Agente Urgente #97

of 21/21
fevereiro/março/abril 2013 //informativo agente urgente 1 Informativo da AN O XX FE V / MA R / AB R 2013 - N º 97 DISTRIBUI Ç ÃO GRA TUIT A • 19º Salão ParanaenSe de turiSmo • Fruet anuncia centro de convençõeS • Juliana voSnika aSSume a Paraná turiSmo
  • date post

    24-Mar-2016
  • Category

    Documents

  • view

    249
  • download

    14

Embed Size (px)

description

Revista da Associação Brasileira de Agentes de Viagem, seção Paraná

Transcript of Agente Urgente #97

  • fevereiro/maro/abril 2013 //informativo agente urgente 1

    Informativo da

    AN O XXFE V / MA R / AB R

    2013 - N 97DISTRIBUI O GRA TUIT A

    19SaloParanaenSedeturiSmo

    FruetanunciacentrodeconveneS

    JulianavoSnikaaSSumeaParanturiSmo

  • 2 //informativo agente urgente fevereiro/maro/abril 2013

    Na atual Cultura Paraguaia inuram principalmente os Jesutas e os Franciscanos que napoca da colnia foram os responsveis pela promoo da arte, da cultura e das cincias. A Marca Franciscana valoriza, revive e promove a herana cultural, gastronmica e musical Franciscano-Guarani, alm disso, est fortemente ligada aos sabores, aromas e texturas da melhor gastronomia tpica paraguaia, como tambm aos diferentes tipos de artesanato, cestaria, talhado e ourivesariaonde se aplicam as tcnicas centenrias que foram transmitidas de gerao em gerao, como a msica originada nas doces melodias da harpa.

    Para viver a mgica e inexplicvel experincia da Marca Franciscana empresas dedicadas ao turismo realizam vrios circuitos, os quais tm um s objetivo, preservar a natureza, resgatar e valorizar a cultura paraguaia, gerando assim o desenvolvimento local pensando nas futuras geraes com um forte contedo de turismo sustentvel.

    Alguns dos circuitos recomendados incluem: Circuito de Ouro: percorrendo entre outras, as principais cidades franciscanas guaranis como Yaguarn, cuja igreja dedicada a San Buenaventura a mxima expresso do barroco hispano guarani; Piribebuy, cidade histrica com suai greja dedicada a andeJaraGuaz e seu museu com relquias da Guerra da Trplice Aliana; a cidade de Aregu situada s margens do legendrio Lago Ypacara, com seus casares erguidos no princpio do sculo passado.

    Yaguarn: neste circuito se desfruta da experincia Paseo de Luces y Sonido (Passeio de Som e Luz) na igreja San Buenaventura de Yaguarn que a mxima expresso da arte barroca hispano guarani. Mediante a msica da poca especialmente criada, e uma narrao exclusiva dos retbulos - alm

    do altar maior - o visitante se transporta a momentos de esplendor desta igreja. Tambm inclui uma visita a um rancho ocina de artesanato em andut, tapearia tpica que recreia a teia de aranha com nos os de algodo. Tambm visitada uma ocina de cermica em torno, onde se aplicam tcnicas ancestrais na fabricao de vasilhas.

    Mbatovi: circuito onde o visitante ter uma vivncia direta com a natureza, percorrendo as trilhas da Eco Reserva Mbatovi, com pontes suspensas, tirolesa e rapel includo. Depois possvel desfrutar de um dos estabelecimentos de alojamento rural mais importantes do pas com um almoo-buf e infraestrutura para descanso e lazer. Pypor histria viva, aventura, experincia vivencial, que car gravada na sua mente e no seu corao.

    Para mais informaes e detalhes, ns o convidamosa visitar www.pypore.com.py

    VIVA AS MARCAS FRANCISCANAS NO PARAGUAI

    Na atual Cultura Paraguaia inuram principalmente os Jesutas e os Franciscanos que na poca da colnia foram os responsveis de promover a arte, a cultura e as cincias.

    www.itaipu.gov.py

    www.paraguay.travel

  • fevereiro/maro/abril 2013 //informativo agente urgente 7fevereiro/maro/abril 20136 //informativo agente urgente

    Repletos de expectativas, chega-mos a mais uma edio do Salo Pa-ranaense de Turismo, um evento dos paranaenses, promovido pela ABAV--PR. Esse ano, mais do que nunca, saliento a fora do Salo em ser um evento dos paranaenses, com ml-tiplos sotaques e referncias nacio-nais e internacionais. Conseguimos integrar entidades representativas do setor em um esforo conjunto para que o evento seja ainda mais relevante e representativo no Estado e em todo o sul do pas e Mercosul.

    Sendo assim, teremos esse ano, ao lado da ABAV-PR, a Associao Brasileira das Indstrias de Hotis do Paran (ABIH-PR), que realizar em paralelo ao Salo, o Encontro Paranaense de Hospitalidade, e a Associao Brasileira de Bares e Res-taurantes do Paran (Abrasel-PR), que contar no evento com o espao Arena Gastronmica Abrasel. No podemos esquecer tambm da im-portncia de parcerias firmadas j

    h vrias edies e que nesse ano se renovam, como o Governo do Esta-do do Paran, Prefeitura de Curitiba, Infraero e Sebrae/PR.

    Entre todos os atrativos do even-to, destaco tambm a programao

    Vem a o 19 Salo ParanaenSe de TuriSmo

    tcnica de palestras, que est re-pleta de bons temas para a capaci-tao profissional, to importante nos dias atuais; e a 9 Mostra das Regies Tursticas do Paran, evento promovido pela Secretaria de Estado do Turismo e a Paran Turismo que divulga os atrativos e singularidades das dez regies tursticas do Paran.

    Nesta edio tambm no vai fal-tar networking: sero mais de 300 expositores que participam da feira de negcios entre operadoras, redes hoteleiras, companhias areas, loca-doras de veculos, destinos tursticos nacionais e internacionais, compa-nhias de cruzeiros martimos, rgos oficiais do Turismo e prestadores de servio do setor.

    Tambm organizamos caravanas com agentes de viagens que pas-sam pelas cidades de Foz do Igua-u, Cascavel, Guarapuava, Londrina e Maring, no Paran; Blumenau, Brusque, Balnerio Cambori, Itaja,

    Cricima, Tubaro, Laguna, Florian-polis, Itapema e Joinville, em San-ta Catarina; e, Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

    Por fim, deixo aqui o nosso convi-te para que voc, agente de viagem, profissional do trade, prestigie o Sa-lo Paranaense de Turismo! Juntos somos mais fortes!

    //editorial

    1 E 2 D E M A R OEXPO UNIMED CURIT IBA

    *CONDIES DE PARCELAMENTO: Quanto antes fechar, a ABAV-PR concede mais meses para pagar: 1 parcela em dezembro/12 3x; 1 parcela em janeiro/13 2x; 1 parcela em fevereiro/13 vista.

    rea laranja:R$ 390,00/m

    rea verde:R$ 480,00/m

    rea laranja:R$ 580,00/m

    rea verde:R$ 670,00/m

    No Associados ABAV-PRAssociados ABAV-PR

    Informaes e reservas:Tel.: (41) 3223-3411 | [email protected]

    RESERVE SEU ESTANDE E PAGUE EM AT 3X*

    NEGCIOSQUE FAZEM A

    DIFERENA

    PATROCNIO MASTER: PARCERIA ESTRATGICA: MEDIA PARTNER: APOIO: REALIZAO:

    DIV

    uLG

    A

    o

    CELSo TESSERPRESIDENTE ABAV-PR

    Foz a arena brasileira do X Games ......... 18Artigo: A Fecomrcio e o incremento ao turismo, por Darci Piana ........................... 24Saiba como escolher bem a agncia de intercmbio .............................................. 26Brasil entra nos trilhos do turismo ferrovirio .................................................................. 28

    Jornalista responsvel:Edson Gis Milito da Silva 490.445 V/TRedao:Paulo Mosimann e Fabiane Prohmann Edio e Reviso:Danielle de SistiEditorao Eletrnica:Rafael Stedile, Ramon Toniolo e Jean BohlenComercializao:Edson Milito Publicidade. Av. Cndido de Abreu, 660 - cj. 1908 - 80530-000 - Curiti-ba/PR - Fone/fax: (41) 3252-1203 [email protected] Comercial:Paulo MosimannColaborao: Flamma ComunicaoFoto da Capa: Prefeitura Municipal de Curitiba/SMCS/DivulgaoImpresso: Grfica AptaTiragem: 6.000 exemplares - distribuio gratuita, via mala diretawww.agenteurgente.com

    DIREtoRIa: Presidente: Celso Jos TesserVice-presidentes: Roberto Bacovis e Fer-nando Valente. Diretor Secretrio e Ad-ministrativo: Lisandro do Nascimento Vasconcelos. Diretor Financeiro e de Patri-mnio: Luiz Benhur Loures. Diretor de Re-laes com o Mercado: Geraldo Jos Zai-dan Rocha. Diretor de Turismo Receptivo: Silvio Bertoldi. Diretora de Capacitao Profissional: Ana Paula Lacerda Garcia. Diretor de Servios aos Associados: Edson Luiz Wistuba.ConSelho DeliberaTivo:Titulares: Tricia Sander, Josanne Rizental Titulares: Roberto Bacovis, Fernando Va-lente, Geraldo Jos Zaidan Rocha, Silvio Bertoldi, Antonio Joo Monteiro de Aze-vedo, Eraldo Palmerini, Josanne Rizental Savas, Felipe Santiago Gonzalez, Maria Lu-cineide Nicolau Silva e Dirceu Luis Gambi-ni / Suplentes: Paulo Roberto Batista Sta-chowiak, Flvia Sandreschi Reis e Cludia Martins Lima CastroConSelho FiSCal:Titulares: Irene da Conceio Penna Fer-reira, Mauro Ehalt Lopes e Jeanine Degraf Enei / Suplentes: Pedro Kempe, Gil Hailton Pereira Miranda, e Lcia Jandira Fontoura.ConSelho De TiCa:Joo Alceu Rigon Filho, Pedro Cristiano Vega Falcn e Elaine Schneider / Suplente: Meron Kuczuvel Filho. ConSelho na abav naCional:Titulares: Antonio Joo Monteiro de Aze-vedo, Celso Jos Tesser, Roberto Bacovis, Felipe Santiago Gonzalez, Eraldo Palme-rini, Jos Roberto Ghisi, Geraldo Jos Zai-dan Rocha e Flvia Sandrechi ReisSuplentes: Tricia Sander, Fernando Ricott Valente e Pedro Cristino Vega Falcn.ConSelho eDiTorial:Antonio Joo Monteiro de Azevedo; Cel-so Jos Tesser; Roberto Bacovis; todos os demais diretores e delegados regionais; e Assessoria de Comunicao.

    Correspondncias para a redao:Travessa Nestor de Castro, 247 - 1 andar - conjs. 16 a 20 - 80010.120 - CentroCuritiba/PR. Fone: 55 41 3223-3411Fax 55 41 3324-9242.E-mail: [email protected]

    eXPedienTe

    DeSTaqueS eSPeCiaiS

    Juliana Vosnika assume a Paran Turismo ... 10

    //ndice #97

    Na foto, da esquerda para a direita: Geraldo Rocha, Diretor de Relacionamento com o Mercado; Lisandro Vasconcelos, Diretor Secretrio e Administrativo; Fernando Valente, delegado da ABAV-PR em Foz do Iguau; Roberto Bacovis, Vice-Presidente; Celso Tesser, presidente; Ana Paula Garcia, Diretora de Capacitao Profissional; Edson Luiz Wistuba, Diretor de Servios aos Associados; Neide Nicolau, delegada da ABAV-PR em Maring; e Silvio Bertoldi, Diretor de Turismo Receptivo.

