FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias renováveis offshore e...

of 43 /43
20 de Novembro de 2013 ANJE - Fórum - Portugal Energy Power 1 AUTOMOBILE AND TRANSPORT AERONAUTICS, SPACE AND DEFENCE HEALTH SEA ECONOMY ENERGY EQUIPMENT AND DURABLE GOODS SERVICES ENVIRONMENT ANJE - Fórum - Portugal Energy Power INEGI - PROJETOS E COMPETÊNCIAS EM ENERGIAS RENOVÁVEIS OFFSHORE E ENGENHARIA OCEÂNICA Tiago Morais [email protected]

Embed Size (px)

description

Tiago Morais, INEGI - Projetos e competências em energias renováveis offshore e engenharia oceânica Energy Meeting - Novas Formas de Energia e Energia das Ondas FORUM PORTUGAL ENERGY POWER promovido pela ANJE no dia 20 de novembro, na Alfândega do Porto

Transcript of FÓRUM PORTUGAL ENERGY POWER: "INEGI - Projetos e competências em energias renováveis offshore e...

  • 1. AUTOMOBILE AND TRANSPORTAERONAUTICS, SPACE AND DEFENCEHEALTHANJE - Frum - Portugal Energy PowerSEA ECONOMYENERGYINEGI - PROJETOS E COMPETNCIAS EM ENERGIAS RENOVVEIS OFFSHORE E ENGENHARIA OCENICA EQUIPMENT AND DURABLE GOODSTiago Morais [email protected] 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy PowerENVIRONMENT1

2. AGENDA1. Caraterizao do INEGI 2. Exemplos de Projetos de IDI e de Consultoria 3. Viso para o Desenvolvimento da Economia do Mar20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power2 3. 01.CARACTERIZAO DO INEGI 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power3 4. 1. CARACTERIZAO DO INEGIMISSOVISO POLTICA DE QUALIDADE20 de Novembro de 2013Contribuir para o aumento da competitividade da indstria nacional atravs da investigao e desenvolvimento, demonstrao, transferncia de tecnologia e formao nas reas de concepo e projeto, materiais, produo, energia, manuteno, gesto industrial e ambiente. Ser uma Instituio de referncia, a nvel nacional, e um elemento relevante do Sistema Cientfico e Tecnolgico Europeu, com mrito e excelncia na Inovao de base Tecnolgica e Transferncia de Tecnologia. Promover a melhoria contnua do desempenho da Organizao na concretizao dos seus objectivos estratgicos e operacionais, procurando permanentemente elevar o nvel de satisfao de todas as partes interessadas, e assumindo o Sistema de Gesto da Qualidade como um instrumento essencial a esse desiderato.ANJE - Frum - Portugal Energy Power4 5. 1. CARACTERIZAO DO INEGIRECURSOS HUMANOS16%Contratados98Bolseiros de Investigao56Sub-TOTAL36%154Colaboradores Universitrios78Outros (estgios, avenas e acolhimentos)43TOTAL28%275Contratados 20%Bolseiros de Investigao Colaboradores Universitrios20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power5 6. 1. CARACTERIZAO DO INEGIRECURSOS HUMANOS 100 87929398 9075 70 61506360 525674777859250 Contratados 200820 de Novembro de 2013Bolseiros de Investigao 20092010ANJE - Frum - Portugal Energy PowerColaboradores Universitrios 201120126 7. 1. CARACTERIZAO DO INEGIEVOLUO DO VOLUME DE NEGCIOS7.00Milhes de Euros6.00 5.00 4.005.475.935.89201120124.893.00 2.00 1.00 0.00 200920 de Novembro de 20132009ANJE - Frum - Portugal Energy Power7 8. 1. CARACTERIZAO DO INEGIQUADRO DE OFERTA E SETORES DE ATIVIDADE20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power8 9. 1. CARACTERIZAO DO INEGILABORATRIOS Aerodinmica e Calibrao Metrologia Ensaios Mecnicos Ensaio de Peas em Compsitos PolmerosEnsaios de Conformao Plstica Prototipagem Rpida Tribologia e Manuteno Industrial Materialografia ptica e Mecnica ExperimentalCombusto Pilhas de Combustvel Energia Elica Caracterizao Ambiental (acreditado pelo IPAC) Reao ao Fumo e Fogo (acreditado pelo IPAC)20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power9 10. 