AS2 ASSISTENTE ATENDIMENTO INDIVIDUAL ARAPIRACA … - 2007/Prova... · Qual a função da linguagem...

of 12/12
  • date post

    13-Nov-2018
  • Category

    Documents

  • view

    214
  • download

    0

Embed Size (px)

Transcript of AS2 ASSISTENTE ATENDIMENTO INDIVIDUAL ARAPIRACA … - 2007/Prova... · Qual a função da linguagem...

  • 19/06/2005

    Vestibular CESAMA 2005/2 1

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 2

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 3

    PORTUGUS

    As questes 1 e 2 referem-se ao texto seguinte. 1

    3

    5

    regra disciplinar e de sade: na escola pblica Sydneys Arncliffe, na Austrlia, tornou-se obrigatrio o uso de culos escuros, at para crianas que esto no jardim de infncia. O Hospital dos Olhos de Sydney alertou para os riscos da exposio aos raios ultravioleta.

    (Isto, 8/8/2007)

    01. Qual a funo da linguagem evidente no texto? A) referencial

    B) metalingstica

    C) conativa

    D) potica

    E) apelativa 02. Os termos dos olhos (linha 4) e aos raios ultravioleta

    (linha 5) so, respectivamente,

    A) adjunto adnominal e complemento nominal.

    B) complemento nominal e adjunto adverbial.

    C) adjunto adnominal e objeto indireto.

    D) adjunto adnominal e adjunto adnominal.

    E) complemento nominal e predicativo do objeto. 03. Assinale a alternativa que no viola a concordncia verbal,

    do ponto de vista da norma-padro da lngua portuguesa.

    A) J houve cargos bem remunerados naquela empresa.

    B) Devem haver muitas pesquisas sobre o tema proposto.

    C) Se houvessem vagas suficientes, no haveria vestibular.

    D) Em breve, no havero mais pessoas honestas na cidade.

    E) O motorista e o passageiro j havia sado do veculo. 04. Assinale a alternativa em que o a inicial do pronome

    demonstrativo no deve receber o acento indicativo da crase.

    A) A atitude do sndico prejudicou a esse morador, mas no aquele.

    B) Refiro-me aquela pea a que assistimos sbado passado. C) Quanto aquele problema, j o resolvi. D) O gerente do banco autorizou o emprstimo aquela

    depositante.

    E) Guilherme odiava aquelas pessoas; achava-as tolas, imbecis.

    As questes 5 e 6 referem-se ao texto seguinte.

    1

    3

    5

    7

    9

    11

    13

    15

    17

    19

    21

    O bruxo Ns dois, Paulo e eu, precisvamos planejar o que

    fazer, como fazer. Pai e me no se largavam mais do homem. Antes juravam sobre o que ele dizia. E pai estava morrendo a olhos vistos. Hoje amanhecera sem poder levantar-se, lvido, as pernas sem foras, vergando para trs.

    Mas, noite, aquele homem reuniria todos ao redor da mesa, pediria bebidas e cigarros e falaria pelos espritos, at arriar de bbado.

    Ele surgira estrada a fora e entrara. Viera curar pai da diabetes, se em troca lhe desse alguns alqueires de terra. Pai escreveu num papel a doao do Cana Caiana, metade de seu gado, matas para extrao de madeira e pusera tudo no cofre.

    O homem queria aquilo, queria as terras, as matas, o gado. Tinha o poder da morte nas mos e tomaria tudo do pai, que no tinha mais foras. Nem foras, nem fala.

    Pai, voc vai morrer. Este homem o est matando. Me, este homem est matando o pai. Calado, calado. Se ele ouve o que dizes,

    morreremos todos. (Helinia Ceres)

    05. De acordo com o texto,

    A) a expresso tinha o poder da morte nas mos (linha 16) quer dizer que o homem fazia o que queria da morte.

    B) os filhos no queriam a cura do pai. C) a autora busca mostrar a fraqueza do homem diante da

    bruxaria.

    D) o diabtico faria tudo o que estivesse ao seu alcance para receber a cura.

    E) a idia central relatar a crena humana diante do espiritismo ou bruxaria.

