYD UD]RiYHO DV GHFLV}HV HFRQ{PLFDV GRV XVXi- ULRV WRPDGDV FRP EDVH QDV UHIHULGDV ')V &RPR SDUWH GD DXGLWRULD UHDOL]DGD GH DFRUGR FRP DV QRUPDV EUDVLOHLUDV H LQWHUQDFLRQDLV GH DXGLWRULD H[HUFHPRV MXOJDPHQWR SUR¿VVLRQDO H PDQWHPRV FHWLFLVPR SUR¿VVLRQDO DR ORQJR GD DXGLWRULD $OpP GLVVR ,GHQWL¿FDPRV H DYDOLDPRV RV ULVFRV GH GLVWRUomR UHOHYDQWH QDV ')V LQGLYLGXDLV H FRQVROLGDGDV LQGHSHQGHQWHPHQWH VH FDXVDGD SRU IUDX- de ou erro, planejamos e executamos procedimentos de auditoria em resposta a tais riscos, bem FRPR REWHPRV HYLGrQFLD GH DXGLWRULD DSURSULDGD H VX¿FLHQWH SDUD IXQGDPHQWDU QRVVD RSLQLmR 2 ULVFR GH QmR GHWHFomR GH GLVWRUomR UHOHYDQWH UHVXOWDQWH GH IUDXGH p PDLRU GR TXH R SURYHQLHQWH GH HUUR Mi TXH D IUDXGH SRGH HQYROYHU R DWR GH EXUODU RV FRQWUROHV LQWHUQRV FRQOXLR IDOVL¿FDomR RPLVVmR RX UHSUHVHQWDo}HV IDOVDV LQWHQFLRQDLV 2EWHPRV HQWHQGLPHQWR GRV FRQWUROHV LQWHUQRV relevantes para a auditoria para planejarmos procedimentos de auditoria apropriados às circuns- WkQFLDV PDV QmR FRP R REMHWLYR GH H[SUHVVDUPRV RSLQLmR VREUH D H¿FiFLD GRV FRQWUROHV LQWHUQRV da Cia. e suas controladas. - Avaliamos a adequação das políticas contábeis utilizadas e a razoabi- OLGDGH GDV HVWLPDWLYDV FRQWiEHLV H UHVSHFWLYDV GLYXOJDo}HV IHLWDV SHOD DGPLQLVWUDomR &RQFOXt- mos sobre a adequação do uso, pela administração, da base contábil de continuidade operacional H FRP EDVH QDV HYLGrQFLDV GH DXGLWRULD REWLGDV VH H[LVWH LQFHUWH]D UHOHYDQWH HP UHODomR D HYHQWRV RX FRQGLo}HV TXH SRVVDP OHYDQWDU G~YLGD VLJQL¿FDWLYD HP UHODomR j FDSDFLGDGH GH FRQWLQXLGDGH operacional da Cia. e suas controladas. Se concluirmos que existe incerteza relevante, devemos chamar atenção em nosso relatório de auditoria para as respectivas divulgações nas DFs individu- DLV H FRQVROLGDGDV RX LQFOXLU PRGL¿FDomR HP QRVVD RSLQLmR VH DV GLYXOJDo}HV IRUHP LQDGHTXD- GDV 1RVVDV FRQFOXV}HV HVWmR IXQGDPHQWDGDV QDV HYLGrQFLDV GH DXGLWRULD REWLGDV DWp D GDWD GH QRVVR UHODWyULR 7RGDYLD HYHQWRV RX FRQGLo}HV IXWXUDV SRGHP OHYDU D &LD H VXDV FRQWURODGDV D não mais se manterem em continuidade operacional. - Avaliamos a apresentação geral, a estrutu- ra e o conteúdo das DFs, inclusive as divulgações e se as DFs individuais e consolidadas repre- sentam as correspondentes transações e os eventos de maneira compatível com o objetivo de DSUHVHQWDomR DGHTXDGD 2EWHPRV HYLGrQFLD GH DXGLWRULD DSURSULDGD H VX¿FLHQWH UHIHUHQWH jV LQ- IRUPDo}HV ¿QDQFHLUDV GDV HQWLGDGHV RX DWLYLGDGHV GH QHJyFLR GR JUXSR SDUD H[SUHVVDU XPD RSL- nião sobre as DFs individuais e consolidadas. Somos responsáveis pela direção, supervisão e de- sempenho da auditoria do grupo e, consequentemente, pela opinião de auditoria. Comunicamo-nos com a Administração a respeito, entre outros aspectos, do alcance planejado, GD pSRFD GD DXGLWRULD H GDV FRQVWDWDo}HV VLJQL¿FDWLYDV GH DXGLWRULD LQFOXVLYH DV HYHQWXDLV GH¿FL- rQFLDV VLJQL¿FDWLYDV QRV FRQWUROHV LQWHUQRV TXH LGHQWL¿FDPRV GXUDQWH QRVVRV WUDEDOKRV 'RV DV- VXQWRV TXH IRUDP REMHWR GH FRPXQLFDomR FRP D $GPLQLVWUDomR GHWHUPLQDPRV DTXHOH TXH IRL FRQVLGHUDGR FRPR PDLV VLJQL¿FDWLYR QD DXGLWRULD GDV ')V GR H[HUFtFLR FRUUHQWH H TXH GHVVD PD- neira, constitui o principal assunto de auditoria. Descrevemos esse assunto em nosso relatório de auditoria, a menos que lei ou regulamento tenha proibido divulgação pública do assunto, ou TXDQGR HP FLUFXQVWkQFLDV H[WUHPDPHQWH UDUDV GHWHUPLQDUPRV TXH R DVVXQWR QmR GHYH VHU FRPX- QLFDGR HP QRVVR UHODWyULR SRUTXH DV FRQVHTXrQFLDV DGYHUVDV GH WDO FRPXQLFDomR SRGHP GHQWUR GH XPD SHUVSHFWLYD UD]RiYHO VXSHUDU RV EHQHItFLRV GD FRPXQLFDomR SDUD R LQWHUHVVH S~EOLFR Belo Horizonte, 31/03/2019. KPMG Auditores Independentes - CRC SP-014428/O-6 F-MG; Anderson Linhares de Oliveira - Contador CRC MG 086685/O-8 4/4 464 cm -02 1211505 - 1 12 cm -01 1210867 - 1 KROTON EDUCACIONAL S.A. CNPJ/MF: 02.800.026/0001-40 NIRE: 31.300.025.187 Companhia Aberta EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA Ficam os senhores acionistas da Kroton Educacional S.A. (“Companhia”) convocados para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária e Assembleia Geral Extraordinária (“Assembleias”), a se realizarem, concomitantemente, no dia 30/04/2019, às 14h, na sede social da Companhia, Belo Horizonte/MG, Rua Santa Madalena 6R¿D DQGDU VDOD %DLUUR 9LOD 3DULV &(3 para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: Em Assembleia Geral Ordinária: (i) tomar as contas dos administradores, H[DPLQDU GLVFXWLU H GHOLEHUDU DFHUFD GDV GHPRQVWUDo}HV ¿QDQFHLUDV GD &RPSDQKLD UHIHUHQWHV DR H[HUFtFLR VRFLDO ¿QGR HP (ii) deliberação sobre a proposta de destinação do lucro líquido do H[HUFtFLR VRFLDO GH H GLVWULEXLomR GH GLYLGHQGRV LLL LQVWDODU R &RQVHOKR )LVFDO LY VH LQVWDODGR ¿[DU R Q~PHUR GH PHPEURV TXH LUi FRPSRU R &RQVHOKR )LVFDO H Y VH LQVWDODGR HOHJHU RV membros do Conselho Fiscal e seus respectivos suplentes. Em Assembleia Geral Extraordinária: L ¿[DomR GR OLPLWH GH YDORU GD remuneração global anual dos administradores da Companhia para o H[HUFtFLR VRFLDO GH H LL ¿[DomR GD UHPXQHUDomR GRV PHPEURV GR &RQVHOKR )LVFDO SDUD R H[HUFtFLR VRFLDO GH LL ¿[DomR GD remuneração dos membros do Conselho Fiscal para o exercício social de 2019, se instalado. Esclarecimentos: Para tomar parte nas Assembleias, o acionista deverá apresentar à Companhia, antes ou na data de realização das Assembleias, (i) comprovante expedido SHOD LQVWLWXLomR ¿QDQFHLUD GHSRVLWiULD GDV Do}HV