ESTUDO DA MORFOLOGIA DO ESMALTE EM DENTES ?.pdf · definitivos hígidos (controlo) e dentes...

download ESTUDO DA MORFOLOGIA DO ESMALTE EM DENTES ?.pdf · definitivos hígidos (controlo) e dentes definitivos

of 47

  • date post

    07-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    215
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of ESTUDO DA MORFOLOGIA DO ESMALTE EM DENTES ?.pdf · definitivos hígidos (controlo) e dentes...

  • UNIVERSIDADE DE LISBOA

    FACULDADE DE MEDICINA DENTRIA

    ESTUDO DA MORFOLOGIA DO ESMALTE EM DENTES

    PERMANENTES HGIDOS E COM HIPOMINERALIZAO

    INCISIVO-MOLAR

    SARA DA SILVEIRA TOM

    DISSERTAO

    MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA DENTRIA

    2017

  • UNIVERSIDADE DE LISBOA

    FACULDADE DE MEDICINA DENTRIA

    ESTUDO DA MORFOLOGIA DO ESMALTE EM DENTES

    PERMANENTES HGIDOS E COM HIPOMINERALIZAO

    INCISIVO-MOLAR

    SARA DA SILVEIRA TOM

    Dissertao orientada pela Dra. Ins Martins

    e coorientada pela Profa Doutora Paula Faria Marques

    MESTRADO INTEGRADO EM MEDICINA DENTRIA

    2017

  • i

    AGRADECIMENTOS

    minha orientadora, Dra. Ins Martins, pela oportunidade de realizao do presente

    estudo e por toda a ajuda disponibilizada.

    minha coorientadora, Professora Doutora Paula Faria Marques, pelas sugestes e pelo

    auxlio prestados na concretizao deste projeto.

    Professora Doutora Sofia Arantes e Oliveira pela disponibilidade, pelas sugestes e

    pelo auxlio prestado, assim como a disponibilizao das instalaes e equipamentos do

    Laboratrio de Biomateriais da Faculdade de Medicina Dentria da Universidade de

    Lisboa.

    Dra. Ana Alves, pela ajuda sincera e dedicada, preocupao e interesse pelo meu

    trabalho. O seu auxlio no laboratrio e o seu trabalho foram essenciais para a realizao

    deste projeto.

    Marta, pela amizade, sinceridade e boa disposio. Ins, pela lealdade, pelos

    conselhos, pela amizade sem igual e por tudo aquilo para mim.

    Anaisa e Ana, amigas de sempre, por crescerem comigo e pelas histrias partilhadas.

    Aos meus pais, pelo amor, pelos valores, pelo incentivo, por acreditarem em mim e por

    serem o meu maior exemplo. Cati, por ser a melhor irm do mundo.

    minha famlia, por tudo.

  • ii

  • iii

    RESUMO

    Objetivo: Determinar o protocolo mais eficaz para a remoo de resduos e revelao da

    microestrutura do esmalte em dentes definitivos com hipomineralizao incisivo-molar

    (HIM) para observao atravs de microscopia eletrnica de varrimento (SEM).

    Materiais e mtodos: Estudo experimental in vitro, consistindo na aplicao de dois

    protocolos de remoo de resduos e revelao dos prismas de esmalte de dentes

    definitivos hgidos (controlo) e dentes definitivos com HIM para observao em SEM.

    Foram aleatoriamente distribudos oito espcimes de dentes definitivos por dois grupos

    (A e B), cada um contendo dois espcimes de dentes hgidos e dois espcimes de dentes

    com HIM. Estes foram submetidos a profilaxia com escova de polimento e pedra-pomes

    e banho de ultrassons com etanol a 100%. O grupo A foi submetido ao protocolo A, no

    qual foram aplicados 2mL de hipoclorito de sdio 5,25% durante 60 segundos como

    substncia desproteinizante e 2mL de cido fosfrico 10% durante 30 segundos como

    substncia desmineralizante. O grupo B foi submetido ao protocolo B, que diferiu do

    anterior apenas no tempo de aplicao de cido fosfrico (20 segundos). Foram obtidas e

    analisadas microfotografias de SEM dos espcimes.

    Resultados: O protocolo B removeu a maioria dos resduos, permitindo a observao da

    microestrutura do esmalte, sem degradao da mesma. O protocolo A originou resultados

    semelhantes, contudo, com menor preservao do esmalte. A superfcie do esmalte

    afetado por HIM apresentou-se morfologicamente irregular e menos mineralizada.

    Concluses: O protocolo B, atravs da aplicao de 2mL de hipoclorito de sdio 5,25%

    durante 60 segundos e de 2mL de cido fosfrico 10% durante 20 segundos, revelou-se

    indicado para a remoo de resduos e revelao da microestrutura do esmalte sem a sua

    degradao para observao em SEM.

    Palavras-chave: Esmalte; hipomineralizao incisivo-molar; HIM; microscopia

    eletrnica de varrimento; SEM; desmineralizante; desproteinizante; cido fosfrico;

    hipoclorito de sdio

  • iv

  • v

    ABSTRACT

    Objective: To determine the most effective protocol for removal of residues and exposure

    of enamel microstructure in permanent teeth affected by molar-incisor

    hypomineralization (MIH) for observation by scanning electron microscope (SEM).

    Materials and methods: Experimental in vitro study, consisting on the application of

    two protocols for removal of residues and exposure of enamel prisms in healthy

    permanent teeth (control) and MIH affected permanent teeth for SEM observation. Eight

    specimens of permanent teeth were randomly distributed by two groups (A and B), each

    one containing two specimens of healthy teeth and two specimens of MIH affected teeth.