    06. Os termos em negrito na linha 18 so, respectivamente, A) sujeito, predicado nominal e objeto direto.

    B) vocativo, predicado verbal e objeto direto.

    C) sujeito, predicado verbo-nominal e adjunto adnominal.

    D) vocativo, predicado nominal e objeto direto.

    E) vocativo, predicado verbal e adjunto adnominal. 07. Assinale a alternativa em que o se tem a funo sinttica de

    partcula apassivadora. A) O mestre sorriu-se da tradio. B) Passavam-se os dias, e nada acontecia. C) Tal era o plano importantssimo, que o Messias se

    propusera realizar sobre a terra.

    D) Feitas as excees devidas, no se lem muito os clssicos no Brasil.

    E) E deixou-se estar a contempl-la, mudo e tranqilo, como um faquir.

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 4

    As questes 8 e 9 referem-se ao texto seguinte. 1 3 5 7

    Aquela mulher ruiva e de cabelos ensolarados, o chapu preto bem no alto da cabea, a casaquinha de veludo azul, e estofada pelo volume duro dos peitos apertados por baixo, que subiam e desciam no balano da respirao, a mo esquerda segurava senhoril e graciosa as rdeas, a direita brincava com o chicote de prata nas dobras da amazona, toda ela empinada, fazendo com seu cavalo um todo de esttua [...]

    (Autran Dourado) 08. Indique o tempo e o modo dos verbos subiam/desciam

    (linha 4) e segurava/brincava (linhas 5 e 6). A) Todos esto no pretrito imperfeito do indicativo. B) Pretrito imperfeito e pretrito mais-que-perfeito do

    indicativo, respectivamente.

    C) Presente e pretrito perfeito do indicativo, respectivamente. D) Todos esto no pretrito perfeito do indicativo. E) Pretrito perfeito e pretrito imperfeito do indicativo,

    respectivamente. 09. Dadas as afirmaes referentes ao texto,

    I. Na substituio do termo em negrito (linhas 5-6), por pronome, ter-se-ia a seguinte construo: segurava-lhes.

    II. A palavra ensolarados (linha 1) formada pelo processo de prefixao.

    III. A palavra alto (linha 2) funciona, no texto, como adjetivo.

    IV. Os adjetivos senhoril e graciosa (linha 5) referem-se ao termo as rdeas (linhas 5-6).

    verifica-se que A) somente a I e a III esto corretas. B) todas esto incorretas. C) somente a I est correta. D) todas esto corretas. E) somente a II e a III esto incorretas. 10. Faz parte da linguagem coloquial o uso do verbo ter no lugar

    de haver com sentido de existir ou acontecer. Dados os perodos seguintes, quais deles esto incorretos, considerando-se a norma-padro da lngua portuguesa?

    I. Tem gente que no sabe o que diz.

    II. Tem muito mato naquele campo.

    III. Ontem no teve aula em nosso colgio.

    IV. Hoje vai ter uma festa na casa de nosso tio.

    V. Ter vegetao aquele planeta? A) II, III, IV, V B) I, III, V C) II, III, V D) I, II, IV, V E) I, II, III, IV

    INFORMTICA

    Baseando-se na figura abaixo, responda as questes 11 e 12. 11. Assinale a afirmativa correta.

    A) Para abrir o aplicativo Calculadora, suficiente escolher a

    opo Executar... do menu Iniciar, digitar calc e clicar no boto OK.

    B) Na Lixeira so armazenados arquivos danificados ou infectados por vrus.

    C) Ao clicar no cone abre-se uma janela de configurao de rede e Internet.

    D) A partir da opo Painel de Controle, do menu Iniciar, possvel visualizar os arquivos abertos recentemente.

    E) Ao clicar no cone da rea de Trabalho visualiza-

    se as pginas visitadas recentemente na Internet. 12. Dadas as proposies abaixo,

    I. possvel acessar as Propriedades de Vdeo do computador clicando com o boto direito do mouse sobre a rea de Trabalho e escolhendo a opo Propriedades.

    II. Ao clicar no cone da rea de Trabalho abre-

    se uma janela onde possvel visualizar arquivos pessoais do usurio.

