Desenvolvendo a auto aceitação

of 57/57
Desenvolvendo a Auto- aceitação Lição 04
  • date post

    22-Dec-2014
  • Category

    Spiritual

  • view

    2.279
  • download

    3

Embed Size (px)

description

Estudo sobre o Desenvolvimento da auto-aceitação, segundo a ótica de Deus.

Transcript of Desenvolvendo a auto aceitação

  • 1. Desenvolvendo a Auto-aceitao Lio 04

2. PERGUNTAS1. Numa escala de 0 a 10 qual nota voc daria para: sua aparncia? sua capacidade intelectual? seu ambiente familiar?2. Se pudesse, o que voc mudaria em: sua aparncia? sua famlia? seu jeito de ser? sua inteligncia? 3. REFLEXODeus nos aceita do jeito quesomos, mas se recusa a nosdeixar do jeito que somos. 4. Por isso, Deus criou os Spas? 5. LEITURA: SALMO 139 6. IntroduoTodo ser humano muito especial aos olhos deDeus, por isso precisamos:1. Ter conhecimento de quem somos; assim, precisamos nos olhar na mesma tica de Deus.2. Termos coragem para assumir bloqueios psicolgicos; pois, nosso comportamento denuncia tanto a doena como a sade da alma.3. Buscarmos em Deus a cura para a auto-aceitao; nossa alma precisa ser tratada por algum que tenha sentimentos perfeitos. 7. IntroduoSegundo o psicanalista Carl Jung, quanto maisntegra a pessoa, mais coisas boas ela atrairpara si. Desta forma, precisamos cultivar:1. Vida fsica: precisamos cuidar do corpo (alimentao, esportes, lazer) pois o nosso corpo templo do Esprito Santo(1Co 6:19-20);2. Vida emocional: evitando o negativismo e as crticas para cultivar a auto-estima em pensamentos bons;3. Vida social: No deixemos de congregar, como costume de alguns(Hb 10:25) 8. AnorexiaDistoro da viso de simesma, a pessoa s se vgorda, apesar de no ser.Provocando ento a baixaingesto de alimentos paramanterem o peso corporal.Essas doenas acometemprincipalmente asmulheres, cerca de 90%dos casos podem sertratadas atravs de umpsiclogo, mdico e umnutricionista. 9. Fisiculturismoou culturismo umesporte cujo objetivo buscar, por meio damusculao, a melhorformao muscular.Sua disputa ocorre emapresentaes coletivas ouindividuais, decomparao. Os requisitosso:volume, simetria, proporo e definio muscular. 10. Evidncias de auto-rejeio1. Muita ateno s vestes - Mt. 6:28 E por que andais ansiosos quanto ao vesturio? Considerai como crescem os lrios do campo: eles no trabalham, nem fiam.2. Sensualidade - Ef. 4:19,24 os quais, tendo-se tornado insensveis, se entregaram dissoluo para, com avidez, cometerem toda sorte de impureza. () e vos revistais do novo homem, criado segundo Deus, em justia e retido procedentes da verdade.3. Incapacidade de confiar em Deus - Ef. 2:10 Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de antemo preparou para que andssemos nelas. 11. Evidncias de auto-rejeio4. Timidez excessiva - 1Sm. 10:22 Ento, tornaram a perguntar ao SENHOR se aquele homem viera ali. Respondeu o SENHOR: Est a escondido entre a bagagem.5. Dificuldade em amar aos outros - Mt. 19:19 honra a teu pai e a tua me e amars o teu prximo como a ti mesmo.6. Auto Crtica - Is. 45:9 Ai daquele que contende com o seu Criador! E no passa de um caco de barro entre outros cacos. Acaso, dir o barro ao que lhe d forma: Que fazes? Ou: A tua obra no tem ala. 12. Evidncias de auto-rejeio7. Comparao com os outros - Rm. 9:20 Quem s tu, homem, para discutires com Deus?! Porventura, pode o objeto perguntar a quem o fez: Por que me fizeste assim?8. Amargura visvel - Ef. 5:29 Porque ningum jamais odiou a prpria carne; antes, a alimenta e dela cuida, como tambm Cristo o faz com a igreja;9. Perfeccionismo - Sl. 119:96 Tenho visto que toda perfeio tem seu limite; mas o teu mandamento ilimitado.10. Atitudes de superioridade - 1 Co. 4:6 () no ultrapasseis o que est escrito; a fim de que ningum se ensoberbea a favor de um em detrimento de outro. 