    DIV

    uLG

    A

    o

    DIV

    uLG

    A

    o

    PeriDiCaS

    Editorial ................................................... 7Notcias da Abav Nacional ...................... 8/9

    Notcias de Santa Catarina, por Paulo Mosimann ..................................... 12/13/14Navios ........................................................ 18Rotas internacionais .................................. 24Hotis ....................................................... 26Agncias credenciadas ........................ 32/33

    Dicas de viagem ....................................... 34

    Notcias do trade ............................ 36/37 /38

    JuLIANA VoSNIKA

    PREFEITo GuSTAVo FRuET

    KELL

    y KN

    EVEL

    S

    KELL

    y KN

    EVEL

    S

    Gustavo Fruet anuncia centro de convenes para Curitiba ......................... 16

    Festival de Teatro: Curitiba respira cultura e arte .......................................................... 17

    19 Salo Paranaense de Turismo chega com novidades ............................................ 20 / 22

    AR

    qu

    IVo

    /FES

    TIV

    AL

    TEA

    TRo

    DE

    Cu

    RIT

    IBA

  • 8 //informativo agente urgente fevereiro/maro/abril 2013 fevereiro/maro/abril 2013 //informativo agente urgente 9

    abaV nacional aPoia camPanha de ProTeo criana

    mTur PrePara TrS lanamenToS Para oS PrXimoS meSeS

    A Abav Nacional acaba de divul-gar para suas associadas e aos pro-fissionais do setor de viagens e turis-mo no Brasil seu apoio campanha da Secretaria de Direitos Humanos do Governo Federal, que recomenda proteo s crianas e adolescentes. A iniciativa da Abav foi definida em conjunto pelo presidente da entida-de, Antonio Azevedo, e a Secretria Nacional de Promoo dos Direitos da Criana e do Adolescente, Angli-ca Goulart. A mensagem da campa-nha sugere a todos os cidados que estejam atentos e denunciem casos de violncia para o Conselho Tutelar responsvel em sua regio, alm de informar que telefone de nmero 100 tambm recebe denncias.

    Alm da realizao do Salo do Turismo dentro da Feira das Am-ricas - Abav 2013, em setembro, na capital paulista, o Ministrio do Turismo est com trs lanamen-tos prontos para serem lanados de imediato, o que deve ocorrer at maio, no mximo. o primeiro o re-lanamento do Viaja Mais, Melhor Idade, um dos projetos mais elogia-dos da pasta, e cancelado na breve gesto de Pedro Novais.o segundo tambm um retorno. o Programa de Regionalizao voltar revisado pelos Estados e com muita fora. A novidade fica por conta do Turismo Responsvel, parceria com a oMT e que ter a participao das entida-des do setor, que sero convidadas a assinar o Cdigo de tica da orga-nizao.

    deSonerao da folha de PagamenTo requer unio

    Aps um perodo de negocia-es com o Ministrio do Turismo, iniciado com o secretrio execu-tivo Valdir Simo, a realizao de estudos sobre as necessidades relativas desonerao fiscal e a consulta s principais entidades do setor, a Abav Nacional protocolou ofcio (n. 024/2012) no MTur no dia 20 de dezembro do ano passa-do. A medida formaliza o pedido das agncias de viagens para a ex-tenso dos benefcios do Progra-ma Brasil Maior por meio da Lei n 12.456 de 2011, que visa deso-nerao tributria de vrios seto-res da economia com a reduo do custo previdencirio.

    As entidades Abracorp, Belta, Braztoa, Fenactur e Sindetur-SP concordaram com a iniciativa da Abav em defesa do pleito, para que seja permitido s agncias de viagens substituir o recolhimento da contribuio patronal ao INSS,

    de 20% sobre a folha de salrios da empresa, pelo recolhimento de 1% sobre o faturamento (receitas) da empresa.

    imprescindvel manter a uni-dade de propsitos e o alinhamen-to nas aes associativas e sindi-cais, enfatiza Antonio Azevedo, presidente da Abav Nacional, reite-rando que o ministro Gasto Vieira o interlocutor do governo com a categoria.

    Aes isoladas dispersam ener-gias, podem causar rudos e at comprometer o avano das nego-ciaes, complementa Azevedo, lembrando a todos que o ministro declarou recentemente que quer marcar o mandato fazendo valer a Lei do Agente de Viagem. Sobre a extenso dos benefcios da desone-rao da folha s agncias de viagens, o presidente considera fundamen-tal para aumentar a competitividade do turismo nacional.

    abaV Pede alinhamenTo em aeS aSSociaTiVaS

    Aps o Sindetur-SP ter anunciado o envio de ofcios aos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Turis-mo, Gasto Vieira, solicitando a de-sonerao da folha de pagamento para o setor de distribuio e inter-mediao de servios tursticos (ou seja, a incluso do segmento no Pro-grama Brasil Maior), a Abav Nacio-nal divulgou h pouco que protoco-lou junto ao Ministrio do Turismo, em 20 de dezembro, um ofcio com o mesmo objetivo.

    De acordo com a entidade, a Abracorp, Belta, Braztoa, Fenactur e o Sindetur-SP concordaram com a iniciativa que, se acatada, resultar na substituio do recolimento da contribuio ao INSS de 20% sobre a folha de salrios pelo recolhimento de 1% sobre o faturamento da em-presa.

    imprescindvel manter a uni-dade de propsitos e o alinhamento nas aes associativas e sindicais. Aes isoladas dispersam energias, podem causar rudos e at compro-meter o avano das negociaes, disse o presidente da Abav, Antnio Azevedo

    azeVedo confirma: brazToa e Salo do TuriSmo na abaV 2013

    Antonio Azevedo, presidente da Abav Nacional , confirma oficialmente que a Braztoa e o Salo do Turismo ocorrero neste ano dentro da Feira das Amricas. . Dentro da Abav haver um espao dedicado Braztoa e um outro ao Ministrio do Turismo. o formato do Encontro Comercial Braztoa ser como nos anos anteriores.

    NA FoTo, AZEVEDo CoM o GoVERNADoR Do PARAN BETo RICHA E JuLIANA VoSNIKA, ATuAL PRESIDENTE DA PARAN TuRISMo, EM uM SALo PARANAENSE DE TuRISMo.

    GIS

    ELE

    PASS

    oS

    notcias da abav nacionallanada camPanha de Valori-zao doS agenTeS de ViagenS

    TuriSTaS Tm direiToS reSSalTadoS em carTilha indiTa

    A ABAV Nacional lanou a cam-panha Com uma agncia Abav sua viagem muito melhor! para todas as suas 3,5 mil associadas. A partir de agora, elas passaro a receber, periodicamente, peas institucionais que incentivam os turistas a escolherem uma agncia Abav na hora de fechar seu pacote turstico.

    A primeira arte foi encaminha-da para as 26 Abavs estaduais e do Distrito Federal, que ficaro res-ponsveis pela divulgao entre seus clientes. Contaremos com o apoio de todos nesta iniciativa para que ela possa atingir o consu-midor em todo territrio nacional, valorizando a importncia do pro-fissional de viagens, diz Alessan-dro Macedo, vice-presidente de Marketing e Eventos da entidade.

    Alm disso, a ABAV Nacional

    A cartilha Direitos dos turistas, lanada pela Associao Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), de-fine em 33 pginas os cuidados que os passageiros devem levar em con-siderao ao comprarem um pacote de viagem. o material tem o apoio da Abav Nacional.

    Alm de citar os diferentes servi-os que podem ser contratados, tais como hospedagem, passagens are-as, passeios e aluguel de carros, o ma-terial reitera a importncia da leitura minuciosa do contrato e fornece uma srie de dicas para que o viajante pos-sa se resguardar caso tenha de lidar com imprevistos.

    A cartilha sugere a conservao de e-mails, recibos, panfletos, bilhetes e quaisquer outros documentos que comprovem o contato com a agncia. Do mesmo modo, recomenda ao con-sumidor verificar, antes de fechar a viagem, se a agncia est devidamen-te cadastrada no Cadastur e se ela uma agncia associada Abav ou a alguma outra entidade representati-va do setor, o que, na prtica, confere credibilidade.

    Com o objetivo de zelar pela re-alizao de viagens mais seguras e garantir plena satisfao dos passa-

    tambm disponibilizou um selo digital que poder ser utilizado li-vremente pelas Abavs estaduais e todas as suas agncias associadas nas divulgaes. Nossa meta co-municar que os agentes so capaci-tados para oferecer tranquilidade, segurana e comodidade durante toda a viagem, explica.

    geiros, a apostila ressalta que os pa-cotes devem ser definidos com ante-cedncia mnima de um ano, prazo que permite trabalhar com uma pro-gramao mais completa e a preos mais acessveis. A cartilha enfatiza ainda o intermdio do agente de viagens, profissional que, a partir de seu conhecimento e relacionamento no mercado, consegue apontar os melhores roteiros e fechar viagens inteiras a tarifas mais baixas, econo-mizando tempo e dinheiro do viajan-te.

    Estas informaes esto em con-sonncia como Cdigo de tica das Agncias de Viagens filiadas Abav, que primam por defender e estar sempre ao lado de seus clientes, para que eles possam viajar tranqui-los e estejam amparados em casos de ocorrncias imprevistas, comen-ta o presidente Antonio Azevedo.

    cidade de So Paulo recebe abaV em SeTembro

    Neste ano, a 41 edio do con-gresso da Associao Brasileira das Agncias de Viagens (Abav) e a Feira de Turismo das Amricas, maior e melhor feira internacional de neg-cios do setor, mudou de local e ser realizada entre os dias 4 e 8 de se-tembro de 2013 no Centro de Con-venes Anhembi, em So Paulo.

    Dentre as grandes novidades da prxima edio destaca-se o fato de que o evento ser aberto pela pri-meira vez ao pblico final, unindo, assim, o propsito de informar e motivar o consumidor, que poder conhecer os mais diversos destinos, atraes e produtos de viagens, sen-do orientados por agentes de via-gens especialistas no assunto, que so o principal canal de vendas do turismo.

    os dias 4, 5 e 6 de setembro se-ro exclusivos para profissionais do

    setor e o final de semana, dias 7 e 8, foi estrategicamente selecionado pela Abav para atender os cerca de 75 mil visitantes esperados, entre profissionais do setor e clientes po-tenciais.

    o novo local um dos mais tradi-cionais espaos para feiras e eventos da Amrica Latina, dotado de uma rea total de 400 mil metros qua-drados. o evento ter mais de 50 pases participantes e ultrapassar o nmero de 5 mil expositores e mais de 28 mil profissionais que atuam na indstria de viagens e turismo.

    DIV

    uLG

    A

    o

  • 10 //informativo agente urgente fevereiro/maro/abril 2013 fevereiro/maro/abril 2013 //informativo agente urgente 11

    SeTu e Paran TuriSmo aPreSenTam noVidadeS na 9 moSTra daS regieS TurSTicaS do Paran

    Juliana VoSnika aSSume no riTmo do Paran, Prazer em conhecer

    goal To braSil, abre PorTaS no eXTerior

    Paran - Prazer em conhecer o tema central da 9 Mostra das Regies Tursticas do Paran, que a Secretaria de Estado do Turismo e a Paran Turismo promovem nos dias 28 de fevereiro, 1 e 2 de mar-o. o evento, que considerado um dos principais no segmento tu-rismo no Brasil e Mercosul, acon-tece paralelamente ao 19 Salo Paranaense de Turismo promovido pela Abav-PR. o local da realizao ser a Expo unimed em Curitiba e promete reunir agentes de via-gens, expositores e profissionais da rea para promoo e conso-lidao de negcios, de roteiros e destinos tursticos paranaenses.

    Segundo o secretrio de Turis-mo do Paran, Jackson Pitombo, a 9 Mostra das Regies Tursticas do Paran excelente oportunida-de para mostrar as particularida-

    Presidente do Instituto de Tu-rismo de Curitiba nos ltimos qua-tro anos e com ampla experincia no setor, Juliana Vosnika acaba de assumir a presidncia da Paran Turismo. Ela chega trazendo na bagagem recordes em sua gesto curitibana, representados pelos quase quatro milhes de turistas que visitaram Curitiba no ano pas-sado. Trabalhamos muito na pro-moo, no marketing e nos produ-tos tursticos que fizeram Curitiba se firmar tanto como destino de negcios quanto de lazer, lembra Juliana.

