MOODLE - ginux.online › tutorial › Moodle -2009 livro Lynn Dani e Le.pdf ·...

Click here to load reader

  • date post

    25-Jun-2020
  • Category

    Documents

  • view

    12
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of MOODLE - ginux.online › tutorial › Moodle -2009 livro Lynn Dani e Le.pdf ·...

  • MOODLE Estratégias Pedagógicas e

    Estudos de Caso

  • Universidade do Estado da Bahia - UNEB

    Lourisvaldo Valentim da Silva Reitor

    Amélia Tereza Santa Rosa Maraux Vice-Reitora

    Maria Nadja Nunes Bittencourt Diretora da Editora

    Conselho Editorial

    Delcele Mascarenhas Queiroz José Cláudio Rocha

    Josemar Rodrigues de Souza Márcia Rios da Silva Maria Edesina Aguiar

    Mônica Moreira de Oliveira Torres Wilson Roberto de Mattos

    Yara Dulce Bandeira Ataíde

    Suplentes

    Kiyoko Abe Sandes Liana Gonçalves Pontes Sodré

    Lynn Rosalina Gama Alves Ronalda Barreto Silva

  • Lynn Alves Daniela Barros

    Alexandra Okada (Org.)

    MOODLE Estratégias Pedagógicas e

    Estudos de Caso

    EDUNEB

    Salvador - BA 2009

  • © 2009 Cedido à Editora da Universidade do Estado da Bahia - EDUNEB para esta edição Proibida a reprodução total ou parcial por qualquer meio de impressão, em forma idêntica,

    resumida ou modificada, em Língua Portuguesa ou qualquer outro idioma. Depósito Legal na Biblioteca Nacional

    Impresso no Brasil 2009.

    Ficha Técnica

    Coordenação Editorial Sidney Santos Silva

    Assistente de Edição Fernando Luiz de Souza Junior

    Projeto Gráfico, Projeto Visual, Normalização, Revisão e Editoração

    ESB - Serviços gráficos

    Ficha Catalográfica - Biblioteca Central da Uneb Bibliotecária: Jacira Almeida Mendes – CRB: 5/592

    Editora da Universidade do Estado da Bahia - EDUNEB Av. Jorge Amado, s/n - Boca do Rio - Salvador - Bahia - Brasil

    CEP: 41.710-050, Tel.: (71) 3371-0107 / 0148 - R. 204 [email protected]

    www.uneb.br

  • Sumário APRESENTAÇÃO 7

    APRESENTAÇÃO DOS CAPÍTULOS 9

    MOODLE: USANDO COMUNIDADES DE APRENDIZES PARA CRIAR UM SISTEMA DE FONTE ABERTA DE GERENCIAMENTO DE CURSO 15 Martin Dougiamas e Peter C. Taylor

    MOODLE: MODA, MANIA OU INOVAÇÃO NA FORMAÇÃO? 35 Luís Valente, Paulo Moreira e Paulo Dias

    A INTERMEDIAÇÃO PEDAGÓGICA MÚLTIPLA NO UNIVERSO DAS TIC E MOODLE 55 Saburo Okada

    MAPAS ARGUMENTATIVOS COMO ESTRATÉGIA PARA APRENDIZAGEM NO MOODLE 93 Alexandra Okada

    OS ESTILOS DE APRENDIZAGEM E O AMBIENTE DE APRENDIZAGEM MOODLE 117 Daniela Melaré Vieira Barros

    TECENDO SABERES NA REDE: O MOODLE COMO ESPAÇO SIGNIFICATIVO DE LEITURA E ESCRITA 143 Odbália Ferraz

    O USO DE AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM NUMA PERSPECTIVA DE AUTOGESTÃO 165 Teresinha Fróes Burnham, Gabriela Rezende Pinto, Nicia Cristina Rocha Riccio e Socorro Aparecida Cabral Pereira

  • UM OLHAR PEDAGÓGICO DAS INTERFACES DO MOODLE 187 Lynn Alves

    OBJETOS DIGITAIS DE APRENDIZAGEM E SCORM INTEGRAÇÃO NO MOODLE 203 Antonio Carlos dos S. Souza e Lynn Alves

    A INTERFACE GLOSSÁRIO DO MOODLE E CONSTRUÇÃO INTERATIVA DE CONTEÚDOS ABERTOS EM CURSOS ONLINE 235 Edméa Oliveira dos Santos e Maristela Midlej Silva de Araújo

    COMO PLANEJAR E DESENVOLVER UM LABORATORIO VIRTUAL NO MOODLE? 257 João Batista Bottentuit Junior e Clara Pereira Coutinho

    DOCÊNCIA ONLINE INDEPENDENTE: DO CONCEITO À PRÁTICA COM O MOODLE 293 Leonel Tractenberg e Régis Tractenberg

    USO DE EAD SÍNCRONA INTEGRADA AO MOODLE 315 Giovanni Farias

    EASY – FERRAMENTA PARA MEDIAR A INTERAÇÃO ENTRE OS DEFICIENTES VISUAIS E O AMBIENTE MOODLE 329 Andre Rezende

    AMBIENTE MOODLE COMO APOIO AO ENSINO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA. 347 Mário Sérgio da Silva Brito e Antonio Luis Lordelo Andrade

    MOODLE: USING LEARNING COMMUNITIES TO CREATE AN OPEN SOURCE COURSE MANAGEMENT SYSTEM 365 Martin Dougiamas e Peter C. Taylor

  • 7

    APrESENTAÇÃo

    INTRODUÇÃO

    A publicação deste livro se constitui em um marco para o cenário acadêmico, na medida em que estamos disponibilizando os resultados de investigações realizadas por pesquisadores vinculados a instituições brasileiras, espanholas, inglesas, portuguesas e australianas que cotidianamente constroem diferentes sentidos para o Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle.

