Apresentação de slides da AES Tietê (Demóstenes Barbosa) - II Fórum da Terra

download Apresentação de slides da AES Tietê (Demóstenes Barbosa) - II Fórum da Terra

If you can't read please download the document

  • date post

    13-Jun-2015
  • Category

    Documents

  • view

    207
  • download

    1

Embed Size (px)

description

Slides apresentados por Demóstenes Barbosa/AES Tietê, no painel "Recuperação da Mata Ciliar e Crédito Carbono" do II Fórum da Terra. O Fórum foi organizado pela Saber Global, nos dias 22 e 23/10/2009, em Nova Friburgo/RJ. # Saiba mais em www.forumdaterra.blogspot.com #

Transcript of Apresentação de slides da AES Tietê (Demóstenes Barbosa) - II Fórum da Terra

II Frum da TerraMercado de Carbono e Cidades Sustentveis

Recuperao de Matas Ciliare AES BrasilNova Friburgo, 22 de outubro de 2009

ARAM0010 Atividades de Projetos de Florestamento e Reflorestamento Implementadas em reas de Reserva/Protegidas

reas isentas de manejo que resulte em supresso

reas isentas de explorao econmica reas nas quais a regenerao natural no se faz vivel

Localizao

Adequaes tecnolgicas do processo

Linha de base Eficincia na produo de mudas

Florestas Nativas com maior biomassa

Manejo sivicultural adequado

Evoluo da curva de projeoNovos Modelos/Preparo/Fertilizao/matocompetio

C2 C1

g M C e d e u qo s E ( t

Linha Base

Co t tTempo

CLB

O Brasil pode restaurar extensas reas impactadas e abandonadas em diversos biomas nos quais existem reas protegidas. Parques Nacionais reas de Preservao Permanente Reservas Legais

Benefcios da restaurao pela via do MDLImagem do Brasil no contexto internacional Contribuio efetiva ao esforo global de mitigao das mudanas do clima Gerao de milhares de empregos Gerao de Fluxos de Caixa a partir de Crditos de Carbono Compartilhamento no monitoramento

Elementos para o desenvolvimento de atividades MDL de restaurao de reas protegidas em larga escala Metodologia aprovada para o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) Imagens de satlite Elegibilidade de reas, regras do MDL Monitoramento do crescimento de florestas Infraestrutura Coleta, germinao, produo de mudas Plantio, cultivo, proteo Orientao e avaliao tcnico-cientfica Mo de obra

Imagens de Satlite

CBERs (China-Brazil Earth Resources Satellite) 20x20m pixel

Articulao de imagens e composio de cenas

A viabilidade das florestas no MDL

As florestas do Brasil no MDL A contribuio de maior escala que o Brasil pode dar ao esforo global na restaurao e preservao de biomas. Reflorestamento de florestas perenes no Brasil so viveis com receita nica de CERs, a preos menores que a metade do preo praticado no EU ETS (~40% do CER comercializado para 2009). A imposio de carter temporrio dos crditos de florestas (tCERs) o principal desafio para os projetos de reflorestamento.

A economia das florestas perenes Modelos econmico-financeiros de projetos de reflorestamento tm caractersticas especiais: Muito sensveis aos preos dos crditos; tornam-se rentveis com pequena variao acima de patamares da ordem de US$ 10 a 15/tonCO2. Riscos de florestas tm sido mitigados satisfatoriamente com protees anti-incndio e cuidados preventivos. Maiores custos da implantao de florestas consistem em: (i) mo de obra, (ii) fertilizantes e (iii) cercas. Impostos (IR, CS e ICMS) constituem o maior custo alm dos custos diretos de implantao.

Mercado de projetos de reflorestamento Restrio de governos de pases da Europa Banco Mundial tem apoiado projetos de florestas Agentes do mercado encontram-se limitados pela restrio de governos Crditos de florestas so iguais a crditos de quaisquer outros projetos do MDL. A transparncia e monitoramento de florestas por satlite ser determinante para a viabilidade dos projetos MDL de florestas.