Aula fundações 2

Click here to load reader

Embed Size (px)

Transcript of Aula fundações 2

  • FundaesFundaes

    *

  • FundaesToda e qualquer construo seja de pequeno, mdio ou de grande porte, requerem estruturas de apoio o que denominamos de FUNDAO As Fundaes tem a funo de Transmitir o peso da estrutura superfcie do terreno.

    Segurana contra a ruptura das peas estruturais (vigas, pilares, lajes). Segurana contra ruptura do terreno. H a necessidade do conhecimento da resistncia do terreno. R= P / S

    *

  • Porque enterrar as fundaesEvitar o escorregamento lateral

    Eliminar ou remover a camada superficial

    do terreno. (baixa resistncia)?

    *

  • VERIFICAO DO TERRENOPARA INCIO DE QUALQUER PLANEJAMENTO E PROJETO ESTRUTURAL RESIDENCIAL E PREDI-AL, UM DOS PONTOS BSICOS, FAZER A VERIFICAO DO TERRENO, DE MODO GLOBAL ISTO :

    1- A POSIO NORTE-SUL ( INSOLAO );

    2- PLANTA TOPOGRFICA PLANIALTIMTRICA;

    3- TIPO DE SOLO ( SONDAGEM );

    *

  • INVESTIGAO DO SOLO DE UMA ANLISE CUIDADOSA PODE MOSTRAR SE UM TERRENO TEM O SOLO ALTAMENTE COMPRESSVEL, EXIGINDO ASSIM UMA CONSOLIDAO PRVIA. DE UMA SONDAGEM QUE TEM POR OBJETIVO VERIFICAR A NATUREZA DO SOLO, A ESPESSURA DAS DIVERSAS CAMADAS ( ESTRATIFICAO ), A PROFUNDIDADE E A EXTENSO DA CAMADA MAIS RESISTENTE QUE DEVER RECEBER AS CARGAS DA CONSTRUO, E DETERMINAR O TIPO DA FUNDAO A SER ESPECIFICADA.

    *

  • UMA BASE PRTICA NA CONSTRUO, ATRAVS DA MECNICA DOS SOLOS DEFINIMOS E CLASSIFICAMOS OS MATERIAIS QUE OCORREM NA SUPERFCIE DA CROSTA TERRESTRE EM:

    ROCHAS-SOLOS ROCHOSOS (PEDREGULHOSOS)

    SOLOS ARENOSOS/SILTOSOS (COMPACVEIS);

    SOLOS ARGILOSOS (CONSISTNCIA).

    *

  • PROCEDIMENTOS BSICOS ANTES DE SE DECIDIR PELO TIPO DE FUNDAO EM UM TERRENO :

    VISITAR O LOCAL DA OBRA, VERIFICANDO SE EXISTEM REAS DE ALAGADOS, ENXARCOS AFLORAMENTO DE ROCHAS ;

    B) VISITAR OBRAS EM ANDAMENTO NAS PROXIMIDADES, VERIFICANDO AS SOLU-ES ADOTADAS;C) FAZER SONDAGEM A TRADO (BROCA) COM DIMETRO DE 2 OU 4", RECOLHENDO AMOSTRAS DAS CAMADAS DO SOLO AT ATINGIR A CAMADA RESISTENTE;D) REQUISITAR UMA SONDAGEM GEOTCNICA.

    *

  • PLANTASP SONDAGEM A PERCUSSO

    *

  • Leito de FundaoSuperfcie do terreno sobre o qual o peso da estrutura superior se assenta;Regio do terreno onde se encontra > dificuldade de aprofundamento no solo;

    Volume constante - deformao plstica; (argiloso)

    Volume varivel adensamento (arenoso).

    Tipos de Deformaes do Solo

    *Mmmakfanjdkfajsdfkajsfdkasjfdasdfas dajfksdjfkasjdfkasdjfkasjdf akdsjfkasjdfkasjdfaksjdfkasjdfasdfadsfkjasdkfjaskdjfaksdjfkasjdfkasdf

  • Recalque mx.

