Dolce Morumbi 89

of 92 /92
EDIÇÃO 89 DEZEMBRO 2011 Dolce 11 anos ACHADOS O melhor presente de Natal VITRINE Dog Tour / Nutricosméticos 11 desejos para o Morumbi ANO11EDIÇÃO89DEZEMBRO2011 MORUMBI

Embed Size (px)

description

Parece que foi ontem quando, numa manhã de sol, nossa equipe se sentou para defi nir mais uma pauta. Em volta da mesa, dezenas de ideias pipocaram até batermos o martelo e decidirmos o que ia ou não entrar na nossa edição comemorativa. Em 2010 Dolce completava dez anos de Morumbi e tinha muita história pra contar. Numa matéria de 26 páginas, voltamos no tempo e revivemos cada ano, cada momento, cada emoção. Em 2011, Dolce comemora 11 anos no bairro mais charmoso da capital paulista e, desta vez, fi zemos diferente. Para brindar mais um aniversário, nossa publicação olha para frente e vislumbra o novo ano que já está aí. Nas próximas páginas, reforçamos nossa missão e ligação com o Morumbi e listamos 11 desejos possíveis para que o nosso bairro continue a crescer e, claro, continue apaixonante como ele é.

Transcript of Dolce Morumbi 89

  • EDI

    O 89

    DEZ

    EMBR

    O 2

    011

    Dolce 11 anos

    ACHADOS O melhor presente de Natal VITRINE Dog Tour / Nutricosmticos

    11 desejos para o Morumbi

    ANO11EDIO89DEZEMBRO2011

    MORUMBI

    Capa_89 e.indd 1 28/11/2011 20:52:57

  • Espelho_89.indd 2 25/11/2011 20:32:10

  • Espelho_89.indd 3 25/11/2011 20:32:18

  • DEZEMBRO 20114

    DOLCE mOrumbi apOia:

    escoladopovo.org

    a n o 1 1 e d i o 8 9 2 0 1 1

    DirETOra: denise Gonalves

    pubLiSHEr Denise Gonalves [email protected]

    rEDaO E prODuO Fdua Capellari [email protected]

    COOrDENaO Agda Sarain [email protected]

    aNaLiSTa DE mDiaS SOCiaiSRaquel Bennington [email protected]

    DiaGramaO / EDiO DE arTE Marcos Muller [email protected]

    rEViSO Roseli Gonalves

    JOrNaLiSTa rESpONSVEL Fdua Capellari / MTb 60.174

    DEparTamENTO COmErCiaL DirETOra

    Ana Paula Freitas [email protected]

    rEprESENTaNTES COmErCiaiS andrea Mendes [email protected]

    Lilian Videira [email protected]

    DEparTamENTO aDmiNiSTraTiVO Alice Cristina Gonalves [email protected]

    GErENTE DE LOGSTiCaSergio Falsetta [email protected]

    COLabOraram NESTa EDiO: Carol Costa, Claudia Castellan, Floriano Serra, JaF,

    Lvio Giosa, Luciano Palma, Patricia Wessler, Paulo amaral, Rosa Richter,

    Roseli Gonalves, Wagner Loud (ilustrao)

    Tiragem 18 mil exemplares imprESSO PRoLDiSTribuiO Gratuita via courier para mailing VIP

    A revista DOLCE mOrumbi uma publicao da Pgina 8 editora Ltda.-Me. a editora no se responsabiliza

    pelas opinies emitidas nos artigos assinados. ningum pode retirar produtos nem quaisquer outros materiais em nome desta publicao sem autorizao

    expressa, por escrito, em papel timbrado, da diretoria da editora Pgina 8.

    CONTaTOS: COmErCiaL, prODuO E rEDaO

    Rua Charles Spencer Chaplin, 315 - cj 02 05642-011 SP Tels.: (11) 2638-3029 / [email protected]

    esta publicao pertence ao SenHoR.

    11 anos de MorumbiUm brinde feito no dia 11/11/2011 celebrou os 11 anos da nossa

    publicao. Mais que uma simples coincidncia de nmeros, na data,

    segundo os numerlogos, foi aberto um portal, chamado Portal Dou-

    rado, que traz humanidade sentimentos bons, como mais solidarie-

    dade, menos egosmo e uma nova harmonia no mundo. Palndromo

    de 12 dgitos, o fenmeno, perfeito para tomar grandes decises, s

    acontece a cada 100 anos. Mas, abenoados que somos, todos esses

    bons ventos chegaram por aqui bem antes do dia 11.

    Depois de uma intensa busca, no comecinho do ms de outubro desligamos nossas mquinas,

    arrumamos toda a mudana e partimos rumo a novos ares. Sim, Dolce est de casa nova! Nosso

    novo Dolce Lar, pertinho do antigo, ainda est em fase de reforma, mas, passada a pequena

    fase de adaptao (e mesmo com as coisas todas fora do lugar), j nos sentimos em casa.

    J em novembro, depois do grande empenho da nossa equipe, aumentamos nossa presena no

    bairro e saltamos de 15 mil para 18 mil exemplares mensais.

    Antes disso tambm comemoramos, ms a ms, cada uma de nossas capas e tudo o que elas

    renderam de bom; nossas parcerias (novas e antigas) e parceiros (clientes e amigos), a chegada

    de novos funcionrios e todos os outros detalhes que fizeram com que terminssemos este ano

    com a energia renovada e com gs de sobra para iniciarmos um novo ano de muito trabalho.

    Superstio, crena, sorte, teoria... Quem sabe? No dia 11/11/2011 assopramos nossas 11

    velinhas, fizemos nossos pedidos e, muito mais importante que tudo isso, agradecemos por

    estarmos aqui, levando sempre o que h de melhor no Morumbi, todos os meses, at voc.

    Um 2012 iluminado e de muito mais humanismo para todos ns!

    Fdua Capellari > [email protected]

    Capa06 O ano das realizaes18 O tempo no para...28 Achados32 Moda, por Claudia Castellan37 Em Foco 55 Boas Novas68 Vitrine

    Colunas 24 Tecnologia, por Luciano Palma 62 Corporativo, por Lvio Giosa64 Pensata, por Paulo Amaral66 Cidadania, por Rosa Richter 90 Final Feliz, por Floriano Serra

    Carta ao Leitor_89.indd 4 28/11/2011 09:03:35

  • Espelho_89.indd 5 25/11/2011 20:32:30

  • DEZEMBRO 20116

    Por Fdua Capel lar i

    O ano das realizaes

    Parece que foi ontem quando, numa manh de sol, nossa equipe se sentou

    para defi nir mais uma pauta. Em volta da mesa, dezenas de ideias pipocaram

    at batermos o martelo e decidirmos o que ia ou no entrar na nossa edio

    comemorativa. Em 2010 Dolce completava dez anos de Morumbi e tinha muita

    histria pra contar. Numa matria de 26 pginas, voltamos no tempo e revivemos

    cada ano, cada momento, cada emoo.

    Em 2011, Dolce comemora 11 anos no bairro mais charmoso da capital paulista e,

    desta vez, fi zemos diferente. Para brindar mais um aniversrio, nossa publicao

    olha para frente e vislumbra o novo ano que j est a. Nas

    prximas pginas, reforamos nossa misso e ligao

    com o Morumbi e listamos 11 desejos possveis

    para que o nosso bairro continue a crescer e,

    claro, continue apaixonante como ele .

    Matria de capa_89.indd 6 25/11/2011 21:27:31

  • DEZEMBRO 2011 7

    Matria de capa_89.indd 7 25/11/2011 20:35:47

  • DEZEMBRO 20118

    Morumbi mais seguroO Morumbi sempre teve ares de cidade de interior, mas s ligar a TV, abrir os jornais, ligar o rdio ou olhar a internet que a violn-cia est l. Maior indicador da desigualdade social no mundo, ela faz, todos os dias, milhares de vtimas. Aqui no bairro, em agosto de 2011 uma moradora deu o primeiro passo, e o Morumbi viu nascer um movimento pela paz (esse j foi, por si s, um belo comeo). Uma manifestao pacfica, 11 mil assinaturas, cerca de 4.500 membros e alguns bons resultados depois, o grupo Moradores do Morumbi continua ativo e atento. Para que as coisas mudem, no podemos esperar de braos cruzados que o Estado tome providncias, por isso a participao de toda a so-ciedade fundamental. E como a questo da segurana muito mais abrangente, no queremos apenas muros cercados, mais altos, e empresas de segurana fazendo ronda nas nossas casas. Desejamos que o movimento nunca se cale, cresa e ganhe ainda mais fora e voz para lutar pelas muitas conquistas que o bairro precisa. Exigimos uma polcia disponvel e sempre presente, mais educao, melhor distribuio dos servios pblicos, mais projetos voltados cultura; e esperamos, de verdade, que os nossos governantes cumpram com todas as suas obrigaes, assim como ns, cidados, cumprimos com as nossas.

    Infraestrutura de qualidadeAusncia de faixas de pedestres, iluminao deficiente em alguns pontos do bairro (em diversas ruas ela nem existe), caladas em situaes intransitveis, ruas sem asfalto ou mal recapeadas, terrenos abandonados, sujeira... Tudo isso precisa mudar, e muito! No site: http://sac.prefeitura.sp.gov.br/solicitacaoCadastro.asp ou pelo telefone 156, podemos fazer solicitaes sobre esses e outros diversos temas. um direito nosso!

    1

    2Matria de capa_89.indd 8 25/11/2011 21:27:30

  • Espelho_89.indd 9 25/11/2011 20:42:06

  • DEZEMBRO 201110

    Um bom governo e bons governantesAs eleies esto a! As pessoas que elegemos no so donas do dinheiro que administram, apesar de, muitas delas, acharem que sim. O mundo est cheio de abraos apertados, sorrisos simpticos e bons discursos, mas isso no faz de um simples candidato um governante capaz. Para vermos nossos projetos concretizados, precisamos fazer escolhas conscientes, votar com mais clareza. Os polticos eleitos e suas equipes precisam zelar e respeitar o patrimnio pblico, e cumprir suas obrigaes sempre pautados e guiados pelo bem ao prximo. Precisamos que o bairro eleja, pelo menos, um representante (do Morumbi) para lidar com as nossas questes e demandas diretamente na Cmara Municipal, afinal, quem mora aqui sabe o que precisa ser mudado e o que preciso melhorar. importante tambm que a populao participe de forma mais ativa nas reunies de Conseg e associaes. S assim teremos uma sociedade mais justa.

    Trnsito mais seguroCom poucas vias de sada para a Marginal Pinheiros e as prin-cipais avenidas congestionadas, as filas quilomtricas que se formam por aqui nos lembram, todos os dias, que moramos na maior cidade do Brasil. Nas nossas ruas estreitas, o maior mal da capital paulista, o trnsito, desafia nossa pacincia (isso sem contar o risco que corremos com os assaltos, os acidentes causados...). Nessas horas, a educao, a ateno e a conduta de cada um fazem a diferena; sejamos mais conscientes para um trnsito mais seguro e uma direo mais responsvel.

