Rep - Versão Gratuita

Click here to load reader

  • date post

    08-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    146
  • download

    0

Embed Size (px)

description

O Livro REP é um trabalho que evidencia a riqueza cientifica , emocional e afetiva , existente em todo o ser humano – e apos definir cada compartimento – Pneuma – Psiquê – Soma – estaremos então diante de nosso real Universo Holístico .

Transcript of Rep - Versão Gratuita

REP Revoluo Emocional PsquicaEbook Verso Reduzida

Dr. Milton Hermida Arcas

AgradecimentosAgradeo: A Rosana, Bianca, Vinicius, Patrcia, Leticia , Camily , Breno , Lara ., Thiago , Marcio, aos Hermidas, aos Arcas, aos Mdicos, Psiclogos e Terapeutas que colaboraram com esta obra, s experincias afetivas ao longo da Vida e ao Tempo. Aos amigos Sidney , Ana , Flavio , Claudio , Jorge , Marcos, Luciene, Tania , Samuel , Blauston , . Agradeo ao Tempo, pelo Tempo que me foi concedido dentro do Tempo.

2

REP Revoluo Emocional Psquica

SumrioINTRODUO. CAPITULO 1 As Cincias do Comportamento Humano e a REP. CAPITULO 2 - A Tricotomia Humana. CAPITULO 3 - A Natureza humana:sentidos e sadas. CAPITULO 4 - O Verbo e a emoo CAPITULO 5 - Os representantes fsicos da estrutura tricotmica e as doenas que atingem. CAPITULO 6 - Causa e efeitos.

3

Dr. Milton Hermida Arcas

CAPITULO 7 - Leis, normas, doutrinas, regras, ciencia gape e ciencia thanatos. CAPITULO 8 - A terapia da REP. Capitulo 9 - Agregando Energia Fortalecendo nosso Ser Interior. Capitulo 10 - Qualidade de Vida Plena ou Qualidade de Vida Holistica. CONCLUSO

4

REP Revoluo Emocional Psquica

Tempo dentro do TempoH um tempo determinado para o surgimento de tudo que possamos imaginar, pois a Histria no se atropela, a Histria se faz acontecer pelo homem, apesar do homem. E, se no fosse aqui, certamente seria em outro lugar, porm com certeza aconteceria. A Revoluo Emocional e Psquica REP tem o seu tempo determinado dentro do tempo. Guerras, mortes, nascimentos, descobertas e invenes, lgrimas e sorrisos, tristezas e alegrias, derrotas e vitrias, tudo foi, e ser necessrio. Tudo com o seu tempo prprio dentro do tempo. O Tempo de existncia do ser humano no planeta terra o Tempo necessario para se evidenciar a completa revelao de conhecimento existente no Esprito Humano Dr. Milton Hermida Arcas

5

Dr. Milton Hermida Arcas

IntroduoA Revoluo Emocional e Psquica REP um trabalho de pesquisa que analisa, dimensiona, identifica, qualifica e posiciona o comportamento humano com suas variantes a partir de determinados parmetros. O alvo deste trabalho, o publico interessado em conhecer a si prprio e desejoso de identificar e conhecer a variao comportamental que est ao nosso redor e que diariamente se multiplica em questionamentos. para o pblico que deseja saber qual o seu papel no contexto social e como dever se comportar e se relacionar com uma sociedade exigente com determinados valores, mas que se mostra indiferente e negligente quanto aos seus efeitos lesivos. Foi um longo e rduo caminho at aqui, porm chegamos ao fim, ou melhor, ao comeo. Este trabalho teve incio em 1974, quando experincias e anlises pessoais despertaram o meu interesse pelo campo emocional e psquico do homem. Nessa poca, passei a6

REP Revoluo Emocional Psquica

observar, acompanhar e estudar o comportamento humano. Intrigava-me profundamente a fragilidade emocional das pessoas, a vulnerabilidade psiquica a que todos estamos sujeitos e o desequilbrio comportamental que vem acompanhado de uma total ignorncia e desrespeito quanto ao nosso ser interior. Tudo isso, mais uma grande quantidade de fatores, resultou na REP, a qual entendo como uma bssola para a vida psquica e emocional do ser humano e um tratamento para a angstia, a ansiedade e a depresso, que aviltam o homem interior. A REP busca respostas para estas e outras perguntas : O que vida psiquica ? O que vida espiritual ? Como funcionamos? Por que, apesar do multiplicar das cincias, o homem ainda possui tanta angstia e misria interior? Qual o porqu das mortes, dos assassinatos, das guerras, das drogas? Por que o ser humano faz o que errado quando sabe o que certo? Desde os primeiros passos do homem sobre a terra que o incontido esprito humano marcado por derrotas, conquistas, frustraes e vitrias no campo do conhecimento. O questionamento humano em busca de conhecimento fator peculiar de um ser que possui componentes intelectuais aprimorados que necessita de respostas equilibradas e racionalizadas. Sendo assim, o multiplicar das cincias necessita responder a todos os anseios deste ser racional e de capacidade intelectual formidvel que o ser humano. A REP um trabalho para ser lido, pesquisado e experimentado terapeuticamente, para que o homem saiba que o equilibruio psquico possvel de ser obtido, e de um modo muito mais simples do que se imagina a REP valoriza e reconhece o ser humano como uma obra magnfica que traz dentro de si todos os componentes necessrios ao bom desempenho de sua sade psquica.7