    III. A partir da seqncia de opes Documentos Acessrios Bloco de Notas, possvel abrir o aplicativo Bloco de Notas.

    est correto o que se afirma em A) II e III. B) I, II e III. C) I e II. D) III, apenas. E) I e III.

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 5

    A figura abaixo serve como base para responder a questo 13. 13. Normalmente, o Excel cria 3 (trs) planilhas (Plan1, Plan2 e

    Plan3), sempre que iniciada uma nova pasta de trabalho, como mostra a figura acima. Esta quantidade de planilhas poder ser alterada na prxima nova pasta a ser criada seguindo os passos:

    A) Menu Exibir > Personalizar modos de exibio ...

    B) Menu Formatar > Planilha > Reexibir...

    C) Menu FERRAMENTAS > Opes ... > Guia Geral > Nmero de planilhas na nova pasta.

    D) Menu Exibir > Normal

    E) Menu FERRAMENTAS > Opes ... > Guia Editar > Nmero de planilhas na nova pasta.

    14. Dadas as proposies a seguir,

    I. O sufixo .gov significa um site governamental e .com um site no comercial.

    II. Uma pgina da web como: www.fundepes.br, possui vrios endereos especficos, algumas vezes chamados de URLs.

    III. A Internet um sistema que conecta milhes de computadores em todo o mundo.

    IV. A maneira mais comum de navegar pela Web clicando em links que so representados por textos ou figuras.

    verifica-se que est correto apenas o que se afirma em A) I e IV.

    B) II, III e IV.

    C) I.

    D) III e IV.

    E) II e III.

    15. O novo recurso do Word 2003 que facilita as aes mais comuns, como aplicar formatao, abrir, salvar arquivos, mala direta, etc., o

    A) Painel de Edio B) Painel de Formatao C) Painel de Controle D) Painel de Configurao E) Painel de Tarefas

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 6

    CONHECIMENTOS ESPECFICOS

    Baseando-se na Lei Complementar 123/2006 (Lei Geral da MPE), responda as questes de 16 a 18. 16. Acerca do Comit Gestor de Tributao das Microempresas

    e Empresas de Pequeno Porte, errado afirmar:

    A) A atualizao dos valores deliberada pelo Comit Gestor

    ser efetivada mediante a edio de lei ordinria.

    B) Ser presidido e coordenado por um dos representantes da Unio.

    C) O Comit Gestor elaborar seu regimento interno mediante resoluo.

    D) Comit Gestor de Tributao das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, vinculado ao Ministrio da Fazenda, composto por 2 (dois) representantes da Secretaria da Receita Federal e 2 (dois) representantes da Secretaria da Receita Previdenciria, como representantes da Unio, 2 (dois) dos Estados e do Distrito Federal e 2 (dois) dos Municpios.

    E) Os representantes dos Estados e do Distrito Federal no Comit referido no inciso I do caput deste artigo sero indicados pelo Conselho Nacional de Poltica Fazendria CONFAZ e os dos Municpios sero indicados, um pela entidade representativa das Secretarias de Finanas das Capitais e outro pelas entidades de representao nacional dos Municpios brasileiros.

    17. Dadas as afirmaes a seguir,

    I. As microempresas e as empresas de pequeno porte optantes pelo Simples Nacional no faro jus apropriao nem transferiro crditos relativos a impostos ou contribuies abrangidos pelo Simples Nacional.

    II. As microempresas e as empresas de pequeno porte optantes pelo Simples Nacional no podero utilizar ou destinar qualquer valor a ttulo de incentivo fiscal.

    III. A excluso do Simples Nacional ser feita de ofcio, no podendo ocorrer por opo das microempresas ou das empresas de pequeno porte.

    IV. Nas licitaes pblicas, a comprovao de regularidade fiscal das microempresas e empresas de pequeno porte somente ser exigida para efeito de assinatura do contrato.

    verifica-se que

    A) apenas a II est correta.

    B) apenas I e II esto corretas.

    C) I, II e IV esto corretas.

    D) apenas II e IV esto corretas.

    E) I, II e III esto corretas.

