MODAL FERROVIARIO

of 10/10
ALUNOS: JARDEL, EDERSON, IVONEI, REGIS, ALEX MODAL FERROVIARIO
  • date post

    30-Sep-2015
  • Category

    Documents

  • view

    23
  • download

    1

Embed Size (px)

description

apresentação sobre o modal ferroviario

Transcript of MODAL FERROVIARIO

MODAL FERROVIARIO

ALUNOS: JARDEL, EDERSON, IVONEI, REGIS, ALEXMODAL FERROVIARIO

O transporte atravs de ferrovias um modal muito utilizado mundialmente e possui uma grande capacidade de transporte e custos baixos, alm de ter um importante fluxo de grandes volumes, como gros e minrios, das regies produtoras para os portos, por meio dos corredores de exportao.O meio de transporte emergiu na Europa, mais precisamente, na Inglaterra, no sculo XIX. Por volta do ano de 1850, nas proximidades de Londres, as locomotivas atingiam at 70 km/h, uma velocidade alta para aquele momento histrico.

As locomotivas eram movidas a vapor, o qual gerado a partir da queima de carvo. Aps o surgimento deste inovador meio de transporte, rapidamente sua tecnologia se espalhou para outros lugares do mundo.Hoje em dia, o transporte ferrovirio encontrado em todos os continentes do globo. Diante do arsenal tecnolgico do mundo atual, o mesmo tambm no ficou para trs: existem trens modernos que atingem uma velocidade de at 250 km/h, como os TGVs, por exemplo.

O custo por tonelada transportada baixo, entretanto, os valores para a conservao e construo de ferrovias so elevados. A utilizao desse meio de transporte varia entre os pases. Nos Estados Unidos e na Rssia, por exemplo, a maioria dos fluxos das cargas ocorre por meio das ferrovias. Na parte ocidental da Europa, as ferrovias tm seu uso bastante difundido, tanto para o transporte de cargas quanto para o de pessoas.

O TRANSPORTE FERROVIRIO NO BRASILO desenvolvimento ferrovirio brasileiro sempre esteve intimamente ligado a polticas de governo, que, por seu turno, variaram grandemente ao longo da histria. Nesse sentido, e visando sistematizar essa relao, procurou-se dividir a evoluo do sistema ferrovirio segundo fases cronolgicas, correlacionadas a fases da nossa histria imperial e republicana.

No incio do sculo, a existncia das ferrovias era de extrema importncia para o escoamento das mercadorias, por serem elas muito volumosas e pesadas, porm ao passar dos anos o que observamos foi um total desinteresse por parte do governo, tanto nos investimentos em manuteno e tecnologias novas, como tambm no apoio para que as empresas viessem a utilizar esse meio de transporte.

POR QUE O TRANSPORTE FERROVIRIO TO PRECRIO NO BRASIL?O Pas se afastou dos trilhos nos anos 1950, com o plano de crescimento rpido do presidente Juscelino Kubitschek, que priorizou rodovias. A construo de ferrovias era lenta para fazer o Brasil crescer "50 anos em cinco", como ele queria. "Em seis meses, voc faz 500 quilmetros de estrada de terra. Isso em ferrovia leva trs anos",

Outro responsvel foi o caf, em baixa desde os anos 1930. Ele era transportado principalmente por trens, ento vrias empresas frreas faliram com a falta de trabalho. Em 1957, o governo estatizou as companhias ferrovirias. Desde ento, o foco o transporte de carga. Por isso, em 2012, os trens carregam s 3% dos passageiros do Pas (isso porque inclumos o metr na conta).

VANTAGENS As vantagens desse transporte esto relacionadas sua capacidade de carga e flexibilidade. A possibilidade de combinar transporte de contineres, carga a granel, carga lquida e, at mesmo, passageiros, torna essa modalidade muito utilizada. Alm de percorrer longas distncias, seu custo ser menor se comparado ao rodovirio para grandes volumes e, tambm, a baixa competitividade no trfego

DESVANTAGENSQuanto s desvantagens do transporte ferrovirio destacam-se: Custo alto e baixa segurana (Brasil) para produtos de alto valor agregado; Tempo em trnsito maior (lentido do modal); Ineficiente para pequenas distncias; Problemas de bitolas e dormentes (medidas diferentes) que inviabilizam o transporte em nvel nacional e internacional; Custos altos de manuseio; A falta de flexibilidade de trajeto e rota; Sujeito a saques; ineficiente para alguns produtos; Horrios rgidos; Existncia de uma via pode ocasionar competitividade; A natureza da sua estrutura implica fraca flexibilidade; e Transbordo.OBRIGADO