Aula 1 conceitos gerais de parasitologia

of 25/25
  • date post

    15-Apr-2017
  • Category

    Education

  • view

    22
  • download

    5

Embed Size (px)

Transcript of Aula 1 conceitos gerais de parasitologia

Parasitologia

Imagem com plano de fundo removido(Intermedirio)

Para reproduzir os efeitos de imagem neste slide, siga este procedimento:Na guia Pgina Inicial, no grupo Slides, clique em Layout e em Em branco.Na guia Inserir , no grupo Imagens, clique em Imagem.Na caixa de dilogo Inserir Imagem, selecione uma imagem e clique em Inserir.Selecione a imagem. Sob Ferramentas de Imagem, na guia Formatar, no grupo Tamanho, clique no iniciador de caixa de dilogo Tamanho e Posio. Na caixa de dilogo Formatar Imagem, redimensione ou corte a imagem de forma que a altura fique definida com 19 cm e a largura fique definida com 25,4 cm. Para cortar a imagem, clique em Cortar no painel esquerdo e, no painel direito, sob Posio de corte, insira valores nas caixas Altura, Largura, Esquerda e Parte Superior. Para redimensionar a imagem, clique em Tamanho no painel esquerdo e, no painel direito, sob Tamanho e rotao, insira valores nas caixas Altura e Largura.Ainda sob Ferramentas de Imagem, na guia Formatar, no grupo Ajustar, clique em Cor e, sob Recolorir, clique em Escala de cinza.Ainda no grupo Ajustar, clique em Correes e sob Brilho e Contraste, clique em Brilho: -40% Contraste: +20%.Na guia Pgina Inicial, no grupo rea de Transferncia, clique na seta direita de Copiar e clique em Duplicar.Selecione a segunda imagem. Na guia Pgina Inicial, no grupo Desenho, clique em Organizar , aponte para Alinhar e siga este procedimento:Clique em Alinhar ao Slide.Clique em Alinhar ao Meio. Clique em Centralizar.Sob Ferramentas de Imagem, na guia Formatar, no grupo Ajustar, clique em Redefinir Imagem.Ainda sob Ferramentas de Imagem, na guia Formatar, no grupo Tamanho, clique no iniciador de caixa de dilogo Tamanho e Posio. Na caixa de dilogo Formatar Imagem, redimensione ou corte a imagem para manter o foco no motivo principal da imagem. (A imagem de exemplo est definida com 9 cm de altura e 8,2 cm de largura.) Para cortar a imagem, clique em Cortar no painel esquerdo e, no painel direito, sob Posio de corte, insira valores nas caixas Altura, Largura, Esquerda e Parte Superior. Para redimensionar a imagem, clique em Tamanho no painel esquerdo e, no painel direito, sob Tamanho e rotao, insira valores nas caixas Altura e Largura.Ainda sob Ferramentas de Imagem, na guia Formatar, no grupo Ajustar, clique em Remover Plano de Fundo e siga este procedimento: Par remover reas de plano de fundo adicionais da imagem, na guia Remover Plano de Fundo, no grupo Refinar, clique em Marcar reas a Serem Removidas. Selecione todas as reas adicionais a serem removidas.Para manter reas adicionais da imagem que foram removidas, na guia Remoo de Plano de Fundo, no grupo Refinar, clique em Marcar reas a Serem Mantidas. Selecione todas as reas adicionais a serem mantidas.Clique em Manter Alteraes no grupo Fechar ao concluir.

