Dinâmicas de Grupo - Versão 03.pdf

of 90/90
  • date post

    07-Jul-2016
  • Category

    Documents

  • view

    28
  • download

    4

Embed Size (px)

Transcript of Dinâmicas de Grupo - Versão 03.pdf

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    2

    N D I C E

    1. APRESENTAO ............................................................................................................................... 4 1.1 - Aprendendo ..................................................................................................................................... 5 1.2 - Apresentao................................................................................................................................... 6 1.3 - Apresentao atravs de gravuras ................................................................................................. 7 1.4 - Auto retrato desenhado ................................................................................................................... 8 1.5 - Bazar ............................................................................................................................................... 9 1.6 - Busca do autgrafo ....................................................................................................................... 10 1.7 - Caa ao tesouro ............................................................................................................................ 11 1.8 - Caso verdade ................................................................................................................................ 12 1.9 - Pausa para o caf ......................................................................................................................... 13 1.10 - Conhecendo lugares e pessoas .................................................................................................. 14 1.11 - Corrida de bales ........................................................................................................................ 15 1.12 - Crach criativo............................................................................................................................. 16 1.13 - Amigo secreto.............................................................................................................................. 17 1.14 - Escolha o tema e se apresente................................................................................................... 18 1.15 - Eu sou eu..................................................................................................................................... 19 1.16 - Exerccio de confiana ................................................................................................................ 20 1.17 - Galeria de artes ........................................................................................................................... 21 1.18 - Imagem e ao............................................................................................................................ 22 1.19 - Jogando objetos fora ................................................................................................................... 23 1.20 - Jogo da bola ................................................................................................................................ 24 1.21 - Minha bandeira pessoal .............................................................................................................. 25 1.22 - Minha vida pelas figuras.............................................................................................................. 26 1.23 - Nome e qualidade ....................................................................................................................... 27 1.24 - Nomes e adjetivos ....................................................................................................................... 28 1.25 - O nome........................................................................................................................................ 29 1.26 - Oito papis................................................................................................................................... 30 1.27 - Pendurando no varal ................................................................................................................... 31 1.28 - Piquenique................................................................................................................................... 32 1.29 - Quem falta? ................................................................................................................................. 33 1.30 - Quem sou eu? ............................................................................................................................. 34 1.31 - Rolo de jornal .............................................................................................................................. 35 1.32 - Toca, pra e cria.......................................................................................................................... 36 1.33 - Um carro, uma flor, um instrumento............................................................................................ 37 1.34 - Vou viajar..................................................................................................................................... 38 2. ASSERTIVIDADE .............................................................................................................................. 39 2.1 - At que ponto sou assertivo .......................................................................................................... 40 2.2 - Concordo, discordo ....................................................................................................................... 41 2.3 - Consenso....................................................................................................................................... 42 2.4 - Direitos assertivos ......................................................................................................................... 43 2.5 - Escalada ........................................................................................................................................ 44 2.6 - Exerccios de assertividade........................................................................................................... 45 2.7 - Fotoproteo.................................................................................................................................. 46 2.8 - Laranjas Ugli.................................................................................................................................. 47 2.9 - O que voc? ............................................................................................................................... 48 2.10 - Submisso, agresso, assertividade........................................................................................... 49 2.11 - Vamos praticar ............................................................................................................................ 50 3. COLETIVOS ...................................................................................................................................... 51 3.1 - A linha............................................................................................................................................ 52 3.2 - Corrida louca ................................................................................................................................. 53 3.3 - Grupos de consenso ..................................................................................................................... 54 3.4 - Romance ....................................................................................................................................... 55 3.5 - Tcnica do jornal ........................................................................................................................... 56 4. COMUNICAO................................................................................................................................ 57 4.1 - 5 bolas .......................................................................................................................................... 58 4.2 - A colagem...................................................................................................................................... 59 4.3 - A copa do mundo .......................................................................................................................... 60 4.4 - A pea que faltava......................................................................................................................... 61 4.5 - Anncio classificados .................................................................................................................... 62

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    3

    4.6 Argolas.......................................................................................................................................... 63 4.7 As cadeiras ................................................................................................................................... 64 4.8 Aulinha .......................................................................................................................................... 65 4.9 Blocos de construo ................................................................................................................... 67 4.10 - Caneta na garrafa........................................................................................................................ 68 4.11 Casamento em alto mar ............................................................................................................. 69 4.12 Crculo para fora ......................................................................................................................... 70 4.13 Crculo refeito ............................................................................................................................. 71 4.14 Concordo, discordo..................................................................................................................... 72 4.15 Continue minha idia .................................................................................................................. 73 4.16 Conversando a gente se entende .............................................................................................. 74 4.17 Correio elegante ......................................................................................................................... 75 4.18 Criando com limites .................................................................................................................... 76 4.19 Dentro e fora............................................................................................................................... 77 4.20 Dizendo por dizer........................................................................................................................ 78 4.21 Emoes ..................................................................................................................................... 79 4.22 Encontrei uma nova profisso .................................................................................................... 80 4.23 Escolha cuidadosamente suas palavras .................................................................................... 81 4.24 Exerccio da confiana................................................................................................................ 82 4.25 Fbrica de brinquedos ................................................................................................................ 83 4.26 Galeria de artes .......................................................................................................................... 84 4.27 Guias e cegos............................................................................................................................. 85 4.28 Histria substantivada ................................................................................................................ 86 4.29 Jogo da comunicao com escala ............................................................................................. 87 4.30 Jogo da vela................................................................................................................................ 88 4.31 Minha vida pelas figuras ............................................................................................................. 89 4.32 Multifuncionalidade ..................................................................................................................... 90

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    4

    1. APRESENTAO

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    5

    1.1 - Aprendendo

    Objetivos: Facilita a apresentao das pessoas de um grupo atravs da auto revelao e repetio.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Um objeto pequeno.

    Desenrolar: Forma-se um crculo com os participantes e explica-se que ser dada aos participantes a oportunidade de aprenderem alguma coisa sobre os demais. Quem estiver com a bola deve pass-la a uma outra pessoa, a qual dever dizer seu nome e revelar alguma coisa sobre si mesma que ainda no se saiba.

    Deve-se utilizar exemplos bem inocentes tais como: "estou usando lentes".

    Quando todos tiverem tido a sua vez, o facilitador explica que, na segunda rodada eles tero de passar a bola a algum, dizer o nome daquela pessoa e o que ela disse sobre si mesma. A pessoa poder ajudar, se for preciso.

    Variao: Na segunda rodada, pode-se pedir aos participantes para repetirem tudo o que j tiver sido dito at aquele ponto.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    6

    1.2 - Apresentao

    Objetivos: Facilitar a apresentao de um grupo que no se conhece ao mesmo tempo em que permite-se uma descontrao inicial.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Uma cpia do formulrio com as questes de apresentao e caneta para cada participante.

    Desenrolar:

    O facilitador pede aos participantes para preencher o formulrio com as questes abaixo. Aps todos preencherem solicita que troquem os formulrios entre si de forma que nenhum fique com o seu prprio. A seguir cada participante dever fazer a apresentao do outro participante valendo-se do questionrio que tem em mos.

    Questes para o formulrio: 01. Nome 02. Apelido 03. Idade 04. Estado civil 05. Composio familiar 06. Graduao/Escola 07. Um esporte 08. Um lazer 09. Uma qualidade 10. Um defeito 11. Uma alegria 12. Uma tristeza 13. Um sonho 14. Um medo 15. Uma esperana

    Um variante desta dinmica pode ser obtida pedindo-se que os participantes adivinhem quem a pessoa que est sendo descrita naquele momento.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    7

    1.3 - Apresentao atravs de gravuras

    Objetivos: Permitir a apresentao individual de valores pessoais e o exerccio da comunicao.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Diversas gravuras, fotos ou desenhos recortados de revistas usadas; aparelho de som com uma musica adequada para fundo.

    Desenrolar:

    Colocar todo o material no centro da sala.

    Em crculo solicita-se aos participantes, que observem as gravuras espalhadas.

    Enquanto a msica de fundo tocada pedir aos participantes que escolham duas gravuras: uma que lhe transmita tranqilidade e uma que transmita algo negativo.

    Ao cessar a msica solicitar que cada um que se apresente, individualmente, da forma que melhor convier e, na seqncia, explique o porqu escolheu as gravuras e como se identifica com elas.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    8

    1.4 - Auto retrato desenhado

    Objetivos: Permitir a apresentao de um grupo e promover uma autoreflexo individual de quem se apresenta.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Diferentes bonecos desenhados em folhas ou cartolinas, papel sulfite, lapis de cor, canetas hidrocor, giz de cera.

    Desenrolar:

    O facilitador pede a cada participante que escolha um dos bonecos com o qual mais se identifica.

    Pede-se para colorirem o boneco de uma forma que se auto-retratem.

    Ao trmino, o facilitador que todos (cada um no seu desenho) respondam por escrito as solicitaes que sero feitas:

    Saindo da boca fazer uma balo com uma frase que represente seu lema de vida; Saindo do corao fazer uma seta indicando 3 dos seus valores; Na mo esquerda escrever algo que gostaria de receber; Na mo direita, escrever uma meta que deseja alcanar.

