Técnicas

download Técnicas

of 13

  • date post

    28-Feb-2018
  • Category

    Documents

  • view

    237
  • download

    2

Embed Size (px)

Transcript of Técnicas

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    1/13

    Tcnicas ProjetivasTcnicas ProjetivasGrficas, Aperceptivas eGrficas, Aperceptivas e

    ImpressionistasImpressionistas

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    2/13

    ConceitoConceito

    De forma geral, projeo a representao ou transfernciade sensaes, sentimentos, desejos, interesses (processosinteriores para o mundo e!terior"

    #rojeo, em psicologia anal$tica, a din%mica pela &ual o indiv$duov como estando fora dele osconte'dos de sua prpria psi&ue&ue negou e reprimiu" )m outraspalavras, seria colocar em algum

    uma parte inaceitvel do ego,&uerendo livrar*se desta" +rata*sede um mecanismo de defesa doprprio ego para &ue possaassumir a e!istncia de si sem

    algo &ue o incomode"

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    3/13

    A projeo ento conceituadaA projeo ento conceituadacomo uma forma decomo uma forma de

    funcionamento mental &uefuncionamento mental &uepossiilitaria a estruturao dopossiilitaria a estruturao domundo e!terno a partir domundo e!terno a partir do

    mundo interno, estandomundo interno, estandointimamente ligada - percepo"intimamente ligada - percepo"

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    4/13

    Testes projetivos grficosTestes projetivos grficos

    . instrumento principal da. instrumento principal da cl$nicacl$nicapsicolgica

    psicolgica a entrevista/ os a entrevista/ ostestes projetivos esto a servio da mesma pois, a rigor, notestes projetivos esto a servio da mesma pois, a rigor, noso seno mecanismos para condu0ir uma forma de entrevista"so seno mecanismos para condu0ir uma forma de entrevista"

    1ua eficincia para coletar informaes mais verdadeiras e1ua eficincia para coletar informaes mais verdadeiras e

    menos disfaradas &ue as otidas pela linguagem com suasmenos disfaradas &ue as otidas pela linguagem com suasinfluncias sociais"influncias sociais"

    . psiclogo cl$nico sae &ue o trao e as figuras l2e daro. psiclogo cl$nico sae &ue o trao e as figuras l2e daroacesso aos estratos sicos e &ue constituem e!pressesacesso aos estratos sicos e &ue constituem e!presses

    menos controladas da personalidade do sujeito"menos controladas da personalidade do sujeito"

    )ssa linguagem mais ingnua e espont%nea/ mais comple!a)ssa linguagem mais ingnua e espont%nea/ mais comple!ae dif$cil/ cae ao psiclogo aprender a decifr*la alm dee dif$cil/ cae ao psiclogo aprender a decifr*la alm dee!ercitar*se para poder manej*la profissionalmente"e!ercitar*se para poder manej*la profissionalmente"

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    5/13

    3aligor * o 2omem usa o desen2o como forma de3aligor * o 2omem usa o desen2o como forma decomunicao desde o tempo das cavernas"comunicao desde o tempo das cavernas"

    1c2ilder * os desen2os podem ser estudados1c2ilder * os desen2os podem ser estudados

    durante o tratamento anal$tico com adultos dadurante o tratamento anal$tico com adultos damesma forma &ue o material oferecido pelosmesma forma &ue o material oferecido pelosson2os, pois 2 permanncia dos es&uemasson2os, pois 2 permanncia dos es&uemasgrficos &ue podem ser oservados e descritos,grficos &ue podem ser oservados e descritos,revelando aspectos estruturais relativamenterevelando aspectos estruturais relativamente

    persistentes"persistentes"

    4artegg escol2eu temas grficos4artegg escol2eu temas grficossegundo seu poder de sugesto (pontosegundo seu poder de sugesto (ponto

    no centro, uma curva, duas lin2as curtasno centro, uma curva, duas lin2as curtasparalelas, etc"" 5aseado na teoria daparalelas, etc"" 5aseado na teoria daGestalt, tenta con2ecer a orientaoGestalt, tenta con2ecer a orientaodin%mica e a gentica da personalidadedin%mica e a gentica da personalidadedo sujeito, estudando as etapas distintasdo sujeito, estudando as etapas distintas

    do processo de estruturao no teste dodo processo de estruturao no teste dodesen2odesen2o

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    6/13

    o interesse pelas tcnicas grficas surgiu a partir deo interesse pelas tcnicas grficas surgiu a partir defontes diferentes6 a grafologia, a psicanlise, a teoria dafontes diferentes6 a grafologia, a psicanlise, a teoria da

    Gestalt, a #sicologia do carter e a +ipologia"Gestalt, a #sicologia do carter e a +ipologia"

    7ossos antepassados recorreram ao desen2o por&ue as7ossos antepassados recorreram ao desen2o por&ue asimagens eram entendidas por todos como umaimagens eram entendidas por todos como umalinguagem universal" #artindo desse ponto temos alinguagem universal" #artindo desse ponto temos a2iptese de &ue o desenvolvimento da escrita na raa 2iptese de &ue o desenvolvimento da escrita na raa paralelo ao do indiv$duo"paralelo ao do indiv$duo"