13. Evidncias de auto-rejeio11. Tentativas ridculas para encobrir defeitos bvios eimutveis - 2 Co. 12:9 Ento, ele me disse: A minha graa te basta, porque o poder se aperfeioa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo.12. Extravagncia - Lc. 2:15 E, ausentando-se deles os anjos para o cu, diziam os pastores uns aos outros: Vamos at Belm e vejamos os acontecimentos que o Senhor nos deu a conhecer.13. Mscaras - Rm. 12:9 Tribulao e angstia viro sobre a alma de qualquer homem que faz o mal, ao judeu primeiro e tambm ao grego; 14. REFLEXODe todas as criaturas de Deus, o homem o nicocriado sua imagem e semelhana. (Gn. 1:26-27) 15. Fundamentos para Auto-aceitaoO propsito bsico deDeus em nos criar quepossamos ter comunhocom Ele por meio deCristo e experimentar oPOTENCIAL MXIMOem ns atravs de nossoscorpos.Jo. 17:3; Jo. 10:10; Fp.3:8 16. Fundamentos para Auto-aceitaoO propsito bsico deDeus em nos criar que E a vida eterna esta: quepossamos ter comunhote conheam a ti, o nicocom Ele por meio de Deus verdadeiro, e a JesusCristo e experimentar o Cristo, a quem enviaste.POTENCIAL MXIMO(Jo. 17:3)em ns atravs de nossoscorpos.Jo. 17:3; Jo. 10:10; Fp.3:8 17. Fundamentos para Auto-aceitaoO propsito bsico deDeus em nos criar queO Ladro vem somentepossamos ter comunho para roubar, matar ecom Ele por meio de destruir; eu vim para queCristo e experimentar o tenham vida e a tenhamPOTENCIAL MXIMOem abundncia. (Jo.em ns atravs de nossos10:10)corpos.Jo. 17:3; Jo. 10:10; Fp.3:8 18. Fundamentos para Auto-aceitaoO propsito bsico deSim, deveras consideroDeus em nos criar que tudo como perda, porpossamos ter comunhocausa da sublimidade docom Ele por meio deCristo e experimentar oconhecimento de CristoPOTENCIAL MXIMO Jesus, meu Senhor; porem ns atravs de nossosamor do qual perdi todascorpos. as cousas e as considerocomo refugo, paraJo. 17:3; Jo. 10:10; Fp.3:8 conseguir Cristo (Fp. 3:8) 19. Fundamentos para Auto-aceitaoSatans est a par donosso potencial dado porDeus e deseja destruirou diminuir estepotencial.2Tm. 2:20-22 20. Fundamentos para Auto-aceitao Ora, numa grande casa no hSatans est a par dosomente utenslios de ouro e de prata; h tambm de madeira e de barro.nosso potencial dado por Alguns, para honra;Deus e deseja destruiroutros, porm, para desonra.Assim, pois, se algum a si mesmo seou diminuir este purificar destes erros, ser utensliopara honra, santificado e til ao seupotencial. possuidor, estando preparado para toda a obra.Foge, outrossim, das paixes da2Tm. 2:20-22 mocidade. Segue a justia, a f, o amor e a paz com os que, de coraopuro, invocam o Senhor. (2 Tm. 2:20-22) 21. Fundamentos para Auto-aceitaoO primeiro mtodo queSatans usa nosconvencer que Deusnos enganou em algoque nosso direito.Gn.3:4-5; Cl.2:8-10 22. Fundamentos para Auto-aceitaoO primeiro mtodo queEnto, a serpente disse Satans usa nos mulher: certo que noconvencer que Deusmorrereis.nos enganou em algoPorque Deus sabe que noque nosso direito.dia em que dele comerdesse vos abriro so olhos e, como Deus, sereisGn.3:4-5; Cl.2:8-10 conhecedores do bem e domal. (Gn. 3:4-5) 23. Fundamentos para Auto-aceitaoO primeiro mtodo que Cuidado que ningum vos venha aSatans usa nos enredar com sua filosofia e