1. CARACTERIZAO DO INEGIFERRAMENTAS INFORMTICAS CAD (Computer Aided Design) 3D: modelao em slidos e superfcies avanadas, SOLIDWORKS e CATIACAE (Computer Aided Engineering): simulao estrutural linear e no linear, IDEAS, COSMOS, ABAQUSSimulao de processos de produo: fundio, injeo de Polmeros, conformao plstica e maquinagem.Simulao de escoamentos atmosfricos (WAsP e WindFarmer)SIG (Sistema de Informao Geogrfica): ArcGIS20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power10 11. 1. CARACTERIZAO DO INEGIDESENVOLVIMENTO E FABRICO DE PR-SRIESProcessos Avanados de FundioTrabalho de Metais em ChapaMaquinagem CNC por arranque de aparaProduo de Materiais Compsitos20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power11 12. 1. CARACTERIZAO DO INEGISETORES DE ATIVIDADEAERONUTICA, ESPACIAL E DEFESAAUTOMVEL E TRANSPORTESAMBIENTEECONOMIA DO MARENERGIABENS DE EQUIPAMENTOSADEMETALOMECNICASERVIOS20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power12 13. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIA 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power13 14. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAECONOMIA DO MAR20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power14 15. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIASECTORES DE ACTIVIDADEEcossistemas MarinhosEnergia OcenicaInfraestruturasPesca & AquiculturaPortos & TransporteOcenicas I&DMartimoINOVAO E DESENVOLVIMENTO TECNOLGICO20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power15 16. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAProjectos de I&D+IEnrolador de Cabo Sinttico Parceiros: TEGOPI, IDMECModelao e Prototipagem de um Navio Petroleiro Parceiros: IHRH, APDL 20 de Novembro de 2013Lusitano VIP Veleiro Inovador Portugus Parceiros: Tony Castro, FEUPAquacultura - Sistema de Recolha de Tratamento de Resduos Parceiros: QdS, ICBAS, CIMARAutonomous Underwater Vehicle Parceiros: ISR, LSTSCamras HiperbricasObservatrio OceanogrficoParceiros: CIMAR, IMARParceiros: INTECMAR, CETMAR, CIIMAR, INESC PORTO, FEUP, IH, UA, FCUP, IIM, U.Vigo, IEO.Sistema de converso de energia das ondasEnergia Elica OffshoreUAV - Unmanned Aerial VehiclesCliente: MARTIFERCliente: CGUL, RENParceiros: FEUPANJE - Frum - Portugal Energy Power16 17. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAEnrolador Hidrulico de Cabos para Aplicaes na Indstria Off-Shore Desenvolvimento de um sistema de traco e de enrolamento de cabos de elevada dimenso, resistncia e rigidez para uso em plataformas offshore de guas martimas profundas. Os cabos, com aprovao para utilizao at 20.000kN de capacidade de carga, atingiram valores nunca antes alcanados a nvel mundial.Parceiros: Tegopi, Quintas & Quintas (Lankhorst Euronete Group) 20 de Novembro de 2013 ANJE - Frum - Portugal Energy Power17 18. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAModelo de petroleiro Desenvolvimento do prottipo de um petroleiro. Este modelo permitiu realizar estudos das condies de operacionalidade de portos, assim como o seu comportamento hidrodinmico e mecnico.Parceiros: IHRH, APDL 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power18 19. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAECOPISCIS Sistemas de recolha e tratamento de residuos Estudos preliminares e projecto do sistema real Tratamento de resduos orgnicos gerados e libertados num ambiente marinhoParceiros: QdS, ICBAS, CIMAR 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power19 20. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIADesenvolvimento de Cmaras Hiperbricas Desenvolvimento de cmaras hiperbricas que visam permitir a simulao, em laboratrio, de condies ambientais subaquticas at profundidades de 2000 metros. Simulao de vida marinha em profundidadeParceiros: IMAR, CIMAR 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power20 21. ENERGIA OCENICA20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power21 22. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAOTEO OBSERVATRIO TECNOLGICO PARA AS ENERGIAS OFFSHORE Este projeto liderado pelo INEGI e tem como objetivo estratgico a consolidao do conhecimento nacional e internacional das tecnologias de aproveitamento energtico offshore, assim como das tecnologias de apoio, visando a sensibilizao para os fatores crticos da competitividade e para o esprito empresarial.Consrcio liderado pelo INEGI: WavEC, OCEANO XII, ENERGYIN. Cofinanciamento: QREN/COMPETE/SIAC 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power22 23. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAAPC ATLANTIC POWER CLUSTER O projeto Atlantic Power Cluster baseia-se no grupo de trabalho de Energia Marinha criado na CRPM (Comisso Arco Atlntico) e destina-se a aplicar uma estratgia transnacional de energias marinhas. Assim as regies parceiras podem encontrar complementaridades para enfrentar os desafios cruciais no desenvolvimento das energias marinhas no Espao Atlntico.Consrcio: SODERCAN (ES); FUAC (ES); Galway County Council (IR); BRETAGNE INNOVATION (FR); FAEN (ES); Conseil Regionale BasseNormandie (FR); CRPM (FR); Cork Institute of Technology (IR); EVE (ES); INEGI (PT); Scottish European Green Energy Centre-SEGEC (UK); POLE ECO INDUSTRIES POITOU CHARENTES (FR); Socit publique rgionale des Pays de la Loire (FR); Conseil Rgional dAquitaine (FR); CIEMAT (ES); REGEN SW (UK); WavEC (PT). 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power23 24. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAFWT - OPERACIONALIDADE E ESFOROS EXTREMOS EM TURBINAS ELICAS FLUTUANTES O objetivo deste projeto investigar a operacionalidade de turbinas elicas flutuantes (TEF) em vento e ondas e os esforos extremos induzidos na amarrao e estrutura. Vo ser desenvolvidas ferramentas numricas para calcular as respostas relacionadas. Desenvolver e implementar um modelo de simulao do vento, incluindo as caractersticas estocsticas do campo de velocidade e da turbulncia, ao nvel do rotor de uma Turbina Elica Flutuante.Parceiros: IST, WavEC, EDP Inovao, INEGI, OneOcean Cofinanciamento: FCT 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power24 25. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAFLOW FUTURE LIFE IN OCEAN WAVES SISTEMA DE CONVERSO DE ENERGIA O objectivo deste projecto foi o de estudar um sistema de veio e chumaceira a integrar no sistema de converso de energia das ondas em desenvolvimento pela Martifer.Parceiros: MARTIFER 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power25 26. INFRA-ESTRUTURAS OCENICAS I&D20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power26 27. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAINFRAESTRUTURAS OCENICAS I&D RAIA - Observatrio Ocenico da Margem Ibrica - Consolidar uma extensa rede de observao oceano-meteorolgica ao longo da plataforma costeira na rea transfronteiria do Norte de Portugal e Galcia, constitudo por uma extensa infraestrutura transfronteiria de observao do oceano, de modelos numricos de previso e de uma nova plataforma oceano-meteorolgica estvel que pode ser colocada ao servio da comunidade (cientifica, turstica, piscatria, porturia, etc.) Sinalizao e orientao Vigilncia e observao atmosfrica Controlo e comunicao com veculosComprimento total : 30 m Altura Mastro acima do nvel da gua: 10 m Peso: 1900 KgParceiros: INTECMAR, INSTITUTO ESPAOL DE OCEONOGRAFIA, INSTITUTO DE INVESTIGACIONES MARIAS, CETMAR, UNIVERSIDAD VIGO, CIIMAR, INESC PORTO, FEUP, INSTITUTO HIDROGRFICO,UNIVERSIDADE DE AVEIRO, FCUP 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power27 28. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIASPAR BUOY Target: medio de vento a 10 mGerao do conceitoProjeto de detalheFabrico Instrumentao, sensores e amarrao Montagem e testes20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power28 29. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAINFRAESTRUTURAS OCENICAS I&D RAIA.CO Definir requisitos, projecto, modelao, anlise estrutural de uma bia disco. Bia com capacidade de flutuao de 1000NParceiros: METEOGALICIA, INTECMAR, INSTITUTO ESPAOL DEOCEONOGRAFIA, INSTITUTO DE INVESTIGACIONES MARIAS, CETMAR, UNIVERSIDADE DO PORTO, INSTITUTO HIDROGRFICO,UNIVERSIDADE DE AVEIRO 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power29 30. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAINFRAESTRUTURAS OCENICAS I&DREDE DE OBSERVAO E VIGILNCIA MARITIMA Desenvolvimento de novas bias ocenicas integrando solues inovadoras ao nvel dos materiais estruturais, comportamento hidromecnico, sistemas a instalar a bordo e assimilao de dados para efetuar previses. Projetos: RAIA-TEC PI IC&DT20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power30 31. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAINFRAESTRUTURAS OCENICAS I&D ROV (Remotely Operated Vehicle) e L-AUV (Light Autonomous Underwater Vehicle) Desenvolvimento de sistemas autnomos de observao ambiental capaz de atingir profundidades superiores a 100m transportando cargas cientficas de medio de salinidade, temperatura, presso, etc. Desenvolvimento/ Construo componentes mecnicos, Projecto Mecnico, Prototipagem Rpida e Assemblagem. Parceiros: ISR/LSTSISPA - ROV (Remotely Operated Vehicle) Reparao do Conector do Cabo Submarino, Vedaes e partes mecnicas Parceiros: ISPA 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power31 32. 02. EXEMPLOS DE PROJETOS DE IDI E CONSULTORIAINFRAESTRUTURAS OCENICAS I&DMULTI-USE OFFSHORE PLATFORMS | OCEANOXXI | FEM Desenvolver conhecimento especfico necessrio concepo e ao processo construtivo de plataformas offshore multiuso experimentais. Conceito Estudo sobre os processos de construo, instalao e manuteno das plataformas. Aprofundamento do conhecimento necessrio ao desenvolvimento da Plataforma. Estudo sobre a organizao e gesto da plataforma e sobre a logstica necessria ao seu funcionamento. Estudo sobre segurana e localizao. Estudo sobre as condies de viabilizao econmica e financeira. Desenvolvimentos jurdicos necessrios instalao e funcionamento das plataformas. 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power32 33. 03. VISO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAR 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power33 34. 03. VISO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MAREXTENSION OF THE PORTUGUESE EXCLUSIVE ECONOMIC ZONEEMAM Estrutura de Misso para a Extenso da Plataforma ContinentalEEZ Exclusive Economic Zone Actual = 1.727.408 Km2 Future = 3.027.408 Km214,9 X Portugal Continental Area (327.667 Km2)20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power34 35. 