HVFULWXUDLV GH VXD WLWXODULGDGH RX HP FXVWyGLD QD IRUPD GR DUWLJR GD /HL e (ii) instrumento de mandato, devidamente regularizado na forma da lei e do Estatuto Social da Companhia, na hipótese de representação do acionista. O acionista ou seu representante legal deverá comparecer às Assembleias munido de documentos que comprovem VXD LGHQWLGDGH 3DUD ¿QV GH PHOKRU RUJDQL]DomR GDV $VVHPEOHLDV recomendamos o envio à Companhia, com antecedência de 72 horas que antecedem à data de realização das Assembleias, de cópia simples dos documentos informados neste item. O acionista que desejar poderá optar por exercer o seu direito de voto por meio GR VLVWHPD GH YRWDomR D GLVWkQFLD QRV WHUPRV GD ,QVWUXomR &90 Q HQYLDQGR R FRUUHVSRQGHQWH EROHWLP GH YRWR D GLVWkQFLD por meio de seus respectivos agentes de custódia ou diretamente à Companhia, conforme as orientações constantes do item 12.2 do )RUPXOiULR GH 5HIHUrQFLD GD &RPSDQKLD H GR %ROHWLP GH 9RWR D Distância. Encontram-se à disposição dos acionistas, na sede social GD &RPSDQKLD HP REVHUYkQFLD DR $UWLJR GD /HL Q bem como no seu site de Relações com Investidores (www.kroton. FRPUL H QRV VLWHV GD &RPLVVmR GH 9DORUHV 0RELOLiULRV ZZZFYP gov.br) e da B3 (www.b3.com.br), cópias dos documentos referentes às matérias constantes da ordem do dia, incluindo aqueles exigidos SHOD ,QVWUXomR &90 Q %HOR +RUL]RQWH Evando José Neiva. Presidente do Conselho de Administração. BM&FBOVESPA SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS DA CONSTRUÇÃO E DO MOBILIÁRIO DE DIVINÓPOLIS E REGIÃO DE MG EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ELEIÇOES 2019 Pelo presente Edital de Convocação, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário De Divinópolis e Região de MG, CNPJ- 20 162 251 0001-80, faz saber que no dia 11 de maio de 2019, no período de 7 às 13 horas, na sede da entidade, que fica na rua Itapecerica, 610, Centro, Divinópolis/MG, com funcionamento de uma única urna fixa, serão realizadas as eleições para composição da Direto- ria, Conselho Fiscal e Delegados Representantes na federação da cate- goria profissional, bem como os suplentes, ficando aberto o prazo de 10 (dez) dias para o registro de chapas, que contará um dia após a data da publicação deste edital, conforme disposições estatutárias e da legisla- ção vigente Estarão aptos a candidatar-se e a votar os associados regu- lares conforme as disposições estatutárias O requerimento de registro de chapas acompanhado de todos os documentos exigidos será dirigido ao presidente da entidade podendo ser assinado por qualquer um dos candidatos componentes da chapa A secretaria da entidade funcionará no período comercial para o registro de chapas, no horário de 12 às 17 horas, onde encontrará a dispor dos interessados uma pessoa habilitada para atendimento, prestação de informações concernentes ao processo eleitoral, recebimento de documentação e fornecimento do correspon- dente recibo A impugnação de candidaturas poderá ser feita no prazo de 03 (três) dias, a contar da publicação da relação das chapas regis- tradas Caso não seja obtido “QUORUM” em primeira convocação, as eleições serão realizadas em segunda convocação, no dia 11 de junho de 2019 Em caso de empate entre as chapas mais votadas, realizar-se-ão novas eleições no prazo de 30 dias O resumo do edital de publicação será afixado na sede da entidade, que fica na rua Itapecerica, 610, Cen- tro, Divinópolis/MG, onde também se encontrará o jornal da publica- ção do resumo do edital da eleição Divinópolis, 2 de abril de 2019 Policar Oliveira da Silva, presidente 7 cm -02 1211417 - 1 COMPANHIA OPERACIONAL DE DESENVOLVIMENTO, SANEAMENTO E AÇÕES URBANAS – CODAU. Torna público que marcou licitação, sob modalidade PREGÃO PRE- SENCIAL nº 031/2019, do tipo menor preço por item, objetivando a registro de preço para futuro e eventual fornecimento de pedrisco, pedra britada nº 1, 2 e 3 e capa de rocha basáltica, em conformidade com a ABNT NBR 7225 E CONTRAN, material destinado para uso na área operacional e manutenções diversas, pelo período de 12 (doze) meses, em atendimento à solicitação da Seção Controle de Almoxarifados – Diretoria de Gestão Administrativa Leis Federais nº 10520/2002, 8666/93, Lei Complementar nº 123/06 e Decreto 3555/00 Data/horá- rio para realização da licitação: 09h do dia 15 de abril de 2019 Local aquisição do edital, entrega da documentação e proposta de preços, bem como abertura dos envelopes: Av Saudade, 755 – Uberaba/MG Infor- mações pelo telefone (0xx34) 3318-6036/6037 Site: wwwcodaucom br Uberaba/MG, 02 de abril de 2019, Régis Gaspar Alves, Pregoeiro 4 cm -02 1211211 - 1 CONSÓRCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DA REDE DE URGÊNCIA DO NORTE DE MINAS-CISRUN PC 018/2019 PP 013/2019- Cont de empresa p/ prest de serv de manu- tenção corretiva de Eletrodomésticos e televisores c/ fornec de peças Sr Presidente homologa a favor de Comercial Geloar Refrigeração Ltda-EPP, CNPJ nº 05995701/0001-21-CTR 058/19-Sig Silvanei B Santos (presidente) e Ângelo M Santos p/ contratada-VrR$40715,10- 29/03/19-Vig29/03/19 a 31/12/19 PC 019/2019 PP 014/2019 Cont Empresa p/ Prest Serv Confec Mate- riais de Comunicação Visual Sr Presidente homologa a favor de Alex- sandro P Almeida-ME, CNPJ nº 01355325/0001-50 CTR 059/19-Sig Silvanei B Santos (presidente) e Alexsandro P Almeida p/ contrata- da-Vr R$3955,00-01/04/19-Vig20/03/19 a 31/12/19 