    3

    4

    Matria de capa_89.indd 10 25/11/2011 21:27:47

  • Espelho_89.indd 11 25/11/2011 20:42:13

  • DEZEMBRO 201112

    Mais pessoas engajadas com asdemandas do bairro No Morumbi h tanto o que se fazer! Temos patrimnios histricos e culturais, orfanatos que precisam de ateno, praas, parques e outras diversas demandas; como cuidar para termos um bairro cada vez melhor para se viver, mais limpo, urbanizado, seguro, com a melhor qualidade de vida e sempre integrado. Vamos, cada um, fazer a nossa parte?

    Uma subprefeitura para a regioDividido entre as subprefeituras do Campo Limpo e Butant, o Morumbi precisa de uma subprefeitura prpria para desafogar os trabalhos nas trs regies, para que o nosso bairro seja zelado em todos os aspectos e para que as nossas demandas, que so diferentes das de Campo Limpo e Butant, sejam atendidas de forma mais rpida e eficaz.

    65

    Matria de capa_89.indd 12 25/11/2011 21:27:57

  • Espelho_89.indd 13 25/11/2011 20:42:23

  • DEZEMBRO 201114

    A preservao da Mata AtlnticaQue outro bairro, em plena So Paulo, nos permite que sabis--laranjeira, maritacas, papagaios, bem-te-vis, pica-paus e diversos outros pssaros comam e bebam todos os dias nas nossas varan-das ou nos acorde com o seu cantar? Nos parques, caminhos e trilhas para agradveis passeios, uma riqussima flora constituda por espcies nativas da Mata Atlntica; e fauna composta por cerca de 100 espcies que nos encantam por sua beleza, ali, to pertinho das nossas casas. O Morumbi um presente nico, e ns, que temos o privilgio de morar aqui, precisamos preserv-lo!

    O gosto bom da liberdadeJuntar os vizinhos para andar de bicicleta, jogar bola num campinho, pular amarelinha na calada, cair, ralar os joelhos e voltar a correr como se nada tivesse acontecido... Faz tempo que podamos brincar na rua sem nos preocuparmos com os perigos que o tempo e o crescimento acelerado da cidade trouxeram. As crianas precisam andar mais soltas, ao ar livre e sem medo de ampliar seus horizontes. Isso saudvel, gera sorrisos e novas amizades, traz mais sade, alegria e bem-estar para os pequenos. Que os nossos filhos tenham mais segurana para andar a p na rua para aprenderem como isso!

    Entretenimento para todos os gostosQuem no gosta de ir a um bom show, assistir a uma pea de teatro engraada e dar mais leveza vida corrida, ou ver aquela exposio que foi supercomentada no jornal? Sim, temos no bairro um palco de megaespetculos, que atraem pessoas de todo o pas, mas sentimos falta de uma boa casa de entreteni-mento aqui no Morumbi, que oferea essas e outras opes de lazer. Desejamos, ento, que um local de espetculos abra suas portas e traga ainda mais cultura ao nosso bairro!

    78

    9Matria de capa_89.indd 14 25/11/2011 21:27:58

  • Espelho_89.indd 15 25/11/2011 20:42:33

  • DEZEMBRO 201116

    Diminuio do contraste socialSo Paulo uma cidade de grandes e muitos contrastes, e no Morumbi a questo no diferente. Enquanto uns vivem em manses, outros passam os dias na mais extrema misria. Condio natural da sociedade ou situao historicamente produzida? Primeiro lugar numa possvel lista de resolues urgentes, a m distribuio de renda gera a desigualdade social e, com ela, uma extensa lista de srias consequncias, como educao, ambiente familiar e convvio social precrios, falta de preparo para a vida, marginalidade, envolvimento com as drogas... A ao da sociedade importante, assim como o envolvimento de mais empresrios da regio. As melhorias, se todos ajudarem, com certeza viro!

    Mais servios 24hUm dos maiores atrativos de So Paulo so os servios que funcionam 24h. Em alguns pontos da cidade possvel encontrar qualquer servio a qualquer hora do dia. Academias, chaveiros, postos de combustvel, mercados... Seria legal se no preci-sssemos sair do bairro para tomar aquele cafezinho com os amigos na madrugada...

    E voc, quais so os seus desejos? O que est fazendo para torn-los realidade?

    10

    11

    Matria de capa_89.indd 16 25/11/2011 21:28:02

  • Espelho_89.indd 17 28/11/2011 10:00:46

  • DEZEMBRO 201118 DEZEMBRO 201118

    "Aquele julho de 2000 foi, literalmente, uma correria. Metade dele foi passada cruzando o Brasil, num percurso de cin-co mil quilmetros de estradas de terra entre So Paulo e Fortaleza, na 8 edio do Rally dos Sertes. Indescritvel a alegria de chegar l, com vrios arranhes no carro, poeira impregnada por todo lado e muita histria pra contar, ain-da mais que eu e a co-piloto, a jornalista Mariana Becker, formvamos uma das poucas equipes femininas da com-petio. Foi dureza... De volta a So Paulo, chego ao escri-trio, uma editora recm-inaugurada e, ao abrir a caixa de e-mails, encontro uma mensagem do at ento desconhe-cido (para mim) Luciano Simo, se apresentando e solici-tando uma reunio. Ele tinha a ideia de fazer uma revista. A reunio aconteceu, e da nossa empatia imediata nasceria, em poucos meses, a Revista Dolce. Naquele julho de 2000, eu ainda no sabia, mas estava terminando na minha vida uma longa paixo pelo off-road e iniciando uma nova, que viria a ser ainda mais duradoura: a paixo pelo Morumbi."Denise Gonalves Publisher

    O tempo no para...

    ... alis, ele passa rpido demais! H 11 anos nascia a revista Dolce Morumbi. No mesmo perodo, cada um de ns estava num canto do pas, fazendo coisas

    completamente diferentes e sem sequer imaginar que um dia estaria aqui, participando dos processos de produo de uma revista to querida. Fase decisiva para alguns, de

    tranquilidade, curtio ou indeciso para outros; uns mudaram mais, outros menos... Numa poca em que ainda no existia a facilidade das cmeras digitais, mergulhamos

    'no ba' atrs das lembranas. Ao olharmos nossas fotos, rimos e lembramos de pessoas, lugares, viagens, fases, gostos... E voc, o que fazia h 11 anos?

    Espelho_89.indd 18 28/11/2011 10:26:03

  • DEZEMBRO 2011 19DEZEMBRO 2011 19

    Em 2000 retornei dos EUA - San Francisco, onde eu trabalhava na Casteel Studio, e comecei a trabalhar na Lista Oesp, onde foi o implan-tado o sistema de internet para os clientes, junto com Carlos Tejon. Vivia a minha vida entre Rio e So Paulo e j namorava o meu marido, o Cssio. Essa foto da minha festa de aniversrio, comemorado no Rock in Rio Cafe, na Barra, no Rio de Janeiro, quando completei 24 anos. Lembro que eu amava as noites do flashback que ocorria todos os sbados e foi nesse lugar que eu e o Cssio danamos nossa pri-meira msica juntos, 'New York, New York', do Frank Sinatra.Ana Paula Freitas Diretora Comercial

    H 11 anos eu trabalhava na Revista 4x4 & Cia e participava de vrios eventos relacionados ao mundo Off Road. Eu morava e estudava em So Caetano do Sul, gostava de sair com meus amigos e sempre via-jvamos juntos. No houve nenhum fato que tenha me marcado, mas foi uma poca muito bacana, com muitas histrias inesquecveis, bem no auge da minha juventude.Alice Gonalves Departamento administrativo

    H 11 anos eu tive uma loja de brinquedos educativos. Foram trs anos de muita realizao, pois trabalhar com criana algo especial, maravilhoso. Poder orientar, indicar os brinquedos edu-cativos para seus clientes, ver as crianas brincando na loja, interagindo nesse universo ldico foi gratificante. Fora a minha filha Giuliana que adorava brincar na loja e com os brinquedos, o que ajudou muito no seu desenvolvimento.Andrea Mendes Representante comercial

    Depois de dois anos na faculdade de Psicologia, percebi que essa no era minha praia.Ainda nova, e um pouco perdida, resolvi dar um tempo e fui trabalhar! Cheguei a ter trs empregos, e digo: foi uma fase deliciosa da minha vida, corria muito, conheci muita gente, conquistei experincias e aca-bei percebendo minha vocao: a Comunicao!Antes de iniciar a faculdade de Publicidade, peguei o dinheiro que jun-tei e fui viajar pelas praias do litoral norte de So Paulo e Litoral de Santa Catarina.Lilian Videira Representante comercial

    Espelho_89.indd 19 28/11/2011 14:48:47

  • DEZEMBRO 201120

    Em 2000 aconteceram algumas coisas legais que marcaram a minha vida. Eu no fazia muita coisa, era a tpica adolescente, mas no era rebelde (alis, era bem boazinha, inclusive). Eu estava no primeiro ano do ensino mdio, estudava de manh, chegava da escola e assistia Blossom e Chaves (que eu amo). Nessa fase tambm comecei a fre-quentar as matins, ganhei a minha primeira maquiagem, minha irm engravidou pela segunda vez e me convidou para ser madrinha, o que me deixou extremamente feliz.Sheyla Nogueira Representante comercial

    H 11 anos eu estava com 11 aninhos, cursando a 5 a srie no Colgio Concrdia de So Paulo. Foi um ano de bastante mudana, pois deixava o ensino primrio e ingressava no ensino fundamental II, onde havia vrios pro-fessores e matrias novas. Nesta foto, eu estava indo minha primeira fes-tinha, que foi organizada pelo pessoal da sala. O mais engraado que era uma festa a fantasia e s eu e minha amiga fomos fantasiadas, o que foi moti-vo para muitas brincadeiras durante muito tempo...".Agda Saraim Atendimento

    H 11 anos comemorvamos o aniversrio da minha filha mais velha; eu estava, na poca, com 34 anos. Foi um grande dia e minha famlia se divertiu muito!. Vilma Gomes Copeira

    Tinha finalizado alguns cursos de aperfeioamento para editorao eletrnica e tcnicas avanadas em tratamento de imagens. Achava que podia mudar o mundo da edio de revistas, com muitas ideias novas. No mudei o mundo, mas fiz vrios trabalhos interessantes, como editar e diagramar uma revista de bairro da zona sul.Marcos Mller Diagramao e edio de arte