    Para finalizar o facilitador pede a cada um que faa a apresentao de seu "eu" representado no boneco.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    9

    1.5 - Bazar

    Objetivos: Conhecer uns aos outros, apresentao.

    N de Participantes: de 5 a 20 participantes

    Material: Uma mesa com diversos objetos que possam ser vistos em um bazar domstico ou em uma loja de artigos de segunda mo. O nmero de itens tem de ser maior do que nmero de participantes. Uma folha de papel ou um pano grande deve cobrir todos os artigos antes do exerccio comear.

    Desenrolar:

    Antes de o grupo entrar na sala, o facilitador coloca os objetos sobre a mesa cobrindo-os com um pano.

    Informa-se aos participantes que, quando o pano for retirado, eles devem aproximar-se, escolher e pegar um artigo da mesa que por alguma razo os atraia.

    Aps todos tiverem selecionado os objetos, cada um deve apresentar-se ao grupo e dizer por que aquele item o atraiu especialmente.

    Variaes:

    O facilitador pede que cada participante se apresente ao grupo. Em seguida solicita que algum outro membro selecione um item da mesa que ache que combine com a pessoa que acabou de se apresentar. O facilitador tambm solicita uma explicao da razo que a levou a associar o artigo quela pessoa. Repete-se o processo com todos os membros do grupo.

    Pontos de discusso: Algum acha que algum item selecionado combina com a pessoa que o escolheu? Algum acha que algum artigo especfico parece combinar com outros participantes? Por qu?

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    10

    1.6 - Busca do autgrafo

    Objetivos: Promover a integrao e desinibir as pessoas que compem o grupo.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Folhas com tens a serem pesquisados.

    Desenrolar:

    O facilitador solicita aos participantes que formem um crculo.

    Distribuem-se folhas com os itens a serem pesquisados (sero 26 itens) dos quais cada um dever selecionar apenas 13 colocando um "X" em cada uma das suas escolhas. O facilitador orienta aos participantes que escolham os itens de acordo com a sua percepo sobre os outros componentes do grupo.

    Em seguida voc dever entrevistar as pessoas para descobrir aquelas que correspondem a cada um dos itens que foram selecionados, obtendo os autgrafos nos espaos apropriados. Para cada item dever obter um autgrafo diferente.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    11

    1.7 - Caa ao tesouro

    Objetivos: Ajudar os participantes a memorizarem os nomes uns dos outros, desinibir e facilitar a identificao entre pessoas parecidas.

    N de Participantes: at 20 participantes

    Material: Uma folha com o questionrio e um lpis ou caneta para cada um.

    Desenrolar:

    O facilitador explica aos participantes que agora se inicia um momento em que todos tero a grande chance de se conhecerem.

    Cada participante recebe uma lista de descries (abaixo) e uma caneta.

    A partir da lista de descries, cada um deve encontrar uma pessoa que se encaixe em cada item e pedir a ela que assine o nome na frente (ou abaixo) do item da lista.

    1. Algum com a mesma cor de olhos que os seus 2. Algum que viva numa casa sem fumantes 3. Algum que j tenha morado em outra cidade 4. Algum cujo primeiro nome tenha mais de seis letras 5. Algum que use culos 6. Algum que esteja com a camiseta da mesma cor que a sua 7. Algum que goste de verde-abacate 8. Algum que tenha a mesma idade que voc 9. Algum que esteja de meias azuis 10. Algum que tenha um animal de estimao (Qual?)

    Obs: Pode-se aumentar a quantidade de questes ou reformular estas, depende do tipo ou do tamanho do grupo.

    "Esta atividade dinmica muito interessante por que no primeiro momento de contato com pessoas diferentes voc poder perceber quais as caractersticas pessoais so mais percebidas por pessoas que vamos conviver no ambiente de trabalho."

    "J utilizei esta dinmica e, no lugar de lista, fiz como se fosse um bingo. Todos andavam pela sala entrevistando as pessoas de acordo com as perguntas. Quem preenchesse todos os quadrados, gritava Bingo! A dinmica fica bem animada!"

    "Pode-se acrescentar outras coisas tipo: Pessoas do mesmo signo, da mesma idade ou gosto musical. Quando trabalhei essa dinmica foi em grupo de 30 alunos de preparao para Crisma. Ento aproveitei no incio para que pudessem se conhecer melhor. Assim coloquei questes ligadas s metas do curso, como por exemplo: "o que levou-o a matricular-se no curso?" Ento as respostas semelhantes formavam pares."

    " possvel perceber se o profissional realmente atencioso no que faz e se uma pessoa comunicativa e agradvel a fim de preencher os requisitos exigidos pela empresa. "

    Esta dinmica expressa a idia de um perceber ao outro e tambm, caso as questes sejam modificadas, poderemos avaliar outras competncias, entre elas a avaliao crtica do outro e percepo."

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    12

    1.8 - Caso verdade

    Objetivos: Os participantes respondem a perguntas sobre suas crenas e sentimentos.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Cartes preparados, cada um com uma pergunta.

    Desenrolar:

    O facilitador forma um crculo com os participantes e coloca os cartes no centro deste e virados para baixo.

    Explica que cada carto tem uma pergunta no verso, e convida aos participantes a pegarem um carto cada um, e responderem a pergunta nele contida to sinceramente quanto puderem.

    Sugere-se que, se algum no se sentir em condies de responder a pergunta, poder troc-la por outra.

    Perguntas: O que voc sabe fazer de melhor? Se voc ganhasse na loteria o que faria com o dinheiro? Qual foi o momento mais feliz da sua vida? O que voc acha que seria um programa perfeito para um casal? Onde voc mais gostaria de estar agora? SE avisassem que o mundo iria acabar daqui a 10 minutos, o que voc faria? O que faz voc dar mais risada? Se voc pudesse ser qualquer outra pessoa quem voc gostaria de ser? O que voc mais gostaria de poder fazer, mas no pode?

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    13

    1.9 - Pausa para o caf

    Objetivos: Permitir a apresentao dos participantes no incio de um treinamento e quebrar o gelo.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Lista de perguntas sugeridas (pode ser uma para cada participante ou apenas uma exibida em um flip-chart ou transparncia).

    Desenrolar:

    O facilitador pede aos participantes que formem duplas aleatoriamente. Diz ento que todos vo comear a se apresentar, porm de uma forma descontrada. Os participantes iro se conhecer como se estivessem participando de um coffee break. O facilitador deve informar uma lista das principais perguntas para facilitar o quebra gelo inicial. Informar que cada um ter 2 minutos para conhecer o outro colega.

    Aps 2 minutos o facilitador se aproxima de cada dupla no "coffee break" solicitando que o candidato A apresente o B e vice versa.

    Sugestes de perguntas:

    Alm das informaes pessoais e profissionais bsicas que voc deseja saber coloque tambm perguntas do tipo:

    1. Qual caracterstica sua que s reconhecida pelos outros depois de algum tempo de convivncia? 2. Relate uma situao que lhe remeta a um momento de grande aprendizado, 3. Se voc fosse para uma ilha deserta o que e quem seria indispensvel levar? 4. Qual a personalidade que voc mais de identifica e porque? 5. Qual caracterstica sua voc venderia por R$ 1,00? 6. Que caracterstica sua as pessoas daqui vo ficar sem conhecer/ saber logo aps sarem? 7. Relate algo que voc no curte, mas faz por algum motivo. 8. Relate algo que voc curte, mas no faz? 9. Qual sua caracterstica marcante de acordo com a opinio dos seus amigos e conhecidos? 10. Se voc encontrasse a Lmpada de Aladin que pedido voc faria?

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    14

    1.10 - Conhecendo lugares e pessoas

    Objetivos: Conhecer as pessoas com as quais se vai trabalhar e integrar-se tambm no espao onde se vai passar alguns dias.

    N de Participantes: at 20 participantes

    Material: Flip-chart

    Desenrolar:

    O facilitador convida as pessoas a conhecerem (cada um por si) o lugar e buscar algo que chame a ateno (uma rvore, uma sala, um capela, um objeto...). Passados 15 minutos, as pessoas voltam a se reunir e o facilitador pede a cada uma delas que se apresente, dizendo o nome, o que escolheu e porque fez esta escolha.

    O facilitador deve estar atento e ir anotando as motivaes. Se for caso, para entender melhor a motivao, pode fazer alguma perguntas mais. Depois que todos tiverem apresentado o que gostaram no local, o facilitador faz uma anlise das motivaes do grupo: se um grupo afetivo, artstico, esportivo, voltado para a natureza, religioso, etc. Se houver interesse por parte do grupo, estes podero fazer comentrios a respeito do que se realizou.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    15

    1.11 - Corrida de bales

    Objetivos: Atividade dinmica para quebrar o gelo e facilitar a apresentao dos elementos do grupo.

    N de Participantes: no mnimo 15 participantes

    Material: 1 balo para cada participante, giz para marcar o cho, apito para iniciar o jogo, papizinhos com o nome de cada participante, fita adesiva para colar os nomes nos bales

    Desenrolar:

    Uma linha de sada determinada e cada equipe se posiciona atrs desta. frente de cada uma das equipe e a uma distncia de cerca de 5 metros, um crculo ser desenhado com a letra A.