vssutilezas, conforme os rudimentosconvencer que Deus do mundo e no segundo Cristo;nos enganou em algo porquanto, nele, habita, corporalque nosso direito.mente, toda a plenitude da Divindade. Tambm, nele, estais aperfeioados. Ele o cabea deGn.3:4-5; Cl.2:8-10 todo principado e potestade. (Cl.2: 8-10) 24. Fundamentos para Auto-aceitaoAntes de nascermos Deusprescreveu as nossascaractersticasimutveis de acordocom o seu plano paranossas vidas.J 10:8-9; Sl. 119:73;139:14,16; Is. 45:9 25. Fundamentos para Auto-aceitaoAntes de nascermos Deus As tuas mos meprescreveu as nossas plasmaram e mecaractersticas aperfeioaram, porm, agimutveis de acordoora, queres devorar-me.com o seu plano para Lembra-te de que menossas vidas. formaste como em barro; e queres, agora, reduzir-J 10:8-9; Sl. 119:73; me a p? (J 10: 8-9)139:14,16; Is. 45:9 26. Fundamentos para Auto-aceitaoAntes de nascermos Deusprescreveu as nossascaractersticas As tuas mos me fizeramimutveis de acordo e me afeioaram; ensina-com o seu plano para me para qu aprenda osnossas vidas.teus mandamentos. (Sl.119:73)J 10:8-9; Sl. 119:73;139:14,16; Is. 45:9 27. Fundamentos para Auto-aceitaoGraas te dou, visto que por modoAntes de nascermos Deus assombrosamente maravilhoso meprescreveu as nossasformaste; as tuas obras soadmirveis, e a minha alma o sabecaractersticas muito bem;os meus ossos no te foramimutveis de acordoencobertos, quando no oculto fuicom o seu plano para formado e entretecido como nas profundezas da terra.nossas vidas.Os teus olhos me viram a substnciaainda informe, e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada umJ 10:8-9; Sl. 119:73; deles escrito e determinado, quandonem um deles havia ainda. (Sl. 139: 14-139:14,16; Is. 45:9 16) 28. Fundamentos para Auto-aceitaoAntes de nascermos Deus Ai daquele que contendeprescreveu as nossas com o seu Criador! E nocaractersticas passa de um caco de barroimutveis de acordo entre outros cacos.com o seu plano paraAcaso, dir o barro ao quenossas vidas.lhe d forma: Que fazes?Ou: A tua obra no temJ 10:8-9; Sl. 119:73;ala. (Is. 45:9)139:14,16; Is. 45:9 29. Fundamentos para Auto-aceitaoDeus no estterminado conosco.Ef.2:10; Sl. 138:8 30. Fundamentos para Auto-aceitaoDeus no estterminado conosco. Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, asEf.2:10; Sl. 138:8quais Deus de antemo preparou para que andssemos nelas. (Ef. 2:10) 31. Fundamentos para Auto-aceitaoDeus no estterminado conosco. O que a mim me concerne o Senhor levar a bomtermo; a tuaEf.2:10; Sl. 138:8 misericrdia, Senhor, dura para sempre; no desampares as obras das tuas mos. (Sl. 138:8) 32. Fundamentos para Auto-aceitaoNo h um "idealuniversal" do que sejaaparncia exterior.1 Sm. 16:7; Is. 53:2;2Co.4:16 33. Fundamentos para Auto-aceitaoNo h um "ideal Porm o Senhor disse auniversal" do que seja Samuel: No atentes paraaparncia exterior.a sua aparncia, nem para a sua altura, porque orejeitei; porque o Senhor1 Sm. 16:7; Is. 53:2;no v como v o homem.2Co.4:16O homem v oexterior, porm oSenhor, o corao. (1Sm. 16:7) 34. Fundamentos para Auto-aceitaoNo h um "idealuniversal" do que sejaPorque foi subindo comoaparncia exterior.renovo perante ele e comoraiz duma terra seca; no tinha aparncia nem1 Sm. 16:7; Is. 53:2;formosura; olhamo-2Co.4:16 lo, mas nenhuma belezahavia que nos agradesse. (Is. 53:2) 35. Fundamentos para Auto-aceitaoNo h um "idealuniversal" do que seja Por isso, noaparncia exterior.desanimamos; pelo contrrio, mesmo que o nosso homem exterior se1 Sm. 16:7; Is. 53:2; corrompa, contudo, o2Co.4:16 nosso homem interior serenova de dia em dia.