    = P / S

    Caracterizado pelo aumento rpido das deformaesCapacidade de Carga = resistncia do solo, kg/cm2P = carga que atua sobre o solo, kgS = rea sobre a qual atua a carga.

    *

  • Por meio de teorias da mecnica do solo;

    Por meio de provas de cargas sobre placas;

    Por meios Empricos.

    Determinao da Presso Admissvel

    *

  • Princpio: A percusso de um volume que cai de uma certa altura, repetidas vezes sobre omesmo ponto do terreno, provocar umadensamento no mesmo.R = P [(n.h) + (n+1)] S e 2

    O coeficiente de segurana de 90%.1. Mtodo da Percusso

    *

  • n = nmero de quedas (10) h = altura de queda e = espessura que aprofundou o terreno.

    477.psd

    *

  • 478.bin

    *

  • Exemplo 1.Ao se fazer um estudo da resistncia de um solo pelo Mtodo da Percusso, foram encontrados os seguintes dados:

    peso do mao: 100kg;Altura da queda (h): 1,5m;Espessura de aprofundamento (e): 20cm;N de quedas (n): 10;Sesso da superfcie inferior: 400cm2;

    Calcule a resistncia deste solo.

    *

  • Soluo

    *

  • Mtodo Emprico:(no havendo dvidas nas caractersticas dos solos)

    Caractersticas

    Solo

    Presso

    Kgf/cm2

    Areias grossas

    Areias pedregulhosas

    Areias finas mdias

    Bem graduado compacto

    Mal graduada, fofas

    Muito compactas

    Compactas

    Mediamente compactas

    8

    4

    6

    4

    2

    Argilas e

    solos argilosos

    Consistncia dura

    Consistncia rija

    Consistncia mdia

    4

    2

    1

    Siltes, solos siltosos

    Muito compacto

    Compacto

    Mediamente compacto

    4

    2

    1

    *

  • Danos Estruturais : so os danos causados prpria construo.

    Danos Arquitetnicos: so danos causados esttica da construo.

    Danos Funcionais: so danos causados utilizao da construo.EFEITOS DOS RECALQUES NAS ESTRUTURAS

    *

  • Trinca devido a situaesde carregamento diferentesTrinca devido a fundaes em diferentes nveisTrinca devido a recalques deaterros mal compactadosJunta

    *

  • Classificao:FundaoDiretaContnua

    DescontnuaFundaoIndiretaUsadas nas Construes Em geralEstacasTubulesObras degrande porte

    *

  • So valas contnuas sob todo seguimento das paredes.

    So utilizadas quando o leito de fundao se encontra at a profundidade de 1,5 m.

    Em obras de 1 a 2 pavimentos, se o leito resistente for encontrado at uma profundidade de 0,5 m.

    1.Fundaes Diretas Contnuas (FDC)

    *

  • SAPATA CORRIDA

    SUSTENTA A CARGA DE UMA PAREDE DISTRIBUDA LINEARMENTE.

    UTILIZADA COM SISTEMA ESTRUTURAL DE ALVENARIA ARMADA.

    *

  • ALICERCES SAPATA CORRIDA

    Os alicerces so estruturas executadas pelo assentamento de pedras ou tijolos macios recozidos, em valas de pouca profundidade (entre 0,50 a 1,20 m), e largura variando conforme a carga das paredes.ALICERCE DE TIJOLOSSAPATA CORRIDASOLO RESISTENTE

    *

  • Fundaes Diretas Contnuas em alvenaria

    *

  • Fundaes Diretas Contnuas em concreto

    *

  • Sarrafos em nvel

    485.psd

    *

  • SOLOBrocasSapataArmada

    0,103 O3/8O 1/4 c/ 20/

    O 20//Uso de Brocas

    *

  • As fundaes diretas apresentam 2 tipos de sapatas isoladas:

    Em alvenaria de tijolos macios- Pequenas construes Em blocos de concreto- Para maiores exigncias

    2.Fundaes Diretas Descontnuas (FDD)So utilizadas quando o leito de fundao se encontra at a profundidade de 1,5 m.

    o caso de obras onde as cargas do telhado, laje e alvenaria so descarregados em vigas e estes em pilares.