Dr. Milton Hermida Arcas

Definir psique, pneuma, emoo, sentimento ou mesmo o prprio homem sempre foi uma difcil tarefa, e as respostas encontradas at hoje continuam, insuficientes aos nossos anseios. A REP apresenta definies amplas, objetivas e inditas no campo cientfico, que certamente iro enriquecer o nosso ser interior. Ela ser um alvio, um refrigrio para o homem, quando depois de estudada ser aplicada em seus domnios interiores. tambm uma resposta e um caminho para que o ser humano, alm de desbravar fronteiras externas, possa tambm desbravar as fronteiras dentro de si prprio. Desde os primrdios de nossa histria, as variaes comportamentais e os distrbios psquicos tm ocupado um espao importante na vida diria da humanidade, e todas as classes sociais, de alguma forma, so atingidas por presses emocionais que no podem ser vistas, mas que agridem de modo violento a mente humana, deixando graves seqelas no indivduo e na comunidade. A partir da necessidade vital de se conhecer e entender o mecanismo do homem interior que surgiram os filsofos, os pensadores, os intelectuais e, mais tarde, os psiclogos, os psiquiatras, os conselheiros, os terapeutas, os educadores, e etc ...etc. E os mais variados tipos de mtodos teraputicos, em busca de equilibrio so procurados com muita freqncia em qualquer canto de nosso planeta. A REP objetiva auxiliar e conectar o homem no sentido pneuma, psique e soma, que em conjunto formam a realidade emocional do homem interior e exterior. Em alguns momentos, ficar evidente que algumas linhas do pensamento humano representam caminhos de morte para a vida psquica, o que nos impelir a atitudes incisivas para despojar a falsa realeza cientfica de certas teorias. A verdade cientfica no8

REP Revoluo Emocional Psquica

aceita modificaes, pois do contrrio deixaria de ser verdade. A verdade possui caractersticas nicas e imutveis que no podem ser distorcidas, subtradas ou acrescidas em nenhuma hiptese, pois haveria o risco de se manter ainda em priso milhes de pessoas enfermas psiquicamente. A salutar vida do homem interior , no campo comportamental, emocional e afetivo, tem de ser exaustivamente desejada , pois caminhos teraputicos multiplicam-se diariamente, com aparncia salutar e eficaz, embora na prtica causem desastres extensos no interior humano. Podemos observar que os padres moderno de comportamento, a filosofia, os educadores , os sexlogos e as diversas terapias de apoio, orientao e tratamento psquico e emocional atravessam os sculos como cincias de difcil compreenso para o pblico em geral. E, visto que no possuem um efetivo esquema de conexo ou esquema prtico de aplicao e sempre utilizam termos confusos, os livros escritos sobre o assunto jamais conseguem uma relao clara e objetiva entre causas e efeitos. Pelo contrrio: eles alargam ainda mais os abismos emocionais j existentes, pois no correspondem confiana que lhes depositada. Apesar de tudo, as terapias inocuas se multiplicam, confundindo a muitos e ganhando indevidamente um significativo espao cultural, prometendo auxiliar o indivduo a adaptar-se consigo mesmo e com o meio em que vive, mas na verdade conseguindo apenas aumentar-lhe a angstia e sensao de solido. As cincias multiplicaram-se, o mundo ficou pequeno com a avanada tecnologia e os velozes meios de comunicao e o meio cientfico evolui e se supera a cada dia. Vivemos a era da informtica, com o homem avanando cada vez mais em direo s estrelas. Apesar desse notvel progresso, porm, a humanidade, que no v obstculos sua frente, continua angustiada, insatisfeita, problemtica e desajustada. Para o homem, no h9

Dr. Milton Hermida Arcas

fronteira que no possa ser desbravada, exceto a do seu prprio interior. E ele precisa desbrav-la, porque a ignorncia do homem acerca de si mesmo a causa do desajuste social que presenciamos. alarmante o aumento do nmero de pessoas com desajustes emocionais, dos dependentes qumicos e dos que procuram analistas, psiclogos, psiquiatras, orientadores, educadores e terapeutas diversos. Apesar de todo o conhecimento cientfico e tecnolgico de nossos dias, o homem continua psiquicamente enfermado, resultando em um ser confuso, que no consegue discernir "entre a sua mo direita e a sua mo esquerda". E as "psicologias da vida" continuam misteriosas, ineficientes e sem rumo quanto ao tratamento e apoio psicolgico, o que me leva a concluir que a melhor parte do conhecimento ainda no foi desbravada, ou seja , o melhor ainda est por vir. A relao paciente e terapeutas comportamentais ilustrada da seguinte forma : "O paciente o passarinho que se deita no div que o ninho. A me o terapeuta que nada encontrou pelo caminho. O paciente est faminto e insistentemente voa para outro ninho. E l vem outro terapeuta que tambm nada encontrou pelo caminho E l se vo dias, tempos e lgrimas E continua o pssaro de boca aberta com seu ntimo vazio se definhando no ninho". Na verdade somos como pssaros no ninho, famintos e ansiosos, esperando alimentar e satisfazer os nossos questionamentos e os anseios de nossa to rica estrutura emocional.

10

REP Revoluo Emocional Psquica

O mundo cientfico apresenta bases, mtodos e metas de trabalho, ou seja, princpio, meio e fim. E, conseqentemente, apresentam tambm algum resultado final,