    Ela e sua equipe trabalharam a marca Curta Curitiba e o evento natalino Galeria de Luz que, s no ano passado, foi visitado por um milho de pessoas. Justamen-te este perfil o que ela pretende implantar no Turismo do Paran, objetivando melhorar bastante o nmero de visitantes aos atrati-vos tursticos paranaenses. Te-nho muito prazer em trabalhar no governo do Paran, com o gover-nador Beto Richa e a convite do secretrio Jackson Pitombo. Atuei faz alguns anos aqui e neste re-torno, agora como presidente da Paran Turismo, o objetivo maior atualizar um pouco a forma de divulgao e promoo do turismo do estado e, assim, consolidar tan-

    Desde o ano passado, o evento Goal to Brasil, promovido pela EMBRATuR e Ministrio do Turismo, coopera na divul-gao e promoo internacional das ci-dades sedes do Brasil na Copa do Mundo de 2014. o Paran tem participado na Europa destes eventos voltados ao trade turstico. o diretor de marketing da Pa-ran Turismo, Rodrigo Swinka, tem apro-veitado as reunies com agentes, opera-dores e Imprensa para oxigenar o Paran como destino. Em Lisboa e Madrid, os agentes ficaram impressionados com o nosso material e potencial das diversas regies tursticas do Paran, comentou Swinka. Todos os contatos so repassa-dos aos agentes e operadores que ven-dem o destino paranaense. os prximos eventos do Goal to Brasil sero realiza-

    des das dez regies tursticas do Paran e fortalecer a Marca Para-n.

    Estande - A Secretaria de Tu-rismo ocupar estande de 790 metros quadrados onde sero apresentadas as 10 regies tursti-cas do Paran. No espao haver balco de degustao com produ-tos regionais, apresentaes de grupos folclricos e artsticos, vi-trine com artesanato tpico e um espao com grama, trave e bola de futebol remetendo Copa do Mundo, j que Curitiba ser uma das cidades-sede. Tambm haver outro painel com o tema X-Games, lembrando que Foz do Iguau re-ceber a competio mundial nos anos de 2013, 2014 e 2015. Este ano a disputa acontece entre os dias 18 a 21 de abril.

    tos atrativos que temos nas diversas regies tursticas do Paran.

    lanamenTo da noVa camPanha

    Vosnika destaca o lanamento imediato de uma nova campanha para divulgar as potencialidades turs-ticas, aproveitando o embalo da pro-moo do Paran e de Curitiba como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. Esta campanha ser denomi-nada Paran, prazer em conhecer. Vamos utilizar esta campanha forte para mostrar tudo o que temos de atrativos. Curitiba, com seu estilo, suas etnias, os parques e sua vocao de bem receber e tudo o que os mu-nicpios da Regio Metropolitana tm como atrao. Nosso Litoral, com sua baa diferenciada e tantas coisas bo-nitas para o turista visitar; os Campos Gerais com a Rota dos Tropeiros e o Parque Vila Velha; as j consolidadas Cataratas do Iguau, o lago de Itaipu e as ofertas de Maring, Londrina, Cascavel, as cachoeiras de Pruden-tpolis e muitas outras atraes que poderia enumerar aqui, acentua a presidente da Paran Turismo.

    A campanha de divulgao ser voltada tanto para o pblico estran-geiro como para o mercado nacional. Estamos aproveitando os esforos promocionais dos vrios eventos que estamos participando em diversas cidades da Europa e que se estende-ro aos Estados unidos, ao Mxico e alguns pases da Amrica do Sul. Com apoio do Ministrio do Turismo e Embratur, o Paran j comeou no ano passado a agenda de reunies e eventos rotulados de Goal to Brasil. Estamos levando material especfi-co e aproveitando muito bem estas oportunidades para divulgar, promo-

    ver e valorizar o Paran como desti-no. o prximo evento, no dia 12 de maro, ser muito especial, em Lon-dres, quando Curitiba atuar como cidade anfitri. Alm de toda a gama de promoo, teremos um evento gastronmico sob o comando do chef Celso Freire, que mostrar ao trade turstico europeu, por exemplo, o di-ferencial de um prato tpico do nosso Litoral, baseado em siris da Baa de Guaratuba ao molho da cachaa de banana de Morretes, antecipa Julia-na Vosnika. Ela sublinha que o mate-rial promocional, muito bem elabora-do e ilustrado com textos em ingls e espanhol, destaca o potencial de todas as regies tursticas do estado e a preocupao da equipe do gover-no Richa na preservao da natureza e com o aspecto social.

    markeTing e noVoS ProduToSos planos de Juliana Vosnika esto

    diretamente ligados proximidade do Turismo do estado com fontes de recursos no Ministrio do Turismo e Embratur. J temos vrias aes e convnios em andamento, contem-plando a infraestrutura turstica, os centros de apoio aos turistas e am-pliao dos postos de informao. A maior meta no futuro prximo ser ampliar este apoio para que se pos-sa manter o formato de eventos in-ternacionais, em feiras e ocasies apropriadas, para se continuar pro-

    movendo e divulgando o turismo do Paran nesta dimenso mesmo depois da Copa do mundo de 2014. Nesta esteira, Vosnika est tratan-do de aprimorar a misso da sua diretoria de marketing. Esta dire-toria cuidar da promoo turstica e ampliar seu trabalho, passando a estruturar e desenvolver produ-tos tursticos, roteiros, passeios e meios para aumentar o potencial do setor. Inclusive no atendimento dos anseios das prefeituras do Pa-ran que estejam dispostas a inves-tir no segmento.

    JunTo com o Tradeoriunda do trade turstico j

    que iniciou sua carreira no turismo no Curitiba Convention & Visitors Bureau, Juliana Vosnika se man-tm fiel s parcerias com todas as entidades do setor. Nossa gesto em Curitiba sempre foi parceira do trade turstico. E continuar assim no governo estadual. o Salo Pa-ranaense da Abav um exemplo disso. Pela importncia do evento, estamos lanando no salo a nos-sa nova campanha de promoo e divulgao das potencialidades do Paran. A Abav e todas as entida-des sero sempre ouvidas e consul-tadas. E tem e tero a cada dia mais espao em todos os nossos even-tos. Empresrios, empreendedores, operadores, agentes e profissionais de todos os setores so bem-vindos para usar as nossas estruturas em prol de sua atuao. Nossa misso s se completa quando todo o tra-de utiliza as ferramentas planeja-das pelo governo em benefcio do xito e crescimento da nossa inds-tria a servio do turismo, encerrou a presidente da Paran Turismo.

    dos ainda na Europa. Primeiro em Berlin, no inicio de maro, e logo em seguida, no dia 12 de maro, ser a vez de Londres, onde Curitiba ser a cidade anfitri. (Ver pg. 16 - Entrevista Paulo Colnaghi). Nas entrevistas coletivas com os jornalistas, os nossos produtos conquistam mdia espon-tanea, o que bem interessante como promoo do destino, salientou Swinka. os agentes e operadores so focados na estrutura turstica, capacidade da rede hoteleira e a atrativos.Sustentabilidade e preservao da natureza so muito valori-zados l na Europa. A gente informa que as Cataratas do Iguau ficam uma hora de vo de Curitiba. Destaca a proximida-de de da Capital com o Litoral e Campos Gerais,etc. Mostramos roteiros que po-dem ser percorridos pelos turistas, acres-centa Swinka. A realizao dos eventos paralelamente s grandes feiras agiliza a nossa misso, facilitando nossos conta-tos com o grande mercado nas mais im-portantes cidades europias, acentua. A programao neste ano prev eventos no Mxico, Estados unidos e principais pases da Amrica do Sul.

    DIV

    uLG

    A

    o

    DIV

    uLG

    A

    o

    RoDRIGo SWINKA

    JuLIANA VoSNIKA

    DIV

    uLG

    A

    o

    SECRETRIo JACKSoN PIToMBo

  • fevereiro/maro/abril 201312 //informativo agente urgente

    Co

    Mu

    NIC

    A

    o

    /SEC

    RET

    AR

    IA D

    E ES

    TAD

    o D

    E Tu

    RIS

    Mo

    , Cu

    LTu

    RA

    E E

    SPo

    RTE

    bombinhaS Summer beach - anuncia a promoo frias PremiadasConsolidado como o mais novo

    e agradvel hotel e spa da Costa Es-meralda catarinense, o Bombinhas Summer Beach acaba de lanar uma promoo para a baixa temporada. Intitulada Frias premiadas, a cam-panha permite que o turista pague cinco e usufrua de sete dirias, exceto nos feriados. A baixa temporada ter incio aps a Pscoa. Localizado junto mata atlntica, na praia de Bombas, o Summer Beach oferece excelentes apartamentos com cozinha completa com micro-ondas, geladeira, fogo, louas e utenslios; sof-cama, mesa

    de centro, ar condicionado split e TV LCD 32 polegadas na sala; cama box casal, ar condicionado split e TV LCD 24 polegadas no quarto; banheiro, rea de servio com la-vadora de roupas lava e seca e sa-cada com churrasqueira. A rea de lazer tem piscina e academia. o ho-tel oferece tambm caf da manh, servios de praia e estacionamento. o pagamento pode ser efetuado em at seis vezes em carto de crdito. Mais informaes e reservas pelo site www.bombinhassummerbea-ch.com.br ou (41) 9112-2242.

    beTo marTinS J imPulSiona o TuriSmo caTarinenSe e aSSume Vice do fornaTur

    Ao tomar pose, em janeiro, numa das mais concorridas solenidades de transmisso de cargo de secreta-rio de turismo, cultura e esporte em Santa Catarina, Beto Martins - que foi duas vezes prefeito de Imbituba (Sul do Estado) - confirmou todo o seu prestgio como lder emergente no territrio catarinense e o eleva-do respeito junto classe poltica e trade turstico. Na ocasio, Beto comentou a escolha do governador Raimundo Colombo de forma obje-tiva: agradeo ao meu pai por ensi-nar o valor da humildade, lealdade e amizade que levo comigo no s na vida pessoal, quanto no trabalho. Tenho defeitos, mas tenho a quali-

    Novo secretrio

    dade de aprender rpido e faremos, juntos, um grande trabalho. E estas virtudes tm marcado a trajetria do novo secretrio frente do posto mais alto do Turismo de seu estado. Com dinamismo e simplicidade, ele tem de fato enfrentado os desafios para conduzir os destinos do turismo catarinense, seja liderando a equipe, na atuao afinada com o presidente da SANTuR, Valdir Walendowsky, ou nas reunies e encontros com as en-tidades e lideranas que impulsionam o setor.

    Vice da regio SulEm Braslia, no recente Frum Na-

    cional de Secretrios e Dirigentes Es-taduais de Turismo, onde esteve ao lado Valdir Walendowsky, Beto Mar-tins foi escolhido vice-presidente da Regio Sul do Fornatur e afirmou que, ainda este ano, Santa Catarina ir se-diar uma reunio ordinria do Frum, com a presena de todos os secret-rios de turismo do Brasil e membros do Ministrio do Turismo. o Fornatur atua junto com o Conselho Nacional do Turismo, como rgo de assesso-ramento ao Ministrio do Turismo, na elaborao e implantao do Plano Nacional do Turismo e na discusso dos principais programas e projetos do turismo brasileiro, formando o Ncleo Estratgico do Turismo, coordenado pelo Ministrio do Turismo. Rene--se em mdia a cada dois meses, em sedes itinerantes, coincidentes com eventos tursticos de projeo nacio-nal e internacional e /ou consideran-do o interesse de visitao a destinos tursticos consagrados. o secretrio Beto Martins tambm se reuniu com o secretrio nacional de Polticas do Tu-rismo, Vinicius Lummertz, e o diretor administrativo da Embratur, Tufi Neto. Em pauta o fortalecimento do turismo nutico em Santa Catarina, principal-mente em Florianpolis. Tratamos de vrios assuntos, j que as deman-das so grandes em Santa Catarina, afirmou.

    conSelho eSTadual de TuriSmoNeste perodo inicial de trabalho,

    Beto Martins comandou ainda a pri-meira reunio entre o Secretrio de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e

    o Conselho Estadual de Turismo. os 21 membros do conselho apresenta-ram um resumo das prioridades que consideram urgentes para o setor, entre elas a concluso de obras es-truturantes como Centro de Eventos de Canasvieiras, Balnerio Cambori e Joinville. Beto Martins comentou que o investimento em obras tam-bm um desejo do governador Raimundo Colombo e colocou para os conselheiros trs metas principais a serem cumpridas ainda este ano. Vamos nos reunir com a secretaria de infraestrutura, nos colocando disposio para ajudar a melhorar obras que tambm sero destinadas ao turismo. No lanamento do edi-tal de licitao para a pavimentao da Serra do Corvo Branco, comentei a necessidade de placas de sinaliza-o tursticas no local e o secretario Valdir Cobalchini adorou a ideia da parceria, comentou. o secretrio tambm pretende, j na prxima reunio, chamar as 10 Estncias Tu-rsticas de Santa Catarina para ali-nhar as necessidades do setor com o Conselho de Turismo.