    A teoria psicolgica de 1tanle8 9all, discut$vel masA teoria psicolgica de 1tanle8 9all, discut$vel mas

    atraente, considera &ue a 2istria ancestral da raa atraente, considera &ue a 2istria ancestral da raa reprodu0ida no desenvolvimento do indiv$duo" )ssareprodu0ida no desenvolvimento do indiv$duo" )ssateoria afirma &ue :a ontogenia recapitula a filogenia:"teoria afirma &ue :a ontogenia recapitula a filogenia:"

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    7/13

    7a dcada de ;

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    8/13

    Caractersticas Gerais dos TestesCaractersticas Gerais dos Testes

    GrficosGrficos A linguagem grfica, assim como a l'dica, a &ue estA linguagem grfica, assim como a l'dica, a &ue est

    mais pr!ima do inconsciente e do ego corporal"mais pr!ima do inconsciente e do ego corporal" 3onse&entemente, oferece maior confiailidade &ue a3onse&entemente, oferece maior confiailidade &ue a

    linguagem veral, a &ual uma a&uisio mais tardia elinguagem veral, a &ual uma a&uisio mais tardia e

    pode ser muito mais sumetida ao controle consciente dopode ser muito mais sumetida ao controle consciente doindiv$duo"indiv$duo"

    B um instrumento acess$vel -s pessoas de ai!o n$vel deB um instrumento acess$vel -s pessoas de ai!o n$vel deescolaridade eC ou com dificuldades de e!presso oral"escolaridade eC ou com dificuldades de e!presso oral"

    #or esse mesmo motivo os testes grficos so de grande#or esse mesmo motivo os testes grficos so de grandeutilidade com crianas pe&uenas &ue ainda no falam comutilidade com crianas pe&uenas &ue ainda no falam comclare0a, mas &ue j possuem um n$vel e!celente declare0a, mas &ue j possuem um n$vel e!celente desimoli0ao nas atividades grficas e l'dicas"simoli0ao nas atividades grficas e l'dicas"

    1ua administrao simples e econmica"1ua administrao simples e econmica"

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    9/13

    B imprescind$vel considerar &ue todo teste grfico deve serB imprescind$vel considerar &ue todo teste grfico deve sercomplementado com associaes verais &ue possiilitarocomplementado com associaes verais &ue possiilitarouma correta interpretao dos mesmos"uma correta interpretao dos mesmos"

    +amm deve*se considerar o n$vel scio*econmico*cultural+amm deve*se considerar o n$vel scio*econmico*culturaldo indiv$duo, sua idade cronolgica, seu n$vel evolutivo e dedo indiv$duo, sua idade cronolgica, seu n$vel evolutivo e dematuridade" >uitos erros se devem ao descon2ecimento damaturidade" >uitos erros se devem ao descon2ecimento daproduo t$pica de cada idade e de cada grupo social"produo t$pica de cada idade e de cada grupo social"

    .s testes grficos mostram uma produo muito pr!ima do.s testes grficos mostram uma produo muito pr!ima doinconsciente, revelando aspectos o &ue 2 de mais regressivo einconsciente, revelando aspectos o &ue 2 de mais regressivo epatolgico" Eogo, imprescind$vel a sua comparao com opatolgico" Eogo, imprescind$vel a sua comparao com omaterial coletado em outros testes projetivos e ojetivos damaterial coletado em outros testes projetivos e ojetivos da

    personalidade para completar a viso geral &ue se possui epersonalidade para completar a viso geral &ue se possui efa0er o diagnstico sore ases mais confiveis" #odemosfa0er o diagnstico sore ases mais confiveis" #odemosento, por e!emplo, aplicar o #2illipson e o Forsc2ac2 emento, por e!emplo, aplicar o #2illipson e o Forsc2ac2 emadultos e adolescentes, e o 3A+ de 5ella e o Forsc2ac2 emadultos e adolescentes, e o 3A+ de 5ella e o Forsc2ac2 emcrianas"crianas"

  • 7/25/2019 Tcnicas Projetivas.ppt

    10/13

    )m instituies, os testes grficos so escol2idos pela)m instituies, os testes grficos so escol2idos pelasimplicidade da sua administrao e economia de tempo" >as simplicidade da sua administrao e economia de tempo" >as importante &ue sejam complementados por testes veraisimportante &ue sejam complementados por testes verais

    >esmo no sendo poss$vel fa0er um diagnstico fino e>esmo no sendo poss$vel fa0er um diagnstico fino ee!austivo, descartam*se as patologias graves"e!austivo, descartam*se as patologias graves"

    B importante considerar os indicadores formais para fa0er oB importante considerar os indicadores formais para fa0er o

    diagnstico e, principalmente, o prognstico" )les estodiagnstico e, principalmente, o prognstico" )les estomenos sujeitos ao controle consciente &ue a&ueles demenos sujeitos ao controle consciente &ue a&ueles deconte'do"conte'do"

    < sujeito descon2ece o significado do seu trao frgil e< sujeito descon2ece o significado do seu trao frgil eentrecortado ou grosso e emplastado, mas pode imaginar aentrecortado ou grosso e emplastado, mas pode imaginar a

    diferena entre desen2ar um es&ueleto ou uma pessoa viva"diferena entre