PC 019/2019 PP 014/2019 Cont Empresa p/ Prest Serv Confec Mate- riais de Comunicação Visual Sr Presidente homologa a favor de Elo- ína A Rodrigues-ME, CNPJ nº 05562748/0001-00 CTR 060/19-Sig Silvanei B Santos (presidente) e Walquiria R Durães p/ contratada-Vr R$21541,00-01/04/19-Vig20/03/19 a 31/12/19 PC 019/2019 PP 014/2019 Cont Empresa p/ Prest Serv Confec Mate- riais de Comunicação Visual Sr Presidente homologa a favor de For- mulários G I Comércio Ltda-ME, CNPJ nº 02253928/0001-03 CTR 061/19-Sig Silvanei B Santos (presidente) e Teodomiro P Santos p/ contratada-Vr R$14872,50-01/04/19-Vig20/03/19 a 31/12/19 PC 019/2019 PP 014/2019 Cont Empresa p/ Prest Serv Confec Materiais de Comunicação Visual Sr Presidente homologa a favor de Grafcenter Ltda-EPP, CNPJ nº 09509637/0001-82 CTR 062/19- Sig Silvanei B Santos (presidente) e Wagner T Silva p/ contratada-Vr R$1790,00-01/04/19-Vig20/03/19 a 31/12/19 PC 019/2019 PP 014/2019 Cont Empresa p/ Prest Serv Confec Mate- riais de Comunicação Visual Sr Presidente homologa a favor de Osó- rio P L Com Indústria Ltda-ME, CNPJ nº 28420311/0001-29 CTR 063/19-Sig Silvanei B Santos (presidente) e José O Oliveira p/ con- tratada-Vr R$13210,00-01/04/19-Vig20/03/19 a 31/12/19 PC 020/2019 PP 015/2019 Aquisição de Mat e Equip de Informática Sr Presidente homologa a favor de 2r Medicamentos P Hosp Ltda- EPP, CNPJ nº 04318429/0001-82- CTR 064/19-Sig Silvanei B San- tos (presidente) e Renato A D souza p/ contratada-Vr R$38195,00-01 /04/19-Vig01/04/19 a 31/12/19 PC 020/2019 PP 015/2019 Aquisição de Mat e Equip de Informá- tica Sr Presidente homologa a favor de Formulários G I Comér- cio Ltda-ME, CNPJ nº 02253928/0001-03- CTR 065/19-Sig Sil- vanei B Santos (presidente) e Teodomiro P Santos p/ contratada-Vr R$24553,80-01/04/19-Vig01/04/19 a 31/12/19 PC 020/2019 PP 015/2019 Aquisição de Mat e Equip de Informá- tica Sr Presidente homologa a favor de Infolab Dist Ltda-EPP, CNPJ nº 02799407/0001-56- CTR 066/19-Sig Silvanei B Santos (presi- dente) e Carlúcio P Batista p/ contratada-Vr R$218520,00-01/04/19- Vig01/04/19 a 31/12/19 PC 020/2019 PP 015/2019 Aquisição de Mat e Equip de Informática Sr Presidente homologa a favor de José Adipson G Melo Eireli-ME, CNPJ nº 24144712/0001-42- CTR 067/19-Sig Silvanei B San- tos (presidente) e José A G Melo p/ contratada-Vr R$73938,50-01 /04/19-Vig01/04/19 a 31/12/19 12 cm -02 1211608 - 1 CONSÓRCIO REGIONAL DE SANEAMENTO BÁSICO CENTRAL DE MINAS – CORESAB CENTRAL DE MINAS. EDITAL DE PROCEDIMENTO DE MANIFESTAÇÃO DE INTE- RESSE PMI Nº 01/2019 OBJETO: O CONSÓRCIO REGIONAL DE SANEAMENTO BÁSICO CENTRAL DE MINAS, torna público os parâmetros para a participação de interessados no Procedimento de Manifestação de Inte- resse PMI nº 001/2019para participação de interessados no processo de obtenção de estudos, levantamentos, investigações, dados, informações técnicas, projetos ou pareceres de interessados que tragam soluções ou insumos para estruturação de estudos de viabilidade, visando a realiza- ção de investimentos e operação de estrutura necessária para o manejo e a disposição final de resíduos sólidos urbanos dos entes consorciados. O edital e o Termo de Referência, estão disponíveis na íntegra pelo site do Diário Oficial dos Municípios Mineiros no http://www.diario- municipalcombr/amm-mg/pesquisar?entidadeUsuaria=Cons%C3%B 3rcio+Regional+de+Saneamento+B%C3%A1sico+Central+de+Minas &titulo=&nome_orgao=&dataInicio=01%2F04%2F2019&dataFim=0 1%2F04%2F2019&Enviar=&_token=UJHyGtO480zwBYYHFtOXA- mG9xdhLAGlXaXNzdgtLo8 - seus anexos estão disponíveis pelo e-ma il:[email protected] Prazo para cadastramento: 15 de abril de 2019 Corinto, 29 de março de 2019 - ASS Vanderli de Carvalho Barbosa, Presidente do CORESAB 6 cm -02 1211328 - 1 CONSORCIO INTERMUNICIPAL DE SAÚDE DA MICRORREGIÃO DE VIÇOSA – CISMIV. Aviso de Licitação Pregão 21/2018 A Pregoeira do CISMIV torna pública a realização de Licitação na modalidade Pregão Presencial Nº21/2018, tendo por objeto o Registro de preços para Aquisição de insumos para manutenção das atividades do laboratório de análises clínicas em hematologia do CISMIV Maiores informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected], pelo telefone: 313892-8569, ou na Rua José dos Santos, 120, Centro, Viçosa - MG, 06 de junho de 2018 3 cm -01 1211092 - 1 SEMASA DE CARANGOLA/MG AVISO DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 012/2019 - O SEMASA torna público que fará realizar a seguinte licitação: OBJETO: Registro de Preços para firmar Termo de Contrato de expectativa de contratação de empresa para prestação de serviços de fornecimento, transporte e aplicação de CBUQ – Faixa C (concreto betuminoso usinado a quente) e pintura de ligação para reparação da pavimentação asfáltica das ruas do município de Carangola-MG Prazo máximo para entrega dos enve- lopes: dia 23/04/2019 as 08:00 horas O Edital na íntegra encontra-se no SEMASA/CGA, sito na Rua Divino, n° 93, Carangola–MG, fone (32) 3741-5820 - e-mail: [email protected] e nos sites wwwsemasacarangolacombr e wwwcisabcombr Caran- gola, 02/04/2019 Marco Antônio de Lima Diretor Geral 3 cm -02 1211330 - 1 Documento assinado eletrônicamente com fundamento no art. 6º do Decreto nº 47.222, de 26 de julho de 2017. A autenticidade deste documento pode ser verificada no endereço http://www.jornalminasgerais.mg.gov.br/autenticidade, sob o número 320190402191104025.
  • date post

