Weslley borges de sousa seios da_face (1)

Click here to load reader

  • date post

    11-Jul-2015
  • Category

    Documents

  • view

    160
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Weslley borges de sousa seios da_face (1)

Centro de Educao Profissional Integrado Seios da face

Trabalho apresentado para a disciplina de crnio,sob a orientao da professora Karoline Rizzon do Centro Integrado de EducaoCuritiba

2012

Weslley Borges de Sousa

Seios da face

Trabalho apresentado para a disciplina de crnio,sob a orientao da professora Karoline Rizzon do Centro Integrado de EducaoCuritiba

2012

Sumrio

Introduo01

Seios da face021-Seio Frontal02

2-Seio Maxilar02

3-Seio Etmoidal03

4-Seio Esfenoidal03

Sinusite03Sintomas04

Sinusite Aguda04

Sinusite Crnica04

Recomendaes 04

Incidencias para Seios da Face05Waters05

Caldwell05Perfil06

Anexos06Seio Frontal06Seio Maxilar07

Seio Etmoidal08

Seio Esfenoidal08Waters09Caldwell09Perfil09Pesquisa10Concluso 11Referencias 12Introduo

01

O trabalho apresenta uma pesquisa sobre Seios da Face (Waters, Caldwell e Perfil),constatando a patologia de sinusite atravs de exames radiogrficos.

Seios Paranasais 02

Os seios paranasais so cavidades vazias dentro dos ossos faciais.No so completamente desenvolvidos at os 12 anos. Quando as pessoas falam sobre infeces nos seios, normalmente elas esto se referindo aos seios maxilares e frontais.

Os seios paranasais variam muito em tamanho e forma de um indivduo para outro, mas todos se comunicam com a cavidade nasal atravs de pequenas aberturas em sua parede. A maioria dos seios da face so rudimentares ao nascimento, eles aumentam apreciavelmente durante a erupo dos dentes permanentes e aps a puberdade, alterando notadamente o tamanho e a forma da face.

1-Seio Frontal

O par de seios frontais situa-se posteriormente aos arcos superciliares, entre as duas tbuas do osso frontal. Cada seio ocupa, no interior daquele osso, uma rea triangular cujos ngulos so formados pelo nasio.Os dois seios raramente so simtricos, sendo o septo normalmente desviado do plano mediano. O seio frontal pode, s vezes, ser dividido em mltiplos recessos separados por septos incompletos. Algumas vezes, um ou ambos os seios esto ausentes.

Cada seio frontal abre-se na parte anterior do meato mdio, pelo infundbulo etmoidal ou atravs do ducto naso frontal, atravessando o labirinto etmide.

Essas cavidades pneumticas do osso frontal so mais proeminentes nos indivduos do sexo masculino.

2-Seio Maxilar

03

Os seios maxilares, so os maiores dos seios paranasais, esto localizados no interior do osso maxilar. Com base piramidal, sua base formada pela parede lateral da cavidade nasal e seu pice encontra-se lateralmente, no processo zigomtico da maxila.

O teto destes seios formado pelo assoalho das rbitas. O assoalho formado por processos alveolares da maxilar. Vrias elevaes cnicas, correspondendo s razes do primeiro e segundo molar, projetam-se no assoalho.3-Seio Etmoidal

As clulas etmoidais relacionam-se com a parede medial da rbita. Em especial, as clulas etmoidais posteriores esto em ntima relao com o nervo ptico. As clulas etmoidais anteriores e mdias abrem-se no meato mdio, enquanto as clulas etmoidais posteriores abrem-se no meato superior.

4-Seio Esfenoidal

Os seios esfenoidais situam-se no corpo do osso esfenide.

Relacionam-se com a hipfise, os nervos pticos e o quiasma ptico, que se situam posteriormente a ele. Relacionam-se tambm com a parede superior da cavidade nasal, que se situa frente dele.

Os seios esfenoidais abrem-se diretamente no meato mdio.

Sinusite

a inflamao das mucosas dos seios da face, regio do crnio formada por cavidades sseas ao redor do nariz, mas do rosto e olhos.

Os seios da faces do ressonncia voz, aquecem o ar inspirado e diminuem opeso do crnio, o que facilita sua sustentao. So revestidos por uma mucosasemelhante do nariz, rica em glndulas produtoras de muco e coberta porclios dotados de movimentos vibrteis. 04

O fluxo da secreo mucosa dos seios da faces permanente e imperceptvel. Alteraes anatmicas, processosinfecciosos ou alrgicos, provocam inflamao das mucosas facilitam ainstalao de germes oportunistas, so fatores que predispem sinusite.SintomasA sinusite pode ser dividida em aguda e crnica.

a) Sinusite aguda

Costuma ocorrer dor de cabea na rea do seio daface mais comprometido (seio frontal, maxilar, etmoidal e esfenoidal). A dor pode ser forte, em pontada, pulstil ou sensao de presso ou peso na cabea. b) Sinusite crnica

Os sintomas so os mesmos, porm variam muito de intensidade. A dor nos seios da faces e a febre podem estar ausentes. A tossecostuma ser o sintoma prepominante.

