Será Mesmo o Cientista de Dados a Profissão do Futuro?

download
  • date post

    05-Dec-2014
  • Category

    Software
  • view

    78
  • download

    2

Embed Size (px)

description

Palestra Realizada no 1 Congresso Nacional On-Line de Business Intelligence - CONABI

transcript

<ul><li> 1. Ser Mesmo o Cientista de Dados a Profisso do Futuro? </li> <li> 2. Mauricio C. Purificao Scio-Diretor da OxenTI - Solues em Tecnologia da Informao; Analista de Business Intelligence (BI) Crdio Pulmonar da Bahia; Especialista no Desenvolvimento de Solues em Gesto Empresarial, Business Intelligence, Business Analytics e Data Warehousing; MBA em Administrao/Gesto de Negcios - Universidade Salvador (UNIFACS); Bacharel em Cincia da Computao - Universidade Federal da Bahia (UFBA); Pesquisador nas reas de Business Intelligence, Business Analytics, Cloud Computing, Mtodos geis, Bancos de Dados Evolutivos. http://lattes.cnpq.br/3312807554334758 </li> <li> 3. A OxenTI Somos uma empresa de Tecnologia da Informao especializada no desenvolvimento de Solues e Sistemas para apoiar a Gesto eficaz dos ambientes de Negcios. </li> <li> 4. Equipe A OxenTI alm de seus scios formada por um time de analistas e consultores com experincia em: Desenvolvimento de Sistemas Web, Desktop e Mveis; Data Warehousing; Business Intelligence; Banco de Dados; Gerenciamento de Projetos; Gerenciamento de Processos de Negcios. </li> <li> 5. Servios Implantao Sistemas Integrados de Gesto ERP, CRM </li> <li> 6. Servios Desenvolvimento Solues para Suporte a Deciso BI, BA, Data Mining </li> <li> 7. Treinamentos Introduo a Business Intelligence e Modelagem Dimensional; Modelagem Dimensional Avanada; Workshop de Gerenciamento de Projetos de Business Intelligence; Laboratrio de Open Source Business Intelligence; Laboratrio de Integrao de Dados e Processos de ETL com o Pentaho Data Integration; Laboratrio de Minerao de Dados com o Weka. </li> <li> 8. Tecnologias </li> <li> 9. Agenda Contexto Business Intelligence BI 1.0, 2.0, 3.0 e Business Analytics Cincia de Dados O Cientista de Dados </li> <li> 10. Contextualizando Antes da revoluo da Internet banda larga e das redes sociais, computadores eram de domnio apenas de quem trabalhava com eles como engenheiros e profissionais de Tecnologia da Informao. Nos ltimos anos, a tecnologia se pulverizou e, segundo o relatrio de indicadores da ANATEL, desde 2007 a quantidade de pontos de acesso rede por banda larga cresceu de 7,7 milhes para perto de 21 milhes no Brasil. </li> <li> 11. Contextualizando Alm disso, o avano das tecnologias de hardware, a reduo dos custos de acesso e a criao de aplicativos gratuitos inseriram muitas pessoas no cenrio digital. Com inmeros dados e informaes sobre clientes, mercados e empresas, executivos e profissionais atrelados a tomadas de deciso passaram a enxergar novas possibilidades de fazer negcio e de alavanc-lo. </li> <li> 12. Contextualizando A integrao de informaes vindas de diversas fontes, como redes sociais e bancos de dados internos das companhias, traz a possibilidade de entender melhor os consumidores e fornecer produtos mais prximos aos seus desejos e necessidades. Nesse contexto, as pessoas tm um papel importantssimo neste processo. Elas so responsveis por explorar os dados, desenvolver os modelos matemticos que melhor atendem s necessidades do negcio, alm de vislumbrar novas oportunidades que possam gerar diferenciais baseadas nos dados. </li> <li> 13. Business Intelligence Alm disso, temos vistos nos ltimos anos enormes investimentos na rea de infraestrutura de Tecnologia da Informao das empresas, aumentando consideravelmente a sua capacidade de coletar dados. Segundo o Gartner, maior instituto de pesquisa em TI do mundo, no ano passado 64% das empresas planejavam investimentos em Big Data, por exemplo. </li> <li> 14. Business Intelligence Atualmente, quase todos os aspectos de um negcio podem ser avaliados e melhorados, desde a produo de manufaturas e gerenciamento de logstica at a experincia dos usurios. Somados a isso, os dados gerados fora dos ambientes empresariais, como mdias sociais e notcias sobre os concorrentes, ajudam as empresas a obterem mais informaes sobre o seu mercado. Essa exploso de dados criou um grande desafio para a rea de negcios: como explora-los para criar vantagem competitiva? </li> <li> 15. Business Intelligence O conceito de Business Intelligence no novo. Ao contrrio, vem sendo discutido e transformado em aplicativos corporativos h mais de dez anos. O que tem mudado sua amplitude, cada vez maior medida que vemos a consolidao de novas realidades como Big Data, mobilidade e computao em nuvem. O fato que, cada vez mais, as tecnologias tornam-se mais e mais comuns e acessveis aos usurios. Isso vale desde o uso massivo do smartphone