    Espelho_89.indd 20 28/11/2011 14:50:55

  • DEZEMBRO 2011 21

    Espelho_89.indd 21 25/11/2011 20:43:56

  • DEZEMBRO 201122

    Nessa fase eu era uma garota e tinha acabado de completar meus 15 anos. Estava cheia de sonhos e dvidas sobre como seria a minha vida no futuro. Hoje no trabalho com o jornalismo (um dos meus sonhos), pois o caminho me levou para outro rumo: a web; mas traba-lho aqui na Dolce (e trabalhar em revista fazia parte da lista de sonhos). Atualmente, com meus vinte e poucos anos, acredito estar vivendo a melhor fase da minha vida, e a revista faz parte dessa fase. Fao o que gosto, convivo com pessoas legais e aqui tenho cultivado dol-ces amizades. Ao longo desse e dos muitos anos que viro, desejo Dolce e ao Morumbi paz, e que nossos sonhos sejam concretizados.Raquel Bennington Analista de mdias sociais

    H 11 anos quando j tinha meus filhos, Murilo e Danilo, virei comer-ciante e monte meu prprio negcio: uma bomboniere no bairro do Tatuap. Foi uma experincia de vida muito boa.Srgio Falsetta Logstica e circulao

    Se trs em cada dez adolescentes de 17 anos pensarem seriamente no que querem da vida, muito. Eu, que no estava entre as excees, fazia parte dos outros sete. No sonhava em ser jornalista, alis, nessa poca eu no sonhava com nada e nem sabia o que faria da vida. No auge da adolescncia, em 2.000 eu trabalhava no meu segundo empre-go, terminava o ensino mdio e, junto com ele, o meu primeiro namo-ro. Foi uma das fases mais gostosas da minha vida, tinha uma turma grande, amos pra todo lado e estvamos sempre juntos. Foi nesse ano tambm que conheci o F, que virou meu melhor amigo, que depois comeou a namorar e sumiu por quase oito anos, mas que, por essas voltas que a vida d, me encontrou numa busca pelo Google e h dois anos e meio se tornou meu noivo.Fdua Capellari Editora

    Espelho_89.indd 22 28/11/2011 09:04:20

  • DEZEMBRO 2011 23

    Espelho_89.indd 23 28/11/2011 10:36:18

  • TecnologiaLuciano Palma Estra-tegista de Mdias Sociais. Oferece consultorias eministra treinamentos e palestras sobre o tema. Engenheiro, MBA, professor na ps-gradua-o do Senac.

    DEZEMBRO 201124

    Eu sou da gerao X, que teve a infncia marcada pela companhia constante de um equipamento: a televiso.Nos anos 70, a televiso era o dispositivo mais sofisticado e tecnolgico da casa. Sua chegada foi um marco para muitas famlias, e era comum os pais lerem atentamen-te seu manual, pois caberia a eles a operao desta cara e revolucionria novidade.Nem meio sculo se passou, e a imagem que voc acabou de formar em sua mente j est totalmente obsoleta. 625 linhas de resoluo, interpoladas, j so considera-das um borro e no satisfazem nem mesmo os donos de celulares!Nos anos 80, a televiso ganhou um amigo: o videocassete. Houve uma luta histrica entre o Betamax e o VHS, que deixou muitas lies de marketing e que pode ser usa-da como paralelo para futuras batalhas tecnolgicas, como o IBM-PC e o Macintosh ou como o OS/2 da IBM e o Microsoft Windows. Nos trs casos, os produtos com melhores especificaes tcnicas (e mais inovadores) foram derrotados. H algo mais entre um produto e o mercado do que meramente a tecnologia.O videocassete trouxe novos recursos televiso: a independncia do horrio da transmisso dos programas (fitas podiam ser assistidas a qualquer momento), a pos-sibilidade de interromper a programao e continuar do mesmo ponto (ou at mesmo voltar e rever uma parte j reproduzida), o slow-motion e o fast-forward. Programas de TV convencionais podiam ser gravados e assistidos a qualquer momento, inclusi-ve acelerando a parte dos intervalos comerciais. A tecnologia permitiu at criar apa-relhos programados para interromper a gravao quando era detectado o som da vinheta dos comerciais. As emissoras, dependentes da renda gerada por estas inser-es, precisavam mudar este som de tempos em tempos, ou at distorc-lo de vez em quando, para evitar que a tecnologia antibanner analgica comprometesse seu modelo de negcios.

    E surgiram as locadoras. E com elas, surgiu todo um ecossistema comercial.Dois novos companheiros: o videogame e o set-top box (a caixinha da TV a cabo) tambm se conectaram velha TV, que passou a ser mera reproduto-ra do contedo gerado por aparelhos mais modernos e mais badalados. Ela ficava no centro, mas no era mais o centro.E ento entramos num perodo de escurido em termos de inovao. Evolues tecnolgicas aconteceram, porm fazia-se mais do mesmo: os videocassetes

    passaram a ser substitudos por DVDs, com incontestvel aumento de qualidade de som e vdeo devido tecnologia digital, porm um pas-so atrs em termos de funcionalidade: a enorme maioria dos DVD-players so... players! Eles no gravam programas da TV. Lembro que comprei um dos raros aparelhos gravadores de DVD e achava curioso ficar empolgado em fazer, em plenos anos 2000, a mesma coisa que eu fazia nos anos 80 com o velho e bom videocassete.

    E a televiso, onde fica nessa histria?

    Espelho_89.indd 24 25/11/2011 20:53:38

  • DEZEMBRO 2011 25

    Ou menos ainda meu saudoso VCR Panasonic PV-4500 permitia audio-dubbing (regravar a trilha de udio), coisa que o moderno gravador de DVD Sony RDR GX-315 no fazia.Ainda mais curioso: as pessoas no sentiam falta de gravar seus programas. Eu pen-sava comigo: ok, ento esta necessidade est sendo suprida de outra forma o com-putador!. De fato, diversos computadores foram vendidos no incio deste sculo com o apelo udio e Vdeo. Ainda assim, era muito raro ver algum assistindo a um pro-grama de TV no computador, e, mais raro ainda, algum gravar este programa no PC e assisti-lo posteriormente, usando um monitor que era via de regra bem menor do que a tela da TV.E a Internet virou commodity e trouxe com ela o Youtube. E muita coisa passou a ser assistida no Youtube... mas somente durante 10 minutos. A prpria caracterstica do PC, incluindo uma questo ergonmica, torna difcil assistir um filme de duas horas no computador. A TV mais aconchegante, pois tem um complemento extremamen-te confortvel: o sof.Essa ergonomia o computador fica perto, a TV fica longe acabava determinando o grau de interatividade que tnhamos com cada equipamento. Era muito estranho ficar passivo diante de um PC, e era muito estranho interagir com a TV (a no ser que hou-vesse um videogame conectado a ela).Pois esta palavra interatividade ganhou importncia. E criou-se o conceito de TV interativa. Na realidade, j nos anos 90 existia tecnologia para isso. Lembro que esta-va na Itlia em 1993, e o servio de Teletexto era bem popular. Voc poderia colocar anncios, como num jornal, participar de chat ou a aplicao que mais me impres-sionava consultar o horrio dos voos nos aeroportos italianos. Tudo isso proporcio-nado por um controle remoto e uma plaquinha que j vinha em praticamente todos os televisores europeus. No Brasil, o videotexto nunca foi muito popular: restringiu-se, basi-camente, a alguns geeks usando para chat ou como um primrdio de BBS.A interatividade, porm, era assunto srio e que tomou dimenses digitais. O Brasil orgulhosamente definiu um padro adotado internacionalmente para a TV interativa digital, o Ginga (http://www.ginga.org.br/). Bem... o termo adotado mostrou-se mais terico do que prtico, porque apesar de o padro ter sido escolhido por diversos pases, pouco se desenvolveu sobre ele. O Ginga uma proposta de middleware, ou seja, um software de interface entre o sistema de TV digital e as aplicaes que a indstria produziria para oferecer aos usurios.E so eles, os usurios, que tm que gerar essa demanda. Aqueles usurios que pararam de gravar seus programas prediletos, quase sem perceber. Aqueles usu-rios que pagam caro para ter uma programao de TV a cabo, e que s nos paco-tes mais modernos oferecem recursos avanados de pausa, replay e reproduo on-demand. Lembra do videocassete? A mesma coisa!

    Espelho_89.indd 25 28/11/2011 09:25:05

  • DEZEMBRO 201126

    E voc, que tambm usurio, o que espera de uma TV digital? Deixo uma lista de sugestes. Assim, quando voc for comprar sua prxima TV (o Natal est a), pode avaliar se ela j tem estes recursos. Afinal, ela continuar sendo a rainha da sua sala! Recursos bsi-cos de VCR: gravao, pausa, slow-motion, fast-forward etc.;Browser: as TVs modernas tm entrada para internet (a cabo ou Wi-Fi) e sempre que voc est conectado internet, um browser imprescindvel; Aplicativos: em 2007, a Apple instituiu a fome por aplicativos com o iPhone. Estes aplicativos devem atingir outro grau de maturida-de: a integrao com servios. O aplicativo Netflix, por exemplo, uma interface para um servio de venda de contedo. Twitter, Facebook, Google+, LinkedIn, so interfaces para os seus crculos sociais. Voc quer estar em contato com eles, e a sala um timo lugar para conversar com seus familiares, mesmo que eles este-jam em outro continente. Consultar o Google Maps antes de sair de casa para ver o melhor caminho e a situao do trnsito tam-bm um servio que pode interessar;Comunicao: quem nunca convidou um amigo para assistir a um jogo juntos? Que graa tem fazer piadas com as bobagens do Galvo Bueno na F1 se no tem ningum para rir delas? Assistir TV tambm uma atividade social, e como vivemos num mundo onde o deslocamento e a presena fsica esto cada vez mais complica-dos, a TV como canal de comunicao e interao entre amigos uma tima proposta. Assistir a um filme ou a uma novela fica mais interessante se voc estiver, ao mesmo tempo e no mesmo equi-pamento, conectado num chat com seus melhores amigos.Tablet no lugar do controle remoto: tablets (ou smartphones) podem

    ser excelentes complementos para TVs. Imagine assistir a um filme com a possibilidade de con-sultar, enquanto ele acontece, informaes sobre os artistas ou o diretor do filme; ou ain-da sobre o assunto abordado. E de novo conversar sobre isso com os seus amigos!Aprendizado: o programa Telecurso um sucesso e merece aplausos. Ele foi conce-bido num mundo broadcast unidirecional, mas imagine o potencial que um programa destes pode ter se os participantes do cur-so tiverem uma forma de interagir, com quem est ensinando e com os colegas que esto aprendendo. Isso pode ser uma gigantesca plantao de novas amizades, novas ideias e porque no novos negcios!