    A terceira meta manter, ampliar o Plano Catarina de marketing que est sendo construdo e aponta dire-trizes para o setor turstico. um dos grandes apoiadores e construtores do Plano Catarina e atual secretario de turismo de Lages, Flavio Agustini, est nos deixando um grande traba-lho que, junto com a Santur e todos os envolvidos, ir continuar em de-senvolvimento, disse o secretario na oportunidade de despedida do ex-diretor de marketing da Santur.

    Ex prefeito de Imbituba, Beto Martins tem muitos planos para o Turismo de Santa Catarina

    notcias de SC paulo mosimannideiaS modernaS e noVoS areS Para o TuriSmo de florianPoliS

    PreSidenTe da SanTur acena com aPoio a JoinVille

    Viao caTarinenSe inoVa com a PonTe area floriPa-curiTiba

    S estou aqui porque o prefeito Cesar Souza inovou, ouviu o trade turstico e o trade apontou o perfil desejado para a pessoa responsvel pelo comando da Secretaria de Tu-rismo de Florianpolis. A primeira resposta da secretria de Turismo da capital catarinense, Maria Clu-dia Evangelista, resume muito bem todo o seu comprometimento em realizar na pasta um trabalho com foco prioritrio nas propostas, ideias e diretrizes das entidades que fazem acontecer o turismo na Ilha de San-ta Catarina. E nem poderia ser dife-rente, acrescenta Maria Cladia em aluso s suas bem sucedidas expe-rincias como diretora executiva, ao longo dos anos, do Convention & Vistors Bureau de Florianpolis.

    Ela explica a poltica adotada por Cesar Souza Junior, prefeito de Flori-pa, perante o seu secretariado. To-dos os secretrios tero um prazo de 100 dias para organizao dos seus planos de gesto. Inicialmente esta-mos definindo equipe e estruturan-do o trabalho. Mas at 15 de abril, apresentaremos o plano completo de gesto para os prximos quatro anos. No nosso caso, o carro-chefe redigir a proposta da criao do fundo municipal de turismo, que dever ser encaminhado o quanto antes para votao e aprovao na Cmara Municipal de Florianpo-

    lis. quanto ao nosso plano, ele ser alicerado nos famosos quatros pi-lares: promoo, preo, produtos e praa. Isso envolve a criao e formatao de novos produtos, qualificao, infraes-trutura dos servios, excelente logstica e aes promocionais, de propaganda e de marketing.

    mercado PrioriTrio

    Na entrevista con-cedida revista Agente urgente, em seu gabinete, no centro de Florian-polis, Maria Cludia Evangelista acen-tuou a importncia do papel de agen-tes e operadores de turismo do Paran e da prpria imprensa de Curitiba. Logo, iniciaremos parcerias muito importantes com os curitibanos e pa-ranaenses. o Paran prioritrio para ns e o quarto maior centro emissor de turistas para a nossa cidade. Ela lembrou que os paranaenses visitam Santa Catarina, s vezes, mais de uma vez por ano.

    E antecipou alguns projetos que devero ser colocados em prtica para que Floripa fique disponvel o ano todo, no apenas vinculada a sol

    e mar. Vamos focar em eventos espe-ciais. o Natal de Gramado e o de Curi-tiba so bons exemplos. Vamos forta-

    lecer o eco turismo, o turismo gastronmi-co. Vamos diversificar roteiros e valorizar o turismo de luxo, o segmento GLS e criar enfim novas alternati-vas que atraiam pes-soas para nos visitar.

    fenaoSTra

    A secretria co-mentou tambm sobre a Fenaostra, festa da cultura aoriana, que ser bastante aprimorada para se firmar no calendrio das festas catarinenses de outubro. A Fenaostra a nossa oktoberfest. Muito importante para celebrar nossas origens e o papel dos antepassados. Ela no existe apenas para divulgar a produo de ostras tipo exportao. Tem ainda impor-tncia cultural e popular. Vinha sendo realizada dentro do centro de conven-es. uma hiptese lev-la para os bairrros, especialmente para as mais antigas freguesias aorianas, localiza-das no Ribeiro da Ilha e em So An-tonio de Lisboa, que so os dois prin-cipais polos do cultivo da ostra na ilha e muito ricos em arquitetura, belas

    igrejas e que retratam bem a vida dos imigrantes aorianos. Falando mais especificamente a agentes e operadoras, a secretria de Floripa informou que pretende elaborar passeios e roteiros que motivem a visitao turstica em qualquer ep-ca do ano. Para isso, teremos um servio receptivo muito atuante e que venha a facilitar a organizao e a recepo de grupos de viagens nossa cidade.

    Trabalho inTegradoMaria Cludia j foi colega de Ju-

    liana Vosnika (atual presidente da Paran Turismo), h alguns anos, quando trabalharam juntas em ro-teiros de integrao turstica do Pa-ran e Santa Catarina. A secretria de Floripa anuncia um trabalho estreito e cooperativo com o gover-no do estado e de muita parceria com o governo federal, na busca de recursos, convnios e aes com o Ministrio do Turismo e Embratur. Ela admira em muito a forma de agir de Valdir Walendowsky, presidente da Santur, que rotula como um ver-dadeiro dnamo a servio do nosso segmento.

    PET

    RA

    MA

    FALD

    AC

    RD

    ITo

    : Ro

    GR

    Io D

    A S

    ILV

    A -

    SEC

    oM o presidente da Santur (Santa Cata-

    rina Turismo SA), Valdir Walendowsky, esteve em Joinville e foi recebido pelo prefeito udo Dhler e pelo presidente da Fundao Turstica, Sergio Ferreira.

    No encontro, Walendowsky refor-ou o apoio do governo estadual ao desenvolvimento do turismo de Join-ville: A cidade possui alto potencial turstico e a Santur est disposio para ajudar a revigorar suas atividades tursticas, valorizando o que j existe e ampliando o leque de oportunidades.

    Para o prefeito udo Dhler, o obje-tivo tornar Joinville uma marca for-te no segmento de turismo nacional, reconhecida pela riqueza da rea rural e, ao mesmo tempo, pela condio de

    A melhor ponte area entre Florianpolis e Curitiba realiza-da pelos nibus executivos dire-tos da Viao Catarinense. Com a nova linha direta da Catarinense, o passageiro parte de Curitiba para Florianpolis ou de Florianpolis para Curitiba s 3h15 da manh, de segunda a sexta-feira. Alm de chegar mais cedo, o usurio tam-bm paga menos: a passagem exe-cutiva tem valor de convencional. Confira os preos: de Florianpolis a Curitiba, o custo de R$ 47,87. J de Curitiba para Florianpolis, o custo da passagem de R$ 49,97. Este mais um servio inovador da Catarinense, que durante dcadas a mais eficiente ligao entre os estados de Santa Catarina e do Pa-ran. Mais informaes em www.catarinense.net

    cidade em constante desenvolvi-mento.

    Nossos recursos naturais so excepcionais. Temos o mar em uma ponta, e a montanha, em outra, com reas exuberantes. Mas pre-cisamos oferecer melhores condi-es aos produtores rurais, para que eles permaneam no campo com conforto e infraestrutura, dis-se o prefeito.

    J para o presidente da Funda-o Turstica, Sergio Ferreira, o re-lacionamento mais prximo com a Santur representa, tambm, o retorno de Joinville ao circuito de grandes eventos de Santa Catarina.

    Secretria Maria Cludia Evangelista, do Convention Bureau para comandar a nova

    cara do Turismo de Florianpolis

    Jurer - o paraso no Norte da Ilha Mercado Pblico, ponto de encontro, no corao da Ilha Ponte Herclio Luz - vista noturna do carto postal de Floripa

    o prefeito de Joinville, udo Dhler (esq.) e Valdir Walendoswsky(dir.). Acima, o presidente da Fundao Turstica de

    Joinville, Sergio Ferreira (camisa xadrez); os gerentes de marketing e planejamento

    da Fundao, Douglas Hoffmann e Gui-lherme Gassenferth, respectivamente.

  • fevereiro/maro/abril 2013 //informativo agente urgente 15fevereiro/maro/abril 201314 //informativo agente urgente

    notcias de SC paulo mosimann

    Aps espetculo com o cantor Dudu Nobre no carnaval, que abriu a srie de grandes shows, ser a vez de uma das mais queridas cantoras do Brasil mostrar seus principais su-cessos para os turistas que estive-rem no resort

    Consagrado como um dos resorts

    do Brasil que mais investe em atra-es de peso para os hspedes, o Costo do Santinho, em Florianpo-lis, comea em 2013 a todo o vapor. Depois da apresentao do cantor Dudu Nobre, no carnaval, a tempo-rada de shows nacionais segue no ms de maro com um evento mais do que especial de uma das mais queridas cantoras do Brasil: Marisa Monte, que levar ao resort todo o romantismo das suas belas canes e interpretaes. Com um repert-rio repleto de sucessos, como Beija Eu, Amor I Love you, entre outros, alm de interpretaes de can-es de Jorge Benjor, Nando Reis e Carlinhos Brown, a cantora Marisa Monte apresenta a sua mais recente turn, chamada Verdade uma Ilu-so, para os hspedes do resort na quinta-feira, dia 07, s 22 horas. Mas

    coSTo do SanTinho aPreSenTa a Sua noVa aTrao, mariSa monTe

    as atraes no param. No mesmo perodo, o Costo preparou uma surpresa para quem conseguir dar uma esticadinha at o sbado. Nos dias 08 e 09 o resort prope um passeio pelas gastronomias catari-nense e da Itlia, ustria, Alemanha e Portugal. Com almoos e jantares especiais na sexta e no sbado, alm de aula de gastronomia e degusta-o de vinhos, os hspedes pode-ro conferir pratos dessas culin-rias que, historicamente, formam o bero da gastronomia do estado de Santa Catarina. Privilegiando a cozi-nha catarinense, o Costo preparou tambm menus especiais com mui-tos pratos de peixes e frutos do mar, tudo para que os turistas de outros estados se sintam, por um breve momento, como verdadeirosMane-zinhos da Ilha.

    ValoresTrs noites em apto StandardTotal por pessoa: R$ 1.352,00* ServioCosto do Santinhowww.costao.com.br0800 48 1000

    bnT mercoSul 2013

    Repercute bastante, a proposta da Prefeitura de Bombinhas, Costa Esmeralda de Santa Catarina, que es-tuda (sem esconder de ningum) a implantao de cobrana de uma taxa para turistas que visitarem a ci-dade j a partir da prxima tempo-rada. o valor a ser cobrado dever ser por veculo, caracterizando a de-nominada taxa de preservao am-biental. Segundo estudo preliminar realizado pela universidade do Vale do Itaja (univali), o valor giraria en-tre R$ 50 e R$ 100. A prefeita Ana Paula Silva, conhecida na cidade como Paulinha, j antecipou que o valor no est oficialmente defini-do, mas a arrecadao se justifica pelos problemas enfrentados com o nmero de turistas que procuram as praias da cidade durante a alta tem-porada.

    eXceSSo de TuriSTaSBombinhas possui 14.312 habi-

    tantes, segundo o Censo de 2010, mas chega a receber 150 mil turis-tas simultaneamente nas tempo-radas de vero. Nosso municpio

    muito complexo de se administrar porque ele tem apenas 34 km e uma s entrada, pois todo rodeado por mar. Com o aumento no nmero de pessoas, no vero, o abastecimento de gua e o trnsito ficam inadminis-trveis, alm do risco ambiental ser eminente, pois a praia se modifica, explica a prefeita. Segundo Paulinha, o objetivo da taxa limitar a entrada a um nmero mximo, que ser esta-belecido aps a finalizao do estu-do, at o incio de maro. queremos continuar recebendo as pessoas, mas sem o risco de perder a natureza que Deus nos presenteou. quando chegar ao nmero mximo, mesmo que as pessoas queiram pagar para entrar, no ser possvel, acentua a prefeita.

    moTiVoS e obSTculoSos moradores sero isentos da

    taxa. J o valor deve ser diferente para quem se hospeda na cidade e para quem apenas passa o dia nas praias. quem no pernoitar deve pagar a taxa completa. Ser um valor estimado, conforme o que a cidade gasta para manter o turismo e a es-

    eSTado garanTe recurSoS Para o ProJeToo Prefeito Edson Renato Dias, Pi-

    riquito, avanou nas tratativas com as autoridades estaduais para a construo do Centro de Eventos de Balnerio Cambori. A declarao ocorreu depois de encontro com o Secretrio de Turismo do Estado, Beto Martins, que foi recebido pelo prefeito na companhia do Presiden-te da Santur, Valdir Walendowsky, e do secretrio municipal de planeja-mento, Auri Pavoni.

    o Governador quer uma sinto-nia fina entre prefeitura e governo estadual nessa questo do Centro de Eventos, disse Martins para o prefeito Piriquito, que por sua vez acentuou que a obra prioridade e ter incio no decorrer do ano. Tam-bm ficou acordado entre as autori-dades que o projeto ser agora ca-dastrado para efeito de repasse de verba estadual, ao mesmo tempo em que tambm ser licitado.

    o prefeito lembrou ao secret-rio estadual que o Centro de Even-tos tem projeto arquitetnico e que

    os complementares ainda esto em fase de estudo e elaborao. os custos devem chegar a R$ 2 milhes e a conta ser dividida entre munic-pio e Estado.