Para reproduzir os efeitos de forma neste slide, siga este procedimento:Na guia Pgina Inicial, no grupo Desenho, selecione Retngulo.No slide, arraste para desenhar um retngulo.Selecione o retngulo. Ainda na guia Pgina Inicial, no grupo Desenho, clique no iniciador de caixa de dilogo Formatar Forma.Na caixa de dilogo Formatar Forma, na guia Tamanho, insira 19 cm na caixa Altura e 10 cm na caixa Largura.Ainda na caixa de dilogo Formatar Forma, na guia Preenchimento, selecione Preenchimento gradual e siga este procedimento:Na lista Tipo, selecione Linear.Na caixa ngulo, insira 90.Sob Marcas de gradiente, clique em Adicionar marcas de gradiente ou Remover marcas de gradiente at que trs marcas apaream no controle deslizante.Ainda sob Marcas de gradiente, personalize as marcas de gradiente da seguinte forma:Selecione a primeira marca a partir da esquerda no controle deslizante e siga este procedimento: Na caixa Posio, insira 0%.Clique no boto ao lado de Cor e sob Cores do Tema, clique em Preto, Texto 1 (primeira linha, segunda opo a partir da esquerda).Na caixa Transparncia, insira 100%.Selecione a segunda marca a partir da esquerda no controle deslizante e siga este procedimento: Na caixa Posio, insira 40%.Clique no boto ao lado de Cor, clique em Mais Cores e, na caixa de dilogo Cores, na guia Personalizado, insira os seguintes valores para Vermelho: 47, Verde: 91 e Azul: 77.Na caixa Transparncia , insira 0%.Selecione a terceira marca a partir da esquerda no controle deslizante e siga este procedimento: Na caixa Posio, insira 100%.Clique no boto ao lado de Cor e sob Cores do Tema, clique em Preto, Texto 1 (primeira linha, segunda opo a partir da esquerda).Na caixa Transparncia , insira 90%Ainda na caixa de dilogo Formatar Forma, na guia Cor da Linha, selecione Sem Linha.Selecione a segunda imagem. Na guia Pgina Inicial, no grupo Desenho, clique em Organizar e clique em Trazer para a Frente.

Para reproduzir os efeitos de texto neste slide, siga este procedimento:Na guia Inserir, no grupo Texto, clique em Caixa de Texto e, no slide, arraste para desenhar sua caixa de texto.Insira o texto na caixa e selecione-o. Na guia Pgina Inicial, no grupo Fonte, siga este procedimento:Na lista Fonte, clique em Calisto MT.Na lista Tamanho da Fonte, clique em 36 pt. Clique em Cor da Fonte e, sob Cores do Tema, clique em Branco, Plano de Fundo 1 (primeira linha, primeira opo a partir da esquerda).Posicione o texto sob a parte menos transparente do gradiente.

DefinioParasitologia a cincia que estuda os parasitas, os seus hospedeiros e relaes entre eles. Engloba os filos:

Protozoa (protozorios), Nematoda (nematdes), Annelida (aneldeos), Platyhelminthes (platelmnteos), Arthropoda (artrpodes).

Os protozorios so unicelulares, enquanto os nematdeos, aneldeos, platelmintos e artrpodes so organismos multicelulares.

DefinioTemos tambm parasitismo em plantas (holoparasta e hemiparasita) como o caso do cip-chumbo. temos parasitismo em fungos (micose) e em bactrias e at vrus. A parasitologia mdica tambm se preocupa com o estudo do vetor.

Conceitos BsicosParasitismo: a associao entre seres vivos onde existe benefcios unilateral, sendo um dos associados (o de maior porte ou hospedeiro) prejudicado pela associao.

Parasito: o ser vivo de menor porte que vive associado a outro ser vivo de maior porte, custa ou na dependncia deste. Pode ser: Ectoparasito: vive extremamente no corpo do hospedeiro.

Endoparasito: vive dentro do corpo do hospedeiro.

Conceitos Bsicos Hiperparasito: que parasita outro parasito:Ex.: E.histolytica sendo parasitada por fungos (Sphoerita endgena) ou por cocobacilos.

Conceitos Bsicos Hiperparasito: que parasita outro parasito:Ex.: E.histolytica sendo parasitada por fungos (Sphoerita endgena) ou por cocobacilos.