    Espelho_89.indd 26 25/11/2011 22:13:33

  • DEZEMBRO 2011 27

    Espelho_89.indd 27 25/11/2011 20:54:34

  • DEZEMBRO 201128

    Achados

    Presentes para todosO que no pode faltar na to esperada noite feliz? Presentes, claro! Se voc no sabe por onde comear a busca pela lembrana ideal, d uma olhadinha nas prximas pginas (Dolce selecionou sugestes lindas!). Agora s caprichar na escolha e boas compras!

    Pijama social infantilde R$ 79 a R$ 89

    Tout BB

    Porta-guardanapos c/ 4 unid. R$ 25

    Smiles and Joy

    Vestido Sabrina R$ 135

    Pipe et Mila

    JaquetaR$ 550

    Liquorice

    BolsaR$ 798,90Liquorice

    SapatosR$ 298,90Liquorice

    Vestido TotemR$ 350

    Chic Chic

    Sandlias R$ 160,38

    Dolce Costume

    Espelho_89.indd 28 25/11/2011 22:26:00

  • DEZEMBRO 2011 29

    AchadosAchadosEnfeite Papai Noel

    R$ 92J Presentes

    Porta-retratoR$ 46

    J Presentes

    BolsaR$ 399

    Jorge Alex

    SapatosR$ 179

    Jorge Alex

    VestidoR$ 229

    Gina Campos

    Peep Toe R$ 189,90Dunes

    BolsaR$ 349,90Dunes

    Jogo de ColheresR$ 44

    Chic Chic

    CarteiraR$ 219,80

    Dolce CostumePulseirasR$ 68

    Dolce Costume

    SandliasR$ 248,60

    Dolce Costume

    Papai Noel Porta-Vela R$ 28

    J Presentes

    Espelho_89.indd 29 25/11/2011 22:15:37

  • DEZEMBRO 201130

    Achados

    Bicicleta Btwin Rockrider 5.0

    Masculino e Feminino R$ 499

    Decathlon

    Estao de trabalhoR$ 173,39

    Nobel Zastras

    Minha casinha de bonecasR$ 79,99

    Nobel Zastras

    Revolution Stunt ParkR$ 169,99

    Nobel Zastras

    Cesta Modelo 1R$ 80

    St Marche

    Cesta Modelo 3R$ 195

    St MarcheCesta Modelo 7

    R$ 770St Marche

    Guirlandasa partir R$ 45

    Smiles and Joy

    AnjosR$ 10

    Smiles and Joy

    ServioChic Chic Shopping Portal do Morumbi Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 1269 Loja 07 e loja 21 A Tels.: 3507-7304 / 3507-7306 Decathlon Rua Duquesa de Gois, 381 Tel.: 2167-0800 Dolce Costume Rua Itatup, 36 Tel.: 3742-9688 Dunes Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 2362 Tel.: 3743-3501 Gina Campos Morumbi Shopping Tel.: 5181-5035 / Shopping Jardim Sul Tel.: 3743-4184Shopping Portal do Morumbi Tel.: 3743-6179 Showroom Tel.: 3842-0336 J Presentes Rua Jos Jannarelli, 603 Tel.: 3721-9418 Jorge Alex Rua Dep. Joo Sussumu Hirata, 120 Tel.: 2338-8620 Liquorice True Fashion Rua Dep. Joo Sussumu Hirata, 471 Tel.: 3742-3770Nobel Zastras Av. Giovanni Gronchi esquina com Rua Jandiatuba, s/n Tel.: 3743-0476Pipe et Mila Rua Dep. Joo Sussumu Hirata, 415 Tel.: 3739-4454 Smiles and JoyTels.: 3739-0069 / 8208-1091 www.smilesandjoy.blogspot.com St Marche Rua Jos RamonUrtiza, 975 Tel.: 3773-0000 Tout BB Tel.: 9932-4736 em domiclio

    AnjosR$ 10

    Smiles and Joy

    Espelho_89.indd 30 28/11/2011 14:49:36

  • DEZEMBRO 2011 31

    Espelho_89.indd 31 25/11/2011 20:55:31

  • Claudia Castellan consultora de imagem, consultora de private label, especialista em marketing de moda, professora universitria e do Senac, palestrante e autora de cursos na rea de moda. Site claudiacastellan.com.br [email protected]

    DEZEMBRO 201132

    Festas! Nestes tempos em que a moda est se alimentando sistematicamente do passado, nos surpreende comprovar que os estilistas mudaram o rumo e tm a nsia de reinventar o luxo usvel, peas que nos deixem lindas sem custar uma fortuna.Diante de situaes em que os preparativos para uma festa ou um baile so maiores, crescem tambm as expectativas e, claro, a preocupao feminina quanto ao que vestir.Quando pensamos em festa pensamos em sonhos, desejos, peas novas, maquia-gem, sandlia, carteira, bijoux, joia, cabeleireiro... Ai, meu Deus, o Natal j est quase a, e o que voc j preparou, j pensou? Calma! Vamos por partes.Sonhas em ser a estrela da festa, certo? Genial, mas para estar segura de que estars maravilhosa bom desacelerar e prestar ateno aos itens indispensveis que toda mulher precisa ter. Os que so obrigatrios para uma noite inesquecvel:*O vestido longoNo d para esquecer-se dele. O vestido longo, ou saia, se voc prefere, o must do guarda-roupa este ano. Ao ser sumamente elegante, lembre-se de que o tecido acom-panha a festa. Voc no vai de longo lindo, mas de algodo, em uma festa formal, caso contrrio ele ser o vestido pobrinho no meio dos outros.*O vestido curto pretoSem dvida, todas deveramos ter um vestido curto e preto. Sua grande desvantagem reside em ser menos elegante que o vestido longo, mas sem deixar de ser muito chi-que, e em podermos us-lo em muitos eventos graas sua discrio, conta pontos pela praticidade. E a, voc decide qual look para cada ocasio, dependendo dos aces-srios que o acompanha.*A bolsa de mo o acessrio fetiche de qualquer mulher assdua das festas. Sendo chique ou fashion, nem passa por nossa cabea sair sem ela, tanto pode ser uma carteira durinha ou uma bolsa de mo, cada uma em seu estilo, so ambas indispensveis.* Saltos altosAinda que no final da noite seus ps sejam o libi de que eles estiveram ali, no pode-rs jamais renunciar a eles! Seu efeito alongador da silhueta est 100 % garantido.*As joias ou superbijouxAcessrio obrigatrio para a noite.So as joias que daro estilo ao vestido. Escolha as coloridas para dar uma nova ima-gem, um look fresco ao vestido curto negro cada vez que us-lo. Para o longo, o melhor so as joias discretas, porque, com sua elegncia natural, mais que suficiente.*Acessrio para ps-festaMinikit de sobrevivncia.Pois , por mais estranho que parea, se trata de sobreviver: bolhas, dor de cabea, nas costas, maquiagem que escorre... Assim como acaba a maioria das vezes. Para evitar estes ps-festas, seria fantstico se fosse fabricado um minikit de sobrevivn-cia com pads adesivos antibolhas, pads-aspirinas, maquiagem adesiva (Ops! Estas j existem) e, por que no, pastilhas efervescentes que viram um par de sapatilhas super-prticas, confortveis, umedecidas para refrescar os santos ps que choram, mas entendem to bem as mulheres... Remdio atual? Sapatos confortveis, moderao na bebida e make de qualidade.Seja natural, moderna, mantenha a aparncia leve e bem-cuidada.Acima de tudo, pense em conforto, praticidade e compre para a sua idade a atual na cor que lhe favorece, no tamanho certo ao seu corpo, e no deixe de se divertir, a que est o verdadeiro brilho e glamour de toda boa festa!Aproveite o clima e faa a festa no seu closet, sempre tem algo para quem precisa!Abraos e divirta-se! At 2012!

    Espelho_89.indd 32 28/11/2011 14:49:58

  • Em Foco

    DEZEMBRO 2011 33

    Espelho_89.indd 33 25/11/2011 20:59:24

  • Espelho_89.indd 34 25/11/2011 20:59:31

  • Espelho_89.indd 35 25/11/2011 20:59:35

  • Em Foco

    DEZEMBRO 201136

    Espelho_89.indd 36 25/11/2011 20:59:42

  • Em Foco

    DEZEMBRO 2011 37

    Moa Bonita Bar Av. Giovanni Gronchi, 5819 Piso Trreo Tel.: 3742-9200 www.mocabonitabar.com.br

    Cachaa artesanal novidade no Moa Bonita

    O bar, que se destaca por seu cardpio com diversas caipirinhas, lanou sua cachaa artesanal em uma ani-mada festa. Com um blend desenvolvido s para ela, a Cachaa Moa Bonita tem sabor suave e saboroso, que agrada a todos os paladares. A bebida foi desenvolvida em parceria com um alambique no interior de So Paulo, e voc pode comprar para saborear

    em casa, em garrafas de 300 ml e 900 ml, nas verses Ouro e Prata.

    Espelho_89.indd 37 25/11/2011 22:25:09

  • Em Foco

    DEZEMBRO 201138

    Sade e cuidados para o seu bichinhoNos meses de dezembro de 2011 e janeiro de 2012, voc leva seu cozinho para tomar a Vacina V-10 na Bicho no Capricho, e ele ganha um banho grtis. A Vacina V-10 tem periodicida-de anual e protege os ces contra vrias doenas, entre elas, Cinomose, Hepatite Infecciosa Canina, Parvovirose, Coronavisore, Leptospirose I, II e III, Parainfluenza e Adenovirus. Aproveite essa pro-moo e d ao seu animal o cuidado que ele merece.

    Bicho no Capricho Rua Frederico Guarinon, 440 Tel.: 3744-3773 www.bichonocapricho.com.br

    Nos meses de dezembro de 2011 e janeiro de 2012, voc leva seu cozinho para tomar a Vacina V-10 na

    Espelho_89.indd 38 25/11/2011 22:26:13

  • Em Foco

    DEZEMBRO 2011 39

    Espelho_89.indd 39 25/11/2011 21:00:01

  • Em Foco

    DEZEMBRO 201140

    Um bairro querido,O nascimento de uma revista,11 anos depois!Do ponto de vista da Numerologia, todo nmero formado pela repetio de algarismos um Nmero Mestre, como o 11, 22 e 33, por exemplo. A soma dos algarismos 11 + 11 + 2+0+1+1 resulta em oito, um nmero muito poderoso. Cheio de significados, o dia 11/11/11 tambm foi especial para toda a equipe Dolce. A revista, que comemora 11 anos de Morumbi em 2011, festejou a data em grande estilo, com um delicioso ch da tarde, ofere-cido pelo querido Anderson Padovani, no Atmosphere Bistr e Bar. Entre as perdies, minissanduches, miniquiches, trouxinhas, pes, geleias, bolos e mini-doces. Uma delcia! Depois do brinde, das fotos e de muitas risadas, esticamos a comemorao at o Inside Grill & Salad, numa hour pra l de happy que rendeu boas histrias e durou at altas horas. Quem venham mais 11 Dolces anos!