    Sentidos que emergem em distintos espaços pedagógicos, presenciais ou não, ratificando constantemente a premissa inicial de Martin Dougiamas, quando, em 1999, na Curtin University of Technology, em Perth, na Austrália, criava o Moodle com intuito de fomentar um espaço de colaboração, onde os seus usuários poderiam intercambiar saberes, experimentando, criando novas interfaces para o ambiente em uma grande comunidade aberta.

    A filosofia de software livre, convidando a comunidade a interagir e modificar constantemente, contribuiu para o crescimento deste ambiente que apresenta uma interface amigável, permitindo aos usuários customizá-lo de acordo com os seus interesses e propósitos pedagógicos.

    Sim, este foi o diferencial do Moodle, que conseguiu, em nove anos, um crescimento exponencial. Atualmente, existem 45.816 usuários cadastrados e o Moodle está presente em 198 países, e mais de 200 instituições brasileiras estão utilizando este ambiente como espaço de aprendizagem.

    Além dos aspectos técnicos que envolvem linguagem de programação, design e interface, o ambiente mobilizou educadores, estudantes e pesquisadores que, ao interagirem com o Moodle, foram construindo significados pedagógicos para as distintas interfaces presentes no ambiente. Essa riqueza de experiências de olhares não tinha ainda sido sistematizada, mas, com o livro Moodle – estratégicas pedagógicas e estudos de casos, o leitor pode navegar pelas trilhas

  • 8

    que os autores construíram para o Moodle. A intenção é socializar essas leituras e experiências, possibilitando a emergência de novos caminhos de interação pedagógica com o ambiente.

    O livro apresenta um universo teórico-metodológico que está dividido em duas partes. Na primeira, apresentamos os artigos que discutem Estratégias pedagógicas para ambientes virtuais Moodle, textos respaldados em referenciais teóricos que refletem as suas práticas no moodle e a interface deste ambiente com outros softwares.

    Na segunda parte, Interfaces Do Moodle E Estudos De Casos, os autores apresentam ferramentas que foram desenvolvidas objetivando potencializar a mediação do ambiente e relatam experiências vivenciadas no Moodle que fomentaram o desenvolvimento de investigações.

    Convidamos, portanto, todos os interessados na área de educação e tencologias a adentrar o universo sedutor do Moodle e compartilhar conosco outras possibilidades ainda não desvendadas.

  • 9

    APrESENTAÇÃo DoS CAPÍTuLoS

    O capítulo que abre esta sessão, Moodle: Usando Comunidades de Aprendizagem para criar um Sistema de Gerenciamento de Cursos Open Source, é do autor do Moodle Martin Dougiama e Peter Taylor. Este capítulo é um resumo da tese de doutorado de Dougiama cujo objetivo é investigar o desenvolvimento do Moodle – sistema open source de gerenciamento de cursos. Neste projeto, os autores destacam como fundamentos teóricos: “sócio- construtivismo” e “conhecimento conectado” para analisar seus próprios cursos online e também a própria comunidade de aprendizagem dos usuários Moodle. A metodologia desta investigação é pesquisa ativa participatória, incluindo estudo de casos, etnografia, entrevistas online e design de metodologias.

    No capítulo seguinte “MOODLE: moda, mania ou inovação na formação?”, os autores Luís Valente, Paulo Moreira e Paulo Dias... discutem o aparecimento exponencial de e-conteúdos e de diversas plataformas de apoio ao e-learning independentes das arquitecturas dos computadores.

    Em “A Intermediação Pedagógica Múltipla no Universo das Tic e Moodle”, a proposta do autor Saburo Okada é refletir e debater uma nova metodologia para a orientação da aprendizagem em cursos online: Intermediação Pedagógica Múltipla associada à cartografia cognitiva no universo das TIC, Moodle e webconferência. Neste estudo qualitativo com abordagem descritiva, observou, estudou e analisou a construção de conhecimentos via Internet no curso on-line da PUC SP - COGEAE: “O uso de Software na Pesquisa Qualitativa” e no “Escrevendo Textos Acadêmicos a Partir de Mapas”, oferecido pela Compart Educacional SP. O autor destaca contribuições

  • 10

    da intermediação no processo de ensino e aprendizagem, em diversos cenários, para desenvolvimento de teses, monografias, implementação de cursos, discussões síncronas e assíncronas, resolução de exercícios e atividades pedagógicas.

    O objetivo do capítulo “Mapeamento Argumentativo como Estratégia para Pesquisa e Aprendizagem Online no Moodle”, de Alexandra Okada, é apresentar algumas estratégias de uso de mapas argumentativos em cursos no Moodle. Para isso, a autora analisa alguns mapeamentos desenvolvidos no software Compendium em projetos da Open University para pesquisa e aprendizagem na Internet; e, também, alguns exemplos de cursos online da Universidade PUCSP e Compart Educacional. Através de vários estudos de casos com análise qualitativa, a autora destaca algumas contribuições de mapas argumentativos integrados ao ambiente Moodle. Aprendizes e pesquisadores consideram que o espaço da aprendizagem com mapeamento argumentativo torna-se mais atrativo, significativo e fácil para consultas e sínteses como, também, possibilita o desenvolvimento do pensamento crítico e criativ