    Piriquito disse que considera im-portante a visita do secretrio assim como o interesse do Governador Raimundo Colombo na construo de um centro integrado para sediar feiras, congressos e exposies. Es-tamos planejando o que h de me-lhor para o setor e fazer parte da agenda de grandes eventos, no s do Brasil, mas de todo o Mercosul, destacou.

    o Centro de Eventos de Balnerio Cambori ser construdo s mar-gens da BR-101-Sul, no Bairro Nova Esperana. Esse empreendimento deve potencializar a cadeia do tu-rismo no municpio, acrescentou Piriquito. Ele tambm disse que a ci-dade tem na atividade importante matriz econmica capaz de promo-ver emprego, renda e, sobretudo, riqueza.

    ceNtro de eveNtos de BalNerio camBori

    Nos dias 24 e 25 de maio acon-tece a 19 BNT Mercosul (Bolsa de Negcios Tursticos) no Parque Beto Carrero World, em Penha, Santa Catarina. Segundo os diretores do evento, Geninho Goes e Jair Pas-quini, a previso de 146 estandes reunindo cerca de 400 expositores entre hotis, atraes, destinos tu-rsticos, e outros produtos e servios voltados para o setor de turismo.

    Balnerio Cambori, vista do mirante da Estao Mata Atlntica, no Parque unipraias

    Co

    Mu

    NIC

    A

    o

    Co

    ST

    o

    SLV

    IA H

    uD

    AK

    SAN

    TuR

    /Fo

    To: W

    ERN

    ER Z

    oTZ

    q

    Costo do Santinho - o famoso resort de Floripa, inaugura a temporada de grandes shows ...

    estrelando o talento de Marisa Monte.

    trutura aos turistas. Atualmente no temos uma usina de tratamento de lixo e precisamos lev-lo para outra cidade. Essa taxa servir para man-ter servios como este, justifica Paulinha. A prefeita adiantou que o sistema de cobrana dever ser pela internet e os turistas podero imprimir, pagar e apresentar o com-provante na entrada da cidade. A estimativa o incio da cobrana a partir da temporada deste ano. Para colocar a idia em prtica, todavia, Bombinhas poder encontrar obst-culos e resistncias. A oAB de Santa catarina j se pronunicou contrrio iniciativa, assegurando que a me-dida teria carter inconstitucional.

    Bombinhas estuda formas de preservar o paraso

    bombinhaS eSTuda a cobrana da TaXa de PreSerVao ambienTal

  • fevereiro/maro/abril 2013 //informativo agente urgente 17fevereiro/maro/abril 201316 //informativo agente urgente

    o Festival de Teatro de Curiti-ba integra, com estilo, o calendrio cultural da cidade. Conhecido agora como FestCuritiba, o evento ser realizado entre os dias 26 de maro e 7 de abril. Agente urgente conver-sou com Leandro Knopfholz, ideali-zador e diretor do festival.

    Agente urgente - quais sero as novidades do festival este ano?

    Leandro - Sempre trabalhamos para ter o mais interessante a cada nova edio. Este ano, alm de trs atraes internacionais, temos trs coprodues com a participao do Festival de Curitiba, espetculos que sero montados especialmente para o festival: Homem Vertente abre o evento e ser feito em parceria com a companhia argentina ojal. J Par-lapates Revistam Angel e Cine Monstro verso 1.0 foram possibi-litadas graas coproduo do Ita Cultural e Festival de Curitiba. Este ano tambm estamos trazendo duas montagens de um mesmo texto. o autor escolhido foi o britnico Mar-tin McDonagh nas produes The Pillowman, com direo de Bruno Guida e Dagoberto Feliz (SP), e o Homem Travesseiro, dirigida por Bruce Gomlevsky (RJ). A inteno provocar o pblico a experimentar duas verses de um mesmo texto e observar as possibilidades diferen-

    tes que se abrem. Tem ainda as sete estreias nacionais e uma apresenta-o especial de processo criativo de um espetculo indito.

    Agente urgente Fale de nme-ros do festival. De atores envolvidos, produtores, peas, espaos a serem utilizados, universo de pblico que o Festival vai atingir ?

    Leandro- Em 2013 o Festival de Curitiba acontece em 76 endereos diferentes, envolvendo em torno de 400 pessoas trabalhando direta-mente e outras 300 indiretamente. Artistas sero em torno de 3200. De 26 de maro a 7 de abril sero cerca de 445 espetculos. A estes ainda se somam os eventos Risorama, Mish Mash, Guritiba, DeRepente, Mostra de Cinema Palco e Plateia e Gastro-nomix. A expectativa de pblico de 200 mil pessoas.

    Agente urgente - qual o gran-de segredo para que o festival tenha encontrado seu espao cativo no ca-lendrio anual da cultura e arte em Curitiba ?

    Leandro - Cada nova edio um grande desafio. Acredito que ter uma equipe afinada, que conhece e faz parte dessa histria est sempre atenta, tem sido fator decisivo nesta caminhada de 22 edies.

    Agente urgente qual a impor-tncia do trade turstico no apoio e divulgao do festival. Voc j consi-dera o evento um produto tambm do turismo curitibano?

    Leandro - Sim, sem dvida o apoio do trade turstico fundamen-tal. o festival faz parte do calend-rio cultural e de eventos da cidade, reunindo no s o pblico local, mas tambm pessoas de todo o pas. um momento de os curitibanos e de todos celebrarem e viverem a cidade.

    Mais informaes sobre o evento podem ser obtidas no site: www.festivaldecuritiba.com.br.

    curiTiba celebra a culTura e a arTe

    DIV

    uLG

    A

    o

    LEANDRo KNoPFHoLZ, IDEALIZADoR E DIREToR Do FESTCuRITIBA: EDIo 2013

    DEVE ATRAIR uM PBLICo DE 200 MIL PESSoAS.

    AR

    qu

    IVo

    /FES

    TIV

    AL

    TEA

    TRo

    DE

    Cu

    RIT

    IBA

    ESPETCuLo HoMEM VERTENTE, ABRE o FESTIVAL.

    Curitiba ser, com certeza, a melhor sede da Copa do Mundo no atendimento aos turistas. Estamos diante de uma oportunidade nica e vamos tirar proveito disso. A garan-tia est sendo dada por Paulo Colna-ghi Ribeiro, diretor do Instituto Mu-nicipal de Turismo de Curitiba, que assumiu o cargo - com a equipe do prefeito eleito Gustavo Fruet - com muita disposio e com um desafio super especial: transformar a capi-tal paranaense num novo e atraente destino turstico nacional. Para dina-mizar esta inteno, esto sendo fei-tos diversos esforos promocionais tanto em mbito nacional como no promissor mercado internacional. um dos pontos principais neste sen-tido ser o evento do Goal to Brasil - promovido pela Embratur e Minis-trio do Turismo, em 12 de maro, quando Curitiba ser a cidade anfi-tri em Londres, na Inglaterra. Este ser um dos eventos internacionais prioritrios, j que a cidade tem

    PrefeiTo frueT anuncia a conSTruo do cenTro de eVenToS de curiTiba

    Paulo colnaghi aSSegura curiTiba como melhor deSTino recePTiVo na coPa

    A grande obra da nossa gesto para o segmento do turismo ser a construo do Centro de Eventos de Curitiba. A afirmao do prefeito Gustavo Fruet, que confirmou pre-sena no 19. Salo Paranaense da Abav-PR, no espao Expo unimed, nos dias 2 e 3 de maro. Fruet no apresentou detalhes, mas assegu-rou que o centro de convenes ser construdo, com certeza, durante os quatro anos de seu mandato. Curi-tiba merece e necessita deste espa-o para ampliar sua atuao no setor do turismo de negcios.

    o prefeito informou ainda que a prefeitura j sabe de onde viro os recursos para a construo da aguar-dada obra por todo o trade turstico curitibano. o dinheiro vir de Bra-slia, do Ministrio do Turismo, com liberao de verba a fundo perdido. Faz parte do apoio que estamos con-quistando do governo federal para impulsionar e tornar realidade as-pectos relevantes da nossa gesto no tocante a obras de infraestrutura para Curitiba, informou.

    Gustavo Fruet vem acompanhan-

    do de perto todas as aes do Insti-tuto Municipal de Turismo e da Se-cretaria da Copa, visando estruturar e preparar a cidade para bem rece-ber os turistas na Copa do Mundo do ano que vem. Ele defende o tu-rismo sustentvel e comprometido com a preservao do meio ambien-te. Fruet se mostrou entusiasmado tambm com os eventos internacio-nais que a cidade est participando na Europa, atravs do diretor Paulo Colnaghi. Temos um grande po-tencial e muitos atrativos e isso, evidente, precisa ser levado para o mercado internacional. So aes que desenvolvemos em convnios de cooperao com o Ministrio do Turismo e Embratur, lembrou.

    o prefeito curitibano destacou ainda que vamos estimular e apoiar sempre as entidades do nosso tra-de turstico. Gustavo Fruet garantiu ainda que a prefeitura vai oferecer a infraestrutura necessria para que a indstria do turismo siga crescendo e representando papel importante que tem na economia de Curitiba.

    agendada uma srie de reunies e encontros com o trade turstico e imprensa especializada das princi-pais cidades europeias ao longo des-te ano. Com nfase na promoo, mostrando nossos potenciais, va-mos lutar para transformar Curitiba em um destino vivel para os turis-tas estrangeiros que visitam o Rio de Janeiro, Bahia, Amazonas e a nossa Foz do Iguau, diz Colnaghi. E acres-centa, no s pelo motivo de a ci-dade ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, mas isso vai ser um desafio constante na nossa gesto. quanto a diretrizes que nortearo o trabalho do Turismo em Curitiba, o diretor informa que estamos reali-zando um estudo que voltar a cida-de para o turismo sustentvel. Esta pesquisa est em sua segunda fase e em menos de 30 dias teremos o levantamento pronto para respaldar nossas aes.