    Atmosphere Bistr e BarRua Marechal Hastimphilo de Moura, 233 Tel.: 3743-6039 www.atmospherebistro.com.brInside Grill & SaladRua Pasquale Gallupi, 39 Tel.: 3501-5748 www.insidegrillsalad.com.br

    O nascimento de uma revista,

    Do ponto de vista da Numerologia, todo nmero formado pela repetio de algarismos um Nmero Mestre, como o 11, 22 e 33, por exemplo. A soma dos algarismos 11 + 11 + 2+0+1+1 resulta em oito, um nmero muito poderoso. Cheio de significados, o dia 11/11/11 tambm foi especial para toda a equipe Dolce. A revista, que comemora 11 anos de Morumbi em 2011, festejou a data em grande estilo, com um delicioso ch da tarde, ofere-cido pelo querido Anderson Padovani, no Atmosphere Bistr e Bar. Entre as perdies, minissanduches,

    Espelho_89.indd 40 28/11/2011 14:50:32

  • Em Foco

    DEZEMBRO 2011 41

    Espelho_89.indd 41 25/11/2011 21:01:21

  • Em Foco

    DEZEMBRO 201142

    Mais luxo e estilo no Morumbi

    Inaugurado em agosto, o salo Mais Stilo Hair oferece aos seus clientes as mais modernas tendncias de beleza do mundo num s lugar. Com servi-os de cabelo, unhas, depilao, estticas corporal e facial, o novo espao possui uma equipe diferenciada e competente e trabalha com os melhores produtos e as melhores marcas, alm de disponibilizar servios de segurana, manobrista, cafeteria e wi-fi. Reserve um tempinho para cuidar de voc e conhea o novo pon-to da beleza no Morumbi.

    Mais Stilo Hair Rua Ascencional, 125 loja 4 Tel.: 3741-0938 www.maisstilohair.com.br

    Espelho_89.indd 42 25/11/2011 22:25:31

  • Espelho_89.indd 43 25/11/2011 21:01:42

  • Em Foco

    DEZEMBRO 201144

    Espelho_89.indd 44 25/11/2011 21:01:48

  • Dia de cuidar da sade

    No dia 12 de novem-bro, diversos voluntrios aqui do Morumbi parti-ciparam do Mutiro da Sade na Vila Andrade. No espao cedido pela

    diretora Maria Lcia Mastropasqua, da Escola da Comunidade do Colgio Porto Seguro, foram rea-lizados palestras de preveno em sade, exames de glicemia, presso arterial, distribuio de esco-vas de dente, aplicao de flor e tcnicas de esco-vao, alm de atendimento mdico para um grande nmero de pessoas que tm dificuldade de acesso a este tipo de atendimento. A realizao do evento contou com as parcerias entre a AMO Jardim Sul, AMIS Associao Morumbi de Integrao Social, IB Morumbi, Polcia Militar 5 CIA do 37 Batalho da PM, Secretaria da Sade, Subprefeitura do Campo Limpo, Colgate, revista Dolce Morumbi, Sabor das Massas, Bioqualynet, Rotary Morumbi e Impacto.

    Em Foco

    Espelho_89.indd 45 28/11/2011 10:32:46

  • Em Foco

    DEZEMBRO 201146

    Avel, Chocolate com Maracuj, Trufado, Morango com Leite Condensado... A Sodi Doces (antiga Sensaes Doces) est de casa nova desde outu-bro para atender ainda melhor seus clientes. Muito bem instalada no Portal do Morumbi, o espao, agora com estacionamento muito mais amplo, possui em seu menu mais de 70 tipos de deliciosos bolos. de dar gua na boca!

    Aos amantes dos esportes radicaisDistribuidora especializada em skates completos, peas e acessrios para longboarding, a Legends Skateboards conta com um espao de 250m2, com mais de 30 modelos de skates, 60 modelos de rodas (incluindo tambm os eixos) e muitos outros acessrios. Na concept store, um simptico lounge anos 1970 mostra as peas da poca; alm de um minimuseu de skates antigos, que tambm faz parte do acervo. Dentre as marcas (distribudas com exclusividade no Brasil) esto: Gordon Smith, Sims, Seismic, Tunnel, Tracker USA, Bamboo e Smith Scabs. Legends SkateboardsAv. Dr. Guilherme Dumont Villares, 839 Tel.: 3739-2271

    Irresistvel at o ltimo pedao

    Sodi Doces Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 800 Tels.: 3739-3554 / 3501-1699 www.sodiedoces.com.br

    Espelho_89.indd 46 28/11/2011 09:26:06

  • Em Foco

    DEZEMBRO 2011 47

    Espelho_89.indd 47 25/11/2011 21:02:09

  • Em Foco

    DEZEMBRO 201148

    O charme dos minibolos Seja qual for a comemorao, os cupcakes sempre roubam a cena. Sucesso com seu conhecido quios-que de delcias com mais de 20 deliciosos sabores (alguns exclusivos, como o de tapioca com doce de leite, amendoim com baba-de-moa e tutti-frutti), os famosos Tuca e Binha Cupcakes aca-bam de inaugurar sua mais recente loja no Morumbi. Instalada na Dep. Joo Sussumu Hirata, o cliente que passar por l pode degustar uma srie de novidades: tem minicup-cake salgado, po de tapioca com carne seca e requeijo, um caf superespecial do

    Caf do Centro, caf da manh com cuscuz nor-destino, sucos naturais, sorvetes e cardpio para almoo ou jantar. Quem sonha com aquela fes-ta de arrasar ainda tem um espao dedicado ao tema, com lindas opes de enfeites e emba-lagens, e fotos de encher os olhos!

    Tuca e Binha Cupcakes Av. Giovanni Gronchi, 5819 lj. Q18 Tel.: 3742-8383Rua Dep. Joo Sussumu Hirata, 407 www.tucaebinhacupcakes.com.br

    leite, amendoim com baba-de-moa e tutti-frutti), os famosos Tuca e Binha Cupcakes aca-bam de inaugurar sua mais recente loja no Morumbi. Instalada na Dep. Joo Sussumu Hirata, o cliente que passar por l pode degustar uma srie de novidades: tem minicup-cake salgado, po de tapioca com carne seca e requeijo, um caf superespecial do

    Caf do Centro, caf da manh com cuscuz nor-destino, sucos naturais, sorvetes e cardpio para almoo ou jantar. Quem sonha com aquela fes-ta de arrasar ainda tem um espao dedicado ao

    Mutiro do resduo eletrnico na C&C MorumbiDesde o dia 17 de outubro, a C&C, unidade da Av. Dr. Chucri Zaidan, recebe equipamentos eletrnicos que no funcionam mais. A inciativa, que faz parte do Programa de Sustentabilidade C&C, tem por objetivo recolher materiais eletrnicos que seriam descartados de forma inadequada, ou seja, iriam parar nos lixes e causar mais impactos ambientais.Os aparelhos eletrnicos (computadores, celulares, telefones, impressoras etc.) contm partes que podem ser reutilizadas e recicladas, alm de substncias e metais pesados que podem contaminar o solo. Ao serem depositados na loja da C&C, os aparelhos recebero os devidos cuidados de uma empresa especializada a Reciclo Metais seus componentes sero reciclados, diminuindo o impacto ambiental e gerando emprego e renda. Para 2012, a ideia que sejam implantados postos fixos de coleta. Os resduos podem ser deposita-dos na loja sem custo algum. A Reciclo Metais coleta e processa os materiais e, ao final, emite o Certificado de Destinao Adequada, que ficar exposto na loja.

    C&C Morumbi Av. Dr. Chucri Zaidan, 230 www.cec.com.br

    Cia Athletica ganha prmio da revista Sport Life Presente no mercado h 26 anos, a Cia Athletica foi eleita pelo segundo ano consecutivo, por premiao realizada pela revista Sport Life, a academia mais querida. A votao tambm reconheceu as melhores marcas de equipamentos, nutrio esportiva, bicicletas, vesturio, alm dos melhores atletas. A solenida-de de entrega dos prmios aconteceu no dia 8 de novembro, no Museu de Arte Moderna em So Paulo, e contou com a participao de grandes atletas brasileiros, como Fabiana Murer, Marlson dos Santos e Marcelo Negro. Parabns!

    Espelho_89.indd 48 28/11/2011 09:26:03

  • Em Foco

    DEZEMBRO 2011 49

    Espelho_89.indd 49 25/11/2011 21:02:35

  • Em Foco

    DEZEMBRO 201150

    Chalezinho: magia e sofisticao nasfestas do final de ano

    O restaurante Era uma vez um Chalezinho... preparou mais uma superproduo para deixar o seu Natal e Rveillon ainda mais especiais. O j sofisticado cardpio, a decora-o especial (so aproximadamente 80 mil luzes, alm de uma rvore de cinco metros rodeada de renas e pacotes de presentes, que completam o cenrio de magia) e mui-to som na pista com DJ convidado, recheiam as tradicionais festas, repletas de surpre-sas e atraes. Os convites podem ser adquiridos no Chalezinho e o nmero de vagas de 200 pessoas por data. Consulte valores no site.

    Era uma vez um Chalezinho... Rua Itapimirum, 11 Tel.: 3501-9322 www.chalezinho.com.br Os convites podem ser pagos em at 3x sem juros nos cartes Mastercard e Visa.

    Intercmbio esportivoO So Paulo Futebol Clube, em parceria com o Grupo COG e a Vallencia College, lanou no dia 27 de setembro no Salo Social do Estdio do Morumbi, projeto que proporcionar aos seus scios programas de intercm-bio esportivo, de ensino e oportunidades de lazer nos EUA. O intercmbio de Ensino realizado na Vallencia College, em Orlando, na Flrida, e oferece aos scios do SPFC o Intensive English Program, com cursos a partir de duas semanas para o estudante aprimorar sua fluncia no idioma da lngua inglesa. Inicialmente, os scios vo participar de torneios no ESPN Wide World of Sports, no Walt Disney World Resort. J na segun-da fase, jogaro o Brazil-Texas Soccer, realizados em Dallas, no Texas, com superviso de Teodoro Santana, craque do So Paulo nas dcadas de 1970 e 1980. Alm de estudar e jogar futebol, o scio do SPFC pode-r desfrutar dos famosos parques temticos e centros de compras em Orlando. Uma excelente oportunida-de de lazer e diverso!

