Rastreabilidade Nacional em Ultra- · PDF fileRodrigo P. B. da Costa-Felix Chefe do...

Click here to load reader

  • date post

    16-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    214
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Rastreabilidade Nacional em Ultra- · PDF fileRodrigo P. B. da Costa-Felix Chefe do...

  • Rodrigo P. B. da Costa-FelixChefe do Laboratrio de Ultra-som

    Rastreabilidade Nacional em Ultra-som

    Laboratrio de Ultra-som (Labus)Diviso de Metrologia Acstica e de Vibraes (Diavi)Diretoria de Metrologia Cientfica e Industrial (Dimci)

    Instituto Nacional de Metrologia, Normalizao e Qualidade Industrial (Inmetro)

  • Algumas definies

    MetrologiaCincia da medio

    RastreabilidadePropriedade do resultado de uma medio ou do valor de um padroestar relacionado a referncias estabelecidas, geralmente a padres

    nacionais ou internacionais, atravs de uma cadeia contnua decomparaes, todas tendo incertezas estabelecidas

    FonteFonte: Vocabulrio Internacional de Termos Fundamentais e Gerais de Metrologia (VIM), 4 Edio, 2005. Portaria Inmetro 029 de 1995.

  • Organograma do Inmetro (em reviso)

    Labus

  • Hierarquia Metrolgica

  • Equipamentos EletromdicosCertificao compulsria

    Resoluo da Agncia Nacional de Vigilncia SanitriaResoluo da Agncia Nacional de Vigilncia SanitriaO registro dos equipamentos eletromdicos no Ministrio da SadeO registro dos equipamentos eletromdicos no Ministrio da Sadedeve ser acompanhado de um certificado de deve ser acompanhado de um certificado de conformidadeconformidadeObrigatoriedade do ensaio do equipamentoObrigatoriedade do ensaio do equipamento

    Resoluo Anvisa n 444, de 31/Ago/1999Adoo da norma Adoo da norma NBR IEC 60.6011 Equipamentos eletromdicos.NBR IEC 60.6011 Equipamentos eletromdicos.Parte 1 Prescries gerais para seguranaParte 1 Prescries gerais para seguranaEquipamentos de Mdio Risco (classe 2) e Alto Risco (classe 3)Equipamentos de Mdio Risco (classe 2) e Alto Risco (classe 3)

    Portaria n 2.043, de 12/Dez/1994Portaria n 2.043, de 12/Dez/1994Equipamentos que disponham de Parte 2 de Equipamentos que disponham de Parte 2 de NBRNBR IEC 60.601 IEC 60.601Necessidade de haver laboratrio acreditado pelo Inmetro Necessidade de haver laboratrio acreditado pelo Inmetro nonoescopo da norma especficaescopo da norma especfica (observe-se a NIT-DICOR-021) (observe-se a NIT-DICOR-021)

  • Equipamentos EletromdicosEquipamentos de Ultrasom para Fisioterapia

    Risco Mdio (classe 2)Risco Mdio (classe 2)Parte especfica: NBR IEC 60.60125Parte especfica: NBR IEC 60.60125

    Regulamentao do InmetroPortaria 086/2006, de 03/Portaria 086/2006, de 03/AbrAbr/2006/2006Em anexo h o Regulamento Tcnico de Avaliao da ConformidadeEm anexo h o Regulamento Tcnico de Avaliao da Conformidade(RTAC) para Equipamentos (RTAC) para Equipamentos EletromdicosEletromdicosSubstitui a NIE-DQUAL-068 Substitui a NIE-DQUAL-068 revrev 00, de 00, de AbrAbr/2001/2001

    Normalizao junto ABNTCoordenada pela Coordenada pela AbimoAbimo ( (www.abimo.org.brwww.abimo.org.br))CB-26: Comit Brasileiro CB-26: Comit Brasileiro OdontoOdonto Mdico Hospitalar Mdico Hospitalar

  • Equipos de Fisioterapia por Ultra-somSituao atual no Brasil

    Cerca de 10 fabricantes nacionaisCerca de 10 fabricantes nacionais9, segundo lista de fabricantes fornecida pela 9, segundo lista de fabricantes fornecida pela AbimoAbimo ( (DeptoDepto de deFisioterapia)Fisioterapia)

    Falta de laboratrio secundrio credenciadoFalta de laboratrio secundrio credenciadoApenas 1, no RS (ultra-som)Apenas 1, no RS (ultra-som)Outros 4 para outros escopos (Equipamentos Outros 4 para outros escopos (Equipamentos EletromdicosEletromdicos))

    Dificuldade de aplicao da Resoluo Dificuldade de aplicao da Resoluo AnvisaAnvisaLaboratrios, fiscalizao, Laboratrios, fiscalizao, rastreabilidaderastreabilidade

    Equipamentos com qualidade duvidosaEquipamentos com qualidade duvidosaEstudos nacionais (COPPE/UFRJ e Unimep/Piracicaba) e InternacionaisEstudos nacionais (COPPE/UFRJ e Unimep/Piracicaba) e Internacionais(TNO, NPL, PTB)(TNO, NPL, PTB)

  • Equipos de Fisioterapia por Ultra-somPonderaes tcnico-metrolgicas sobre a Resoluoda Anvisa

    Avaliar 1 aparelho Avaliar 1 aparelho no aprovarno aprovar o modelo! o modelo!Aprovar o modelo no implica em avaliar Aprovar o modelo no implica em avaliar todos os espcimestodos os espcimes!!O uso de qualquer aparelho pode danific-lo e/ou O uso de qualquer aparelho pode danific-lo e/ou alterar suasalterar suascaractersticascaractersticas com o tempo com o tempo