    TuriSmo de eVenToSJ atuante na captao de even-

    tos de negcios, Curitiba ter am-plo apoio da Prefeitura Municipal para manter este mercado sempre aquecido. Vamos buscar eventos e apoiar empresrios e entidades que se empenhem neste sentido. Isso muito bom para o fluxo turstico, mas admitimos que o fechamento do centro de convenes do Shop-ping Estao foi uma grande perda para o segmento. Embora tenhamos outros espaos e o prprio Expo Re-nault, no Parque Barigui, nos falta um grande centro de convenes (veja matria nesta pgina com pre-feito Gustavo Fruet). Esta ser uma de nossas grandes metas para o segmento do turismo, afirma Paulo Colnaghi.

    infraeSTruTura e aTraTiVoSo excelente trnsito da atual ges-

    to no governo federal tem propor-cionado convnios e parcerias com o Ministrio do Turismo e Embratur. De Braslia chegam recursos que esto possibilitando uma srie de revitalizaes e melhorias em luga-res estratgicos da cidade. Temos aes no bairro do Batel, com foco na Praa da Espanha, cone da cultu-ra local e ponto de encontro da cida-de. Estamos finalizando o projeto do Centro de Atendimento ao Turismo (CAT) no Jardim Botnico, que vai ganhar inclusive auditrio e sala de reunies. Vamos revitalizar as praas Ruy Barbosa e Carlos Gomes, atuan-do no entorno das praas. Na Carlos Gomes tambm ser implantado um CAT. Junto teremos vrias obras de acessibilidade, novos banheiros pblicos em vrios pontos da cida-de como na Praa osrio, Largo da ordem e Memorial da Cidade, diz Colnaghi. Ele acrescenta que esto sendo conquistados tambm recur-sos para outras obras importantes, como na ara do Meio Ambiente e que proporcionaro revitalizar par-ques como o Tangu, Tingui, So Loureno e o Passeio Pblico, este um verdadeiro marco da efervescn-cia cultural da cidade nos tempos do restaurante L no Pasquale. o de-nominado corredor cultural, que fica no entorno da Praa Santos Andra-de, passando pela reitoria da uni-versidade Federal do Paran, a sede centenria da uFPR e o Teatro Gua-ra, tambm ser contemplado com demarcaes, reafirmando a sua im-portncia na vida de Curitiba e como mais um atrativo aos visitantes.

    galeria de luz

    DIV

    uLG

    A

    o

    DIV

    uLG

    A

    o Seguindo orientao do prefeito

    Gustavo Fruet, as coisas boas cria-das por outras gestes sero manti-das, talvez aperfeioadas. Com isso, Colnaghi garante que o evento de Natal - Galeria de Luz ser mantido no calendrio oficial de Curitiba. E antecipa que novos eventos sero criados para a Pscoa, inverno e para o Carnaval de 2014. Tudo sendo de-senvolvido conforme de patrocnios e recursos recebidos. Ele assegura tambm que o projeto Curta Curi-tiba ser mantido. No importa quem criou. o que vemos sua uti-lidade para a cidade. A propsito, o Instituto de Turismo de Curitiba anuncia a melhor relao possvel e trabalho conjunto com a Secre-taria de Turismo e Paran Turismo bem como com todo o trade turs-tico curitibano e paranaense. J fui diretor do Convention Bureau de Curitiba e sei da importncia de um trabalho coeso e conjunto com as entidades do setor. No Salo de Tu-rismo da Abav-PR, estaremos l com o prefeito Fruet, apoiando e exer-cendo parceria efetiva com aqueles que fazem o turismo existir no seu dia a dia.quanto aos dirigentes do governo estadual a nossa reelao com o secretrio Jackson Pitombo e com a Juliana Vosnika excelente. Temos participado juntos de reuni-es em Braslia, pensando no xito das aes de promoo de Curitiba e do Paran, inclusive com o Mrio Celso Cunha, secretrio da Copa no Paran. Por fim, Paulo Colnaghi fez um apelo aos curitibanos. Vamos nos unir e com certeza a nossa ci-dade ser a melhor sede da Copa do Mundo do ano que vem. Vamos deixar de lado a questo clubstica, cumprir a nossa misso e pensar no legado que o mundial vai deixar para toda a populao da cidade.

  • fevereiro/maro/abril 2013 //informativo agente urgente 19fevereiro/maro/abril 201318 //informativo agente urgente

    NaviosTeMPoraDa 2013/2014

    o Grupo Costa trar quatro navios para a temporada de vero 2013/14. os transa-tlnticos Costa Favolosa e Costa Fascinosa, o Grand Celebration e o Grand Mistral so navios da Ibero Cruzeiros, que tambm integram a frota. Eles fazem roteiros para a Bahia e escalas em Buenos Aires, Punta del Este e Montevidu.

    Carros-chefe da frota, o Costa Fascinosa e Costa Favolosa representam a ltima pa-lavra em tecnologia da engenharia naval para o turismo, tal o cardpio de atraes de lazer, gastronomia e entretenimento que dispem a bordo. Cada um dos navios tem capacidade para 3.800 hspedes. o Grand Mistral e Grand Celebration, por sua vez, so os principais navios da Ibe-ro Cruzeiros, companhia que chega a sua quinta temporada no Brasil. os dois tran-satlnticos somam capacidade total para 3.717 passageiros.

    As reservas para os navios Costa Favolo-sa e Costa Fascinosa j esto abertas ao mercado. Para maro deste ano ainda h opes no Costa Fascinosa rumo ao Prata e nas travessias Brasil/Itlia em todos os navios. Representante em Curitiba: (41) 3232-7107.

    luxo eM alTo-Mar

    A MSC Cruzeiros promete impressionar o pblico com uma de suas expresses m-ximas de luxo e conforto para viagens em alto-mar: o MSC Divina. o transatlntico o maior j construdo por uma compa-nhia europeia e destaca o autntico estilo italiano somado riqueza de detalhes em uma completa infraestrutura, que leva a assinatura do conceituado escritrio de design italiano De Jorio. Com 333,3 me-tros de comprimento, destaca cinco pisci-nas, sendo uma a Infinty Pool (com borda infinita), 12 hidromassagens, 25 elevado-res, cassino, teatro para mais de 1,6 mil pessoas, cinco restaurantes, incluindo um especializado em culinria mexicana e uma cantina, bares e lounges, SPA, quadra poliesportiva, centro fitness, danceteria, simulador de Frmula 1, cinema 4D, bo-liche e, em seu trio principal, uma esca-daria com degraus revestidos em cristais Swarovski.

    Maior navio Do MunDo

    A Royal Caribbean Cruises Ltd. acaba de anunciar a construo de um terceiro navio da classe oasis, com previso de inaugurao para a metade de 2016. Ser o maior navio do mundo. Em contrato com a STX France, soma-se frota com os irmos oasis of the Seas e Allure of the Seas, os maiores e mais revolucion-rios navios de cruzeiro do mundo. Cada um conta com 16 decks e 225.282 tone-ladas, que transportam 5.400 hspedes em 2.700 cabines. os navios navegam se-manalmente de Port Everglades, em Fort Lauderdale, na Flrida.

    X gameS inVadem foz do iguaua olimpada dos esportes radicais ser realizada nos dias 18 a 21 de abril, em quatro arenas. eventos paralelos tambm devem atrair turistas e curiosos

    Criado em 1995, nos Estados unidos, com o nome The Extreme Games, o X Games considerado a olimpada de Esportes Radicais. o evento reconhecido no mundo todo como referncia em esportes de ao.

    A partir deste ano o X Games pas-sa a ter seis eventos ao redor do mun-do, e Foz do Iguau foi uma das cida-des escolhidas. As demais so Aspen e Los Angeles, nos Estados unidos; Tignes, na Frana; Barcelona, na Es-panha e Munique, na Alemanha.

    So quinze competies dentro de quatro modalidades: moto, rally, skate e BMX. As disputas sero reali-zadas em trs arenas: uma localizada prximo s Cataratas do Iguau e as outras na usina de Itaipu e nas ime-diaes do aeroporto.

    os X Games 2013 tiveram incio em Aspen, entre 24 e 27 de janeiro. Entre 20 e 22 de maro, a competio passar por Tignes. No ms seguinte, entre 18 e 21 de abril, os jogos radi-cais estaro em Foz do Iguau. Em maio o evento ser realizado em Bar-celona, em junho passar por Muni-que, encerrando em agosto na Cali-frnia.

    a hiSTria doS X gameSNo comeo dos anos 1990, as

    pessoas nascidas entre 1960 e 1980 (conhecidos como Gerao X e y) co-mearam a se desligar dos esportes tradicionais e voltaram sua ateno para as pistas de skate e de esqui,

    onde rebeldes como Tony Hawk e Shaun Palmer estavam levando os es-portes ao limite. No canal a cabo es-portivo ESPN, um executivo chamado Ron Semiao reparou nessa mudana. Em 1993, ele criou um novo evento de esporte televisionado um tipo de olimpada da velocidade. Ele teria esportes radicais como patins, skate e street luge. Atletas teriam que pu-lar, sacudir e girar, tentando superar uns aos outros com truques mais r-pidos e chocantes.

    Em 24 de junho de 1995, o primei-ro Extreme Games (o nome mudou para X Games no ano seguinte) en-trou em ao com 200 mil espectado-res em Middletown, no estado ame-ricano de Rhode Island. o festival de quatro dias teve 27 eventos em nove categorias, incluindo bungee jum-ping, eco-challenge, mountain biking e sky surfing.

    os X Games foram rapidamente para o mainstream, gerando inte-resse de patrocinadores multimilio-nrios como Mountain Dew, Saturn e Taco Bell. o evento de esportes radicais se tornou to popular que a ESPN lanou os X Games de Inverno em 1997, incluindo esportes como snowboarding e snowmobiling. At 2002, os X Games atraram uma audi-ncia televisiva de quase 63 milhes de pessoas.real SerieS

    Alm do X Game, Foz do Iguau vai receber ainda outra grande atrao. os dez melhores surfistas do mundo,

    entre eles o brasileiro Gabriel Medi-na, vo competir on-line, enviando vdeos de suas apresentaes para que um jri especializado e o pblico escolham seus favoritos.

    A competio, chamada de Real Series, ser paralela aos X Games, com uma etapa em cada uma das cidades-sede dos jogos radicais. En-quanto Foz do Iguau ter o Real Surf, Tignes, na Frana, estrear o Real Ski Backcountry. E Barcelona, na Espa-nha, ver o Real Women.

    Cada atleta concorrente poder mostrar um vdeo com seu estilo e desempenho individual. os vdeos sero exibidos no site XGames.com/therealseries e julgados por uma co-misso de profissionais e lendas res-peitadas do segmento do esporte de ao. o atleta que ficar em primeiro lugar na escolha do jri ganhar uS$ 50 mil. Haver ainda uma eleio pelo pblico, com prmio de uS$ 10 mil aos mais votados.

    Programao Paralelao pblico que for assistir aos jo-

    gos radicais de Foz do Iguau conta-r tambm com uma programao paralela, que inclui shows com ban-das internacionais. As bandas locais tambm tero espao para se apre-sentar. Elas sero escolhidas por uma comisso organizadora de Los Ange-les, Estados unidos, com base num CD gravado pelos msicos e materiais informativos.

    FoNTE: ESPN e Estao Itaipu

  • 20 //informativo agente urgente fevereiro/maro/abril 2013 fevereiro/maro/abril 2013 //informativo agente urgente 21

    19 Salo ParanaenSe de TuriSmo chega com muiTaS noVidadeSSalo traz feira de negcios, atualizao profissional, networking e eventos sociais paralelos

    Nos dias 28 de fevereiro (aber-tura), 1 e 2 de maro (feira) ser realizado o 19 Salo Paranaense de Turismo, promovido e organi-zado pela ABAV-PR, no Expo uni-med Curitiba. Considerado uma das principais vitrines do Turismo no Brasil e no Mercosul, o evento rene agentes de viagens, profis-sionais do trade e expositores em diferentes atividades como feira de negcios, atualizao profis-sional, networking e eventos so-ciais paralelos. Entre as principais novidades deste ano est a reali-zao do 1 Encontro Paranaense de Hospitalidade, fruto da parce-ria com a Associao Brasileira das Indstrias de Hotis do Para-n (ABIH-PR), alm da j tradicio-nal Mostra das Regies Tursticas do Paran, que em 2013 promove a sua 9 edio.

    Nesta edio do Salo sero mais de 300 expositores que par-

    1 enconTro ParanaenSe de hoSPiTalidadeSer realizado em paralelo ao

    Salo o 1 Encontro Paranaense de Hospitalidade, promovido pela Associao Brasileira da Indstria de Hotis - Seccional Paran (ABIH--PR) em parceria com a ABAV-PR. Pela primeira vez a ABIH-PR parti-cipa do evento, com sala de pales-tras e capacitao para hoteleiros e agentes de viagens, alm de um estande na feira, que ir promover a instituio e seus associados. uma parceria indita, que estva-mos ensaiando h algum tempo e, para a edio de 2013, fechamos

    com a ABIH-PR. Temos uma afinidade de pblico e esse encontro trar ainda mais notoriedade para o nosso even-to, afirma o presidente da ABAV-PR, Celso Tesser.

    o Salo Paranaense de Turismo um dos principais eventos do setor do sul do pas. Com a parceria entre a ABIH-PR com a ABAV-PR ressaltamos a fora do turismo no nosso estado, mostrando a unio das entidades. Ser uma excelente oportunidade para os profissionais, que podero ficar por dentro das novidades e participar de capacitaes no Encontro de Hospita-

    9 moSTra daS regieS TurSTicaS do Paran

    Programao Tcnica

    Paran - Prazer em conhecer o tema central da 9 Mostra das Regies Tursticas do Paran, que a Secretaria de Estado do Turismo e a Paran Turismo promovem em paralelo ao Salo. A Secreta-ria de Turismo ocupar o espao de 790 metros quadrados onde sero apresentadas as 10 regies tursticas do Paran.