    *

  • TIPOS DE FUNDAES RASASSAPATA ISOLADA QUANDO H UMA SAPATA NICA SOB PILAR, RECEBENDO A CARGA DIRETA E PONTUAL PELO PILARSAPATA

    *

  • TIPOS DE SAPATASQUADRADARETANGULARCICULARPOLIGONALSAPATA ISOLADA COM ARMADURASCARGA

    *

  • *

  • Vala e armadura para Sapata

    *

  • SAPATA ISOLADA ( COM ARRANQUES )

    486.bin

    *

  • SOBRADOCASA TRREA

    BALDRAMESAPATA

    *

  • PARA FUNDAESRASAS

    ( CASAS TRREAS )

    *

  • RADIER UMA GRANDE LAJE, ONDE APOIAM SE OS PILARES E PAREDES DA EDIFICAO. UMA FORMA DE DIMENSIONAMENTO DAS SAPATAS ISOLADAS, SE A REA DAS SAPATAS EM PLANTA ULTRAPASSAR 60% DA REA DA EDIFICAO, TORNA-SE MAIS ECONMICO EXECUT-LAS DEVIDO A REDUO CONSIDERVEL DA EXECUO DE FORMAS.APLICVEL SOBRE SOLO INSTVEL OU SUJEITOS A RECALQUES

    *

  • RECALQUES

    RECALQUE UNIFORMERADIER

    *

  • RECALQUES

    ROMPIMENTO DO SOLO

    *

  • Usadas quando o terreno resistente est

    muito profundo, de 5 a 7 ou 9 m.

    Quando a carga da construo muito alta.

    Nesse caso ambos os processos anteriores

    so inviveis, tornando-se anti-econmicos sendo necessrio usar estacas de concreto, tubules, etc.

    Sondagens - Firmas especializadas

    3. Fundaes Indiretas

    *

  • Locao; Escavao das valas; Apiloamento do fundo das valas; Execuo da fundao (concretagem,

    impermeabilizao, reaterro, contrapiso).Etapas de execuo da Fundao de uma Obra:

    *

  • 1. Locao

    Locar uma obra transferir para o terreno o que foi projetado em uma escala reduzida. Atividade fcil Erros cometidos, so praticamente incorrigveis Faz-se o uso de cavaletes e tbuas corridas Locao de Paredes

    *

  • 1 passo: locar alinhamento inicial;2 passo: tomar orientao p/ paredes perpendiculares, com ngulo de 90 perfeito;Mtodo de Pitgoras:1. Locao3m4m5m

    *

  • Mtodo Prtico para a marcaodo Eixo das Paredes

    487.psd

    *

  • Locao da Fundao com Emprego de Cavalete

    488.psd

    *

  • Locao da Fundao com Emprego de Tbua Corrida

    489.psd

    *

  • locao

    490.psd

    *

  • Profundidade mnima de 40cm;Parede c/ 1/2 tijolo de espessura, alicerce de 1 tijolo;Parede c/ 1 tijolo de espessura, alicerce de 1 e 1/2 tijolo;Deixar de 5 a 10 cm a mais nas laterais;

    2. Escavao das Valas

    *

  • 2. Escavao das ValasLocal para a deposio da Terra Escavada

    491.psd

    *

  • Vala com ferragem

    *

  • Valas

    *

  • Funo:

    Melhora condies de suporte do terreno Detectar heterogeneidade do sub-solo

    ( panelas e formigueiros) Uniformiza o fundo da vala

    Aps apilamento deve-se fazer o acerto final do fundo da vala.Quanto mais pesado o soquete e mais altasua queda, mais eficiente ser o apiloamento.3. Apiloamento do Fundo das Valas

    *

  • LinhaSarrafoVala acabadaCavalete ou tbuacorrida em nvelVala a serApiloadaControle do Nvel do Fundo da Vala

    *

  • Funo:Aumentar a rea de contato do alicerce c/ o solo;Uniformizar o fundo da vala;

    Seqncia:Colocao do ao;Concretagem (1:3:6);Acerto da ferragem no concreto.

    4