(2Co. 4:16) 36. Fundamentos para Auto-aceitaoH um ideal universal dascaractersticas interiores(a reproduo do carterde Jesus Cristo em nspelo poder do Esprito eda graa de Deus.)Rm.8:29; Gl. 4:19; 5:22-23; Cl.2:9 37. Fundamentos para Auto-aceitaoH um ideal universal das Porquanto aos que decaractersticas interioresantemo(a reproduo do carter conheceu, tambem, tambde Jesus Cristo em ns m os predestinou parapelo poder do Esprito e serem conformes da graa de Deus.) imagem de seu Filho, a fimde que seja o primognitoRm.8:29; Gl. 4:19; 5:22-entre muitos irmos. (Rm23; Cl.2:98:29) 38. Fundamentos para Auto-aceitaoH um ideal universal dascaractersticas interiores meus filhos, por quem, de(a reproduo do carter novo, sofro as dores dede Jesus Cristo em nsparto, at ser Cristopelo poder do Esprito e formado em vs; (Gl 4:19)da graa de Deus.)Rm.8:29; Gl. 4:19; 5:22-23; Cl.2:9 39. Fundamentos para Auto-aceitaoH um ideal universal dascaractersticas interioresMas o fruto do Esprito :(a reproduo do carter amor, alegria, paz, longanide Jesus Cristo em ns midade, benignidade, bonpelo poder do Esprito e dade, fidelidade,da graa de Deus.)mansido, domnio prprio. Contra estas cousas no h lei. (GlRm.8:29; Gl. 4:19; 5:22-5:22-23)23; Cl.2:9 40. Fundamentos para Auto-aceitaoH um ideal universal dascaractersticas interiores(a reproduo do carterde Jesus Cristo em ns Porquanto, nele, habita, cpelo poder do Esprito e orporalmente, toda ada graa de Deus.)plenitude da Divindade.(Cl. 2:9)Rm.8:29; Gl. 4:19; 5:22-23; Cl.2:9 41. Fundamentos para Auto-aceitaoNossa felicidade nodepende de nossa belezaexterior e sim dacapacidade deexperimentar o carter deJesus Cristo.Mt.5:3-12; 6:33; Sl.17:15 42. Fundamentos para Auto-aceitaoBem-aventurados os humildes de esprito,Nossa felicidade no porque deles o reino dos cus. Bem-aventurados os que choram, porque serodepende de nossa beleza consolados. Bem-aventurados os mansos,exterior e sim daporque herdaro a terra. Bem-aventurados osque tm fome e sede de justia, porque serocapacidade defartos. Bem-aventurados os misericordiosos,porque alcanaro misericrdia. Bem-experimentar o carter de aventurados os limpos de corao, porque veroa Deus. Bem-aventurados os pacificadores,Jesus Cristo. porque sero chamados filhos de Deus. Bem- aventurados os perseguidos por causa dajustia, porque deles o reino dos cus. Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vosMt.5:3-12; 6:33; Sl.17:15 injuriarem, e vos perseguem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vs. Regozijai-vos e exultai, porque grande o vosso galardo nos cus; pois assim perseguiram aos profetas queviveram antes de vs. (Mt. 5:3-12) 43. Fundamentos para Auto-aceitaoNossa felicidade nodepende de nossa belezaexterior e sim da buscai, pois, em primeirocapacidade de lugar, o seu reino e a suaexperimentar o carter de justia, e todas estasJesus Cristo. cousas vos seroacrescentadas. (Mt. 6:33)Mt.5:3-12; 6:33; Sl.17:15 44. Fundamentos para Auto-aceitaoNossa felicidade nodepende de nossa belezaexterior e sim daEu, por, na justiacapacidade de contemplarei a tua face;experimentar o carter dequando acordar, eu meJesus Cristo. satisfarei com a tua semelhana (Sl. 17:15)Mt.5:3-12; 6:33; Sl.17:15 45. Fundamentos para Auto-aceitaoSe necessrio, Deus levando sempre no corpo o morrer deJesus, para que tambm a sua vidasacrifica a beleza exteriorse manifeste em nosso corpopara desenvolver ()Por isso, no