    Segundo o Secretrio de Turis-mo do Paran, Jackson Pitombo, a 9 Mostra das Regies Turs-ticas do Paran uma excelente oportunidade de mostrar as par-ticularidades das dez regies tu-rsticas do Paran e fortalecer a Marca Paran.

    No espao haver tambm de-

    Alm da palestra principal sobre a Disney, o 19 Salo Paranaense de Turismo vai abordar diversos destinos nacionais e internacionais, como Mato Grosso do Sul, Par, Ar-gentina, Miami, Curitiba, frica do Sul e Peru, assim como cruzeiros, turismo rodovirio, turismo religio-so e de suas peregrinaes.

    Para cada edio do Salo sele-cionamos temas variados, para que o agente de viagens que comparece ao evento tenha uma apresentao mais completa, que inclui destinos, servios e informaes teis. Por isso, alm dos expositores, os par-ticipantes tero uma qualificao diversificada com esta programao tcnica do evento, avalia a direto-ra de capacitao da ABAV-PR, Ana Paula Garcia.

    gustao com produtos regionais, apresentaes de grupos folclricos e artsticos, vitrine com artesanato tpico e um espao com grama, trave e bola de futebol remetendo a Copa do Mundo, j que Curitiba ser uma das cidades-sede. Tambm haver outro painel com o tema X-Games, lembrando que Foz do Iguau rece-ber a competio mundial nos anos de 2013, 2014 e 2015. Este ano a dis-puta acontece entre os dias 18 a 21 de abril.

    Para a presidente da Paran Turis-mo, Juliana Vosnika, a Mostra cum-pre importante papel de posicionar o Paran como destino turstico m-par e diferenciado, com opes para todos os segmentos.

    outros assuntos fecham a pro-gramao tcnica do evento. So eles: Gesto para Agncias de Viagens, As formas de uso de moedas estrangeiras no turismo, Viajaccor, Como criar uma estratgia de comunicao digi-tal vencedora atravs do email marketing, redes sociais e SMS, Como agregar valor, gerar recei-ta e ter clientes satisfeitos com cmbio.

    Acesse o site e confira a pro-gramao completa:

    www.salaoparanaense.com.br.

    ticipam da feira de negcios entre operadoras, redes hoteleiras, com-panhias areas, locadoras de vecu-los, destinos tursticos nacionais e internacionais, companhias de cru-zeiros martimos, rgos oficiais do Turismo e prestadores de servio do setor. Em 2012, o evento recebeu 4,5 mil participantes, sendo cerca de 2,5 mil agentes de viagens do Pa-ran, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, So Paulo e pases como o Para-guai, uruguai, Argentina e Chile.

    o 19 Salo Paranaense de Turis-mo tem patrocnio master da BWT operadora; patrocnio da Travelport; apoios do Sebrae-PR, Grupo BRT, Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, ABIH-PR, Abrasel-PR, Coris, Tam, Transtupi Transportes e Hotel Bourbon; e parceria estratgica da Secretaria de Estado de Turismo do Paran e Paran Turismo.

    1 E 2 D E M A R OEXPO UNIMED CURIT IBA

    *CONDIES DE PARCELAMENTO: Quanto antes fechar, a ABAV-PR concede mais meses para pagar: 1 parcela em dezembro/12 3x; 1 parcela em janeiro/13 2x; 1 parcela em fevereiro/13 vista.

    rea laranja:R$ 390,00/m

    rea verde:R$ 480,00/m

    rea laranja:R$ 580,00/m

    rea verde:R$ 670,00/m

    No Associados ABAV-PRAssociados ABAV-PR

    Informaes e reservas:Tel.: (41) 3223-3411 | [email protected]

    RESERVE SEU ESTANDE E PAGUE EM AT 3X*

    NEGCIOSQUE FAZEM A

    DIFERENA

    PATROCNIO MASTER: PARCERIA ESTRATGICA: MEDIA PARTNER: APOIO: REALIZAO:

    Fique Por DenTro De ToDaS aS noviDaDeS Do evenTo:

    lidade, refora o presidente da ABIH--PR, Henrique Lenz Csar Filho.

    Alm dos eventos, a ABAV-PR e a ABIH-PR fecharam parceria para o re-ceptivo das caravanas que participam do Salo Paranaense de Turismo. os agentes de viagens que vierem nas ex-curses da ABAV-PR ficaro hospeda-dos em hotis associados da ABIH-PR, e ainda vo realizar visitas tcnicas nestes empreendimentos.

    So nove hotis oficiais no to-tal: San Juan Executive, Hotel CWB Express, Lizon Curitiba Hotel, Hotel

    Lancaster, Alta Regia Hotel, Novo Vernon Hotel, San Martin Hotel, Victoria Villa Hotel e Hotel Savoy. os hotis credenciados oferecem as categorias de hospedagem su-perior, express, quatro estrelas e trs estrelas, com dirias variando de R$ 115,00 a R$ 185,00 em aco-modao single. As informaes sobre cada hotel, bem como os contatos para a realizao de re-servas podem ser feitos no site

    www.salaoparanaense.com.br.

    KELL

    y KN

    EVEL

    S

    eXPoSiToreS 19 Salo ParanaenSe de TuriSmo Programao - PaleSTraS, debaTeS, meSa-redondaS, aPreSenTaeS

    Patrocnio Master: BWT operadora

    Patrocnio: Travelport

    Parceria estratgica:Secretaria de Estado de Turismo do Paran e Paran Turismo

    apoio: Coris, Grupo BRT, Sebrae-PR, Ins-tituto Municipal de Turismo de Curitiba, ABIH-PR; ABRASEL-PR, TAM, Transtupi Transportes, Hotel Bourbon

    Media Partner: Revista PG Turismo, Pasaporte News, La Revista del Mercosur Viajes e Turismo, Dirio do Turismo

    agncias de viagens e operadoras de turismo: Abreutur, Accel Travel, ADVTour, Aerocondor, Bertoldi Turismo, Brasil Total Receptivos, BRT Re-passe; BWT operadora, Caltour (Argentina), Cia Martima opera-dora; Domus Viagens; Esferatur; Flot operadora, FRT operadora; Giratours Lusanova; Green Pe-ace operadora; Grupo High Light, Interlaken operadora, Magic Way Tours operadora de Turismo; MG Travel; MGM operadora; MMT Gapnet; Nascimento Turismo; New Line Tour operator; Nortra-vel Turismo (Portugal); orinter; orion Turismo; Personal Brasil

    Tour operator, Pullmantur; que-ensberry; Rigon Turismo; Schultz; Taks Tour operadora; TAV Turismo Agncia de Viagens; Transtupi, Vi-sual Turismo; Valetur operadora/ Rio quente Resorts, GPC Travel, BR Agncia de Turismo Ltda, LeptisTour operadora Receptivo Itlia; Tam Viagens; Rextur Viagens e Turismo, Scan-Suisse Viagens e Turismo,

    Cruzeiros Martimos:Blue Sea, MSC Cruzeiros, Discover Cruises, Royal Caribean;

    Companhias areas:Avianca, Alitalia, Aeromexico, Gol, American Airlines, Aerolneas Argen-tinas

    hotelaria:Accor; Beach Park; Bourbon Hotis & Resort; Casa Brasil Hotis & Ser-vios; Costo do Santinho; Grand Palladium Imbassa Resort & Spa; Hotis VillaReal; Loi Suites Hoteles; Rede Slaviero; Thermas diRoma Ho-tel Clube, Iberostar Hotels & Resorts, Veronesi Hotelaria, Porto BayRio Internacional Hotel, Vila Gal Hotis, Royal Palm Plaza

    Destinos:Argentina (Inprotur), Bento Gonal-ves, Curitiba, Foz do Iguau, Fun-dao Caldas Novas Convention & Visitors Bureau, ABIH-RJ / o Rio de Vocs (Secretaria de Estado do Esporte e Lazer, Turisrio,Rio Conven-tion & Visitors Bureau), TAM, Hotis

    Marina, Travel Inn Hotis, Hotis oK, Praia Ipanema Hotel, Best Wes-tern Plus Sol Ipanema, Hotel Novo Mundo, Rede Mirador, Secretaria de Turismo de Bzios, Ilha Bela, Is-rael, Mato Grosso do Sul, Rio Gran-de do Sul, Ministrio de Turismo de La Provncia De Misiones - Rep-blica Argentina, Paraguai, Paraba, Paran; uruguay; Prefeitura de Pi-nhais, Rio Grande do Norte, Santa Catarina, So Jos dos Pinhais, Rota do Caf

    Seguros de viagem:Coris Brasil, GTA - Global Travel As-sistance

    Servios de Turismo: Intelly, Mon-de Sistemas, Travelport, Localiza

    Cmbio:Banco Daycoval, Banco Rendimen-to / Cotao Cmbio, Deboni Cm-bio, Novo Mundo Corretora de Cmbio

    Servios/outros:Caf 3 Coraes, Mercosur Shop-ping Mall, Thermas dos Laranjais

    Eventos paralelos:9 Mostra das Regies Tursticas do Paran e 1 Encontro Paranaense de Hospitalidade

    entidades: ABIH-PR, Abrasel-PR, Sebrae/PR, Sistema Fecomrcio Sesc Senac Pa-ran, Ministrio do Turismo

    1 De Maro (SexTa-Feira)

    Expo unimed - Sala 01

    16h - o Brasil recebe o mundo. Mato Grosso do Sul recebe voc!17h - Experiencia Misiones Argentina - Palestrante: Arq. Horacio H. Blodek, Mi-nistro de Turismo de la Provincia de Mi-siones Argentina18h - Gesto para Agncias de Viagens, com Monde Sistemas - Palestrante: Da-niel Biancareli 19h - Curitiba: Destino Inovador - Pa-lestrantes: Ncleo de Turismo Receptivo e CCVB

    Expo unimed - Sala 02

    16h - Turismo Religioso & Peregrina-es - Palestrante: Pedro Kempe - Dire-tor da Domus Viagens17h - frica do Sul Panorama geral e como vender, com Taks Tour - Pales-trante: Adriano Mellenberg18h - Argentina - Palestrante: Diana Arias, do Instituto de Promocion do Mi-nisterio de Turismo - CALTouR19h - Miami alm das compras - Pales-trante: Tathiana Leal

    2 De Maro (SbaDo)

    ASA 3

    10h - Palestra principal: Vendendo a magia Disney, com Patrick yvars13h - Encontro de blogueiros15h - 7 motivos para viajar com a Prin-cess - Palestrante: Amrico Samu16h30 - Turismo Rodovirio - Pales-trante: Regina Rocha de Souza Pinto

    Expo unimed - Sala 01

    14h - o Brasil recebe o mundo. Mato Grosso do Sul recebe voc!15h - Peru: um destino de Luxo e Incen-tivos, com Green Peace operadora - Pa-lestrante: Vanessa Ros16h - Viajaccor, com Rede Accor - Pa-lestrante: Emanuel Albuquerque17h - Como criar uma estratgia de co-municao digital vencedora atravs do email marketing, redes sociais e SMS, com Intelly - Palestrante: Deivis Tavares

    Expo unimed - Sala 02

    14h - As formas de uso de moedas es-trangeiras no turismo - Palestrante: Ro-bin ortner 15h - PAR: obras Prima da Amaznia - Palestrante: Francisco Rocha16h - Experiencia Misiones Argenti-na - Tema: Parque Temtico Ambiental - una Experiencia de Integracin - Pales-trantes: Arq. Horacio BLoDEK, Ministro de Turismo de la Provincia de Misiones, Argentina y Arq. Diego GIMENEZ, Gestor del Proyecto Parque Turstico Ambien-tal de Integracin17h - Como agregar valor, gerar recei-ta e ter clientes satisfeitos com cmbio, com Deboni Cmbio - Palestrante: Mau-rcio Santos

  • 22 //informativo agente urgente fevereiro/maro/abril 2013

    DIV

    uLG

    A

    o

    DIV

    uLG

    A

    o

    o 19 Salo Paranaense de Turismo oferece para os participantes transporte gratuito de ida e volta at o evento, no Expo unimed Curitiba. os nibus sairo dos pontos de meia em meia hora. Confira os horrios e locais de sada e programe-se:

    IDa:Dia 28/02 - Ponto Rua 24 Horas Sadas s 18h30/19h/19h30Dia 01/03 - Ponto Rua 24 Horas Sadas das 11h s 18h30 (partidas de meia em meia hora)Dia 02/03 - Ponto Rua 24 Horas Sadas das 09h s 16h30 (partidas de meia em meia hora)

    volTa:Dia 28/02 Ponto Expo unimed Curitiba Sadas s: 21h30/22h/22h30Dia 01/03 Ponto Expo unimed Curitiba Sadas s: 12h/13h/14h/15h/16h/17h/18h/19h/20h/20h30/21hDia 02/03 Ponto Expo unimed Curitiba Sadas s 13h/14h/15h/16h/17h/18h/18h30/19h

    A ABAV-PR e a BWT operadora vo sortear diversos prmios duran-te o 19 Salo Paranaense de Turis-mo, entre eles, um carro zero km.

