Santasuzana nº5

Click here to load reader

  • date post

    22-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    229
  • download

    1

Embed Size (px)

description

 

Transcript of Santasuzana nº5

  • Critas em ao

    Destaques Santa Suzana

    jul.|ago. 2011

    anta Suzana

    Queridos amigospalavrado procodo proco

    nmero

    jornal da parQuia

    Em agosto, teremos duas grandes celebraes muito im-portantes para a vida de nossa comunidade paroquial e, desde j quero convid-los para parti-ciparem conosco.

    A primeira, a Solenidade de Santa Suzana. Embora sua comemorao seja no dia 11 de agosto (no calendrio uni-versal est somente Santa Cla-ra), aqui em nossa Parquia celebramos sempre no ltimo final de semana, para que assim muitos dos nossos paroquianos possam participar com grande alegria e devoo. Neste ano a solenidade cair no dia 28 e ser precedida de um trduo sagrado, isto , trs celebraes eucarsticas com temas espec-ficos sobre a vida de nossa jo-vem Padroeira.

    E por falar em nossa Padro-eira, lembramos de sua vida e de seu grande testemunho de f: o martrio. Santa Suzana nos lembra que, como ontem, hoje somos tambm chamados a viver num contnuo martrio... No como outrora, que era la-vado no sangue, mas hoje num intenso e contnuo testemunho

    Se o gro de trigo,

    lanado terra,

    no morrer, fica s;

    mas se morrer, d fruto

    abundante. Aleluia

    (Jo 12,24-25)

    Pe. Manoel C. Viana Neto

    5

    de f incondicional no Salvador diante de uma sociedade sem Deus. No h martrio melhor ou pior, maior ou menor... to-dos, na sua modalidade e tem-poralidade, so sinais vivos e eficazes de Amor a Deus e ao prximo. Alis, martrio signi-fica justamente isto: amor at s ltimas conseqncias! Afinal, foi nosso Mestre Jesus quem concretamente realizou isto, como tambm nos disse: no h maior amor que dar a vida pelos amigos. Vs sois meus amigos...! (cf. Jo 15,13).

    Aprendamos com nossa Pa-droeira a exercitar o amor at s ltimas conseqncias. Com o auxlio do Esprito Santo, tenhamos a coragem de amar sem medida, pois assim dizia o velho Santo Agostinho: a medida do amor o amor sem medida.

    Outra grande comemo-rao que celebraremos neste ms de agosto o Dia dos Pais e a Semana Nacional da Fam-lia. Como importante para ns a famlia! Ao celebrarmos a figura paterna, queremos, por extenso, fazer mem-

    06

    04

    ria especial todas as famlias... Principalmente nestes tempos que vivemos. A beleza da famlia se expressa naquela maravilhosa definio do Magistrio da Igreja: ela a Igreja Domstica, ou, no dizer do Beato Papa Joo Paulo II: ela o Santurio da Vida! Em nossa Parquia teremos uma se-mana cheia de palestras sobre te-mas concernentes famlia, vida conjugal, aos jovens e adolescen-tes, etc. No deixe de participar conosco! At porque sua famlia muito importante! Depois, lute-mos pelos valores que sustentam e do significado as nossas famlias. Isto faz parte do nosso apostolado como cristos.

    Enfim, caros amigos, susten-tados pela Palavra de Deus e pela Santa Eucaristia, que possamos, encorajados pela fora do Esprito Santo, trabalhar assiduamente na construo do Reino de Deus em nossa comunidade paroquial. Nes-se sentido, que tal nos envolvermos mais no grande projeto que temos pela frente: o de construirmos nos-so Complexo Paroquial? Venha participar conosco!

    Envio a todos vocs as bnos divinas!

    Giro pelas Pastorais

    03

  • Nosso giropelas Pastoraispelas Pastorais

    obras vista

    Complexo paroquial:

    uma obra do porte do

    Complexo paroQuial

    de Santa Suzana

    reQuer um bom

    tempo para eStudoS

    e detalhamento de

    projetoS, anteS Que

    a ConStruo Seja

    iniCiada. Com grande

    alegria Que podemoS

    ComuniCar Que

    eStaS etapaS eSto

    Chegando ao Seu

    fim. daQui a pouCoS

    meSeS, eStaremoS em

    CondieS tCniCaS de

    dar inCio S obraS.

    Vencidas as etapas de estudos preliminares, escolha da concepo arquitetnica e adequao

    legislao, sero iniciados os trmites para a

    autorizao de incio da obra junto prefeitura. Em

    paralelo, sero detalhados os projetos executivos

    de engenharia (fundaes, estruturas, instalaes,

    definio de fases construtivas), de modo que, uma

    vez conseguida a autorizao de incio de obra,

    possamos prontamente contratar a sua execuo.

    Tipicamente, os custos com estudos

    preliminares, ante-projeto e projeto legal

    giram em torno de 1% a 2% do valor total do

    empreendimento. J os projetos executivos

    costumam consumir em torno de 5% do valor do

    empreendimento. Graas aos esforos da Parquia,

    j existe um fundo de recursos, que vem sendo

    alimentado mensalmente por um bom nmero de

    colaboradores. Assim, podemos avanar com os

    projetos executivos. Porm, a grande demanda por

    recursos ainda est por vir.