para tarefas cotidianas at a aquisio e uso de aplicativos departamentais sem a participao, ou mesmo conhecimento, das reas de tecnologia das grandes empresas. </li> <li> 16. Business Intelligence? BI o uso da informao que permite s organizaes melhor decidir, medir, gerir e otimizar o desempenho para ganhar eficincia e benefcio financeiro. Instituto Gartner </li> <li> 17. Um Pouco de Histria 1960 1970 1980 1990 2000 </li> <li> 18. Um Pouco de Histria </li> <li> 19. BI 1.0 </li> <li> 20. BI 2.0 </li> <li> 21. BI 3.0 </li> <li> 22. Uma Nova Realidade </li> <li> 23. Uma Nova Realidade Volume de Dados no Mundo </li> <li> 24. Uma Nova Realidade </li> <li> 25. Um Nova Realidade </li> <li> 26. Os Vs do Big Data </li> <li> 27. Novos Padres de Armazenamento de Dados 2004 2006 2007 2008 2009 2011 2012 2013 2014 2009 Redis Initial Release 2007 MongoDB Started, Neo4J Initial Release 2004 1998 NoSQL coined Googles Map Reduce Paper Published 2012 Google Spanner Paper Published 1998 2006 Hadoop Started 2008 Apache Hbase, Apache Cassandra </li> <li> 28. Oportunidades? </li> <li> 29. Oportunidades? </li> <li> 30. Business Analytics </li> <li> 31. Novas Arquiteturas </li> <li> 32. Novas Arquiteturas </li> <li> 33. Novas Arquiteturas </li> <li> 34. Cincia de Dados? A cincia de dados um campo altamente colaborativo e criativo, podendo aqueles que se dedicam a ele trabalhar como administradores de banco de dados, empresrios e outros, que podem estar nas seguintes categorias: curadoria de dados, anlise e visualizao de dados, redes e infraestrutura. O cientista de dados traz consigo conhecimentos tanto de campos tradicionais, como estatstica, banco de dados, pesquisa operacional, inteligncia competitiva, cincias sociais e exatas, como tambm desenvolvimento e programao. </li> <li> 35. O Cientista de Dados O cientista de dados, nome dado ao profissional desta rea, vive em trs mundos: o dos negcios, o da matemtica e o de TI. Sua funo transformar os dados disponveis em balizadores de decises a serem tomadas. Esse processo de trabalho com dados exige que este profissional tenha qualificaes na rea de TI para que consiga acessar e processar o dado de forma eficiente e em tempo hbil, capacidades matemticas para entender as implicaes dos modelos utilizados e de negcio para que possa traduzir tudo isso em relatrios que possibilitem decises assertivas. </li> <li> 36. O Cientista de Dados Este o grande desafio do Big data nos prximos anos. Ter profissionais capacitados, uma vez que a tecnologia est evoluindo rpido e no ser impeditiva. O gargalo no tecnologia, mas gente. medida que Big Data se insere nas empresas, os prprios conceitos de gesto, baseados em orientao a suposies passar a ser orientado a fatos. A razo simples: um imenso volume de dados permitir fazermos anlises antes inimaginveis sobre dados, analisando fatos e fazendo previses com muito mais preciso. </li> <li> 37. O Cientista de Dados Estas anlises preditivas demandam uma capacitao que envolve estatstica, matemtica e conhecimento de negcios, que bem diferente das atividades dos analistas envolvidos com ferramentas de BI hoje, que esto mais envolvidos em criar grficos e dashboards para mostrar dados passados. Hoje a maioria das aes de BI envolvem dados armazenados em data warehouse ao longo do tempo e apenas conseguem visualizar retrospectivas. Chegar a anlises preditivas um passo que no se d de um dia para o outro. </li> <li> 38. O Cientista de Dados Como uma funo nova, claro que surgem definies pouco claras e profissionais que sabem usar ferramentas de BI comeam a se autointitular data scientists. Para chegar a serem cientistas de dados precisam demonstrar capacitao adequada para isso e no apenas o conhecimento de ferramentas de BI. </li> <li> 39. O Cientista de Dados Um profissional de BI geralmente mostra capacitao em ferramentas como Cognos, data warehouse, uso de SQL e conhecimentos de bancos de dados relacionais, como SQLServer, Oracle ou DB2. O cientista de dados precisa conhecimentos de estatstica, matemtica, entender do negcio e ter familiaridade com tecnologias e linguagens como Hadoop e Pig. </li> <li> 40. O Cientista de Dados Para os profissionais envolvidos com Big Data aparece um novo desafio que a modelagem de dados no estruturados. Nos ltimos 30 anos os arquitetos envolvidos com modelagem de dados se especializaram no modelo relacional, suas regras e tcnicas. Por exemplo, temos eliminao de redundncias atravs da normalizao como tambm critrios rgidos de garantia de integridade referencial. Bancos de dados NoSQL no se preocupam com duplicao de dados e no exigem regras de integridade referencial. </li> <li> 41. O Cientista de Dados </li> <li> 42. Onde Estudar? ESPM Curso: Sistemas de Informao em Comunicao e Gesto A graduao une aos conceitos t...</li></ul>