    COG Intercmbio So Paulo Tels.: 7759-1651 / 7759-1650 Porto Alegre Tel.: (51) 3737-0846

    Espelho_89.indd 50 28/11/2011 14:50:57

  • Em Foco

    DEZEMBRO 2011 51

    Espelho_89.indd 51 25/11/2011 21:02:47

  • DEZEMBRO 201152

    Espelho_89.indd 52 25/11/2011 21:02:49

  • Em Foco

    DEZEMBRO 2011 53

    Em FocoPilates com metodologiaA prtica de atividades fsicas, como o Pilates, fundamen-tal para uma boa qualidade de vida, porm muitas pessoas que comeam a pratic-las acabam desistindo por ques-tes diversas. Pensando nisso, a Brcke Pilates assumiu a responsabilidade em motivar seus alunos a persistirem nos exerccios e na frequncia s aulas. Atravs da anlise do comportamento de cada um dos alunos, a academia detectou quatro tipos de comportamento controladores, analisadores, promotores e apoiadores e suas variaes e desenvolveu estmulos motivacionais especficos para cada um deles. Dessa forma, o foco no s o treino, mas tambm o aluno e o seu relacionamento com a atividade. Visite a Brcke Pilates e conhea a sua metodologia.

    Brcke Pilates Rua Jos Ramon Urtiza, 308 Cj 02Tels.: 2503-2671 / 2503-2679 / 2503-2705 / 2503-2706

    Espelho_89.indd 53 25/11/2011 22:27:38

  • DEZEMBRO 201154

    Espelho_89.indd 54 25/11/2011 22:27:41

  • DEZEMBRO 2011 55

    A viagem de peregrinao organizada pela Costa Azul e guiada espi-ritualmente pelo padre Jos Roberto Pereira, da Igreja da Consolao, foi, para mim, um presente de Deus. Recomendo a todas as pessoas

    que buscam aprimorar sua espiritualidade. E para aqueles que no vo para Israel por acreditarem ser perigoso, fiquem tranquilos, o lugar ins-

    pira paz e tranquilidade, por isso no se privem de ter uma experin-cia maravilhosa e inesquecvel. Aproveito para agradecer equipe da

    Costa Azul, que durante meses trabalhou para tornar esta viagem pos-svel. Obrigada, padre Jos Roberto, pelos ensinamentos. Obrigada,

    Flvia, pelo seu profissionalismo e pelo carinho. Beth Orru

    Viagem Terra Santa, Santa Terra que o Bom Deus nos conce-deu! Nos meus quatro anos e meio de sacerdcio, jamais imaginei viver uma experincia to intensa como a que vivi juntamente com os demais peregrinos dos quais fui o diretor espiritual. Quando nos

    encontramos nos lugares onde Cristo esteve, onde Ele comeu com os seus amigos pela ltima vez antes da sua entrega por amor a ns

    (Cenculo), poder ir aonde Ele fez o sermo sobre o Reino (as Bem-Aventuranas), aonde ensinou como rezar (Pater Noster/ Getsemani); aonde Ele pisou antes de subir aos cus (Ascenso); aonde o Seu corpo repousou e como Ele andou durante a sua Via-Crcis. No tem explicao, e nem tenho como expressar, de to inten-

    so e nico que foi tudo o que vivemos juntos! Mas o que posso afirmar que hoje eu sou um novo homem, ou seja, um NOVO SACERDOTE!

    Pe. Jos Roberto Pereira Administrador Parquia Nossa Senhora da Consolao

    Sua viagem em boas mosQuando voc procura a Costa Azul Turismo, pode ter a certeza de que est fazendo a melhor escolha. A agncia possui representao de vendas de escolas de idiomas, trabalhos no exterior, pacotes de viagens, passagens areas, locao de carros, cruzeiros e hotis em todo o mundo.Seus consultores esto prontos a prestar todas as informaes necessrias sobre os melhores destinos, hotis, preos que cabem no seu bolso, pacotes em promoes, viagens com crianas e descontos diversos. H 21 anos levando voc e sua famlia com segurana e qualida-de pelo mundo, a Costa Azul Turismo oferece sadas do Brasil com guias em portugus e assistncia completa desde o Aeroporto Internacional de Guarulhos para os mais diversos pases, como Portugal e Itlia, inclusive viagens para destinos de peregrinaes, como Egito, Terra Santa e Jordnia para catlicos e ndia para grupos ecumnicos, entre outros, com sadas mensais durante todo o ano.Para os EUA, oferecem pacotes fly & drive o ano todo, com pre-os promocionais, grupos para a Disney para menores desacompa-nhados e pacotes de seis a sete noites para compras em Orlando, Miami e Nova Iorque, este ltimo com sadas nos meses de abril e novembro. O Grupo Disney Costa Azul para menores desacompanhados tradicionalmente mantm as sa-

    das no ms de julho. A agncia se destaca por fornecer monitoramento dos menores 24h por dia, servios de tesouraria, mdicos disposio para atendimento no hotel dentro da Disney, alm de festa exclusiva com DJ no Epoct Center.

    Costa Azul Turismo Tel.: 2507-0015 www.costaazulturismo.com.br

    Pe. Jos Roberto e Flavia Ramires

    Espelho_89.indd 55 25/11/2011 22:27:58

  • DEZEMBRO 201156

    Liderana, motivao e disciplinaMaior rede de treinamento marcial do mundo, a ATA American Taekwondo Association , acima de tudo, um estilo de vida. A partir de um sistema diferenciado, com base nos valo-

    res da famlia e de atitude mental positiva, trabalha a segurana que uma atividade fsica inten-sa proporciona, promovendo a elevao na autoestima.Com programas especficos para todas as faixas etrias

    e num ambiente de integrao e convvio familiar, a ATA Plenz System segue uma tradio, procurando desenvolver

    e fortalecer sempre os princpios bsicos de disciplina, respeito, autoestima, cortesia, perseverana, auto-confiana e liderana.

    Pratique ATA, d adeus ao estresse e descubra o verdadeiro cami-nho de bem-estar.

    ATA Morumbi Rua Nelson Gama de Oliveira, 425 Tel.: 2364-1390ATA Alphaville Calada Adebar, 36 Tel.: 4153-4986ATA Moema Alameda dos Arapans, 766 Tel.: 5051-0242ATA Itaim Av. Nove de Julho, 5835 Tel.: 3078-4701www.ata-saopaulo.com.br

    Chic Chic: trs anos de sucesso, pertinho de vocDesde que chegou ao Morumbi, no Shopping Portal, a Chic Chic se tornou um cone. Conhecida por garim-par produtos ao redor do mundo, a loja foi ampliada e abriu, tambm no Shopping Portal, um espao espe-

    cial para acessrios e toda a linha de calados Melissa e Melissinha. Para come-morar esse sucesso, nada melhor que uma boa promo-o relmpago para encerrar esse terceiro ano com chave de ouro: descontos de 10% em todas as peas, exclusive os j remarcados em at 50%.

    O novo espao, alm de lin-do, superacolhedor. Visite e se surpreenda!

    CHIC CHIC Lab de Criao Shopping Portal do Morumbi Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 1269 - lojas 07 e 21 ATel.: 3507-7304/06www.chiclab.com.br

    Espelho_89.indd 56 25/11/2011 22:32:29

  • DEZEMBRO 2011 57

    Cuidados para o VeroO vero vem chegando, e com ele as mudanas de hbito inerentes estao... Longos perodos de exposio ao sol e ao calor, suor, uso de filtros solares, praia e areia. Tudo isto pode tirar a pele do seu equilbrio. Afinal, o que deve-mos fazer para passar bem e prevenir danos desnecessrios?Primeiramente importante saber que proteger-se do sol no apenas aplicar o filtro solar, mais do que isto. mudana de comportamento em relao a ele. Oriento as pacientes a nunca exporem rosto, colo e pescoo direta-mente ao sol, pois so reas que acabam mostrando muito o efeito cumu-lativo da radiao. Para isto, vale usar um chapu de abas largas ou manter essas reas debaixo da sombra do guarda-sol. E por falar em chapu, pro-cure aqueles que protegem bem. J existem algumas marcas de produtos de proteo (camisetas, bons e viseiras) fabricados com filtro solar em seu tecido. Estes produtos garantem um bloqueio muito mais efetivo dos raios UV, quando comparados a um convencional. O filtro para o rosto e o colo tambm deve ser mais alto, fator 30 para cima. No corpo o fator mnimo recomendado o 15. Hoje j existe uma variedade de marcas, com texturas mais leves e at em spray para facilitar o uso e no deixar a pele gordurosa. O filtro deve sempre ser aplicado meia hora antes da exposio e reaplicado a cada duas horas, ou aps entrar no mar, na pis-cina ou transpirar muito. Mesmo nos dias nublados, deve-se usar filtro, pois as nuvens s retm 30 a 40% da radiao.Para quem busca um bronzeado uniforme, o ideal comear a exposio de forma crescente, um pouco cada dia. Assim a pele vai formando a melanina necessria para estar protegida. Vale tambm utilizar estimuladores de bron-zeado, sempre comeando um ms antes e mantendo durante todo o perodo de exposio. Lembre-se de sair do sol sempre que a pele ficar rosada, pois j sinal de que a exposio est excedendo o ideal. Qualquer grau de quei-madura danoso, e deve ser evitado ao mximo. O difcil ao convencer as pessoas da proteo porque as consequncias do abuso do sol s aparecem aps certa idade, pois o efeito dele soma-trio e cumulativo. Ns que estamos habituados a avaliar a pele, sabemos a grande diferena que faz quem se cuida do sol. E no s em termos de manchas, a prpria qualidade da pele, pois o excesso de radiao danifi-ca sua estrutura, de colgeno.Para evitar o suor, use roupas leves e de materiais no-sintticos uma dica boa comprar um borrifador e colocar gua mineral dentro. Leve para a praia e aplique no rosto, na nuca e no colo para refrescar. Colocar um frasco de gua termal na geladeira e aplicar na pele tambm uma tima opo, pois, alm de hidratar a pele, tem efeito calmante.

    Tomando estes cuidados voc tem tudo para passar um vero tranquilo.

    Aproveite!

    Dra. Isabela Fleischfresser Poffo CRM 143.736Av. Albert Einstein, 627 Bloco A1 Sala 421 Tel.: 2151-5421

    Espelho_89.indd 57 25/11/2011 22:32:24

  • DEZEMBRO 201158

    Faa a festa no seu NatalMuito mais novidades na Fantasia & Cia. A loja, que passou por reformulao, acaba de receber novas fan-tasias inspiradas em filmes, desenhos, heris e viles, alm de modelos em tamanhos grandes, engraa-das e luxo, e voc pode tambm se informar sobre as vrias promoes. Para o Natal, fantasias de Papai e Mame Noel, adulto e infantil. Reserve a sua e garanta a alegria da festa!