    05-Mar-2021
  • Category

    Documents

  • view

    1
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of D /E^' Z/^s ZEKî Wh >/ O ^ d Z /ZK^ /d /^ KDZ ^ YhZ ds& /ZUìï Z/> … · 2019. 7. 25. ·...

  • minas Gerais - Caderno 2 PubliCações de TerCeiros e ediTais de ComarCas quarTa-feira, 03 de abril de 2019 – 5

    com base em contratos padrão da Associação Internacional de Swaps e Derivativos (AISD) que

    de cada contraparte em um mesmo dia em relação a todas as transações em aberto e na mesma moeda, são agregados em um único montante líquido que é pago por uma parte para a outra. Em

    todas as transações em aberto sob esse contrato são encerradas, o valor da liquidação é apurado e um único montante líquido é pago para liquidação de todas as transações. Tais contratos da AISD não atendem aos critérios para compensação de saldos no balanço patrimonial. Isso porque atual-mente o Grupo não possui nenhum direito legal atualmente executável para compensar os mon-

    que estão sujeitos aos contratos mencionados acima.Valores brutos

    -Instrumentos

    Valor

    Outros investimentos incluindo derivativos - Swap de taxa de juros 7.277

    Fornecedores e outras contas a pagar - Swap de taxa de juros 7.277 - 7.277

    2017 (não auditado)Receita bruta de prestação de serviços 80.797 80.806 77.195Receita bruta de vendas 59.504 - - (-) Tributos sobre receita (23.004) (12.447) (12.493)(-) Devoluções de vendas (2.194) (634) (782)