desanimamos; peloqualidades interiores.contrrio, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem2Co 4:10, 16-17; Rm 9:20- interior se renova de dia em dia.21 Por que a nossa leve e momentnea tribulao produz para ns eternopeso de glria, acima de toda comparao. (2Co. 4:10,16-17) 46. Fundamentos para Auto-aceitaoSe necessrio, DeusQuem s tu, homem, parasacrifica a beleza exterior discutires com Deus?!para desenvolverPorventura, pode o objetoqualidades interiores. perguntar a quem o fez: Porque me fizeste assim? Ou no tem o oleiro direito2Co 4:10, 16-17; Rm 9:20-sobre a massa, para do21mesmo barro fazer vaso parahonra e outro, para desonra?(Rm 9:20-21) 47. Fundamentos para Auto-aceitaoNossa realizao na vidavem atravs de ser umamensagem nica de comodesenvolver ascaractersticas interioresde Jesus Cristo.1 Pe. 2:9; 2Co. 3:2; Pv.15:23 48. Fundamentos para Auto-aceitaoNossa realizao na vidavem atravs de ser umaVs, porm, sois raamensagem nica de como eleita, sacerdcio real, naodesenvolver assanta, povo de propriedadecaractersticas interioresexclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudesde Jesus Cristo. daquele que vos chamou dastrevas para a sua1 Pe. 2:9; 2Co. 3:2; Pv. maravilhosa luz. (1Pe. 2:9)15:23 49. Fundamentos para Auto-aceitaoNossa realizao na vidavem atravs de ser umamensagem nica de comodesenvolver as Vs sois a nossa carta, escritacaractersticas interiores em nosso corao, conhecidae lida por todos os homens.de Jesus Cristo.(2Co.3:2)1 Pe. 2:9; 2Co. 3:2; Pv.15:23 50. Fundamentos para Auto-aceitaoNossa realizao na vidavem atravs de ser umamensagem nica de comodesenvolver as O Homem se alegra em darcaractersticas interiores resposta adequada, e a palavra, a seu tempo, quode Jesus Cristo.boa ! (Pv. 15:23)1 Pe. 2:9; 2Co. 3:2; Pv.15:23 51. Fundamentos para Auto-aceitaoDeus nosso donoe, portanto, responsvelpela nossa herana social.Ex. 4:11-12 52. Fundamentos para Auto-aceitaoDeus nosso dono Respondeu-lhe o Senhor:e, portanto, responsvelQuem fez a boca dopela nossa herana social. homem?Ou quem faz omudo, ou o surdo, ou o que v, ou o cego? No sou eu, oEx. 4:11-12Senhor? Vai, pois, agora, e eu serei com a tua boca e te ensinareio que hs de falar. (Ex. 4:11-12) 53. ConclusoQuando no desenvolvemos a auto-aceitao bloqueamos os frutos do Esprito Santo. 54. Lzaro e Jonathan Eu te amo tantoClique para assistir no YouTube:http://www.youtube.com/watch?v=5zcPbeYHEgg 55. Concluso Independente de sermos, gordo oumagro, preto ou branco, cabelos castanhos ouloiro, baixo ou alto, o homem no deixa deser a obra prima de Deus. Quando Ele nos criou, nos criou para suaglria, seja voc quem for, Deus te criou para louvor e glria Dele. 56. OBRIGADO!DEUS ABENOE A TODOS! 57. DIVULGADOR (Blog). Desenvolvendo a auto-aceitao. Disponvel em . Acessado em 06/02/2012.Este estudo foi baseado na consulta sreferencias aqui apresentadas eESBOOS PARA MENSAGENS (Blog). Desenvolvendo ainterpretaes pessoais sobre o tema auto-aceitao. Disponvel emabordado.. Acessado ematravs do site Google. Assim como o 06/02/2012.vdeo aqui inserido est disponvel no IPB. Boletim n. 662. Mesquita, 26/06/2010. Disponvel emsite YouTube, at a data de .12/02/2012, quando utilizado. Acessado em 06/02/2012. SENIB. Aula 02. Apostila do Aluno. Disponvel em . Acessado em 07/02/2012. SOUZA, Wilson Emerick de (Rev.). Desenvolvendo a auto- aceitao. Encarando a Vida. Cap. 04. Srie Famlia, v.2. Didaqu: Manhumirim, 2012. Wikipedia. Fisiculturismo. Disponvel em . Acessado em 08/02/2012.