    These were subjected to pumice prophylaxis with a polishing brush and ultrasound

    cleaning with 100% ethanol. Group A was subjected to protocol A, in which 2mL of

    5,25% sodium hypochlorite were applied for 60 seconds as the deproteinizing substance

    and 2mL of 10% phosphoric acid for 30 seconds as the demineralizing substance. Group

    B was subjected to protocol B, which differed from the previous solely in the phosphoric

    acid application time (20 seconds). SEM microphotographs of the specimens were

    obtained and analyzed.

    Results: Protocol B led to the removal of the majority of residues, allowing the

    observation of enamel microstructure, without causing its degradation. Protocol A led to

    similar results, however, with less enamel preservation. The surface of MIH affected

    enamel was morphologically irregular and less mineralized.

    Conclusions: Protocol B, through the application of 2mL of 5,25% sodium hypochlorite

    for 60 seconds and 2mL of 10% phosphoric acid for 20 seconds, has revealed to be more

    suitable for the removal of residues and exposure with preservation of enamel

    microstructure.

    Key-words: Enamel; molar-incisor hypomineralization; MIH; scanning electron

    microscopy; SEM; demineralizing; deproteinizing; phosphoric acid; sodium

    hypochlorite

  • vi

  • vii

    NDICE GERAL

    Agradecimentos ......... i

    Resumo ........... iii

    Abstract .......... v

    Abreviaturas ...... xi

    I. Introduo ... 1

    1. Estrutura dentria hgida ... 1

    2. Hipomineralizao Incisivo-Molar........ 2

    3. Microscopia Eletrnica de Varrimento ......... 4

    II. Objetivo ..... 6

    III. Materiais e Mtodos ..... 7

    1. Tipo de estudo ........ 7

    2. Preparao dos dentes.. .. 7

    3. Distribuio dos espcimes pelos grupos ... 10

    4. Preparao dos espcimes de acordo com os protocolos ... 10

    5. Preparao dos espcimes para observao em SEM ........ 11

    6. Observao em SEM .......... 13

    IV. Resultados ........ 14

    1. Grupo A ......... 14

    1.1. Espcimes hgidos ........ 14

    1.2. Espcimes com HIM ........ 15

    2. Grupo B ......... 16

    2.1. Espcimes hgidos ........ 16

    2.2. Espcimes com HIM ........ 17

    V. Discusso ....... 18

    VI. Concluses ....... 22

    VII. Referncias Bibliogrficas ...... 23

    VII. Anexos ... xii

  • viii

    NDICE DE FIGURAS

    Figura 1 Profilaxia com escova de polimento e pedra-pomes 7

    Figura 2 Lavagem com gua destilada ... 7

    Figura 3 Banho de ultrassons em etanol 100% .. 8

    Figura 4 Aplicao de cola quente no suporte acrlico .. 8

    Figura 5 Dente aderido com cola ao suporte acrlico ..... 8

    Figura 6 Disco diamantado ..... 9

    Figura 7 Micrtomo de tecidos duros ..... 9

    Figura 8 Corte para remoo da raiz .. 9

    Figura 9 Dente aps o corte, apresentando a coroa e a raiz separadas ... 9

    Figura 10 Coroa aderida com cola ao suporte acrlico .. 9

    Figura 11 Corte de coroa de dente com HIM para aproveitamento da face mesial, que

    continha uma opacidade . 10

    Figura 12 Dente hgido aps corte no sentido vestbulo-palatino, apresentando as

    faces mesial e distal separadas .... 10

    Figura 13 Espcimes do grupo A aps aplicao do protocolo A .. 12

    Figura 14 Espcimes do grupo B aps aplicao do protocolo B .. 12

    Figura 15 Metalizadora .... 12

    Figura 16 Processamento dos espcimes na metalizadora ..... 12

    Figura 17 Espcimes do grupo A aps processamento na metalizadora .... 13

    Figura 18 Espcimes do grupo B aps processamento na metalizadora ........ 13

    Figura 19 Microscpio eletrnico de varrimento ... 13

    Figura 20 Fotografias de SEM de espcime hgido do grupo A ....

    (a) 50x; (b) e (c) 2000x; (d) 5000x

    14

    Figura 21 Fotografias de SEM de espcime com HIM do grupo A ...

    (a) 50x; (b) e (c) 2000x; (d) 5000x

    15

    Figura 22 Fotografias de SEM de espcime hgido do grupo B .....

    (a) 50x; (b) e (c) 2000x; (d) 5000x

    16

    Figura 23 Fotografias de SEM de espcime com HIM do grupo B ...

    (a) 50x; (b) e (c) 2000x; (d) 5000x

    17

  • ix

    ABREVIATURAS

    CPP-ACP Casein Phosphopepetide-Amorphous Calcium Phosphate

    FEPE Fratura de esmalte ps-eruptiva

    HIM Hipomineralizao incisivo-molar

    PMP Primeiros molares permanentes

    SEM Scanning electron microscopy

  • x

  • xi

  • 1

    I. INTRODUO

    1. Estrutura dentria hgida

    A estrutura de um dente so constituda por trs tecidos mineralizados:

    cemento, dentina e esmalte (Bartlett, 2013). O cemento reveste toda a raiz do dente e

    contribui para a sua ancoragem atravs da continuidade entre as suas f