Seminário Bioenergias Biomassa, Formular um Negócio Viável · Corporate Supply Chain and...

of 26/26
Siemens SA 1 Seminário Bioenergias Biomassa, Formular um Negócio Viável
  • date post

    12-Jun-2020
  • Category

    Documents

  • view

    1
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of Seminário Bioenergias Biomassa, Formular um Negócio Viável · Corporate Supply Chain and...

  • Siemens SA 1

    Seminário Bioenergias

    Biomassa, Formular um Negócio Viável

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 2

    Agenda

    Estrutura e Organização Siemens Portugal

    Frota Industrial em Portugal

    Energia Eólica, Mini-Hidricas e Ondas

    Energia Geotérmica, Solar e Biomassa

    O que fazer com a Biomassa?

    Modelo Negócio projecto Biomassa

    Estudo de Viabilidade

    Escolha da Tecnologia

    Ciclo de Vida da Central

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 3

    Estrutura Siemens S.A.

    Corporate Executive Committee

    ParticipaçõesFábricasCorporate CentersOperating Groups

    TransformersPlant

    (Sabugo)

    ElectricSwitchboards Plant

    (Corroios)

    Osram, Lda.

    Siemens Building Technologies

    Fujitsu SiemensComputers

    Power

    Automation & Drives

    Industrial Solutions

    Medical Solutions

    Shared AccountingServices Center/

    Siemens Real Estate/Corporate Supply Chain

    and Procurement(CSP)

    Corporate Personnel(CP)

    Corporate Information

    & Organizatione-Business (CIO)

    Corporate andMarketing

    Communications(CMC)

    Siemens VDO Automative (SV)

    Corporate Audit(CA)

    BSH Electrodomésticos

    Lda.

    Siemens BusinessServices

    TransportationSystems

    Corporate Finance(CF)

    Corporate Development

    (CD)

    Siemens EntrepriseCommunications

    S.A.

    Northern Region

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 4

    Organização da Siemens Power

    C.E.O.

    J. Silva Marques

    C.E.O.

    J. Silva Marques

    Power Generation

    PGM. Carvalho

    Northern Region

    PG / PTDM. Padrão

    top +Innovation & Excellencetop + ieA. Assis

    Power Transmissionand DistributionPTDR. Leal

    C.F.O.

    R. Arglebe

    C.F.O.

    R. Arglebe

    Planning & Controlling

    P. Dias

    Sales & PMRenewable EnergiesJ. Festas

    Sales / New Fossil PlantsService Fossil PlantsM. Carvalho

    ServiceR. Martins

    Project ExecutionR. Lopes

    Sales & PMIndustrial TurbinesJ. Santos

    Sales & PMC&IR. Martins

    Sales & PMHydro StationsM. Padrão

    EngineeringJ. Pissarro

    Systems & InstalationsT. Pereira

    Energy Automation &IT SolutionsF. Silva

    Products & ServicesJ. Loureiro

    Assessoria

    J. Ventura

    Liaison Office SiAG/SiPoProjecto CT Ribatejo

    I. Mira

    Northern Region

    PFA. Malheiro

    Power Transmission andDistributionPTD FR. Arglebe

    Power Generation

    PG FT. Nogueira

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 5

    Dimensão da Frota Industrialem Portugal

    A divisão industrial da Siemens tem uma Potência Eléctrica instalada 579 MW distribuída por 40 unidades.

    Tapada do Outeiro 3 x 330MW

    ≈660 MW

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 6

    Utilização recursos Endógenos

    Energia Mini-Hídrica

    Energia das Ondas

    Energia EólicaAr

    Água

    Terra

    Fogo

    Energia Geotérmica

    Energia SolarEnergia da Biomassa

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 7

    Energia Eólica, Mini-Hidricas e Ondas

    Mini-H

    ídrica

    Mini-H

    ídrica

    EólicaEólica

    Ondas

    Ondas

    Não necessitam de qualquer combustível

    Nível médio de Horas Equivalentes de Funcionamento à plena carga

    constrói ou fornece os principais equipamentos

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 8

    Energia Geotérmica, Solar e Biomassa

    Não necessitam de qualquer combustível

    Nível elevado de

    disponibilidade

    eléctrica

    Geotérmica

    Geotérmica SolarSolar

    Biomassa

    Biomassa

    constrói ou fornece os principais equipamentos

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 9

    Energia Geotérmica

    A geotermiaé o conjunto das ciências e técnicas que estudam e exploram o calor terrestre.

    Ciclo Kalina

    “reverse refrigerationcycle”

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 10

    Energia Solar

    Turbina a vapor com sistema de re-aquecimento

    (SST-700RH)

    A produção de electricidade a partir da energia solar pode ser feita por conversão térmica. Utilizam-se sistemas que concentram a radiação incidente numa cavidade absorvedora e aquecem a alta temperatura, um fluido (ar, água, óleo térmico) que pode então ser utilizado num ciclo termo-dinâmico convencional, idêntico ao das centrais termoeléctricas convencionais a combustíveis fósseis.