    Caros paroquianos! Vs sois a construo de

    Deus (1 Cor 3,9). A parquia conta com a sua

    generosidade e, acima de tudo, com as suas oraes,

    pois se o senhor no constri a casa, em vo

    trabalham os construtores (Sl 126/127)

    02

    Semana da Famllia Com abertura no domingo, 14, dia doS

    paiS, e enCerramento Com a romaria

    apareCida do norte no dia 21, paiS e

    filhoS eSto ConvidadoS a partiCipar

    deSSe momento de bnoS e

    reflexeS

    Entre os dias 14 e 21 de agosto, ser realizada em todas as parquias do Brasil a

    Semana Nacional da Famlia. Criada no Pas

    em 1992 como resposta ao desejo dos catlicos

    de fazer algo em prol da defesa e promoo da

    famlia, a Semana, neste ano, ter como tema

    Famlia, Pessoa e Sociedade.

    Os valores da famlia vm sendo agredidos

    sistematicamente em nossa sociedade. Para

    refletir sobre a importncia do ncleo familiar,

    da unio entre pais e filhos e entre os esposos,

    escolheu-se a semana seguinte ao dia dos pais,

    no ms de agosto, por ser o ms vocacional,

    explica Marina Bonifcio, animadora da

    Pastoral na Parquia de Santa Suzana.

    Os encontros da Semana da Famlia sero animados pela Pastoral Familiar e ocorrero de segunda sexta, s 20h, no salo paroquial da Comunidade Imaculada Conceio. Os temas so de interesse para pais e filhos. Venha conferir!

    Dia 15 (2 feira) Abertura da Semana da Familia - Pe. Manoel

    Dia 16 (3 feira) Questes Bioeticas sobre a Vida e a Familia - Prof. Aleksandro Clemente

    Colabore nessa obra: Seja um benfeitor e contribua para que o Complexo Paroquial saia do papel! Voc pode solicitar o recebimento de boletos mensais na secretaria da Parquia ou depositar valores na conta bancria: Banco Bradesco, agncia 2861-4, conta corrente 10.300-4.

    PaStoral Famlia

    Dia 17 (4 feira ) Preveno na disfuno das familias - Luiz Fernando e Cleide

    Dia 18 (5 feira) Nossa Senhora na vida da familia - Do Carmo e Pedro

    Dia 19 (6 feira) A familia em orao - Srgio e Clia

    Dia 20 (Sbado) Missa de Encerramento Imaculada, 18h

    Por > > Sebastio Burin

    FuturoFuturo

    Uma semana rica em reflexes

  • Semana da Famllia

    03

    PaStoral CatequeSe PaStoral Da juVentuDe

    Dia nacional do catequista

    Colabore com a comunidade: Vem a o Planto do Dzimo nas missas. Fique atento e faa a experincia de ser dizimista!

    a ansiedade e expectativa pela jornada enorme! espero encontrar milhares de jovens do mundo inteiro, cada um com uma histria diferente, mas todos unidos

    por uma mesma crena e lutando e se ajudando a superar os obstculos da vida, cada dificuldade

    enfrentada para seguirmos nossa religio. alem disso ainda h o encontro com o Papa, uma oportunidade

    incrvel de ver e ouvir o maior representante de Deus na terra, passando uma mensagem para todos os milhares

    de jovens que estaro presentes. estou muito feliz por poder fazer parte desse momento nico da igreja.

    Mariana Magalhes Brockveld, 3 Comunidade do Caminho Neocatecumenal

    minhas expectativas para a jornada so de encontrar com Cristo na figura do Papa, dos outros jovens e, principalmente, ser instrumento de Deus para a evangelizao. Sei que esse momento ser de converso, amadurecimento e novos caminhos para minha f, para os jovens da Parquia e para toda comunidade. Sinto-me com a responsabilidade de representar todos l, e a nossa jornada comeou a partir do momento que realizamos todos os eventos para arrecadao do dinheiro, desde os anncios com o Caridoso, a venda das rifas e o jantar das massas. agradeo a Deus por me escolher e pela comunidade que proporcionou isso na minha vida.

    Jaciara Cerqueira, Pastoral da Juventude

    inspirada na Parbola dos talentos me senti chamada servio da comunidade, sendo um instrumento na revelao da Palavra e do amor de Deus s crianas da catequese. Desde que passei a me dedicar

    catequese tenho colhido muitos frutos, alguns deles na minha prpria famlia, como o maior envolvimento dos meus filhos Pedro e Gabriela na comunidade. ainda no esto na catequese, mas j vivem o esprito de comunidade pois so pequenos dizimistas. quando senti o desejo de ser catequista, pensei que ia presentear a comunidade com meu tempo e disposio. Hoje vejo que, na verdade, eu que sou a grande presenteada quando, a cada dia, sinto a presena de Deus mais forte em minha vida.

    Ana Carolina T. M. Moreira

    iniciei a minha misso de catequista h 24 anos. Sempre atendi ordem de jesus ide, por todo o mundo e pregai o evangelho a toda a criatura (mc 16,15), com muito amor e alegria, procurando

    plantar nos coraes das crianas a semente da F, que germinar no tempo em que o Pai achar por bem faz-la brotar e crescer. Ser catequista uma experincia enriquecedora pois estamos sempre nos aprofundando nos mistrios de Cristo e aprendendo mais. isso uma bno!

    Rosa Lucia Figueiredo Angelini

    Uma semana rica em reflexes

    Acompanhados pelo Padre Manoel, seis jovens da Parquia esto de malas prontas