    18. No se inclui no regime diferenciado e favorecido previsto nesta Lei Complementar, para nenhum efeito legal, as seguintes pessoas jurdicas, exceto:

    A) A pessoa jurdica resultante ou remanescente de ciso ou qualquer outra forma de desmembramento de pessoa jurdica que tenha ocorrido em um dos 5 (cinco) anos-calendrio anteriores.

    B) A pessoa jurdica constituda sob a forma de cooperativas de consumo.

    C) A pessoa jurdica que participe do capital de outra pessoa jurdica.

    D) A pessoa jurdica constituda sob a forma de sociedade por aes.

    E) A pessoa jurdica que exera atividade de banco comercial, de investimentos e de desenvolvimento, de caixa econmica, de sociedade de crdito, financiamento e investimento ou de crdito imobilirio, de corretora ou de distribuidora de ttulos, valores mobilirios e cmbio, de empresa de arrendamento mercantil, de seguros privados e de capitalizao ou de previdncia complementar.

    19. A gesto participativa tem sido considerada como um

    importante elemento integrador de equipe de trabalho. Para que funcione adequadamente preciso um nvel de amadurecimento dos colaboradores a utilizarem meios que facilitem a integrao. Nesse sentido, deve-se evitar

    A) responsabilidade interdependente dos membros. B) definio das atividades feita pelas chefias. C) comunicao aberta entre os membros. D) coeso. E) objetividade no seu funcionamento.

    20. Quando duas ou mais pessoas se envolvem em um mesmo

    processo organizacional, alm das normas e regras de funcionamento institucional e das habilidades tcnicas envolvidas na atividade, inicia-se, a, um processo de relacionamento interpessoal. Pode-se considerar que esse tipo de relacionamento de natureza sistmica e complexa. A comunicao entre os participantes torna-se fundamental; para tanto, preciso

    A) deixar claro os objetivos da atividade a ser executada. B) reinterpretar mensagens, fazendo alteraes. C) usar conceitos que apenas um dos interlocutores entenda. D) no pedir esclarecimentos de dvidas contidas nas

    mensagens.

    E) julgar preconceituosamente um dos participantes. 21. O uso de equipes de trabalho tem aumentado nas

    organizaes contemporneas. O pressuposto de seu funcionamento o da existncia de comprometimento entre seus membros em trabalhar de forma coletiva para alcanar um alto desempenho. Nesse ambiente de equipes, possvel perceber que

    A) as tarefas exigem habilidades e conhecimentos amplos. B) a disposio a tomar riscos desencorajada. C) as pessoas trabalham sozinhas. D) as tarefas so estritamente definidas. E) os administradores planejam o trabalho.

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 7

    22. Com a disseminao do uso de computadores e internet nas empresas, a gesto da informao tende a assumir particular importncia ao garantir o acesso rpido e facilitado a dados relevantes para os processos de tomada de deciso. Nesse sentido, as informaes organizacionais se caracterizam por serem

    A) relevantes, em grande quantidade, precisas, transmitidas para o local certo e no tempo correto.

    B) relevantes, com qualidade mediana, precisas, transmitidas para o local certo e no tempo correto.

    C) relevantes, com qualidade suficiente, precisas, transmitidas para o local certo e no tempo correto.

    D) relevantes, com qualidade suficiente, imprecisas, transmitidas para o local certo e no tempo correto.

    E) relevantes, com qualidade suficiente, precisas, transmitidas para o local certo e sempre ao final do expediente.

    23. O Portal do Secretariado Executivo apresenta um Glossrio

    de Terminologia Arquivstica. Segundo esse glossrio, A) Listagem a enumerao aleatria de documentos. B) Usurio a pessoa que elabora a catalogao dos

    documentos.

    C) Acervo o conjunto de documentos guardados em uma gaveta.

    D) Sala de consulta o local onde ficam guardados os arquivos.

    E) Consulta a ao de examinar ou conhecer um documento.

    24. Pode-se considerar que reunies so ocasies importantes para orientar, informar, avaliar novas idias e obter consenso sobre decises. O alcance de tais objetivos est diretamente relacionado organizao do evento. Na fase de planejamento da reunio,

    A) as discusses so devidamente coordenadas. B) feita a seleo dos participantes e divulgada a pauta de

    assuntos.