03. VISO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MARViso para o Desenvolvimento da Economia do MARREAS ESTRATGICAS A EXPLORAR DESAFIOSREFORO DE INFRA-ESTRUTURAS EXISTENTES E A CRIARPOTENCIAL CIENTFICO EXISTENTE (Criao de Valor)FINANCIAMENTOSCOOPERAO E INTERNACIONALIZAOAMBIO 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy PowerOPORTUNIDADES35 36. 03. VISO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MARREAS ESTRATGICAS A EXPLORARENERGIA RENOVVELOFFSHORE Energia Elica Offshore Energia das OndasEQUIPAMENTOS E NOVAS TECNOLOGIAS PARA O MAR Robtica Submarina (Conhecimento do Mar Profundo) Plataformas Experimentais Bias de Monitorizao (Redes de Observao e Vigilncia Martima)AQUACULTURA NEARSHORE E OFFSHORE PescadoMacro e Micro AlgasBIOTECNOLOGIA MARINHAEXPLORAO DE RECURSOS ENERGTICOS FSSEIS E MINERAIS20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power36 37. 03. VISO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MARREFORO DE INFRA-ESTRUTURAS EXISTENTES E A CRIARCONSOLIDAO DE CLUSTERS E ASSOCIAESPLOS DE CINCIA E TECNOLOGIA DO MARPARQUES DE INCUBAO DE EMPRESAS DE BASE TECNOLGICAZONAS PILOTO DE CINCIA E TECNOLOGIA (PORTOS, NEARSHORE, OFFSHORE) Parque da Aguadoura, Zona Piloto Peniche (Offshore)REFORO E CRIAO DE NOVOS CONVERSORES DE ENERGIA (Pico, outros)PLATAFORMAS EXPERIMENTAIS20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power37 38. 03. VISO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MARCRIAR VALOR A PARTIR DO POTENCIAL CIENTFICO EXISTENTECORRIGIR DESIQUILBRIO ENTRE O POTENCIAL CIENTFICO EXISTENTE E O SEU CORRESPONDENTE IMPACTO ECONMICO Criao de Programas de Incentivo de Transferncia de TecnologiaFomento do Empreendedorismo nos Investigadores e Centros de I&DCriao de Spin-Offs e StartupsFomento de Projectos Internacionais a decorrer em PortugalPromover uma maior cooperao entre Centros de I&D INCENTIVAR NOVAS REAS CIENTFICAS E TECNOLGICAS BiotecnologiaExplorao MineralMAR Profundo 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power38 39. 03. VISO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MARFINANCIAMENTOS CRIAR LINHAS ESPECFICAS DE FINANCIAMENTO PARA A I&D+I MAR (FCT e QREN) REDUZIR O TEMPO CANDIDATURA / APROVAO AGILIZAR E SIMPLIFICAR A CARGA BUROCRATICA E ADMINISTRATIVA DOSPROJECTOSFINANCIADOS CONFIGURAR O FINANCIAMENTO EM FUNO DA ESPECIFICIDADE DO PROJECTO E NO O INVERSO FOMENTAR O ESTABELECIMENTO DE CONTRATOS PROGRAMA QUE PERMITAM O DESENVOLVIMENTO DE PROJECTOS DE I&D+I E QUE SUBSTITUAM PROGRESSIVAMENTE A LGICA PROJECTO/CANDIDATURA20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power39 40. 03. VISO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MARCOOPERAO E INTERNACIONALIZAO ATRAIR PROJECTOS DE INVESTIMENTO ESTRANGEIROS FOMENTAR E VALORIZAR A PARTICIPAO NACIONAL DE CENTROS DE I&D EM PROJECTOS INTERNACIONAIS COM FINANCIAMENTO PBLICO, PARA CRIAR CONHECIMENTO RESIDENTE EM PORTUGAL QUE POTENCIE CRIAO DE VALOR CIENTFICO E ECONMICO PROMOVER A COOPERAO TRANSFRONTEIRIA E TRANSNACIONAL NO DOMNIO DO MAR20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power40 41. 03. VISO PARA O DESENVOLVIMENTO DA ECONOMIA DO MARAMBIO CRIAR EM PORTUGAL CENTROS DE EXCELNCIA INTERNACIONAIS EM CINCIAS DO MAR E FAZER OS CORRESPONDENTES INVESTIMENTOS APOSTAR EM REAS EMERGENTES (Elica Offshore, Ondas, Aquacultura, Biotecnologia, etc) TORNAR PORTUGAL UMA REFERNCIA INTERNACIONAL EM ALGUMAS (POUCAS) REAS ESTRATGICAS DO MAR20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power41 42. 20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power42 43. OBRIGADO20 de Novembro de 2013ANJE - Frum - Portugal Energy Power43