    67.725

    2017 (não auditado)Matéria prima (34.799) - - Gastos gerais/depreciação (34.488) (32.919) (33.732)Mão de obra direta (17.973) (15.588) (11.420)Mão de obra indireta (1.989) - (260)Total

    2017 (não auditado)Fretes e seguros de cargas (1.089) (27) (57)Rateio de serviços (421) (305) (304)

    (292) - -Outros gastos com vendas (98) - -Total

    2017 (não auditado)Serviços de terceiros (442) (262) (10)

    (416) (18) (2)Manutenção (290) (232) - Rateio / Reversão nota débito (279) (279) (245)Depreciação/amortização (269) (261) -Taxas diversas (65) (59) (2)Expediente (49) (42) - Seguros (41) (41) (8)Demais despesas administrativas (185) (38) - Total

    5.457 1.5664.034 3.988 471

    Receitas com juros 1.004 1.455 1.086Descontos obtidos / Outros 220 14 9

    Juros sobre empréstimos (8.324) (8.524) (3.078)Variação cambial e monetária 12 19 (2)Descontos concedidos (56) (16) (6)Outros (5.829) (3.680) (91)

    2017 (não auditado) Provisão para IR/CS 521 123 1.000

    2017 (não auditado)9.430 7.675 16.733

    ( + ) Adições permanente 1.384 1.384 1.400( - ) Exclusões (7.820) (7.714) (5.823)

    2.994( - ) Compensações - - (3.693)

    2.994449 202 1.290275 110 835270 121 774994

    amortização da carteira de clientes alocadas nas combinações de negócios realizadas pelo Grupo. Lucro antes do IRPJ/CSLL 9.430 7.675

    3.208 2.609Doações - (190)IRPJ e CSLL no resultado do exercício – corrente 994 433

    2.214 1.986

    2.691 2.6912.214 1.986

    IR da mais valia e carteira de clientes 10.156 -15.061 4.677

    Todos os saldos em aberto com esta parte relacionada devem ser li-quidados dentro do prazo de 60 dias da data base das DFs e não possuem garantias. Nenhuma

    em relação aos valores devidos por partes relacionadas. -

    Ativo Passivo 2017 2017 2017BAUMINAS Mineração - - - -

    - - - - -SULFABRAS - - - 290 -Total - - - -

    Ativo Passivo 2017 2017 2017BAUMINAS Mineração - - - -

    - - - -- - -

    NHEEL Química 117 - - - 474 - - - -

    SULFABRAS - - - 290 -11.606 - - - - -

    - - - - -Total - -

    Ativo 2017 2017BAUMINAS Química S.A. - 12.247BAUMINAS Ambiental - - 461 264

    - - - -7.606 - 27.612

    NHEEL Química - 24.454 26.605- - - -

    SULFABRAS - 192Outros - -Total 15.477 - 62.172

    -porte rodoviário para as empresas do Grupo BAUMINAS.

    Diretor Administrativo Financeiro: José Heitor Leonardo; Responsável Técnico: Marcio Eduardo Garcia Romero - Contador - 1SP214204/O-1.

    -

    Examinamos as DFs individuais e consolidadas da Bauminas Logística e Transporte S.A. (Cia.),

    patrimonial em 31/12/2018 e as respectivas demonstrações do resultado, do resultado abrangen-

    -

    assunto descrito na seção a seguir intitulada “Base para opinião com ressalva”, as DFs acima re--

    nanceira, individual e consolidada, da Bauminas Logística e Transporte S.A. em 31/12/2018, o -

    adotadas no Brasil.

    -

    patrimonial, individual e consolidado, nos montantes de R$ 1.225 mil e 298 mil, respectivamen-

    de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Nossas responsabilidades, em

    dos auditores pela auditoria das DFs individuais e consolidadas”. Somos independentes em rela-ção à Cia. e suas controladas, de acordo com os princípios éticos relevantes previstos no Código

    Contabilidade, e cumprimos com as demais responsabilidades éticas de acordo com essas nor-

    nossa opinião com ressalva. Principais assuntos de auditoria -

    -duais e consolidadas e, portanto, não expressamos uma opinião separada sobre esses assuntos. Além do assunto descrito na seção “Base para opinião com ressalva”, determinamos que o assun-to descrito abaixo é o principal assunto de auditoria a ser comunicado em nosso relatório. Princi-

    Veja Notas explicativas 3, 9, 16 e 18 das DFs individuais e consolida-

    explicativa n° 3, 9.i, 16 e 18 às DFs individuais e consolidadas, a Cia. adquiriu participações acionárias em 2018, que resultaram no controle da Pigminas Fábrica Pigmentos Minas Gerais

    --

    ção do método de aquisição requer, entre outros procedimentos, que a Cia. determine a data de

    ou ganho por compra vantajosa na operação. Estes procedimentos normalmente envolvem, um elevado grau de julgamento e a necessidade de que sejam desenvolvidas estimativas de valores

    -do e que estão sujeitos a um elevado grau de incerteza. Devido do alto grau de julgamento rela-cionado, e ao impacto que eventuais alterações nas premissas poderiam ter nas DFs, considera-

    -

    a determinação da data de aquisição do controle e a determinação do valor justo da contrapresta-

    utilizada para mensuração a valor justo dos ativos adquiridos e passivos assumidos e avaliamos

    -logia e premissas utilizadas para a alocação de preço dos intangíveis e Goodwill (Ágio) apurados

    -riam a mensuração e divulgação do valor justo dos ativos adquiridos e passivos assumidos na

    -cias obtidas por meio dos procedimentos acima sumarizados, consideramos que o valor do inves-

    conjunto. de que não examinamos o balanço patrimonial da Cia. em 31/12/2017 e as demonstrações do re-

    -te, não expressamos uma opinião sobre eles.