    Para participar, o agente de via-gens precisa carimbar, no mnimo, 80% do passaporte do evento com os carimbos dos expositores, e res-ponder a pergunta: qual a ope-

    A tradicional festa de encerra-mento do Salo Paranaense de Tu-rismo, neste ano, ser realizada na Sociedade Morgenau, no bairro Cristo Rei, em Curitiba (PR). Alm dos sorteios dos prmios, muitas surpresas esto sendo preparadas pela ABAV-PR e BWT operadora para receber o pblico.

    TranSPorTe oficial

    SorTeioSfeSTa de encerramenTo

    radora que est oferecendo um carro zero no 19 Salo Paranaen-se de Turismo?. os passaportes devem ser colocados nas urnas durante a feira.

    os sorteios acontecem duran-te a festa de encerramento.

    A 19 edio do Salo Paranaen-se de Turismo ter mais uma nova e indita parceria. Trata-se da Asso-ciao Brasileira de Bares e Restau-rantes do Paran (Abrasel-PR), que marca presena j na abertura do Salo, no dia 28 de fevereiro, com uma amostra dos principais pratos do Festival Brasil Sabor 2013. Duran-te o Salo, a Associao tambm vai divulgar o Festival , tradicional even-to gastronmico, que ser realizado de 2 a 19 de maio, com os sabores da A Comida do Lugar, em Todos os

    A palestra principal do 19 Salo Paranaense de Turismo vai apresen-tar as principais novidades da maior companhia de entretenimento do mundo: a Disney. o gerente de ven-das snior para a Amrica Latina dos Destinos da Disney, Patrick yvars, vai explorar assuntos como o CarsLand, na Disneyland; a expanso da Nova Fantasyland, no Magic Kingdom; o

    Mais uma novidade do 19 Sa-lo Paranaense de Turismo o En-contro com blogueiros, organizado pela Loumar Turismo. Com o tema Blogueiros de viagens x Agentes de turismo, o encontro visa esclarecer o real papel de um gerenciador de blog, que um viajante que est contribuindo para o aquecimento do setor, e no apenas um concor-rente do profissional de viagem.

    Como j de praxe, a ABAV-PR, em conjunto com seus parceiros, organiza as caravanas para o Salo Paranaense. So agentes de viagens do sul do pas que marcam presen-a em Curitiba para participar do evento. As caravanas passam pelas cidades de Foz do Iguau, Cascavel, Guarapuava, Londrina e Maring, no Paran; Blumenau, Brusque, Balne-rio Cambori, Itaja, Cricima, Tu-baro, Laguna, Florianpolis, Itape-ma e Joinville, em Santa Catarina; e, Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

    abraSel

    a magia diSney

    enconTro de blogueiroS

    caraVanaS

    Lugares, tema do evento, que deve reunir mais de 100 restaurantes em cerca de 20 cidades do Paran.

    os agentes de viagens e opera-dores podero conhecer as iguarias do Brasil Sabor, e quem se interessar tambm pode fechar parceria para que os vouchers do Festival sejam integrados a pacotes de viagens e comprados antecipadamente pelas agncias.

    novo hotel Disneys Art of Anima-tion, no Walt Disney World Resorts; e tambm os novos navios da Disney Cruise Line. A palestra Vendendo a Magia Disney, direcionada aos agentes de viagens, ser realizada s 10h, do dia 02 de maro, no audit-rio da Asa 3, no Expo unimed Curi-tiba.

    Participam do debate o diretor da operadora Loumar Turismo de Foz do Iguau, Marcelo Valente; o dire-tor executivo do Grupo WPM (ou-tdoormdia, Centermdia e Green Digital), Ney queiroz de Azevedo; e a jornalista, blogueira e mestre em Turismo Internacional, Silvia olivei-ra. o encontro acontece no dia 2 de maro, a partir das 13h, no auditrio da ASA 3.

    o Salo Paranaense de Turismo um dos maiores eventos do setor do sul do pas e que apresenta uma gama variada de expositores nacio-nais e internacionais. Por isso, im-portante que agentes de viagens do sul do pas, e de outras regies tam-bm, participem do Salo. Nosso ob-jetivo que, alm dos expositores, nosso pblico tambm seja bastante diversificado, afirma o presidente da ABAV-PR, Celso Tesser.

    Na sexta-feira, 1 de maro, em evento paralelo ao Salo, o Clube do Feijo Amigo realiza mais um encontro do grupo no Hotel Bour-bon. A rede Bourbon Hotis & Resorts apoiadora do 19 Salo Paranaense de Turismo.

    feiJo amigo

  • fevereiro/maro/abril 2013 //informativo agente urgente 25fevereiro/maro/abril 201324 //informativo agente urgente

    Rotas InternacionaisTaP TeM reCorDe De venDaS online

    Com um total de 3.569 reservas efetuadas on-line, registradas no dia 14 de janeiro, a TAP ba-teu um novo recorde de bilhetes vendidos em todo o mundo em um s dia, atravs do portal www.flytap.com.

    Ao longo do ms de janeiro deste ano a TAP superou de forma consistente uma mdia di-ria de mais de 3 mil bilhetes vendidos atravs do seu site.A companhia tem melhorado e alargado os canais online e mobile de vendas e de servio ao cliente, disponibilizando novas e funcionais ferramentas tecnolgicas. Em 2012 o site rece-beu mais de 10 milhes de visitantes.

    aerolneaS argenTinaS aPoSTa na

    eSTao De eSqui

    A Cmara de Centros de Esqui da Argentina, em parceria com a Aerolneas Argentinas est apostando firme na divulgao da neve como atrativo turstico de ponta. o produto mais completo e especfico que aborda as oportuni-dades de viagens relacionadas ao tema na Ar-gentina o Snow Go, que ser difundido junto aos profissionais que intermediam viagem, em feiras e eventos internacionais.

    aProvaDa FuSo Da aMeriCan

    airlineS CoM a uS airwayS

    os conselhos de administrao da AMR Corp, controladora da American Airlines, e da uS Ai-rways aprovaram no ltimo dia 15 de fevereiro uma fuso que criar a maior companhia a-rea do mundo, com valor de mercado de cerca de uS$ 11 bilhes.

    o acordo j era aguardado pelo mercado h mais de um ano. A AMR, controladora da American, encaminhou um pedido de con-cordata em novembro de 2011 e a uS Airways comeou a buscar a fuso no incio de 2012.

    A nova empresa, que vai operar sob a marca da American Airlines, ter sede no Texas e ser comandada pelo presidente-executivo da uS Airways, Doug Parker, antigo defensor da con-solidao da indstria.

    A fuso, que est sujeita aprovao de regu-ladores e da corte de falncias dos EuA, pode ajudar a acelerar a recuperao da indstria area norte-americana. A empresa resultante da combinao da American com a uS Airways ter receita de cerca de uS$ 39 bilhes com base nos nmeros de 2012.

    aruba reaFirMa que braSil Ter voo Da aruba airlineS

    Ana Maria ostrower, diretora do escritrio de Turismo do destino no Brasil, confirma que o Brasil ter um voo direto da Aruba Airlines em breve. o voo estava programado para dezem-bro, mas devido a um problema na liberao da companhia ele teve que ser adiado. Agora a previso que em junho o voo j esteja em operao, coincidindo com a alta temporada de Aruba, explicou. Segundo Ana Maria, a estimativa que o destino tenha um incre-mento de pelo menos 15% no fluxo de turistas brasileiros. Isso sem contar com o novo voo, observou. os meses de janeiro e fevereiro apresentaram um aumento de 3,15% e 147%, respectivamente, em relao ao mesmo pe-rodo do ano anterior. Hoje, o Brasil ocupa a quinta posio no ranking dos turistas, per-dendo apenas para EuA que representa 60% do total, Venezuela, Canad e Holanda. Mais informaes no site www.br.aruba.com.

    A Fecomrcio tem no turismo uma de suas atividades essenciais, atuando de forma permanente para o incremento do setor no Paran. Nossa Cmara de Turismo respon-svel pela poltica estratgica da rea. As iniciativas abrangem diver-sas regies do estado, em modalida-des to diversas como a realizao de provas esportivas e as parcerias com rgos pblicos e privados, in-cluindo tambm cursos de qualifica-o profissional especficos para o trade.

    Neste sentido, destaco a Marato-na Internacional de Foz do Iguau, hoje uma prova que agrega o desafio fsico ao aspecto ecolgico, com lar-gada no Mirante da Hidreltrica de Itaipu e chegada junto s Cataratas do Iguau, cortando o Parque Nacio-nal. A prova movimenta o setor tu-rstico da Trplice Fronteira, levando anualmente milhares de visitantes regio. o mesmo ocorre no litoral paranaense, sempre no fim da tem-porada de vero, com o Sesc Tria-thlon Caiob, evento que lota hotis e restaurantes e permite a procura por uma srie de servios oferecidos no municpio de Matinhos. Sem es-quecer o Circuito Sesc de Caminha-da e Corrida de Rua, com 21 etapas espalhadas durante o ano em diver-sas cidades, tambm movimentando a estrutura turstica.

    Da mesma forma, o turismo reli-gioso, um dos segmentos de maior crescimento no pas e que tem no

    a fecomrcio e o incremenTo ao TuriSmo

    Paran eventos que atraem fiis de todas as regies. Temos apoiado estas iniciativas, assim como man-temos permanente atuao com o Turismo Social do Sesc promovendo excurses para os mais variados des-tinos.

    Shows e eventos fazem igualmen-te parte da pauta da nossa entidade. Por meio dos sindicatos filiados, a Fecomrcio se faz presente em gran-des promoes, nas quais se incluem as exposies-feiras e at festivais de msica, como o Femucic, em Ma-ring, e o Fejacan, em Jacarezinho.

    Em Curitiba, o trabalho realizado na restaurao do Pao da Liberda-de, antiga sede da Prefeitura Munici-pal e hoje unidade cultural adminis-trada pelo Sesc, tem sido objeto de reportagens at de rgos de comu-nicao de abrangncia nacional. A regio central da capital, degradada, com o comrcio dando mostras de esgotamento, foi beneficiada com uma srie de incentivos. os comer-ciantes puderam contar com cursos de gesto do Sebrae, o Senac ofere-ceu qualificao profissional aos co-mercirios, o Banco do Brasil abriu linhas de crdito subsidiadas aos empresrios e a prefeitura tratou de realizar obras que revitalizaram a rea. o programa, at ento indito no Brasil, hoje copiado e implanta-do em muitas cidades.

    Este compromisso com a nossa histria tambm fez com que assu-mssemos a reforma do antigo Ca-

    DIV

    uLG

    A

    o

    DARCI PIANA

    deio de Londrina, localizado na Rua Sergipe, em local de grande movi-mento, que ser devolvido popu-lao como centro cultural adminis-trado pelo Sesc.

    Para todas essas atividades tem sido fundamental a assinatura de convnios com entidades como a Secretaria Estadual de Turismo e dos diversos municpios em que es-tamos presentes, a Abav, Sindetur e Sebrae, entre outros.

    Por ltimo, devemos destacar a parceria com o governo federal, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Tcnico e Emprego (Pronatec) com o Senac, para qualifi-car profissionais para diversas reas do comrcio. No ltimo ms de feve-reiro, foi lanad