    ObsObs: o novo RTAC do : o novo RTAC do InmetroInmetro corrige alguns destes quesitos corrige alguns destes quesitos

    Outra soluoAprovao de modelo aos moldes de um Regulamento TcnicoAprovao de modelo aos moldes de um Regulamento TcnicoAvaliao peridica parcial obrigatria (em laboratrio acreditado)Avaliao peridica parcial obrigatria (em laboratrio acreditado)Inspeo peridica supervisionada (in Inspeo peridica supervisionada (in situsitu))

    O melhor fiscal o diretamente interessado!!Papel de destaque do COFFITO e dos CREFITOPapel de destaque do COFFITO e dos CREFITO

  • Demanda nacionalCerca de 45.000 fisioterapeutas com registro

    Pode-se supor um nmero equivalente de equipamentos de ultra-somBaixo custoGrande utilizao na prtica clnica

    Supondo-se uma calibrao bienalMais de 20.000 calibraes anoTempo mdio de uma calibrao simplificada (protocolo a ser desenvolvido demaneira tecnicamente aceitvel e exeqvel): 2 a 4 horasPossibilidade de serem calibrados 3 equipamentos por dia por laboratrio

    Mercado estimado para cerca de 30 laboratrios9 horas de servio por dia por laboratrio = 3 equipamentos/dia250 dias teis/ano por laboratrioAo custo de R$ 300 por calibrao, estima-se uma receita latente deR$ 225.000 por laboratrio

    Resultado utpico, irrealizvel, mas no h dados para uma estimativa correta atualmente!Resultado utpico, irrealizvel, mas no h dados para uma estimativa correta atualmente!

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Tanque de acrlico de 1000 x 250 x 250 mmPosicionadores micromtricos manuais (2 unidades) com suportes

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Tanque de acrlico de 1000 x 250 x 250 mmPosicionadores micromtricos manuais (2 unidades) com suportes

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Alvo refletor de ao inoxidvel ( = 58 mm, comprimento = 78 mm)Suportes para o alvo e para os transdutores

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Transdutores, de 0.5 MHz a 15 MHz

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Instrumentao PXI (National Instruments)Comunicao com o PCMXI-4 (NI PXI-8331)Gerador Arbitrrio 16 bits,200 MS/s (NI PXI-5422)Scope 2 canais, 100 MHz(NI PXI-5112)Multmetro digital 7 dgitos (NI PXI-4071)Console com 16 portasserias (NI PXI-8420)Frequencmetro, consolemulti I/O (NI PXI-6602)Temperatura e Tensomulti I/O (NI PXI-4351)

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Montagem experimental

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Montagem experimental

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Software: Ctrl-Equip-Labus_v7.1_re00.vi (ainda uma obra aberta!!)

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Software: Ctrl-Equip-Labus_v7.1_re00.vi (ainda uma obra aberta!!)

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Software: Ctrl-Equip-Labus_v7.1_re00.vi (ainda uma obra aberta!!)

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Software: Ctrl-Equip-Labus_v7.1_re00.vi (ainda uma obra aberta!!)

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Software: Ctrl-Equip-Labus_v7.1_re00.vi (ainda uma obra aberta!!)

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Software: Ctrl-Equip-Labus_v7.1_re00.vi (ainda uma obra aberta!!)

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Software: Ctrl-Equip-Labus_v7.1_re00.vi (ainda uma obra aberta!!)

  • Sistemas de medioCalibrao de transdutores e hidrofones

    Software: Ctrl-Equip-Labus_v7.1_re00.vi (ainda uma obra aberta!!)

  • Sistemas de medioMapeamento de feixe ultra-snico

    Tanque de ao inoxidvel de 1700 x 1000 x 800 mm

  • Sistemas de medioMapeamento de feixe ultra-snico

    Posicionadores automatizados 5DEixo Z: 600 mm, res. = 5 m; Eixos X e Y: 300 mm, res. = 1.5 m

  • Sistemas de medioMapeamento de feixe ultra-snico

    Posicionadores automticos 5D1 = 360 e Passo = 0.00022 = 45 e Passo = 0.001

  • Sistemas de medioMapeamento de feixe ultra-snico

    Transdutores e hidrofonesMembrana (padro primrio): PVdF de 9 e 16 m de espessura; = 0.2 e 0.4 mmAgulha: PVdF de 9 m de espessura; = 0.04, 0.2 e 0.5 mm

    Extrados de www.acoustics.co.uk

  • Sistemas de medioMapeamento de feixe ultra-snico

    Software (plataforma LabVIEW 7.1)Controle completo dos 5 eixos e Mapeamento automticoClculo dos parmetros de calibrao de equipamentos de fisioterapia

    Mapeamento transversal do feixe

  • Sistemas de medioMapeamento de feixe ultra-snico

    Software (plataforma LabVIEW 7.1)Controle completo dos 5 eixos e Mapeamento automticoClculo dos parmetros de calibrao de equipamentos de fisioterapia

    Mapeamento longitudinal do feixe

  • Sistemas de medioPotncia ultra-snica

    Balana de 4 dgitos (0.1 mg, mximo de 220 g)

    20 WResoluo de 2 mW

  • Sistemas de medioPotncia ultra-snica

    Alvos refletores de ao inoxidvel (45; = 15, 25 e 50 mm)

  • Sistemas de medioPotncia ultra-snica

    Mesa inercial de concreto armado(700 x 700 x 550 mm)Tampo de granito (700 x 700 x 30 mm)

  • Sistemas de medioPotncia ultra-snica

    Fonte estvel de US, rastreada ao NPL: 3.5 MHz; 0.1, 1 e 10 W

  • Comentrios finaisLaboratrio em