Dafne E Apolo

of 8 /8
DAFNE ERA UMA FORMOSA NINFA DOS BOSQUES, SEM INTERESSE NA VIDA FAMILIAR OU AMOROSA. SENTIA-SE FELIZ NO PAPEL DE SACERDOTISA VIRGEM A SERVIÇO DO TEMPLO DE GAIA, GRANDE MÃE -TERRA. PARA GRANDE TRISTEZA DE SEU PAI, PENEIUS, QUE MUITO DESEJAVA UM NETO, DAFNE PREFERIA PASSAR OS DIAS NA COMPANHIA DE OUTRAS NINFAS, VIVENDO AO ESTILO DE ARTÊMIS, DEUSA DA CAÇA. AM AVA A LIBERDADE DAS FLORESTAS E OS DESAFIOS DAS CAÇADAS. DAFNE E APOLO

Embed Size (px)

Transcript of Dafne E Apolo

  • DAFNE ERA UMA FORMOSA NINFA DOS BOSQUES, SEM INTERESSE NA VIDA FAMILIAR OU AMOROSA.

    SENTIA-SE FELIZ NO PAPEL DE SACERDOTISAVIRGEM A SERVIO DO TEMPLO DE GAIA, GRANDEME -TERRA.PARA GRANDE TRISTEZADE SEU PAI, PENEIUS, QUE MUITO DESEJAVAUM NETO, DAFNEPREFERIA PASSAR OSDIAS NA COMPANHIADE OUTRAS NINFAS, VIVENDO AO ESTILODE ARTMIS, DEUSA DA CAA. AMAVA A LIBERDADE DAS FLORESTAS E OSDESAFIOS DASCAADAS.

    DAFNE E APOLO

  • CERTO DIA, NO MONTEOLIMPO, HOUVE UMA RSPIDA TROCA DE PALAVRAS ENTRE APOLO E EROS, FILHO MAIS NOVO DA BELA AFRODITE.

    SEGUNDO A LENDA,O DEUS-SOL TERIA SUGERIDO QUEEROS, AINDA MUITO JOVEM, DEIXASSE O MANEJODO ARCO-E-FLECHA PARA HOMENS ADULTOS.

  • O JOVEM DEUS DOAMOR , QUE SE JULGAVA EXCELENTE ARQUEIRO, DECIDIU SE VINGARDE APOLO PARA LEV-LO A SE ARREPENDER DOINJUSTIFICADO INSULTO.

  • COM UMA DE SUAS SETAS DE OURO, MIROU CUIDADOSAMENTEO CORAO DE APOLO E DESFECHOUUMA FLECHADA CERTEIRA. NESTE MOMENTO, O DEUS-SOL PERCEBEUA FIGURA DE DAFNE CORRENDOPELOS BOSQUES COM OUTRASNINFAS.

    FOI IMEDIATAMENTE TOMADO DE ARDENTE PAIXO. EROS ARMOU NOVAMENTEO ARCO E ACERTOU O CORAO DE DAFNECOM UMA SETA DE CHUMBO.

  • DESESPERADO, APOLO COMEOU A CORRER ATRSDE SEU NOVO AMOR, PARA ENVOLV-LAEM UM ABRAO APAIXONADO.MAS SENTINDO O CHUMBO DA SETA EM SEU CORAO, A JOVEM FUGIA DO DEUS-SOL. EM VO APOLO EXPLICAVA QUE NO ERA UM MONSTRO, E SIM UM DEUS DO OLIMPO. ISSO ASSUSTOU DAFNE AINDA MAIS, QUE COMEOUA CORRER MAIS RPIDO NA DIREO OPOSTA. GRITANDO, ELA SUPLICOU A GAIA POR AJUDA.

  • IMEDIATAMENTE SUAS PERNAS SE TRANSFORMARAM EM RAZES E, DESEUS BRAOS, COMEARAM A BROTAR GALHOS E FOLHAS . QUANDO APOLO ALCANOU A JOVEM, SUA PELE SE COBRIRA DE CASCA. GAIA TRANSFOMARADAFNE EM UMA RVORE DE LOURO, PERMITINDO QUE ESCAPASSE AO DEUS, E MANTIVESSE A VIRGINIDADE.

  • INCONSOLVEL, APOLOTIROU UM DOS GALHOS DA RVORE E COM ELE CINGIU A CABEA. A PARTIR DESTE DIA, A COROA DE LOUROS TORNOU-SE UM SMBOLO SAGRADO PARA O DEUS-SOL.

  • FORMATAO: CLAUDIA MADEIRACLAUDIASLIDES: www.corepoesia.com TEXTO: CLAUDIA MADEIRATRADUO LIVRE DO SITETALES OF GREEK MITHOLOGYSOM:PAPOULA VERMELHA DE GLIREIMAGENS: GOOGLE E WEBSHOTS