    A administração é responsável pela elaboração e adequada apresen-tação das DFs individuais e consolidadas de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de

    -ção das DFs individuais e consolidadas, a administração é responsável pela avaliação da capaci-dade de a Cia. continuar operando, divulgando, quando aplicável, os assuntos relacionados com a sua continuidade operacional e o uso dessa base contábil na elaboração das DFs, a não ser que a administração pretenda liquidar a Cia. e suas controladas ou cessar suas operações, ou não tenha nenhuma alternativa realista para evitar o encerramento das operações.

    Nossos objetivos são obter segu-rança razoável de que as DFs individuais e consolidadas, tomadas em conjunto, estão livres de

    -toria contendo nossa opinião. Segurança razoável é um alto nível de segurança, mas não uma ga-rantia de que a auditoria realizada de acordo com as normas brasileiras e internacionais de audito-ria sempre detectam as eventuais distorções relevantes existentes. As distorções podem ser

    -

    -

    -de ou erro, planejamos e executamos procedimentos de auditoria em resposta a tais riscos, bem

    relevantes para a auditoria para planejarmos procedimentos de auditoria apropriados às circuns-

    da Cia. e suas controladas. - Avaliamos a adequação das políticas contábeis utilizadas e a razoabi--

    mos sobre a adequação do uso, pela administração, da base contábil de continuidade operacional

    operacional da Cia. e suas controladas. Se concluirmos que existe incerteza relevante, devemos chamar atenção em nosso relatório de auditoria para as respectivas divulgações nas DFs individu-

    -

    não mais se manterem em continuidade operacional. - Avaliamos a apresentação geral, a estrutu-ra e o conteúdo das DFs, inclusive as divulgações e se as DFs individuais e consolidadas repre-sentam as correspondentes transações e os eventos de maneira compatível com o objetivo de

    --

    nião sobre as DFs individuais e consolidadas. Somos responsáveis pela direção, supervisão e de-sempenho da auditoria do grupo e, consequentemente, pela opinião de auditoria. Comunicamo-nos com a Administração a respeito, entre outros aspectos, do alcance planejado,

    --

    -neira, constitui o principal assunto de auditoria. Descrevemos esse assunto em nosso relatório de auditoria, a menos que lei ou regulamento tenha proibido divulgação pública do assunto, ou

    -

    Belo Horizonte, 31/03/2019. KPMG Auditores Independentes - CRC SP-014428/O-6 F-MG;

    Anderson Linhares de Oliveira - Contador CRC MG 086685/O-8

    4/4

    464 cm -02 1211505 - 1

    12 cm -01 1210867 - 1

    KROTON EDUCACIONAL S.A.CNPJ/MF: 02.800.026/0001-40

    NIRE: 31.300.025.187 Companhia Aberta

    EDITAL DE CONVOCAÇÃO - ASSEMBLEIAS GERAIS ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA

    Ficam os senhores acionistas da Kroton Educacional S.A. (“Companhia”) convocados para se reunirem em Assembleia Geral Ordinária e Assembleia Geral Extraordinária (“Assembleias”), a se realizarem, concomitantemente, no dia 30/04/2019, às 14h, na sede social da Companhia, Belo Horizonte/MG, Rua Santa Madalena

    para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: Em Assembleia Geral Ordinária: (i) tomar as contas dos administradores,

    (ii) deliberação sobre a proposta de destinação do lucro líquido do

    membros do Conselho Fiscal e seus respectivos suplentes. Em Assembleia Geral Extraordinária: remuneração global anual dos administradores da Companhia para o

    remuneração dos membros do Conselho Fiscal para o exercício social de 2019, se instalado. Esclarecimentos: Para tomar parte nas Assembleias, o acionista deverá apresentar à Companhia, antes ou na data de realização das Assembleias, (i) comprovante expedido

    e (ii) instrumento de mandato, devidamente regularizado na forma da lei e do Estatuto Social da Companhia, na hipótese de representação do acionista. O acionista ou seu representante legal deverá comparecer às Assembleias munido de documentos que comprovem

    recomendamos o envio à Companhia, com antecedência de 72 horas que antecedem à data de realização das Assembleias, de cópia simples dos documentos informados neste item. O acionista que desejar poderá optar por exercer o seu direito de voto por meio

    por meio de seus respectivos agentes de custódia ou diretamente à Companhia, conforme as orientações constantes do item 12.2 do

    Distância. Encontram-se à disposição dos acionistas, na sede social

    bem como no seu site de Relações com Investidores (www.kroton.

    gov.br) e da B3 (www.b3.com.br), cópias dos documentos referentes às matérias constantes da ordem do dia, incluindo aqueles exigidos

    Evando José Neiva. Presidente do Conselho de Administração.