    Antes de iniciar o jogo cada participante escreve seu nome em um balo, colocando-o no crculo A de sua equipe.

    Todos posicionam-se antes da linha de sada agrupados por equipe.

    Ao sinal do condutor do jogo, cada equipe comea enviando seu primeiro integrante at onde se encontram os bales de sua prpria equipe.

    O integrante pega um dos bales, l o nome do companheiro que est escrito no mesmo e o estoura.

    Regressa ento correndo at sua equipe gritando bem alto o nome do companheiro que estava escrito no balo.

    O jogador cujo nome falado se prepara para correr assim que o seu companheiro retorna e lhe d um tapa em sua mo.

    O jogo se repete ento com este segundo jogador e assim suscessivamente at que todos os bales tenham sido arrebentados.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    16

    1.12 - Crach criativo

    Objetivos: Apresentao, integrao, criatividade, expectativas, descontrao, aquecimento, percepo de si e do outro, identificao, sensibilizao, vitalizador, relacionamento interpessoal.

    N de Participantes: at 15 participantes

    Material: Cartolina, canetas coloridas, lpis, cola, tesoura, revistas, jornais, papel sulfite, fita adesiva.

    Desenrolar:

    Utilizando diversos materiais cada participante constri o crach mais bonito que puder fazer, naquele momento.

    Pede-se deixem um espao em branco para colocao do nome, porm no devem escrev-lo ainda.

    Aps o trmino, o facilitador recolhe os crachs e os distribui aleatoriamente. Neste momento os participantes escrevem os nomes nos crachs que receberam.

    Cada participante tenta descobrir quem fez o crach e o porque acredita ser aquela pessoa.

    Quem executou se apresenta e tenta, ento, descobrir quem fez o seu crach. Assim sucessivamente at o trmino.

    Variao:

    O Facilitador pode incluir o levantamento das expectativas do grupo (o tempo de durao do exerccio aumentar).

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    17

    1.13 - Amigo secreto

    Objetivos: Permitir a apresentao de um grupo e/ou introduzir o tema da Comunicao Corporal.

    N de Participantes: de 10 a 20 participantes

    Material: Estrelas (de papel, papelo, cartolina ou similar) com os nomes dos participantes, aparelho de som um msica tranqila, folhas em branco, canetas e lpis coloridos, crachs para identificao dos participantes.

    Desenrolar:

    O facilitador distribui aos participantes estrelas (o formato pode ser outro tambm) com o nome de outro participante, solicitando aos mesmos para guardar sigilo quanto ao nome recebido e se for o prprio nome devolver a estrela e, tirar outra.

    Coloca-se uma msica tranqila de fundo e pede-se ao grupo que caminhe calmamente pela sala, observando disfaradamente a pessoa cujo nome est com ele. e pensando de que forma poderia representar a pessoa.

    Aps um minuto solicita-se a todos que se sentem e desenhem como imaginam ser a pessoa que estavam observando quanto :

    O que ela gosta de comer; Qual a cor preferida; Que presente voc daria a esta pessoa.

    Quanto todos tiverem terminado cada um ir apresentar a pessoa cujo nome est com ele. quele que foi apresentado pode argumentar, concordando ou discordando e citando os porqus.

    Cabe o facilitador conduzir a discusso e comentar a dinmica de acordo com seus objetivos.

    "Sugiro a complementao de, aps de ter sido representado pelo colega, o integrante foco da apresentao tome a palavra mostrando as coincidncias da percepo do interlocutor e acrescentando dados para que o grupo o conhea melhor."

    "Permite refletir como devemos ter cuidado com o "pecado" da primeira impresso, e trabalhar-mos com o que temos de real em relao s pessoas."

    "Podemos avaliar nesta dinmica a imagem ideal: o quanto tudo que pensamos ou percebemos da pessoa existe de fato em ns mesmos."

    "Esta dinmica permite trabalhar conceitos, pr-conceitos e inferncias, facilitando a convivncia, o desenvolvimento das relaes interpessoais e garantindo um trabalho em equipe de sucesso."

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    18

    1.14 - Escolha o tema e se apresente

    Objetivos: Promover aprendizagem, apresentao dos participantes, integrao e formao de grupos de trabalho.

    N de Participantes: de 8 a 20 participantes

    Material: Lista de temas previamente escolhidos, expostos em transparncias ou flip-chart, bem como todos os recursos de apresentao solicitados pelos participantes (ou propostos pelos facilitadores): transparncias, retro projetor, quadro branco, flip-chart, pincis hidrogrficos, cartolinas, fita gomada, etc.

    Desenrolar:

    Esta dinmica destina-se a grupos em geral em que se queira treinar tcnicas de apresentao ou formao de equipes.

    Para o bom andamento da dinmica importante que o facilitador coloque disposio do grupo o material e recursos adequados, alm de incentivar e apoiar motivando os participantes. O mais importante comunicar os aspectos principais da maneira mais simples e objetiva possvel. Na verdade no se estaro avaliando as tcnicas de apresentao e, sim, o contedo apresentado.

    Previamente o facilitador prepara uma lista de temas que sero desenvolvidos pelos participantes (vide lista de sugestes ao final).

    Solicita-se que cada participante escolha o seu tema, lembrando que cada um ter dois minutos para discorrer sobre o tema.

    Deve-se, constantemente, estimular a todos para que ningum deixe de participar por timidez ou por outra razo.

    O facilitador concede-se um tempo de quinze minutos para preparao e coloca-se disposio para as orientaes e dvidas necessrias durante o processo de elaborao.

    Ao final das apresentaes, efetuam-se comentrios avaliativos, bem como ouvem-se as opinies dos participantes sobre os demais:

    O que cada um sentiu ao se apresentar? Quais as expectativas? Foi difcil escolher o tema? Como foi a elaborao? Precisou de ajuda? Qual a sensao de ter realizado a "proeza"?

    Sugestes de temas para as apresentaes: Movimento dos Sem-Terra Aborto Implante de Silicone Cirurgia Plstica Vestibular Virgindade (masculina e feminina) Casamento Receber ou oferecer "propina" (suborno) Deus Ecologia Dinheiro Famlia Sexo Internet Qualidade de Vida Saudade Tristeza Morte Cu x Inferno

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    19

    1.15 - Eu sou eu

    Objetivos: Revelar aspectos e caractersticas pessoais dos membros do grupo, bem como possibilitar a cada um a oportunidade para um melhor autoconhecimento, conhecimento das outras pessoas, alm de facilitar a desinibio.

    N de Participantes: de 8 a 30 participantes

    Material: Equipamento de som (CD, cassete ou similar), papel e lpis.

    Desenrolar:

    O facilitador deve deixar o ambiente livre e sem cadeiras.

    Entregam-se papel e lpis para cada participante. Em seguida o facilitador diz: "Nessa folha de papel, escreva, l no alto, EU SOU... e deixe fluir TUDO o que voc acha que . Sem censura. Esse papel seu... pode escrever vontade".

    Coloca-se uma msica suave, em volume baixo, durante o tempo em que os participantes estiverem escrevendo.

    Quando o facilitador sentir que todos j escreveram, orientar a etapa seguinte: "Agora, ns vamos nos apresentar: cada pessoa, no momento em que quiser, dever sair do seu lugar, circular pela sala e falar e falar sobre o seu EU SOU. Poder utilizar o papel que est escrito ou falar livremente".

    Quando TODOS tiverem se "apresentado" o facilitador ir promover uma discusso digirida com perguntas como:

    Como voc se sentiu ao se revelar por inteiro na presena de todos? Como voc est se sentindo agora? Algum identificou algo que ainda no conhecia a respeito de algum do grupo?

    Observaes:

    Se destina a qualquer grupo de pessoas, principalmente para favorecer o conhecimento inter pessoal.

    "A dinmica facilita o entrosamento entre os participantes. No primeiro dia de aula, eu a apliquei em uma turma do 2 ano do Ensino Mdio. Apesar da maioria j ter convivido em um perodo escolar, muitos no tinham conhecimento dos valores e sentimentos dos colegas. Muitas surpresas surgiram com tudo que os alunos disseram. Na avaliao deles, o momento foi bom porque lhes foi dada a chance de falar um pouco sobre cada um."

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    20

    1.16 - Exerccio de confiana

    Objetivos: Acelerar o processo de conhecimento mtuo no grupo; estudar as experincias prpria descoberta; desenvolver a autenticidade no grupo; dar a todos a oportunidade de falar e de escutar.

    N de Participantes: de 3 a 25 participantes

    Material: Um nmero suficiente de papeletas com uma pergunta a ser respondida em pblico por cada membro participante.

    Desenrolar:

    O facilitador faz uma breve introduo do exerccio, falando sobre a descoberta pessoal e a importncia do exerccio. Em seguida distribuir uma papeleta para cada participante.

    Um a um, os participantes lero a pergunta que estiver na papeleta, procurando responder com toda sinceridade.

    Ao final, segue-se um debate sobre o exerccio feito.