    Solar Térmica

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 11

    Energia da Biomassa

    é a fracção biodegradável de produtos e resíduos da agricultura (incluindo substâncias vegetais ou animais), da floresta e das indústrias conexas, bem como a fracção biodegradável dos resíduos industriais e urbanos. (in Forum e Directiva 2001/77/EC).

    A biomassa

    Fontes potenciais para a produção de biomassa:Resíduos florestais (floresta e indústria transformadora da madeira)Resíduos agro-alimentares (cultura da vinha, azeitona, arroz, trigo, árvores de fruto)Resíduos agro-pecuários (avícola, farinhas de carne)Resíduos Sólidos Urbanos (RSU)

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 12

    O que fazer com a Biomassa?

    Produzir energia ou fazer produtos para que outros produzam energia ?

    Desenvolver um projecto de biomassa exige competências diversas para a elaboração e análise do respectivo Modelo de Negócio.

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 13

    Modelo Negócio projecto Biomassa

    Central de BiomassaTurbina vapor,

    caldeira de biomassa, parque de madeiras, sistemas auxiliares,

    interligação com rede,Engenharia Global

    Central de BiomassaTurbina vapor,

    caldeira de biomassa, parque de madeiras, sistemas auxiliares,

    interligação com rede,Engenharia Global

    OperaçãoManutençãoOperação

    Manutenção

    AcordoO&M

    Acordo

    Central BiomassaFlorestal - PRE

    Acordo de vendaEnergia térmica

    ConsumidoresTérmicos

    Acordo

    SeguroSeguro

    BancoBanco

    Acordo deFinanciamento

    Subsídios

    Licenças eAutorizações

    Autoridades

    Acordo de vendaenergia eléctricaAcordo de backupCombustível

    Gas ouFuel

    RedeEléctrica

    Acordo de compra

    BiomassaBiomassa

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 14

    Concursos de BiomassaCritérios de Valorização das Propostas

    CritérioCritério PonderaçãoPonderação Sub-critério ou factorSub-critério ou factor

    A. Caracterização do combustível

    Tipo de combustível (% de biomassa florestal)30 %

    25%

    20%

    Vínculos contratuais para fornecimento do recurso florestal (Duração)

    Garantia de cumprimento contratual

    B. Sustentabilidade do Fornecimento à Central

    10%

    10%

    Rendimento de Produção de Energia Eléctrica

    Aproveitamento do Calor

    C. Tecnologia e Eficiência Energética

    Cooperação com instituições do Sistema Científico e Tecnológico

    Associativismo na área da Biomassa para a energia

    2,5%

    2,5%

    D. Inovação e Dinamização do Sector

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 15

    Estudo de Viabilidade – 1 / 2Plano de Negócio

    Custos de ArranqueCustos financeirosLicenças de ConstruçãoInvestimento na CentralGestão

    Eventos com impacto financeiro

    Alterações no fornecimento combustível (biomassa)

    Alterações no contrato de venda de energia

    RefinanciamentoAlterações dos regulamentos

    ambientaisNível de fiabilidade

    Serviço da Dívida

    Custos de OperaçãoCombustível, água, outros consumíveisDeposição de CinzasPayrollImpostos e Seguros

    Custos de Manutenção

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 16

    Estudo de Viabilidade – 2 / 2 Decisão

    Estrutura accionista

    Termos e condições dos contratos:Venda de energiaFornecimento de combustível FinanciamentoFornecimento Equipamento

    Escolha da Tecnologia

    Modelo de Negócio (Contexto) é mais complexo face às energias Eólica, Mini-hidrica, Ondas, Solar Térmica e Geotérmica

    O que fazer com a Biomassa? Produzir energia…

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 17

    Escolha da Tecnologia

    55%

    29%

    Turbina Vapor

    Turbine Gas

    100% Combustível

    35%

    16%

    CaldeiraBiomassa

    100%CombustívelBiomassa

    Central Termoeléctrica a Biomassa

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 18

    Escolha da Tecnologia

    Biomassa utilizada em processos de CogeraçãoIndustriais (Licor negro, cascas)

    Turbina Vapor

    VaporMédia

    Pressão

    Condensador

    Vapor

    ProcessoIndustrial

    CaldeiraBiomassa

    100%CombustívelBiomassa

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 19

    Escolha da Tecnologia

    Turbina Vapor

    Biomassa utilizada em processos de Cogeração, Redes de calor

    (DH)

    CaldeiraBiomassa

    CombustívelBiomassa

    Joep Coenen (COGEN projects)

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 20

    Escolha da TecnologiaModo de operação turbina a vapor

    Front Section MiddleSection

    Rear Section As Turbinas a Vapor são máquinas rotativas de elevada eficiência térmica que possibilitam a conversão de energia térmica em energia mecânica. Para o efeito, o vapor é expandido duma pressão e temperatura elevada para uma pressão e temperatura baixa.