Recomendaes O mais importante diluir a secreo para que seja eliminada mais facilmente;

Beba bastante lquido (pelomenos 2 litros de gua por dia) e goteje de duas a trs gotas de soluo salinanas narinas, muitas vezes por dia.

Inalaes comsoluo salina, soro fisiolgico ou vapor de gua quente ajudam a eliminar assecrees;

Evite o ar condicionado. Alm de ressecar as mucosas e dificultar a drenagem de secreo, pode disseminar agentes infecciosos ,que contaminam os seios da face;

Procure um mdico se os sintomaspersistirem.

05

Incidncias para Seios da Face

Waters - Mento Naso (PA)

Caldwell Fronto Naso (PA)

Perfil

Posicionamento de Waters

Paciente em decbito ventral ou ortosttico.

Estender o pescoo do paciente, com queixo apoiado na mesa ou no bucky mural.

Ajustar o crnio at que a LMM esteja perpendicular ao filme.

Filme 18x24 na longitudinal (ou 24x30 dividido em dois).

DFOFIL: 1 metro

Colima a rea de interesse e prender a respirao.

Raio Central- incide entre os ossos parietais, saindo no acntion, sendo direcionado para o meio do filme.

Estruturas Mostradas: Seios maxilares com a parede inferior visualizada sem sobreposio dos processos alveolares e cristas petrosas.

O crnio no poder estar rodado, evidenciando a mesma medida da margem lateral da rbita com a borda lateral do crnio.

Caldwell

Paciente em decbito ventral ou ortosttico.Posicionar a testa e o nariz encostados na mesa ou bucky mural.

Manter a LOM perpendicular ao filme, angular o raio central 15 caudal.

06

Raio Central: dever sair no nasio.

Assegure-se de que no haja rotao ou inclinao da cabea.Filme 18x24 na longitudinal (ou 24x30 dividido em dois).

DFOFIL: 1 metro

Colima a rea de interesse e prender a respirao.Estruturas Mostradas: Borda orbitria inferior, maxilas, septo nasal, ossos

Zigomticos, arcos zigomticos e espinha nasal anterior.

Perfil

Ajuste a cabea em uma posio lateral verdadeira e o corpo em posio oblqua da forma que for necessria para o conforto do paciente. RC: no zigoma, a meio caminho entre o canto externo e o MAE.Parmetros de avaliao: Toda a face (mandbula), 1 e a 2 vrtebras cervicais devem estar projetadas nas radiografias, a sela turca demonstrada nitidamente sem distoro.Filme 18x24 na transversal

DFOFIL: 1 metroAnexos:Seio frontal:

07

Seio maxilar:

083- Seio Etmoidal:

4-Seio Esfenoidal:

09Imagens do posicionamento de Waters, Caldwell e Perfil: Waters

Caldwell

Perfil:

Pesquisa:10Realizada no Hospital Nossa Senhora dos Navegantes Matinhos,no perodo de 01/08/2012 04/08/2012, para coleta de dados sobre seios da face e crnio.Neste perodo foram realizados 28 exames de seios da face,constatando a patologia sinusite,j com o exame de crnio foram realizado 20 exames com suspeita de fratura e trauma do crnio.

Concluso 11

Seios paranasais so espaos preenchidos de ar localizados no interior dos ossos do crnio e face, que se comunica com a cavidade nasal.

Portanto, ao realizar a pesquisa sobre seios da face (Waters e Caldwell), embora no faa parte de uma rotina do hospital, auxilia no diagnstico do profissional.Referncia 12

http://www.unifesp.br/dmorfo/histologia/ensino/seios/anatomia.htm

http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/sinusite/http://www.slideshare.net/rocha1979/aula-cientfica-sobre-seios-paranasais-e-cavum

http://tecnico-em-radiologia2011.blogspot.com.br/2011/11/posicionamento-da-face.html_1406036478.xlsGrf1

568928

356620

Quarta

Quinta

Sexta

Sbado

Total

Plan1

QuartaQuintaSextaSbadoTotal

Seios da Face568928

Cranio356620

Para redimensionar o intervalo de dados do grfico, arraste o canto inferior direito do intervalo.