    Perguntas para o Exerccio (estas perguntas servem de sugestes para o exerccio) Qual o seu hobby predileto ou como voc preenche o seu tempo de lazer? Que importncia tem a religio na sua vida? O que mais o aborrece? Como voc encara o divrcio? Qual emoo mais difcil de se controlar? Qual a pessoa do grupo que lhe mais atraente? Qual a comida que voc menos gosta? Qual o trao de personalidade que lhe mais marcante? Qual , no momento, o seu maior problema? Na sua infncia, quais foram os maiores castigos ou crticas recebidas? Como estudante, quais as atividades em que participou? Quais so seus maiores receios em relao a este grupo? Qual a sua queixa em relao vivncia grupal? Voc gosta do seu nome? Quem do grupo voc escolheria para seu lder? Quem do grupo voc escolheria para com ele passar suas frias? Voc gosta mais de viver numa casa ou apartamento? Qual o pas que voc gostaria de visitar? Quais so algumas das causas da falta de relacionamento entre alguns pais e filhos? Se voc fosse presidente da Repblica, qual seria sua meta prioritria?

    Variaes A pessoa que sorteia poder ler a pergunta e escolher outro participante para responder.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    21

    1.17 - Galeria de artes

    Objetivos: Apresentao, comunicao e valores pessoais.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Revistas usadas, folhas de flip chart, pincis atmicos, tesouras, cola, papel crepon

    Desenrolar:

    Coloca-se todo o material no centro da sala.

    O facilitador explicar ao grupo que estar numa galeria de artes, onde seus quadros sero expostos.

    Cada participante dever compor seu quadro utilizando somente de figuras, desenhos e palavras.

    Cada participante far seu quadro pessoal de valores.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    22

    1.18 - Imagem e ao

    Objetivos: Trabalhar a integrao e descontrao, sendo indicado tambm para processos seletivos.

    N de Participantes: de 10 a 20 participantes

    Material: Um envelope para cada participante, contendo uma papeleta onde estar escrita uma palavra composta.

    Desenrolar:

    O facilitador distribui para cada participante um envelope contendo um papel onde se encontra um par de palavras compostas, informando que o mesmo s poder ser aberto aps sua autorizao.

    A seguir o facilitador informa que todos receberam palavras compostas e que eles devem identificar uma outra pessoa que tenha uma palavra que seja igual a sua, formando um par e sentando ao lado desta pessoa.

    Aps formarem os pares informa-se que cada dupla ter que criar uma maneira de expressar, de forma no verbal, a palavra que eles possuem em mos, dentro de um tempo mximo de 1 minuto. Os dois participantes devem estar envolvidos de alguma forma nesta apresentao. S podero sentar assim que a palavra for identificada pelo grupo.

    Comentrios:

    Por esta atividade ser estimulante e divertida, indicada para ser utilizada antes mesmo da entrevista em grupo, facilitando assim que os candidatos se sintam mais vontade para iniciar uma apresentao individual.

    No caso do nmero de participantes ser mpar um assistente ou mesmo um outro participante que j se apresentou poder formar a dupla com quem sobrar.

    Muitas vezes dentro de uma organizao no temos disponveis todos os recursos que consideramos importantes para se desenvolver uma determinada atividade, contudo, utilizando-se de criatividade e flexibilidade os resultados podem ser surpreendentes.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    23

    1.19 - Jogando objetos fora

    Objetivos: Promover a integrao, desinibindo as pessoas que compem o grupo.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Papel e caneta.

    Desenrolar:

    O facilitador solicita aos participante que formem um grande crculo, orientando que escrevam em uma folha de papel seu nome, o que gostariam de jogar fora e porque esto jogando fora aquele objeto.

    Exemplo: "vou jogar fora minha caneta porque est sem tinta; vou jogar fora minha bola porque est furada".

    Informa-se aos participantes que todos devem escrever o nome do objeto que esto jogando fora e o porqu.

    Em seguida o facilitador recolhe os papis, embaralhando-os e redistribuindo-os novamente.

    Solicita-se ento aos participantes, individualmente, que leiam o papel que se encontra em suas mos, da seguinte forma: "vou jogar fora..." (ler o nome da pessoa ao invs de ler o nome do objeto) "...porque..." (ler o motivo pelo qual est jogando fora o objeto).

    E assim sucessivamente at que todos leiam o seu papel.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    24

    1.20 - Jogo da bola

    Objetivos: Apresentao, descontrao, integrao, aquecimento, levantamento de expectativas, vitalizador.

    N de Participantes: at 15 participantes

    Material: Bola.

    Desenrolar:

    Todos os participantes ficam em p, inclusive o facilitador, formando um crculo.

    Em posse da bola, cada participante deve dizer: NOME, APELIDO e um "HOBBY".

    Iniciando pelo facilitador, todos se apresentam.

    Aquele que deixar cair a bola, passar para um participante que j se apresentou ou esquecer algum item da apresentao, recebe um "castigo" imposto pelo grupo (imitar, cantar, declamar, etc.).

    Variao:

    Ao invs do apelido ou "hobby", pode-se questionar: estado civil, nmero de filhos, expectativa diante do trabalho (com uma palavra), o que tem de melhor de si para dar ao grupo (em uma palavra). importante haver, no mnimo, trs questes.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    25

    1.21 - Minha bandeira pessoal

    Objetivos: Permitir o auto-conhecimento ao mesmo tempo que permite a apresentao individual dos participantes de um grupo.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Folhas de flip chart (1 para cada participante), lpis de cor, giz de cera, cola, revistas, tesouras, papel crepon, cola colorida e sucata.

    Desenrolar:

    O facilitador distribui uma folha de flip chart para cada participante e coloca o material disponvel (cola, sucata, lpis, etc) no centro da sala.

    Explica-se que a bandeira geralmente representa um pas e significa algo da histria desse pas. Nesta atividade cada um vai construir sua prpria bandeira a partir de seis perguntas feitas pelo coordenador.

    Pede-se que respondam a cada pergunta ( ver lista abaixo) por intermdio de um desenho ou de um smbolo na rea adequada.

    Os que no quiserem desenhar podero escrever uma frase ou algumas palavras ou ainda utilizar-se de recortes de revistas.

    Perguntas: 01. Qual o seu maior sucesso? 02. O que gostaria de mudar em voc? 03. Qual a pessoa que voc mais admira? 04. Em que atividade voc se considera muito bom? 05. O que mais valoriza na vida? 06. Quais as dificuldades e facilidades para voc trabalhar em grupo?

    Ao final o facilitador solicita que cada participante apresente o seu trabalho.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    26

    1.22 - Minha vida pelas figuras

    Objetivos: Integrao, apresentao, aquecimento, sensibilizao, percepo de si, reflexo, comunicao, conhecimento de si.

    N de Participantes: de 10 a 15 participantes

    Material: Figuras diversas (pessoas, formas, animais) de jornais, revistas, em branco e preto ou colorido.

    Desenrolar: Individualmente, solicitar que os participantes pensem (ou escrevam) a estria da sua vida (familiar, afetiva, profissional), por aproximadamente 10 minutos.

    Espalhar figuras pelo cho (ou mesa grande) para que cada um procure aquela que mais se identifica.

    importante, nesta tcnica, ter disponvel um nmero muito maior de figuras do que de participantes para que estes fiquem vontade na escolha.

    Aps todos terem escolhido suas figuras o facilitador solicita-se que cada participante conte, sucintamente, a estria de sua vida atravs da figura, dizendo o que chamou sua ateno sobre ela.

    VARIAO: pode-se eliminar a fase de reflexo individual.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    27

    1.23 - Nome e qualidade

    Objetivos: Aprender o nome dos participantes do grupo de forma ldica; facilitar a integrao.

    N de Participantes: No h limites

    Material: No necessita material

    Desenrolar:

    1. Grupo em crculo, sentado.

    2. O facilitador inicia dizendo alto seu nome, seguido de uma qualidade que julga possuir.

    3. Cada participante, na seqncia a partir do facilitador, repete os nomes e qualidades ditas anteriormente, na ordem, acrescentando ao final seu prprio nome e qualidade.

    Comentrios:

    O desafio desta dinmica aprender de forma lcida como chamar os participantes do grupo, repetindo na seqncia todos os nomes e qualidades ditas anteriormente no crculo, antes de dizer o seu prprio nome. Havendo dificuldade na memorizao da seqncia, o facilitador e/ou o grupo auxiliam a quem estiver falando, pois o importante nesta dinmica que, ao finaliz-la, todos tenham aprendido o nome dos companheiros.

    Nesta atividade, trabalha-se tambm a identidade - Como me chamam? Quem sou eu? - podendo surgir apelidos carinhosos ou depreciativos. importante que o facilitador esteja atento no sentido de perceber e explorar o sentimento subjacente ao modo como cada indivduo se apresenta.

    uma dinmica que pode ser usada no incio do trabalho, quando o grupo ainda no se conhece ou aps um tempo de convivncia, enfatizando as qualidades pessoais e/ou englobando outras questes, como: algo de que se goste muito, o nome de um amigo, divertimento preferido etc.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    28

    1.24 - Nomes e adjetivos

    Objetivos: Permitir a apresentao dos participantes de um grupo, destacando as caractersticas individuais de cada um.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Questionrio e caneta para cada participante.

    Desenrolar:

    O facilitador distribui o Questionrio de Autodefinio as pessoas presentes, solicitando que estas o respondam. Concedem-se dez minutos para responderem.