    C) procedida a abertura dos trabalhos. D) so feitas deliberaes. E) a ata elaborada. 25. O acesso a modalidades de crdito pode ser considerado

    uma das dificuldades para o crescimento e a consolidao de pequenos empreendimentos no Brasil. No entanto, antes de acessar mecanismos de crdito, o empresrio precisa estar ciente de sua real necessidade de contrair compromisso financeiro. As afirmaes abaixo, descrevem elementos que deveriam ser verificados pelo empresrio antes da deciso de acessar canais de crdito, exceto:

    A) Se o financiamento est sendo feito para cobrir outro. B) Se possvel diminuir custos internos. C) Se o financiamento condio imprescindvel para o

    sucesso da empresa.

    D) Se a empresa ter condies de pag-lo. E) Se os colaboradores conhecem o negcio da empresa.

    26. Na pgina eletrnica do SEBRAE-SP h a seguinte afirmao: Segundo recentes pesquisas, o atendimento de qualidade ao cliente o que determinar o crescimento das empresas na prxima dcada. Seguindo tal linha de raciocnio, pode-se inferir que o atendimento de qualidade implica uma das seguintes proposies:

    A) Baixa disposio dos clientes a pagar mais pelos produtos e/ou servios.

    B) Menor autonomia e apoio ao pessoal da linha de frente. C) Relacionamento de parceria. D) Compromisso restrito aos setores decisrios da empresa. E) Fechamento de um canal de comunicao entre cliente e

    empresa.

    27. Dentre os motivos listados abaixo, selecione o que no se

    caracteriza como uma razo para atender bem o cliente. A) Nem sempre se tem uma segunda chance para causar boa

    impresso.

    B) Recuperar um cliente perdido custar 10 vezes menos que mant-lo.

    C) O cliente bem tratado volta sempre. D) Relaes eficazes com os clientes fortalecem a opinio

    pblica favorvel empresa.

    E) O profissional de atendimento tem cerca de 70% da responsabilidade sobre a satisfao do cliente.

    28. Com o advento da internet, a biblioteca est deixando de ser um espao de localizao de material impresso para se constituir num meio de acesso de material digitalizado. Dessa forma, possvel

    A) utilizar componentes de informao multimdia.

    B) acabar com os livros impressos.

    C) manter barreiras de distribuio.

    D) fazer essa transio com poucos recursos.

    E) garantir o acesso desigual de informao.

    29. Para garantir o uso eficiente do tempo, a elaborao da agenda precisa ser confivel, contendo informaes precisas em relao aos compromissos marcados. Nesse sentido,

    A) a programao dos compromissos depende apenas da

    secretria.

    B) o local de realizao dos compromissos irrelevante para a definio de horrios.

    C) antes de confirmar um novo compromisso, preciso verificar se o horrio definido est realmente disponvel.

    D) os compromissos agendados no precisam ter previso de encerramento.

    E) torna-se impossvel postergar um compromisso previamente agendado.

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 8

    30. Ao realizar o projeto de investimento em sua empresa, Afonso ficou em dvida em relao nomenclatura dos indicadores teis para sua avaliao. Sabia, no entanto, que era necessrio medir a escala do projeto, ou seja, a ordem de grandeza dos recursos envolvidos no investimento global necessrio para a implementao do projeto. Dentre os indicadores abaixo relacionados, qual seria o correspondente a essa definio?

    A) Taxa interna de retorno. B) Custo total atualizado. C) Relao benefcio custo. D) Valor atual dos fluxos lquidos. E) Payback simples e econmico. 31. Uma pequena empresa do setor de confeco est

    buscando viabilizar um financiamento para a aquisio de tecnologias mais atualizadas. Pode-se considerar que neste caso o fator que est definindo a necessidade de financiamento a

    A) modernizao. B) relocalizao. C) implantao. D) ampliao. E) manuteno. 32. Para obter financiamento do Banco do Brasil, a empresa

    deve apresentar os seguintes documentos, exceto:

    A) Balano patrimonial e D.R.E., se existentes. B) Ttulo de propriedade imobiliria. C) Balano de instalao. D) Balancete/DRE com defasagem mxima de 60 dias. E) Cpia do estudo/avaliao de mercado, caso existente. 33. Durante a fase de elaborao de um plano de negcio,

    preciso que o empreendedor tenha clareza das condies financeiras relacionadas ao seu negcio. Para tanto, recomenda-se que sejam feitos a projeo de capital e o demonstrativo de resultados. Para a projeo de capital um dos itens analisados deve ser:

    A) Margem de contribuio. B) Ponto de equilbrio. C) Investimentos. D) Custos fixos. E) Receita bruta. 34. Para se proceder ao arquivamento de determinado

    documento, necessrio A) obedecer ao sistema de ordenamento previamente

    estabelecido.

    B) fazer uma cpia de segurana. C) acondicion-lo no espao mais vazio do arquivo. D) acondicion-lo em pasta de papelo. E) organiz-los sempre em ordem alfabtica.

    35. No nmero da Srie NEGCIO PRPRIO do SEBRAE, intitulado Como Obter Financiamento, h um pequeno glossrio, que define termos comuns usados na rea de crdito. Em um dos verbetes, a definio afirma se tratar de um acordo sujeito a revises peridicas, que um banco e um cliente fazem para tomar crdito de forma simples, dentro de um limite previamente estabelecido. O conceito definido

    A) capacidade instalada.

    B) garantia.

    C) amortizao.

    D) balano.

    E) linha de crdito.

    36. As empresas que mais se sobressaem no sc. XXI so as que apresentam maior contedo de inovao seja em seus produtos ou servios como tambm em processos. Assinale a alternativa que no apresenta uma possvel regra para se alcanar patamares de inovao constante.

    A) Focalizar os processos internos.

    B) Tolerncia com o fracasso.

    C) Assumir compromissos com pesquisa e desenvolvimento.

    D) Inspirar o empreendedorismo.

    E) Facilitar, no obstruir.

    37. A comunicao organizacional tem parte de seu contedo, no oficial. A rdio-peo, como conhecida, apresenta-se nas seguintes formas, exceto:

    A) Reclamao dos funcionrios sobre os seus chefes.

    B) Fofocas e rumores.

    C) Episdios de transmisso de informao sancionados pela organizao.

    D) Equipes de trabalho que falam como os colegas devem comportar-se.

    E) Conversas das pessoas sobre seus times favoritos.

    38. O fato de haver uma comunicao dentro da organizao, no significa, necessariamente, que a informao foi compreendida pelo receptor da mesma forma que o foi pelo emissor. Os problemas podem ocorrer tanto na fase de codificao quanto nas de transmisso e decodificao. Assinale, dentre os problemas abaixo relacionados, aquele que se caracteriza como falha de codificao.

    A) Casas decimais digitadas no local errado.

    B) Problemas com o telefone celular.

    C) O receptor no escuta com cuidado.

    D) Um memorando se perde numa mesa desorganizada.

    E) Palavras usadas de forma correta.

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 9

    39. A questo da comunicao dentro da empresa muito complexa, envolvendo diferentes canais tanto orais quanto escritos. Atualmente j se incluem tambm os canais eletrnicos de transmisso. Dos canais de comunicao abaixo descritos, qual pode ser considerado escrito?

    A) Apresentaes.

    B) Conversas ao telefone.

    C) Discursos formais.

    D) Teleconferncia.

    E) Memorandos.

    40. Os processos de comunicao empresarial podem ser considerados de dois tipos. A comunicao de mo nica o processo em que o fluxo de informaes se estabelece em apenas uma direo. J a comunicao de mo dupla o processo no qual o fluxo de informaes ocorre em duas direes. Com base nessa informao, a afirmao verdadeira :

    A) A comunicao de mo nica rica em processo de

    realimentao.

    B) A comunicao de mo dupla compartilhada pelas duas partes.

    C) A comunicao de mo dupla muito mais fcil e toma muito menos tempo que a de mo nica.

    D) A comunicao de mo nica muito mais precisa.

    E) Na comunicao de mo nica o executivo desafiado por algum que discorde do contedo de seu recado.

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 10

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 11

  • Prova Tipo 2 28/10/2007

    AS2 Assistente - Atendimento Individual/Arapiraca 12