    BM&FBOVESPA

    BM&FBOVESPA

    BM&FBOVESPA

    SiNDiCATo DoS TrABALHADorES NAS iNDÚSTriAS DA CoNSTruÇÃo E Do moBiLiário

    DE DiViNÓPoLiS E rEGiÃo DE mGEdITal dE CoNVoCaçÃo - ElEIçoEs 2019

    Pelo presente Edital de Convocação, o sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do mobiliário de divinópolis e região de mG, CNPJ- 20 162 251 0001-80, faz saber que no dia 11 de maio de 2019, no período de 7 às 13 horas, na sede da entidade, que fica na rua Itapecerica, 610, Centro, divinópolis/mG, com funcionamento de uma única urna fixa, serão realizadas as eleições para composição da Direto-ria, Conselho Fiscal e delegados representantes na federação da cate-goria profissional, bem como os suplentes, ficando aberto o prazo de 10 (dez) dias para o registro de chapas, que contará um dia após a data da publicação deste edital, conforme disposições estatutárias e da legisla-ção vigente . Estarão aptos a candidatar-se e a votar os associados regu-lares conforme as disposições estatutárias . o requerimento de registro de chapas acompanhado de todos os documentos exigidos será dirigido ao presidente da entidade podendo ser assinado por qualquer um dos candidatos componentes da chapa . a secretaria da entidade funcionará no período comercial para o registro de chapas, no horário de 12 às 17 horas, onde encontrará a dispor dos interessados uma pessoa habilitada para atendimento, prestação de informações concernentes ao processo eleitoral, recebimento de documentação e fornecimento do correspon-dente recibo . a impugnação de candidaturas poderá ser feita no prazo de 03 (três) dias, a contar da publicação da relação das chapas regis-tradas . Caso não seja obtido “Quorum” em primeira convocação, as eleições serão realizadas em segunda convocação, no dia 11 de junho de 2019 . Em caso de empate entre as chapas mais votadas, realizar-se-ão novas eleições no prazo de 30 dias . o resumo do edital de publicação será afixado na sede da entidade, que fica na rua Itapecerica, 610, Cen-tro, divinópolis/mG, onde também se encontrará o jornal da publica-ção do resumo do edital da eleição . divinópolis, 2 de abril de 2019 . Policar oliveira da silva, presidente .

    7 cm -02 1211417 - 1

    ComPANHiA oPErACioNAL DE DESENVoLVimENTo, SANEAmENTo E AÇÕES urBANAS – CoDAu.

    Torna público que marcou licitação, sob modalidade PrEGÃo PrE-sENCIal nº . 031/2019, do tipo menor preço por item, objetivando a registro de preço para futuro e eventual fornecimento de pedrisco, pedra britada nº 1, 2 e 3 e capa de rocha basáltica, em conformidade com a abNT Nbr 7225 E CoNTraN, material destinado para uso na área operacional e manutenções diversas, pelo período de 12 (doze) meses, em atendimento à solicitação da seção Controle de almoxarifados – diretoria de Gestão administrativa . leis Federais nº . 10 .520/2002, 8 .666/93, lei Complementar nº . 123/06 e decreto 3 .555/00 . data/horá-rio para realização da licitação: 09h do dia 15 de abril de 2019 . local aquisição do edital, entrega da documentação e proposta de preços, bem como abertura dos envelopes: av . saudade, 755 – uberaba/mG . Infor-mações pelo telefone (0xx34) 3318-6036/6037 . site: www .codau .com .br . uberaba/mG, 02 de abril de 2019, régis Gaspar alves, Pregoeiro .

    4 cm -02 1211211 - 1

    CoNSÓrCio iNTErmuNiCiPAL DE SAÚDE DA rEDE DE urGÊNCiA Do NorTE DE miNAS-CiSruN

    PC 018/2019 PP 013/2019- Cont . de empresa p/ prest . de serv . de manu-tenção corretiva de Eletrodomésticos e televisores c/ fornec . de peças . sr . Presidente homologa a favor de Comercial Geloar refrigeração ltda-EPP, CNPJ nº 05 .995 .701/0001-21-CTr 058/19-sig . silvanei b . santos (presidente) e Ângelo m . santos p/ contratada-Vr .r$40 .715,10-29/03/19-Vig .29/03/19 a 31/12/19 .PC 019/2019 PP 014/2019 Cont . Empresa p/ Prest . serv . Confec . mate-riais de Comunicação Visual . sr . Presidente homologa a favor de alex-sandro P . almeida-mE, CNPJ nº 01 .355 .325/0001-50 CTr 059/19-sig . silvanei b . santos (presidente) e alexsandro P . almeida p/ contrata-da-Vr . r$3 .955,00-01/04/19-Vig .20/03/19 a 31/12/19 .PC 019/2019 PP 014/2019 Cont . Empresa p/ Prest . serv . Confec . mate-riais de Comunicação Visual . sr . Presidente homologa a favor de Elo-ína a . rodrigues-mE, CNPJ nº 05 .562 .748/0001-00 CTr 060/19-sig . silvanei b . santos (presidente) e Walquiria r . durães p/ contratada-Vr . r$21 .541,00-01/04/19-Vig .20/03/19 a 31/12/19 .PC 019/2019 PP 014/2019 Cont . Empresa p/ Prest . serv . Confec . mate-riais de Comunicação Visual . sr . Presidente homologa a favor de For-mulários G . I . Comércio ltda-mE, CNPJ nº 02 .253 .928/0001-03 CTr 061/19-sig . silvanei b . santos (presidente) e Teodomiro P . santos p/ contratada-Vr . r$14 .872,50-01/04/19-Vig .20/03/19 a 31/12/19 .PC 019/2019 PP 014/2019 Cont . Empresa p/ Prest . serv . Confec . materiais de Comunicação Visual . sr . Presidente homologa a favor de Grafcenter ltda-EPP, CNPJ nº 09 .509 .637/0001-82 CTr 062/19-sig . silvanei b . santos (presidente) e Wagner T . silva p/ contratada-Vr . r$1 .790,00-01/04/19-Vig .20/03/19 a 31/12/19 .PC 019/2019 PP 014/2019 Cont . Empresa p/ Prest . serv . Confec . mate-riais de Comunicação Visual . sr . Presidente homologa a favor de osó-rio P . l . Com . Indústria ltda-mE, CNPJ nº 28 .420 .311/0001-29 CTr 063/19-sig . silvanei b . santos (presidente) e José o . oliveira p/ con-tratada-Vr . r$13 .210,00-01/04/19-Vig .20/03/19 a 31/12/19 .PC 020/2019 PP 015/2019 aquisição de mat . e Equip . de Informática . sr . Presidente homologa a favor de 2r medicamentos P . Hosp . ltda-EPP, CNPJ nº 04 .318 .429/0001-82- CTr 064/19-sig . silvanei b . san-tos (presidente) e renato a . d . souza p/ contratada-Vr . r$38 .195,00-01/04/19-Vig .01/04/19 a 31/12/19 .PC 020/2019 PP 015/2019 aquisição de mat . e Equip . de Informá-tica . sr . Presidente homologa a favor de Formulários G . I . Comér-cio ltda-mE, CNPJ nº 02 .253 .928/0001-03- CTr 065/19-sig . sil-vanei b . santos (presidente) e Teodomiro P . santos p/ contratada-Vr . r$24 .553,80-01/04/19-Vig .01/04/19 a 31/12/19 .PC 020/2019 PP 015/2019 aquisição de mat . e Equip . de Informá-tica . sr . Presidente homologa a favor de Infolab dist . ltda-EPP, CNPJ nº 02 .799 .407/0001-56- CTr 066/19-sig . silvanei b . santos (presi-dente) e Carlúcio P . batista p/ contratada-Vr . r$218 .520,00-01/04/19-Vig .01/04/19 a 31/12/19 .PC 020/2019 PP 015/2019 aquisição de mat . e Equip . de Informática . sr . Presidente homologa a favor de José adipson G . melo Eireli-mE, CNPJ nº 24 .144 .712/0001-42- CTr 067/19-sig . silvanei b . san-tos (presidente) e José a . G . melo p/ contratada-Vr . r$73 .938,50-01/04/19-Vig .01/04/19 a 31/12/19 .