    Em seguida distribuiem-se as folhas de Adjetivos. Em seguida um por um se apresenta.

    Enquanto cada um se apresenta, cada um do grupo deve dar cinco adjetivos pessoa que est se apresentando, preenchendo a folha Adjetivos com o nome da pessoa e os adjetivos adequados ela.

    Aps todas se apresentarem, recolher as folhas Adjetivos, procedendo a compilao individual dos adjetivos e dando retorno. O facilitador l os referidos adjetivos atribudos a cada uma das pessoas e fazendo um comentrio sobre a forma pela qual as pessoas foram percebidas, se reais ou no.

    Obs.: Passar uma outra atividade ao grupo enquanto faz a compilao ou trazer na prxima sesso. O facilitador dever participar do processo.

    Questionrio de Autodefinio 1. Quem sou eu (nome, profisso)? 2. Onde eu estudo, onde eu trabalho, o que fao no trabalho, qual o meu objetivo nos estudos? 3. O que fao alm de trabalhar e estudar? 4. Sou comunicativo? Porque? 5. Sou uma pessoa observadora? 6. importante para mim o que os outros pensam a meu respeito? Porque? 7. Quais so os meus objetivos de vida? 8. Quando eu solto a imaginao, o que costumo fazer? 9. O que mais me emociana na vida?

    Formulrio de Adjetivos

    Nome da pessoa que est se apresentando:

    _____________________ Adjetivos: _____________________ _____________________ _____________________ _____________________ _____________________

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    29

    1.25 - O nome

    Objetivos: Esta dinmica prope um Quebra-Gelo entre os participantes. Ela pode ser proposta no primeiro dia em que um grupo se encontra. tima para a memorizao dos nomes de cada um.

    N de Participantes: No h limites

    Material: No necessita material

    Desenrolar:

    Em crculo, assentados ou de p, os participantes vo um a um ao centro da roda (ou no prprio lugar) falam seu nome completo, juntamente com um gesto qualquer. Em seguida todos devem dizer o nome da pessoa e repetir o gesto feito por ela.

    Variao:

    Essa dinmica pode ser feita apenas com o primeiro nome e o gesto da pesso, sendo que todos devem repetir em somatria, ou seja, o primeiro diz seu nome, com seu gesto e o segundo diz o nome do anterior e gesto dele e seu nome e seu gesto... e assim por diante. Geralmente feito com grupos pequenos, para facilitar a memorizao. Mas poder ser estipulado um nmero mximo acumulativo, por exemplo aps o 8 deve comear um outro ciclo de 1-8 pessoas.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    30

    1.26 - Oito papis

    Objetivos: Quebrar o gelo e facilitar o conhecimento inicial dos participantes de um grupo.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Papel e pincel atmico.

    Desenrolar:

    Cada participante ir receber uma folha de papel, a qual iro dividir em 8 partes. Em cada parte, dever escrever seu nome, e aps isso, recortar os 8 pedaos.

    O facilitador dever recolher os papis, mistur-los e jog-los no centro da roda. Cada participante, dever ento recolher 8 papis, sem se importar se o seu ou no.

    Aps isso, cada participante dever trocar com os demais participantes, afim de recuperar os seus oito papeizinhos, perguntando o nome de cada participante.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    31

    1.27 - Pendurando no varal

    Objetivos: Permitir a integrao, descontrao, apresentao, percepo de si e do outro, reflexo e auto-avaliao.

    N de Participantes: de 10 a 15 participantes

    Material: Sulfite, caneta, barbante para o "varal", clipes para papel.

    Desenrolar:

    Individualmente solicita-se que cada participante escreva em uma folha de 6 a 8 caractersticas prprias, pedindo que os mesmos no se identifiquem.

    Cada participante que termina dever pendurar sua folha num "varal" previamente colocado na parede ou entre paredes.

    Quando todos terminarem o facilitador pede aos participantes que observem cada sulfite, procurando verificar com qual se identifica mais (que no seja o seu prprio).

    Aps cada participante ter escolhido um dos papis, solicita-se que sentem segundo a escolha de uma pessoa da dupla. Neste momento ocorre a apresentao.

    Posteriormente solicita-se que sentem segundo a escolha do outro parceiro da dupla, tambm para apresentao.

    Ao final, apresentar seus pares em grupo aberto, salientando o porqu da escolha / identificao com aquelas caractersticas.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    32

    1.28 - Piquenique

    Objetivos: Desinibir as pessoas do grupo e promover a integrao.

    N de Participantes: No h limites

    Material: No necessita material

    Desenrolar:

    O facilitador solicita aos participantes que formem um crculo, explicando que cada um dever afixar frente de sua carteira um papel com o seu nome.

    Em seguida o facilitador inicia a dinmica dizendo: eu vou ao pique-nique e vou levar a Alcione (exemplo). Alcione, o que voc vai levar?.

    A pessoa questionada dever responder que levar coisas iniciadas com a primeira letra de seu prprio nome (arroz, ata, alface, etc). Se acertar sai da brincadeira, se errar permanece. Geralmente na primeira rodada ningum acerta pois o facilitador no explica a regra na primeira letra do nome, dizendo apenas quem acertou ou errou.

    Segue-se percorrendo o crculo, comeando pela esquerda, at convidar todos para o pique-nique.

    Ao final o facilitador comea novamente. Chegar o momento em que as pessoas comeam a perceber, por observao e deduo, o que podem levar para o pique-nique.

    Continua-se a dinmica at que restem apenas uma ou duas pessoas, as quais podero pagar uma prenda estipulada pelo colega que descobriu primeiro o que deveria levar para o pique-nique.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    33

    1.29 - Quem falta?

    Objetivos: Promover integrao e descontrao entre os componentes do grupo.

    N de Participantes: No h limites

    Material: No necessita material

    Desenrolar:

    O facilitador solicita aos participantes que formem um crculo, explicando em seguida que cada um dever pegar o crach do colega da direita, assumindo o seu nome.

    Em seguida, quando todos estiverem prontos, com os crachs afixados, o facilitador dever dizer: verificando a lista de presena, percebi que fulano no veio (cita o nome de um dos componentes do grupo).

    A pessoa que estiver com o crach, ou seja, aquela pessoa que assumiu o nome do participante citado, dar um passo frente, respondendo: fulano no falta, quem falta cicrano, e retorna ao seu lugar.

    Aquele que errar deve sair do crculo.

    Considera-se erro quando o nome citado demora a ser respondido.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    34

    1.30 - Quem sou eu?

    Objetivos: Quebra Gelo que facilita o entrosamento e descontrao de um grupo em seu primeiro contato.

    N de Participantes: de 10 a 30 participantes

    Material: Um quadrado de papel (1/4 de um A4) com o nome de um personagem (desenho, novela, histria, fico, etc) para cada participante. Fita crepe ou similar para prender os papis s costas de cada participante.

    Desenrolar:

    Esta dinmica pode ser aplicada por subgrupos caso o nmero de participantes seja excessivo e possa vir a prejudicar a durao.

    O facilitador explica que sero presos s costas de cada elemento um papel contendo um nome e que no devem pronunciar estes nomes pois o colega que o tem preso s costas no pode sab-lo.

    O facilitador ir ento fixar s costas (logo abaixo da gola da camisa) de cada participante um papel contendo o nome de um personagem. Se necessrio poder pedir ajuda a um dos elementos do grupo em cujas costas j tenha sido afixado um dos papis.

    Tendo terminado de fixar os papis em todos os elementos o facilitador explica as regras da dinmica:

    1. Cada elemento tem por objetivo descobrir "quem ele ".

    2. Para tal o elemento ir procurar um parceiro e a ele poder fazer apenas 3 perguntas quaisquer a respeito de seu personagem. O seu parceiro s poder responder com as palavras "sim" ou "no", nem uma palavra a mais.

    3. Em seguida invertem-se as funes e o parceiro quem faz trs perguntas ao seu colega, o qual tambm s poder responder com "sim" ou "no.

    4. Se, com base nas respostas do outro colega, um dos dois descobrir "quem ele ", dever ir ao facilitador e dizer que personagem ele representa naquele momento.

    5. Caso no descubra a dupla se desfaz e vai procurar outro parceiro para reiniciar a sesso de 3 perguntas cada um. E assim sucessivamente.

    A dinmica termina quando: Uma boa parte do grupo tenha conseguido descobrir "quem "; Quando a dinmica exceda o prazo estabelecido; ou Quando o entusiasmo do grupo pela dinmica comece a declinar.

    Uma variante desta dinmica pode ser feita usando-se fotos, desenhos ou caricaturas dos personagens propostos.

    A fim de facilitar a dinmica pode-se tambm restringir o universo de personagens, como por exemplo: desenho animado. Neste caso informa-se ao grupo em que universo seus personagens se encontram.

    Outra adaptao, quando o tempo e o grupo permitem faz-lo, o de pedir queles que no conseguiram descobrir seu personagem que faam uma imitao do mesmo para o restante do grupo.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    35

    1.31 - Rolo de jornal

    Objetivos: Dinmica para apresentao dos elementos de um grupo num primeiro contato.

    N de Participantes: no mnimo 20 participantes

    Material: Um rolo de jornal.