Conceitos BsicosParasito acidental: o que exerce o papel de parasito, porm habitualmente possui vida no-parasitria.Ex.: larvas de moscas que vivem em frutos ou vegetais em decomposio e acidentalmente atingem humanos.

Conceitos Bsicos

Parasito errtico: o que vive fora do seu hbitat ou de seu hospedeiro normal.

Conceitos Bsicos

Conceitos Bsicos

Parasito obrigatrio: aquele incapaz de viver fora do hospedeiro.Ex.: T.gondii, Plassmodium.

Parasito oportunista: aquele que usualmente vive no paciente sem provocar nenhum dano (infeco inaparente), mas em determinados momentos se aproveita da baixa resistncia do paciente de desenvolve doenas graves.

Parasito peridico: o que freqenta o hospedeiro intervaladamente.Ex.: mosquitos, barbeiros.

Conceitos BsicosParasitide: a forma imatura (larva) de um inseto que ataca outros artrpodes maiores, quase sempre provocando a morte desses.Ex.: o micro-himenptero Telenomous fariai atacando ovos de barbeiros.

Relaes entre parasitas e hospedeirosO estabelecimento das relaes so muito mais ntimas.A intimidade se manifesta pelo contato permanente em nvel histolgico.Um dos organismos passa a ser o meio ecolgico do outro.Diferentes graus de dependncia metablica.

Parasito Hospedeiro Vetor - Ambiente

Hospedeiro Zoonose - parasitoses animais que eventualmente so transmitidas ao homem (hidatidose carneiro).Reservatrios - hospedeiros naturais que so fonte de infeo para a forma humana da doena.

O bom parasito no mata seu hospedeiro.

VetorTransmissores mecnicos de uma parasitose.Conceito da OMS - transmissor, independentemente de ser ou no hospedeiro.

Habitats dos parasitasTubo digestivoMucosas/EpitlioOrgos internos (fgado, crebro)Sistema fagoctico mononuclearSangue, linfa e lquidos intersticiais

Infeco por parasitasIngesto gua e alimentos contaminadosInjeo por um vetor hematfagoPenetrao o parasita rompe a barreira da pele

Aes do parasita no hospedeiroESPOLIATIVA: absoro de nutrientes ou sangue de seu hospedeiro. Ex: hematofagismo de mosquitos e barbeiros; Ancylostomatidae, sangue da mucosa intestinal deixando pontos hemorrgicos.

TXICA: produo de enzimas que lesam o hospedeiro. Ex: Ascaris lumbricoides provocam reaes alrgicas; e ovos de Schystosoma mansoni provocam reaes teciduais no fgado, intestinos e pulmes.

MECNICA: impede o fluxo alimentar ou absoro dos alimentos. Ex: Ascaris lumbricoides na ala intestinal; e Giardia lamblia no duodeno.

Aes do parasita no hospedeiroTRAUMTICA: migrao cutnea e pulmonar de Ancylostomatidae, rompimento de hemcias por Plasmodium, lceras intestinais causadas por Ancylostomatidae e Trichuris.

IRRITATIVA: deve-se presena constante do parasito no local, sem provocar leses. Ex: ventosas de Cestoda na mucosa intestinal ou lbios de A. lumbricoides.

ENZIMTICA: durante o processo de penetrao no hospedeiro. Ex: cercrias de S. mansoni na pele; E. histolytica e Ancylostomatidae ao lesar o epitlio intestinal para obter alimento.

ANXIA: qualquer parasito que consuma oxignio da hemoglobina ou produza anemia. Ex: Plasmodium (malria).

Transmisso de parasitasParasitos transmitidos entre pessoas devido ao contato pessoal ou objetos de uso pessoal (fmites).Parasitos transmitidos pela gua, alimentos, mos sujas ou poeiraParasitos transmitidos por solos contaminados por larva (geo-helmintoses)Parasitos transmitidos por vetores ou hospedeiros intermediriosParasitos transmitidos por mecanismos diversos