    As Turbinas a Vapor são utilizadas para accionar:• Alternadores (produção energia eléctrica)• Compressores, ventiladores e bombas

    Três secções das Turbinas a Vapor:• Secção frontal com admissão de vapor vivo• Secção intermédia com extensão aumentada• Secção posterior com secção de extracção

    Extracção de Vapor:Adicionalmente o vapor pode ser extraído da turbina para efeitos de aquecimento ou alimentação de processo industrial.

    Processsteam

    Exhauststeam

    Inletsteam

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 21

    Escolha da TecnologiaGrupo de Clientes

    O portfolio de Produtos cobre todos os requisitos

    EPU, etc.

    Dessalinização

    Calor & Electricidade

    Waste / BioEnergy

    SupplyingCOmpanies

    [ESCO]

    Empreiteiros Gerais - EPC

    Metais, etc.

    Alimentação

    Pasta & Papel

    Oil & Gas

    Conjunto

    Turbina Vapor e

    Alternador

    Química

    ClientesIndustriais

    [IND]

    AccionadoresMecânicos

    Alim. CaldeiraAcc. Bombas

    PortfolioTurbinas a

    Vapor Industriais

    PortfolioTurbinas a

    Vapor Industriais

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 22

    Escolha da TecnologiaRequisitos dos Clientes

    O portfolio de Produtos cobre todos os requisitos

    EnergySupplying

    COmpanies[ESCO]

    EPC

    Conjunto

    Turbina Vapor e

    Alternador

    ClientesIndustriais

    [IND]

    AccionadoresMecânicos

    Alim. CaldeiraAcc. Bombas

    Fiabilidade

    Tailoring/Customizing

    Competênciadas Soluções

    Total Costsof Ownership

    Elevada Eficiência

    Disponibilidade

    PortfolioTurbinas a

    Vapor Industriais

    PortfolioTurbinas a

    Vapor Industriais

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 23

    Escolha da TecnologiaPortfolio de Produtos Siemens

    Type

    SST-100

    SST-200

    SST-300

    SST-400

    SST-500

    SST-600

    SST-700

    SST-800

    SST-900

    Dual Casing / Reheat

    Center Admission

    10 30 50 70 130

    Single Casing/Non-ReheatDual Casing/Reheat

    Output [MW]

    Double Flow

    Tailormade

    MechDrive

    Par. Vapor.65 bar 480 0C80 bar 480 0C120 bar 520 0C120 bar 520 0C30 bar 350 0C140 bar 540 0C165 bar 585 0C140 bar 5400C

    165 bar 585 0C

    150+

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 24

    Aumentar os Resultadosdurante Ciclo de Vida

    Melhorar a produtividade da Central de Energia:

    Diminuindo custos Custos OperacionaisCustos de Manutenção

    Aumentar disponibilidadeParagens não planeadasParagens planeadas

    Melhorar a performanceEficiênciaEmissões

    Aumentar o tempo de vida operacionalAntecipação da arranque comercialAumento tempo de vida dos componentes

    MWh

    OEM COMPETENCE

    QU

    ALITY

    OR

    GA

    NIS

    ATI

    ON

    RESOURCES

    CORRECTIVEMAINTEN-ANCE

    BASICCONDITIONMONITORING

    TECHNICALCONSULTING

    &DEVELOPMENT

    PREVENTIVEMAINTENANCE

    SPARE PARTS

    & REPAIR

    RELOCATION

    CUSTOMERTRAINING

    SERVICECONTRACTS

    MODERNISATION& RETROFITS

    OPERATION& MAINTEN.

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 25

    Ciclo de Vida da Central

    TECNOLOGIA NOVA

    S CENTRAIS

    VIDA DA CENTRAL

    PER

    FOR

    MAN

    CE

    MANUTENÇÃO

    GRANDESUPGRADES

    UPGRADES

    CONSULTORIA

    Manter a performance

    Upgrade performance

    Modernizar

    Aplicando novos conhecimentos,novas tecnologias, novos materiais,novos designs...à frota existente de turbinas

  • Tecnicelpa João Bandeira Santos Siemens SA 26

    MUITO OBRIGADO PELA VOSSA ATENÇÃO.

    Seminário BioenergiasBiomassa, Formular um Negócio ViávelAgendaEstrutura Siemens S.A.Organização da Siemens PowerDimensão da Frota Industrialem PortugalUtilização recursos EndógenosEnergia Eólica, Mini-Hidricas e OndasEnergia Geotérmica, Solar e BiomassaEnergia GeotérmicaEnergia SolarEnergia da BiomassaO que fazer com a Biomassa?Modelo Negócio projecto BiomassaConcursos de BiomassaCritérios de Valorização das PropostasEstudo de Viabilidade – 1 / 2Plano de NegócioEscolha da TecnologiaEscolha da TecnologiaEscolha da TecnologiaEscolha da TecnologiaModo de operação turbina a vaporAumentar os Resultadosdurante Ciclo de VidaCiclo de Vida da Central