    Desenrolar:

    Esta uma dinmica para conhecer-se, pela primeira vez, os companheiros de um grupo.

    Forma-se um crculo de 20 elementos ou mais sentados. Cada qual dir seu nome uma nica vez e em voz alta. Uma pessoa ao centro do crculo ir segurar um rolo de jornal (largo e grosso).

    Se inicia da seguinte forma: um elemento qualquer do crculo dir o nome de um dos que se anunciaram, por exemplo: Carla. Imediatamente a pessoa que est no centro do crculo tratar de identific-la para dar-lhe uma jornalada (sem muita fora), entretanto Carla ao escutar seu nome ter que lembrar-se rapidamente de outro nome que fora mencionado e diz-lo apontando para a respectiva pessoa. Se no o fizer em tempo levar uma jornalada e ocupar o lugar daquele que estava ao centro do crculo. Se conseguir dizer o nome a tempo o que est no centro do crculo ir atrs deste ltimo que foi mencionado para dar-lhe a jornalada. O jogo no estilo batata-quente pois quem chamado deve rapidamente chamar e apontar outro sem vacilar ou errar, sob o risco de levar a jornalada e ficar no centro do crculo.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    36

    1.32 - Toca, pra e cria

    Objetivos: Facilitar a aprendizagem de algum assunto ou tema, descontrair, possibilitar afinao de trabalho em equipe, exercitar a criatividade, entrosar o grupo.

    N de Participantes: de 8 a 40 participantes

    Material: Equipamento de som (CD, cassete ou similar), cartolinas, flip-chart, pincis coloridos, fita gomada.

    Desenrolar:

    O facilitador informa que ir ser trabalhado ou desenvolvido um tema especfico, utilizando msica, dana, bate-papo, e muita criatividade.

    Escolhem-se, previamente, de cinco a sete palavras-chaves do toma ou assunto tema que ir ser desenvolvido com o grupo. Estas palavras sero escritas no flip-chart.

    Selecionam-se tambm, previamente, algumas msicas que possam ser tocadas para danar, adequadas ao estilo do grupo.

    As cadeiras podem ser afastadas a fim de que se tenha um ambiente mais livre para movimentos.

    O facilitador solicita que se formem duplas informando: "Vocs vo conversar livremente, durante, aproximadamente, dois minutos, sobre a palavra que vou escrever no flip-chart (ou quadro). Ao final dos dois minutos, colocarei uma msica e, cada dupla, comear a danar. Quando a msica parar, as duplas se desfazem e cada pessoa procurar uma outra pessoa e formar uma nova dupla. Nesse momento, eu j terei colocado no flip-chart (ou quadro) uma nova palavra, para uma nova conversa de mais dois minutos".

    Em seguida pode-se sugerir grupos de trs pessoas, para a terceira palavra, grupos de quatro pessoas, para a quarta palavra e assim sucessivamente.

    Ao concluir todas as palavras, orienta-se cada equipe para formar uma frase, com sentido lgico, utilizando, na forma e ordem que quiser, as palavras relacionadas, que foram colocadas no flip-chart. Concede-se dez minutos para essa conversa grupal, de formao da frase.

    Cada grupo dever escrever a sua frase em uma cartolina (ou papel de flip-chart) e fixar em local estabelecido pelo facilitador.

    O facilitador efetua a leitura das frases, destacando as semelhanas, explanando sobre o tema ou assunto, distribuindo um texto (se houver) para leitura, destacando tpicos de interesse.

    Por consenso escolhe-lhe a frase mais bonita ou mais adequada ao assunto-tema e premia-se o grupo (se desejvel) que formulou a frase escolhida.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    37

    1.33 - Um carro, uma flor, um instrumento

    Objetivos: Permitir a apresentao dos integrantes de um grupo de forma descontrada.

    N de Participantes: de 10 a 30 participantes

    Material: Papel e caneta para cada participante.

    Desenrolar:

    O facilitador pede que cada participante escreva no papel o nome de um carro, de uma flor e de um instrumento musical com que se identifica.

    Aps todos escreverem o facilitador junta todos os papis em uma caixa, misturando-os e redistribuindo-os entre os participantes.

    Solicita-se ento que cada pessoa, pela ordem, tente identificar quem que o dono do papel que tirou. Se acertar dever explicar como chegou a esta concluso. Se errar continuar com o papel em suas mos e passar a vez ao prximo participante que tentar adivinhar tambm.

    Variaes:

    Pode-se alterar os objetos. Por exemplo: uma fruta, um esporte e uma msica.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    38

    1.34 - Vou viajar

    Objetivos: Quebra Gelo que ajuda a conhecer os nomes dos elementos do grupo.

    N de Participantes: de 6 a 20 participantes

    Material: No necessita material

    Desenrolar:

    Nesta dinmica no existem vencedores ou vencidos. A equipe poder ajudar quanto algum se sentir com dificuldades. O lder deve usar de perspiccia para induzir o grupo, quando necessrio, auto-ajuda.

    A dinmica pode ser aplicada de duas formas:

    1a Variante

    Esta forma necessita de um lder para cada equipe.

    Cada equipe se posicionar na forma de um crculo e afastada das demais equipes.

    O lder por sua vez ir at equipe de sua responsabilidade, fazendo parte do crculo e dir a frase: "Eu vou viajar e vou levar...", e diz qualquer coisa que lhe ocorra como por exemplo: "..um culos".

    O seguinte sua esquerda ir dizer ento: "Eu vou viajar e vou levar o culos do...", repete o nome do lder, e continua dizendo " e tambm...", da acrescente outro objeto a sua escolha como por exemplo: "... um cozinho".

    A dinmica prossegue com cada um mencionando os itens e respectivos donos de cada um que j tenha falado e assim por diante at o final do jogo.

    Veja como ficaria o dilogo acima de forma contnua:

    Marcelo (lder): "Eu vou viajar e vou levar um culos."

    Diana: "Eu vou viajar e vou levar: o culos do Marcelo e um cozinho."

    Bruno: "Eu vou viajar e vou levar: o culos do Marcelo, o cozinho da Diana e um par de meias."

    Ccero: "Eu vou viajar e vou levar: o culos do Marcelo, o cozinho da Diana, o par de meias do Bruno e mais uma caixa de bombons."

    2a Variante

    Procede-se exatamente igual a 1 variante da dinmica mas sem separar em equipes, de forma que todo o grupo interaja.

    Aqui existe a vantagem de que um nico lder o suficiente, entretanto esta variante se torna mais difcil para os participantes. Quanto o nmero for muito grande (acima de 10 participantes) melhor considerar a 1 variante da dinmica (apesar de que determinados grupos conseguem ultrapassar facilmente este limite).

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    39

    2. ASSERTIVIDADE

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    40

    2.1 - At que ponto sou assertivo

    Objetivos: Rever na prpria vida experincias de assertividade, agressividade e de no assertividade.

    N de Participantes: No h limites

    Material: No necessita material Desenrolar:

    I. O facilitador ler o texto abaixo, deixando um intervalo de tempo depois de cada histria, para que os participantes identifiquem se o personagem foi assertivo, no assertivo ou agressivo; assim como, comentar experincias prprias que tenham recordado e qual resposta assertiva encontraram para o exemplo de no assertividade e de agressividade:

    OCASIO EM QUE NO FUI ASSERTIVO:

    Na semana passada meu irmo pegou R$ 500,00 de minha carteira sem pedir-me; em conseqncia no pude ir ao cinema ver o filme que queria esta noite. Ele costuma fazer coisas como estas, mas nunca lhe digo nada.

    OCASIO EM QUE FUI AGRESSIVO:

    Uma amiga discutia comigo na oficina. Eu tinha dor de cabea, assim lhe disse gritando que ela era uma pessoa sem considerao, imatura, e me fui deixando-a falando sozinha.

    OCASIO EM QUE FUI ASSERTIVO:

    Outro dia, ia eu com um amigo no carro e este me pediu um cigarro; lhe disse que fumar em um espao to reduzido e fechado no me agradava e pedi por favor, que no fumasse enquanto estivssemos dentro do carro. Ele ento apagou o cigarro.

    II. O facilitador solicita aos participantes que faam uma autoanlise sobre os comportamentos (agressivo, assertivo e no assertivo) que demonstram em cada uma das reas da vida:

    Sade Trabalho Economia Famlia Sociedade Estudos (atuais) Valores

    III. O facilitador divide subgrupos para que comentem suas respostas.

    IV. O facilitador conduz um processo para que o grupo anlise como se pode aplicar o que foi aprendido em sua vida.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    41

    2.2 - Concordo, discordo

    Objetivos: Exercitar a capacidade de persuaso, formas de comunicao, bem como proporcionar aprendizagem.

    N de Participantes: de 8 a 20 participantes

    Material: Cartelas previamente elaboradas, contendo frases, expresses ou palavras que possam gerar polmica ou elucidao.

    Desenrolar:

    Esta dinmica indicada para grupos de estudo ou treinamento formado por pessoas que j convivam juntas e que precisem exercitar sua comunicao e o "colocar-se no lugar do outro".

    Previamente o facilitador espalha as cartelas no cho ou sobre uma mesa.