    Fantasia & Cia. Av. Dr. Guilherme Dumont Villares, 974Tel.: 3743-3101 www.fantasiaecia.com.br

    Cansado de presentear amigos e parentes sem-pre com as mesmas lem-brancinhas? Confira as opes criativas de presentes personalizados da Brasil Design e saia do bvio: lindos quebra-cabeas de cubo, agen-das, porta-lpis, cubos mgicos, caixas, porta-copos, e muito mais! s entregar as fotos digitais ou impressas e deixe que a Brasil Design se encarregue de surpreender!

    Brasil Design Av. Jorge Joo Saad, 241 Tel.: 3744-9657 www.brasildesign.art.br

    Abuse da criatividade neste Natal

    Novos ares, novos horizontesA vida feita de mudanas constantes, e cada mudan-a sempre representa um desafio. O hair stilyst Larcio Camilo incorporou o desafio e levou seu talento e sua arte para o Mais Stilo Hair. "Escolhi um salo para voc chamar de seu, um lugar s nosso", convida o profissional.

    Mais Stilo Hair Rua Ascencional, 125 loja 4 Tel.: 3741-0938 www.maisstilohair.com.br

    Espelho_89.indd 58 28/11/2011 09:26:34

  • DEZEMBRO 2011 59

    Dicas para decorar apartamentos pequenos com TodeschiniO apartamento de 84 m foi decora-do com a inteno de abrigar uma famlia de 4 a 5 pessoas num espa-o relativamente pequeno. A arqui-teta Manuela Tonti, em parceria com a Todeschini Arte Cozinhas, no quis apenas encantar o cliente, mas aten-der s necessidades da famlia, valo-rizando espao e conforto.Uma boa ideia para tornar um ambien-te maior a utilizao de espelhos e transparncias. Manuela teve o cui-dado de colocar espelhos no armrio sute e mesa com tampa de vidro dan-do a sensao de um espao maior. Os acabamentos so de qualidade e acompanham as tendncias. Foram utilizados alguns materiais de lana-mentos, como o cobre no bar misturando com as demais cores do home em L e portas de vidro bronze. Ou com as portas de vidro refleto do armrio sute.A parceria entre Manuela e a Todeschini Arte Cozinhas j existe h alguns anos. Segundo a arquiteta a quali-dade dos produtos, a montagem impecvel, o comprometimento e ateno da equipe fazem toda a diferena. A Arte Cozinhas foi muito importante neste trabalho.

    Todeschini - So Paulo Av. Dr. Guilherme Dumont Vilares, 2386 Tel.: 3502-3633 Av. Dr. Guilherme Dumont Vilares, 2319 Morumbi (Corporativa) Tel.: 2538-1621 Av. Rebouas, 2838 Tel.: 3813-8444 Rua Coelho Lisboa, 334 Tatuap Tel.: 2094-3310 Rua Emlia Marengo, 637 Anlia Franco Tel.: 2671-3860Todeschini - Guarulhos Av. Paulo Faccini, 2003 Bosque Maia Tel.: 2382-8278Escritrio de Arquitetura Manuela TontiRua Daniel Cardoso, 251 Pompia arq[email protected] / www.manuelatonti.arq.br

    Espelho_89.indd 59 25/11/2011 22:32:42

  • DEZEMBRO 201160

    Aproveite as frias para descomplicar a sua vida

    Nessa poca do ano, sempre estamos atrs de lembrancinhas para presentear os amigos, a famlia. Que tal uma lembrana em forma de cupcake ou minibolo feita pela Smiles and Joy?Seus doces macios, que derretem na boca, enchem os olhos pela beleza e delicadeza da decorao e das embalagens. Alm de agradar os amigos, se voc empresrio, pode presentear seus funcionrios e tam-bm seus clientes e parceiros.Sua mesa de Natal vai ficar ainda mais bonita e colorida!

    Smiles and Joy Tels.: 3739-0069 / 8208-1091 www.smilesandjoy.blogspot.com

    Doce lembrana de Natal

    Voc sabe o que importante pa-ra voc? O que lhe proporciona

    qualidade de vida? Qualidade de vida su-

    prir as necessidades psicofisiolgicas; adotar hbitos que promovam a funciona-

    lidade do corpo, do emocional e do mental, o aprimoramento das habilidades atravs do tri-

    nmio boa alimentao, boa forma e boa cabea. Qualidade de vida tambm adotar uma viso de mun-

    do que motive cada um a buscar desenvolvimento e aprimoramento contnuo, conquistando a prpria ex-celncia atravs do estudo, dos ideais e do autoco-nhecimento. tornar a existncia descomplicada,

    fazer o que d prazer, com alegria, sade e bem-estar. Aproveite as frias para juntar os amigos, praticar o Mtodo

    DeRose e descobrir porque milhares de pessoas em muitos pases esto adotando esse Mtodo!

    Espao Cultural Morumbi Rua Ivor, 23 Tel.: 3776-7092 www.metododerosemorumbi.org

    Espelho_89.indd 60 25/11/2011 21:04:06

  • DEZEMBRO 2011 61

    Espelho_89.indd 61 25/11/2011 21:03:58

  • Lvio GiosaPresidente do CENAM Centro Nacional de Modernizao Empresarial. Vice Presidente da ADVB Associao dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil e Coordenador Geral do IRES Instituto ADVB de Responsabilidade Socioambiental. Contato: [email protected]

    DEZEMBRO 201162

    Mais segurana ou menos sacolas plsticas?Tudo uma questo de prioridade. Mas parece que as autoridades pblicas de So Paulo no entendem assim. Vamos aos detalhes.Est mais do que reconhecido o problema de segurana no Estado, na cidade e, em especial, no bairro do Morumbi. Os nmeros so acachapantes e dirios, colocando a populao local em estado de alerta e de estresse total. Quando ouvimos os respons-veis, as respostas so as mesmas. No entanto, o que se percebe que no h estra-tgia, no h plano de convergncia do problema para se obter uma soluo rpida e ao mesmo tempo duradoura. Todos que frequentam o Morumbi tm uma posio clara sobre a situao e sabem quais so os mecanismos e as posies que merecem uma ao da polcia de forma mais contundente e eficaz. isto que se espera deste rgo!Tem-se ouvido, e muito, casos de amigos e parentes que no so mais visitados porque o Morumbi perigoso. E isto muito ruim para a imagem do Bairro e da populao que aqui habita. Pois bem, isto prioridade! Por outro lado, no incio deste ano e no incio da gesto do novo governo de So Paulo, de repente, do nada, sem mais nem menos, as autoridades pblicas paulistas anunciam um acordo com os supermercados informando

    que iro banir as sacolas plsticas a partir de janeiro de 2012.E comea, ento, uma ampla articulao, reunies, audincias com o Governador e o Secretrio do Meio Ambiente, tempo enorme desperdiado para gerar compromisso em retirar as sacolinhas dos supermercados.Ora, isto prioridade? O governo e os supermercados querem nos impingir uma mxima: as sacolas plsticas so as grandes vils do meio ambiente. A verdade que no existe nada que comprove isto. As sacolas pls-ticas representam somente 0,2% do lixo dos aterros sanitrios.Veja bem: as sacolinhas no so descartveis, so reutilizveis. Quase todo mundo as reutiliza para colocar lixo. Sem elas voc vai ser obrigado a comprar novos sacos para esse fim. Um sacrifcio sem qualquer vantagem ambiental. A nica diferena que vai ter que pagar por esses sacos e por outros tipos de sacola. Prepare o bolso.Pesquisa Datafolha mostra que 88% das pessoas reutilizam as sacolas para armazenar lixo, transportar objetos e recolher sujeira de animais. Por isso ela a embalagem preferida de 84% da populao.Os rgos de vigilncia sanitria recomendaram o uso de recipientes plsticos para descarte do lixo. Com a proibio das sacolinhas, populaes menos favorecidas no tero como descartar o lixo de forma correta.Estudos feitos pelo governo britnico e pelo Instituto Ecofuturo comprovam que o processo de fabricao das sacolinhas plsticas causa menos impacto ambiental do que o das sacolas de pano, papel e papelo. No papo, fato, cientfico. Ao longo de sua vida til, uma sacolinha plstica comum emite menos gs carbni-co e metano no meio ambiente (gases causadores do efeito estufa) do que qualquer uma das sacolas alterna-tivas oferecidas hoje. A proibio das sacolinhas poder acarretar o fim de 30 mil empregos diretos no pas e 6 mil empregos diretos em So Paulo. Para evitar o acmulo de fungos e bactrias e a possvel contaminao dos alimentos, as sacolas retornveis precisam ser higienizadas com alta frequncia, o que aumenta o con-sumo de gua e outros produtos. preciso ter cuidado tambm com as caixas de papelo usadas, pois mui-tas vezes elas no tm as condies higinicas adequadas para transportar as compras. O problema no a sacolinha, e sim o desperdcio e o descarte inadequados, esses sim so os viles do meio ambiente. A solu-o, portanto, no proibir, mas educar a populao a usar, de forma responsvel, as sacolinhas plsticas e todas as outras embalagens. O que est por trs disto, na verdade, so os fatores poltico e econmico envol-vidos. Os supermercados gastam R$ 500 milhes/ano com as sacolinhas. Que eles embutem no preo dos produtos que ns consumimos.Agora, eles querem, retirando as sacolas, economizar estes valores, no diminuir o preo dos produtos e, ain-da, fazer comprar (quem quiser) as sacolas por um preo 600% mais caro. a ditadura do consumo. Ns, consumidores, no fomos ouvidos, as empresas fabricantes de sacolas tam-bm no e os trabalhadores nem sequer imaginam o estrago maior: perda do emprego.E a segurana do Morumbi? Como vai ficar?Parece que para as autoridades pblicas melhor cuidar das sacolinhas...

    Espelho_89.indd 62 25/11/2011 22:32:41

  • DEZEMBRO 2011 63

    Espelho_89.indd 63 25/11/2011 21:04:11

  • DEZEMBRO 201164

    Paulo Amaral

    morador do Morumbi

    e jornalista da Rede

    Globo de Televiso,

    onde edita o

    jornal Hoje.