    12 cm -02 1211608 - 1

    CoNSÓrCio rEGioNAL DE SANEAmENTo BáSiCo CENTrAL DE miNAS – CorESAB CENTrAL DE miNAS.

    EdITal dE ProCEdImENTo dE maNIFEsTaçÃo dE INTE-rEssE PmI Nº 01/2019obJETo: o CoNsÓrCIo rEGIoNal dE saNEamENTo bÁsICo CENTral dE mINas, torna público os parâmetros para a participação de interessados no Procedimento de manifestação de Inte-resse PmI nº 001/2019para participação de interessados no processo de obtenção de estudos, levantamentos, investigações, dados, informações técnicas, projetos ou pareceres de interessados que tragam soluções ou insumos para estruturação de estudos de viabilidade, visando a realiza-ção de investimentos e operação de estrutura necessária para o manejo e a disposição final de resíduos sólidos urbanos dos entes consorciados. o edital e o Termo de referência, estão disponíveis na íntegra pelo site do Diário Oficial dos Municípios Mineiros no http://www.diario-municipal .com .br/amm-mg/pesquisar?entidadeusuaria=Cons%C3%b3rcio+regional+de+saneamento+b%C3%a1sico+Central+de+minas&titulo=&nome_orgao=&dataInicio=01%2F04%2F2019&dataFim=01%2F04%2F2019&Enviar=&_token=uJHyGto480zwbYYHFtoXa-mG9xdhlaGlXaXNzdgtlo8 - seus anexos estão disponíveis pelo e-mail:[email protected] .com . Prazo para cadastramento: 15 de abril de 2019 .Corinto, 29 de março de 2019 - ass . Vanderli de Carvalho barbosa, Presidente do CorEsab .

    6 cm -02 1211328 - 1 CoNSorCio iNTErmuNiCiPAL DE SAÚDE DA

    miCrorrEGiÃo DE ViÇoSA – CiSmiV. aviso de licitação . Pregão 21/2018 . a Pregoeira do CIsmIV torna pública a realização de licitação na modalidade Pregão Presencial Nº21/2018, tendo por objeto o registro de preços para aquisição de insumos para manutenção das atividades do laboratório de análises clínicas em hematologia do CIsmIV . maiores informações podem ser obtidas pelo e-mail licitacao [email protected] .com, pelo telefone: 313892-8569, ou na rua José dos santos, 120, Centro, Viçosa - mG, 06 de junho de 2018 .

    3 cm -01 1211092 - 1

    SEmASA DE CArANGoLA/mGaVIso dE PrEGÃo PrEsENCIal Nº 012/2019 - o sEmasa torna público que fará realizar a seguinte licitação: obJETo: registro de Preços para firmar Termo de Contrato de expectativa de contratação de empresa para prestação de serviços de fornecimento, transporte e aplicação de CbuQ – Faixa C (concreto betuminoso usinado a quente) e pintura de ligação para reparação da pavimentação asfáltica das ruas do município de Carangola-mG . Prazo máximo para entrega dos enve-lopes: dia 23/04/2019 as 08:00 horas . o Edital na íntegra encontra-se no sEmasa/CGa, sito na rua divino, n° 93, Carangola–mG, fone (32) 3741-5820 - e-mail: [email protected] .com .br e nos sites www .semasacarangola .com .br e www .cisab .com .br . Caran-gola, 02/04/2019 . marco antônio de lima . diretor Geral .

    3 cm -02 1211330 - 1

    Documento assinado eletrônicamente com fundamento no art. 6º do Decreto nº 47.222, de 26 de julho de 2017. A autenticidade deste documento pode ser verificada no endereço http://www.jornalminasgerais.mg.gov.br/autenticidade, sob o número 320190402191104025.