    Cada uma das duplas dever discutir sobre um tema (frase, expresso ou palavra), onde, um dos dois coloca todos os prs, e o outro, todos os contras, ou seja, um concorda com o que est escrito na cartela, o outro discorda.

    O facilitador orienta que cada dupla, antes de pegar sua cartela escolha de quem vai concordar e quem vai discordar.

    Solicita-se finalmente que UM dos membros de cada dupla v at as cartelas e pegue uma.

    Cada dupla ter cinco minutos para sua discusso, persuaso, aceitao ou, quem sabe, consenso.

    Aps cinco minutos invertem-se os papis. Quem concordou passa a discordar vice-versa.

    Ao final, o facilitador abre para comentrios tais como: Quais os sentimentos ou dificuldades de concordar ou discordar? Como foi colocar-se no lugar do outro? Nossas opinies foram baseadas em preconceitos? Temos ou no temos preconceitos?

    Sugestes de frases ou palavras para as cartelas: 1. Componentes nucleares. 2. Aborto. 3. "Manda quem pode, obedece quem tem juzo". 4. Quem tem competncia se estabelece. 5. A conquista uma questo de sorte. 6. Habilitao no trnsito aos 16 anos. 7. Bater nos filhos. 8. Globalizao. 9. Desmatamento na Amaznia. 10. Salrio (altssimo) de jogador de futebol. 11. Mulher no comando de empresas. 12. Homem cozinhando, fazendo supermercado, participando de reunies de pais na escola, etc.. 13. Distribuio das finanas no lar: cada um deve ser dono do seu salrio. 14. TV por assinatura. 15. Sexo na Internet. 16. Infidelidade: os direitos so iguais?

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    42

    2.3 - Consenso

    Objetivos: Desenvolver o trabalho em equipe, assertividade e comunicao.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Um cpia do checklist para cada participante.

    Desenrolar:

    O facilitador distribui uma cpia do checklist para cada participante. Cada um deve selecionar as dez qualidades que consideram mais importantes em ordem decrescente de importncia.

    Quando tiverem terminado, pede-se para riscarem as cinco menos importantes.

    Do-se 10 minutos para o grupo chegar ao consenso sobre quais so as qualidades mais importantes para um profissional.

    Checklist de qualidades pessoais: Para mim importante que uma outra pessoa: tenha senso de humor seja sbia seja bondosa diga o que pretende seja divertida seja lgica seja compreensiva seja receptiva seja amigvel tenha conhecimento seja ultrajante saiba escutar seja digna de confiana seja cnica seja extrovertida seja generosa tenha esprito esportivo seja confiante seja honesta seja atraente seja crtica seja calma seja capaz de entender os outros me compreenda seja falante seja correta escute com ateno seja agressiva seja criativa mantenha o controle seja elegante faa o melhor possvel seja espontnea seja ativa seja madura seja previsvel tenha esprito infantil seja consistente

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    43

    2.4 - Direitos assertivos

    Objetivos: Desenvolver o auto-conhecimento e a assertividade. Explorao da auto-afirmao, suas ligaes e seus limites.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Para cada participante: Folhas e lpis, Folha "Direitos Assertivos: Eu tenho direito", Folha "Direitos Assertivos: Os outros tm direito de receber de mim".

    Desenrolar:

    I. Solicita-se aos participantes que identifiquem individualmente os direitos que crem ter na famlia, no trabalho e na sociedade.

    II. Formam-se subgrupos e se pede que destaquem, com as contribuies de cada participante, pelo menos cinco direitos que o subgrupo cr ter no ambiente familiar, do trabalho e social.

    III. Quanto terminarem, cada subgrupo ler suas concluses pedindo-se que se expliquem separadamente cada um dos pontos solicitados.

    IV. O facilitador pede ento que, dado que foram determinados estes direitos, passem a determinar aqueles direitos os membros de sua famlia, os colegas de trabalho e a sociedade tm direito de receber de cada participante.

    V. O facilitador conduz um processo para que o grupo analise como se pode aplicar o aprendizado obtido em sua prpria vida.

    DIREITOS ASSERTIVOS (folha para o participante)

    EU TENHO DIREITO:

    Em minha casa a...

    Em meu trabalho a...

    Em meu grupo de amizades a...

    (folha para o participante)

    OS OUTROS TM O DIREITO DE RECEBER DE MIM:

    Em minha casa a...

    Em meu trabalho a...

    Em meu grupo de amizades a..

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    44

    2.5 - Escalada

    Objetivos: Permitir que os participantes experimentem xito na comunicao em situaes de tenso. Capacitar os participantes para a comunicao em situaes de tenso.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Folhas de papel e lpis para cada participante.

    Desenrolar:

    O grupo deve ser dividido em subgrupos de 6 a 8 participantes.

    I. O facilitador introduz a dinmica e apresenta os objetivos.

    II. Conduz-se uma chuva de idias para formar uma lista de situaes tpicas de tenso (aproximadamente 10 minutos).

    III. Conversa-se um pouco a fim de definir assertividade e apresentam-se algumas orientaes especficas para a formulao de respostas assertivas.

    IV. Distribui-se lpis e papel para que cada participante registre uma situao real ou hipottica que produza tenso e que eles gostaria de praticar para obter uma resposta adequada. Acrescenta-se que cada participante tambm dever anotar uma resposta assertiva que gostaria que fosse capaz de obter na situao que descreveu. D-se um tempo de 10 minutos.

    V. Os participantes formam pares para compartilhar o que cada um escreveu.

    VI. Pede-se que os pares formem ento grupos de 4 a 6 participantes

    VII. O facilitador diz que cada um dos participantes de cada grupo vai voluntariamente compartilhar sua situao e lhe ser pedido que responda aos membros de seu grupo.

    VIII. O facilitador diz aos membros de cada grupo que se formem em uma fila e em frente ao voluntrio e seu respectivo par. Explica que essas pessoas atuaro como "disputadores" para criar uma situao tensa. A pessoa da esquerda designada como o "disputador suave" e os papeis vo aumentando da esquerda para a direita de tal forma que o membro da direita servir como o "disputador mais severo".

    IX. O facilitador explica os papeis (voluntrio, companheiro e disputadores) que vo ser representados pelos membros do grupo:

    1. O voluntrio vai relatar a situao de tenso que havia descrito. Logo responder a cada disputador por vez. Dever faz-lo com a resposta assertiva que havia exporto e que gostaria de ser capaz de dar.

    2. O companheiro do voluntrio vai se assegurar de que o voluntrio entende a situao e apoi-lo em sugerir respostas especficas e assertivas como seja possvel. Ele acompanha o voluntrio no seguinte: a) assegura-se de que os disputadores se apeguem as orientaes que lhe foram dadas; b) oferece apoio, por meio de sua presena, ao voluntrio; c) solicita retroalimentao positiva por parte dos membros do grupo ou sobre execuo dos voluntrios depois de cada novo disputador que lhes tenha enfrentado; d) consulta-se com o voluntrio seguindo cada solicitao de retroalimentao, para uma melhor resposta at o seguinte disputador, o voluntrio poder ou no improvisar sua resposta.

    3. Cada disputador vai desempenhar um papel de antagonista na situao descrita pelo voluntrio e vai permanecer fiel quela situao sem aument-la ou adapt-la. Cada disputador vai caracterizar o papel com o grau de intensidade que lhe foi passado (suave ou severo). Os disputadores "suaves" podem fazer uma pergunta ou declarao, e a se continua. (Os disputadores que se encontram na posio mais direita so advertidos que no disputem de forma definitiva.) Finalmente, todos os disputadores tm que assegurar uma boa experincia para o voluntrio, permitindo-o perseguir e desejar cada encontro.

    X. Leva-se a fim ento toda a caracterizao (aproximadamente vinte minutos).

    XI. Os membros de cada grupo discutem a atividade focando nos pontos que ajudaram ou bloquearam o voluntrio no momento de dar respostas assertivas e em que grau as experincias fizeram com fossem aplicadas a sua confiana e suas aptides para comunicar respostas.

    XIII. Os passos X a XII se repetem com os outros voluntrios, se puder-se contar com tempo suficiente.

    XIII. O facilitador guia um processo para que o grupo anlise como se pode aplicar o que foi aprendido em sua vida.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    45

    2.6 - Exerccios de assertividade

    Objetivos: Verificar a assertividade dos participantes de um grupo.

    N de Participantes: No h limites

    Material: No necessita material

    Desenrolar:

    Cara participante ir, por sua vez, responder ao grupo como se comportaria diante de uma das situaes abaixo.

    O facilitador pode sortear ou escolher a situao de acordo com o participante, sendo que mais de um participante pode utilizar a mesma situao pois, provavelmente, eles iro apresentar solues diferentes para um mesmo caso:

    1. Voc cometeu um erro em algum aspecto do seu trabalho. O seu superior lhe diz asperamente que isso no admissvel num cargo como o seu. A aspereza do seu chefe tem sido muito freqente em qualquer situao. Voc tem se sentido muito mal com isso. Voc...

    2. Um dos seus colegas de trabalho na empresa tem feito crticas sobre voc e seu trabalho, at para o seu chefe. Voc...

    3. Um amigo pede emprestado o seu carro novo para sair com a namorada. Voc...

    4. Um colega de faculdade que voc no gosta muito, costuma ligar para sua casa na hora do jantar, que o nico momento que voc tem para ficar com sua famlia. Voc...

    5. Sua namorado (a) engordou um pouco nos ltimos tempos, e isso te incomoda. Voc...

    6. Um dos seus cliente costuma te ligar quando voc est se preparando para encerrar o expediente. Voc...

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    46

    2.7 - Fotoproteo

    Objetivos: Permitir a cada um expressar sua maneira de ser. Descrever como cada pessoa se expressa segundo sua experincia.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Uma fotografia por equipe que manifeste uma situao humana de forma um pouco "camuflada" para que seu significado no seja evitente, mas no de forma to velada que seu significado seja totalmente vago, quer dizer, uma fotografia que ajuda a imaginao e a projeo pessoal.

    Desenrolar:

    Para esta dinmica dividi-se o grupo em equipes de 4 a 6 participantes.

    I. O facilitador mostra uma fotografia (cada equipe receber uma foto). Cada participante ter 5 minutos para descrever o que se aconteceu antes desta foto, que est acontecendo nela e o que vai acontecer depois.

    II. Cada equipe vai passando a foto de mo para os participantes da mesma.

    III. Quando cada participante tenha escrito sua narrao, comentar de forma verbal, pelo menos durante 3 minutos, com os companheiros de sua equipe, a sua percepo do antes, durante e depois da cena da foto.

    IV. Quando cada um dos participantes da equipe tenha exposto sua percepo da cena, o facilitador pedir a cada equipe que escolha um voluntrio para participar de um breve plenrio.

    V. O facilitador conduz uma discusso dirigida para que o grupo analise como se pode aplicar o que foi aprendido em sua vida.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    47

    2.8 - Laranjas Ugli

    Objetivos: Colocar os participantes em situao de negociao a fim de se observar a negociao, persuaso, criatividade, foco no objetivo, fluncia verbal, produtividade sob tenso e saber ouvir.

    N de Participantes: de 15 a 25 participantes

    Material: Cpia do texto para cada participante.

    Desenrolar:

    Escolher de um a trs voluntrios que representaro o produtor de laranjas ugli e dividir o restante da turma em dois grupos.

    Texto para os produtores:

    Vocs so os nicos produtores de laranjas ugli no Pas, uma qualidade rara de laranjas, uma verdadeira descoberta, com sementes importadas do Oriente Mdio que segundo as ltimas descobertas, tem um grande poder curativo e poder ser usado na composio de drogas poderosas no combate a doenas graves. Trata-se de uma produo modesta.

    Em breve estaro recebendo algumas propostas de grandes laboratrios.

    Cada um dos laboratrios que esto interessados na produo de Laranjas Ugli precisam de um componente especfico da Laranja. Um est interessado na casca, outro do bagao, e assim por diante. Entretanto este detalhe no ser abordado pelos produtores, esperando-se que os representantes dos Laboratrios percebam e entrem num acordo ganha-ganha. Ainda sobram o suco e a semente. As sementes interessam aos produtores para replantio. Os produtores investiram no plantio desta qualidade de Laranja com objetivo de lucro e a procura dos Laboratrios valorizam ainda mais esta qualidade de laranjas.

    Texto do grupo 1:

    Vocs fazem parte do quadro de cientistas de um grande Laboratrio multinacional, Labosade, que est prestes a descobrir uma droga que ser a soluo definitiva para a cura da Aids. Esto dependendo apenas de uma matria prima rara, a casca da laranja ugli, muito difcil de ser encontrada no mercado, porm acabaram de descobrir um produtor de laranjas Ugli, que tem uma produo abaixo das necessidades do Labosade, mas devido a grande dificuldade de se conseguir esta espcie rara de laranjas, uma grande descoberta e o Laboratrio empenhar todos os seus esforos para que esta produo seja integralmente fornecida para este grandioso projeto. Fechar negcios com esse produtor ser a soluo para que o Labosade resolva todos os seus problemas financeiros e assuma expresso no mercado mundial pela grande descoberta...

    Texto do grupo 2:

    Vocs fazem parte do quadro de cientistas de um grande laboratrio: Labormed, que acaba de descobrir uma droga que previne e cura de qualquer tipo de cncer. O grande drama est sendo em relao a matria prima que o bagao da laranja ugli, para confeco da droga. Acabaram de ter notcias de um produtor cuja produo inteira viria atender a necessidade do laboratrio para colocar no mercado uma droga que iria prevenir e aliviar o sofrimento de muitas pessoas. O grande desafio do Labormed convencer esse produtor de laranjas to raras e valorizadas, a fornecer toda sua produo em benefcio deste projeto que ser um grande benefcio para a humanidade alm de lanar o Labormed entre os maiores Laboratrios do mundo.

    Cada equipe ter a misso de convencer o produtor a fornecer toda a sua produo de laranjas ugli. O facilitador solicitar as duas equipes que leiam suas informaes e dar 10 minutos para escolherem um negociador que representar a empresa em reunio com produtores de laranja. A reunio dever durar 20 minutos, ao fim da qual devero ter chegado a alguma concluso.

    Aps chegarem concluso final, os participantes fazem avaliao da sua participao e do resultado da reunio.

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    48

    2.9 - O que voc?

    Objetivos: Facilitar a apresentao, identificao, levantamento de expectativas, anlise, analogias, reflexo, avaliao e comunicao.

    N de Participantes: at 10 participantes

    Material: Objetos pessoais, objetos de escritrio, sucata.

    Desenrolar:

    Colocam-se vrios objetos dos participantes no cho da sala de modo que todos possam ver (brincos, relgio, pulseira, anel, caneta, etc.).

    O grupo, sentado em crculo, observa os objetos e, ao comando do facilitador, escolhe aquele que mais lhe agrada.

    Um a um, os participantes vo se apresentando atravs do objeto, como se fosse ele, verbalizando em primeira pessoa.

    O que sou eu?

    Quais minhas caractersticas?

    Quais so meus sonhos?

    Quais so minhas expectativas?

    O que eu pretendo no evento?

  • Dinmicas de Grupo

    Todas as dinmicas aqui mostradas foram obtidas de sites na internet. Mais dinmicas e vdeos em: http://valdirpedrosa.4shared.com

    49

    2.10 - Submisso, agresso, assertividade

    Objetivos: Experimentar e diferenciar os comportamentos no verbais assertivos, dos agressivos ou de submisso. Aumentar a conscincia do nosso comportamento assertivo.

    N de Participantes: No h limites

    Material: Flip-chart e pincis atmicos.

    Desenrolar:

    I. O facilitador pede aos participantes que faam uma lista do que associam com a palavra "assertivo" e registrem suas respostas no flip-chart.

    II. Pede-se a eles que pensem no indivduo mais submisso que conheam, (quer dizer, no assertivo). Individualmente imaginem as caractersticas de conduta que associam com essas pessoas. Porteriormente, o facilitador pede a todos que andem de um lado para o outro, tomando atitudes submissas, sem utilizar-se de palavras.

    III. Depois de 5 minutos, pede-se aos participantes que permaneam como "estatuas", em uma posio que demonstre comportamento submisso e olha as pessoas ao ser redor, identificando similaridades em seus comportamentos.

    IV. O facilitador solicita comentrios sobre as manifestaes no-verbais de submisso (ou no assertivas). Faz um alista com elas no flip-chart. Normalmente os comentrios incluiro componentes tais como um contato visual, posturas, expresses faciais e interao distncia.

    V. Depois que todas as respostas so registradas pelo facilitador, os participantes trocam de seu comportamento de submisso para um de agressividade. Novamente, pede-se que pensem no comportamento da pessoa mais agressiva que tenham visto, utilizando o espao do local da forma que desejaram para desempenhar seu papel agressivo com atitudes no-verbais. A nica restrio que existe que no existam abusos fsicos ou destruio de propriedade.

    VI. Ao final dos 5 minutos, o facilitador orienta aos participantes que permaneam como "estatuas", mostrando um comportamento agressivo e olhando ao seu redor para observar similaridades no comportamento dos outros participantes.

    VII. Posteriormente se solicita comentrios sobre as similaridades dos comportamentos no-verbais que foram observados e que esto relacionados com a agressividade, anotando os comentrios no flip-chart.

    VIII. O facilitador descreve as caractersticas do comportamento de uma pessoa assertiva, enfocando os componentes no-verbais. "A pessoa assertiva estabelece bom contato visual, pra confortavelmente mas firme sobre seus ps, com seus braos estendidos naturalmente. A pessoa assertiva defende seus direitos ao mesmo tempo que respeita aos demais; est consciente de seus sentimentos e os trabalha to logo estes se manifestem, cuida de suas tenses e reorienta-as de forma construtiva". Se pode resumir: "A pessoa assertiva usa frases com "EU", usa palavras cooperativas, controla oraes que enfatizam seu interesse e busca equilbrio em seu poder".

    IX. O facilitador solicita aos participantes que pensem em uma pessoa que tenham observado e que se adaptem, da melhor forma possvel, a sua descrio de uma pessoa assertiva e representem o comportamento dessa pessoa de forma no-verbal.

    X. Depois de 5 minutos, o facilitador pede que aos participantes que permaneam como "es