    Pensata2011: o ano da virada no Morumbi Um amigo costuma dizer que os jornalistas se pautam por 80 assuntos no ano. As efemrides inundam o noticirio e dividem opinies. Nas redaes o tema tratado como piada por aqueles que odeiam pautas repetidas. O problema que no d pra deixar de falar das frias em janeiro, do carnaval em fevereiro, das compras de Natal em dezembro. H demanda por informaes de servios e a efemride vira pauta obri-gatria. O desafio, de reprteres e editores, abordar o assunto corriqueiro com um novo enfoque, um tratamento diferente que surpreenda o leitor, o ouvinte ou o teles-pectador. E j que falei de efemride obrigatria, a coluna deste ms se pauta por um dos 80 assuntos e antecipa o tradicional balano de fim de ano. Vamos relembrar os acontecimentos que marcaram o Morumbi em 2011.O ano comeou com as discusses sobre as sedes da Copa do Mundo. Os morado-res se dividiam entre aqueles que sonhavam com as melhorias no bairro e os que no queriam nem ouvir falar dos jogos no Morumbi. A segunda corrente foi contemplada e, junto com a torcida do Corinthians, deve estar comemorando at agora. Mas ns aqui no bairro perdemos mais do que ganhamos com a deciso conjunta do gover-no do Estado, da prefeitura e da Fifa. Depois que Itaquera foi definida como sede de So Paulo para a Copa, aes e investimentos previstos para o Morumbi foram adia-dos, transferidos ou simplesmente arquivados. Do pacote de projetos sobrou a dis-cusso sobre a implantao do monotrilho. Mas a divulgao do traado assustou muita gente, e o ano termina com o governo anunciando que s vai fazer, por enquan-to, parte da obra (se no houver reviravolta, o monotrilho vai at o Brooklin, sem atra-vessar o Rio Pinheiros).Alis, ainda esperamos pelas obras virias que vo melhorar o trnsito nas nossas ruas. A Avenida Perimetral andou bem, mas no ficou pronta e, o pior, h o temor de que ela seja intil, porque sem uma nova ponte vamos continuar enfrentando os lon-gos congestionamentos nas nossas ruas e avenidas.A linha 4 do metr atravessou o Rio Pinheiros e chegou ao Butant este ano. Resta agora esperar que o metr chegue logo Vila Snia, para que, pelo menos, uma parte dos moradores usufrua dos benefcios deste importante meio de transporte da cidade.O Morumbi continuou crescendo este ano, novos prdios, novas lojas e muitos mais moradores vieram se juntar a ns. Compartilhar da nossa generosa rea verde e sofrer com as nossas mazelas. O ano termina com um clamor geral por mais segurana. Prdios assaltados, motoristas vtimas de arrasto, vizinhos que morreram por causa da violncia. O Morumbi, para nossa tristeza, frequentou o noticirio policial mais do que deveria. As notcias se espalharam pelo pas. Mas foi em torno da violncia que surgiu a maior mobilizao popular do bairro nos ltimos anos. A participao dos morado-res nas redes sociais fez surgir o movimento dos Moradores do Morumbi. A mani-festao pela paz na Praa Vinicius de Moraes nos encheu de orgulho. Uma semente foi plantada naquele dia e uma nova histria comeou a ser contada no Morumbi. A partir de agora todos conhecem a nossa fora e vo nos respeitar e ouvir as nossas reivindicaes. Afinal, temos um motivo para comemorar e podemos dizer que 2011 foi um ano que jamais ser esquecido.

    Espelho_89.indd 64 28/11/2011 09:26:42

  • DEZEMBRO 2011 65

    Espelho_89.indd 65 25/11/2011 21:04:30

  • DEZEMBRO 201166

    Natal! Natal muito mais que presentes, famlia e festas! um momento doce e cheio de significado para as nossas vidas! tempo de repensar valores, de ponderar sobre a vida e tudo o que a cerca. momento de deixar nascer essa criana pura, inocente e cheia de esperana que mora no cora-o de cada um de ns. sempre tempo de contemplar aquele menino pobre, que nasceu numa manjedoura, para nos fazer entender que o ser humano vale por aquilo que e faz, e nunca por aquilo que possui. sempre tempo de ensinar aos nossos filhos que para termos um mundo melhor, precisamos ser e dar o melhor de cada um de ns diariamen-te ao mundo. o momento de lembrarmos, mais que nunca, o

    grande amor que Deus nos tem, ELE nos enviou seu Filho, seu amado Filho, a este mundo para nos salvar. O Natal uma data festiva, e espero que o olhar de cada um possa estar voltado para uma festa maior, a festa do nascimento de Cristo dentro de seu corao.ELE nos trouxe os exemplos da PAZ, do AMOR, da COMPREEN-SO, da TOLERNCIA, do PERDO, da FELICIDADE, da GRATI-DO, da ALEGRIA... Quesitos imprescindveis para vivermos o SEU exemplo, imagem e semelhana e, a sim, atingirmos a Felicida-de to almejada!Este o verdadeiro sentido de NATAL; nessa poca que deve-mos refazer planos, reconsiderar os equvocos e retomar o cami-nho para uma vida cada vez mais feliz. Teremos outras 365 novas oportunidades de dizer vida que, de fato, queremos ser plena-mente felizes. Aproveite o ano que est chegando para realizar todos os seus sonhos! Ame com intensidade. No tenha medo de alcanar as estrelas. E, o mais importante dos ingredientes, encontre-se com Deus todos os dias... Assim tudo se tornar muito mais simples, e o seu ano ser iluminado! Que todos ns faamos a nossa parte na construo de um mundo melhor, mais fraterno, solidrio, repleto de amor e compreenso.Que todos tenham um Natal iluminado e cheio de amor e um Ano Novo repleto de conquistas e realizaes. FELIZ NATAL E UM MARAVILHOSO 2012!

    Rosa Richter pedagoga; presidente da Associao Cultural e de Cidadania do Panamby; presidente da AMO Jardim Sul; conselheira e diretora de vrias entidades na rea de Desenvolvimento social. [email protected]

    Espelho_89.indd 66 25/11/2011 21:04:39

  • DEZEMBRO 2011 67

    Espelho_89.indd 67 25/11/2011 21:04:49

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201168

    Sozinho, com a famlia ou amigos, seja por terra, ar ou mar, viajar bom demais! Conhecer novas cidades ou pases ou voltar praquele lugar que nos faz to bem, revigora e traz muito mais nimo para os novos dias. Mas e seu bichinho

    de estimao? Levar ou no levar? Como transportar? Essas e muitas outras dvidas sempre passam pela cabea de quem tem algum pet em casa e vai se ausentar durante

    alguns dias. Para esclarec-las, Dolce conversou com a Dra. Patrcia Esteves, veterinria do pet shop Mundo Zoo.

    Dog tour

    Vitrine_89.indd 68 28/11/2011 09:27:24

  • Vitrine

    DEZEMBRO 2011 69

    Vitrine_89.indd 69 25/11/2011 22:35:15

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201170

    J planejou as frias de fim de ano? Vai viajar e quer garantir a segurana e o conforto do seu bichinho de estimao? Se os donos

    viajam e optam por no levar seus

    pets, alguns pontos devem ser obser-

    vados na hora de escolher o local em

    que ele ser hospedado. Limpeza,

    se os animais ficam em um lugar com

    espao suficiente, se no so coloca-

    dos muitos animais juntos, se existe

    servio veterinrio 24 horas para qual-

    quer emergncia. Observar tambm

    se so exigidos carteira de vacinao,

    vermifugao prvia e atestado de

    sade para evitar a propagao de

    doenas entre os hspedes. Porm,

    se voc no abre mo da companhia

    ou simplesmente no quer deix-lo

    para trs, algumas medidas simples,

    se tomadas, facilitam (e muito!) o

    transporte dos pets, alm de garantir

    a segurana, sejam eles quais forem.

    Cachorros, gatos, pssaros, roedo-

    res, rpteis... De carro, nibus, avio...

    Como isso pode ser feito, sem perder

    a praticidade do dia-a-dia? Patrcia

    explica que importante lev-los em

    caixas ou gaiolas adequadas ao

    tamanho do animal, providenciar

    Vitrine_89.indd 70 28/11/2011 09:27:28

  • Vitrine

    DEZEMBRO 2011 71

    toda a documentao necessria

    com antecedncia e fazer um che-

    ckup do bichinho antes da viagem.

    Em viagens de avio difcil contrair

    alguma doena, j que as empresas

    areas exigem a carteira de vacina-

    o e o atestado de sade. Porm

    nada impede que o animal manifeste

    alguma doena que estava incubada

    e, por conta do estresse do transpor-

    te, apaream os sintomas.

    COM A SADE EM DIA

    Como o prprio nome j diz, o ates-

    tado de sade uma comprovao

    de que o animal est saudvel e apto

    para viajar. A vacinao importan-

    te, pois previne contra doenas que

    podem ser fatais. Mant-la em dia,

    alm de proteger o animal, evita trans-

    tornos de ltima hora, pois muitos

    Vitrine_89.indd 71 28/11/2011 10:21:48

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201172

    pases exigem um perodo mnimo

    de vacinao de quatro meses.

    Para viagens internacionais, alm

    dos itens acima, preciso provi-

    denciar tambm o CZI (Certificado

    Zoo Sanitrio), item obrigatrio,

    emitido no prprio aeroporto. Para

    a solicitao desse documento

    necessrio apresentar o atestado

    de sade e a carteira de vacinao.

    Na bagagem do animal, s a rao

    qual ele est habituado e uma

    garrafinha com gua. Para ameni-

    zar o incmodo do calor provoca-

    do pela estao, os donos devem

    evitar viagens em horrios mais

    quentes, tosar os animais de pelo

    longo e ter gua sempre disponvel.

    J para o passeio sair perfeito, o pet

    aproveitar a viagem sem sofrimentos

    e a famlia no ter grandes preocu-

    paes, a veterinria d vrias dicas.

    Principalmente nessa poca do ano,

    em locais como praias e campos,

    que os nossos amigos ficam mais

    vulnerveis a doenas de vero.

    PREVENIR O

    MELHOR REMDIO!

    - Manter o animal vacinado, vermifu-

    gado e limpo.

    Vitrine_89.indd 72 28/11/2011 09:28:11

  • Vitrine

    DEZEMBRO 2011 73

    - Doenas como a Dirofilariose (doen-

    a do verme do corao) transmitida

    pela picada de um mosquito infec-

    tado; Erliquiose, transmitida por car-

    rapato infectado e Doena de Lyme,

    tambm transmitida pela picada

    do carrapato infectado so as mais

    comuns. Os sintomas vo desde fadi-

    ga, perda de peso, de apetite e dor nas

    articulaes at insuficincia cardaca.

    - Para prevenir que essas doenas

    acometam seu pet, assim como

    surgimento de pulgas, que muito

    frequente nesta poca do ano, so

    indicados os seguintes produtos: para

    a Dirofilariose, Revolution, Cardomec,

    Advantage, Max 3, Program Plus e

    Advocate. Para Erliquiose, Advantage

    Max 3, Coleira Prevente F, Coleira

    Defender, Ibatox, Mypet, Triatox e

    K-Othrine. Para a Doena de

    Vitrine_89.indd 73 28/11/2011 09:28:24

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201174

    Lyne, Advantage Max 3, Coleira

    Prevente F. Todos os produtos so

    de indicao preventiva.

    CUIDADOS BSICOS

    Quem vai levar seu amigo na viagem

    e no quer ter aborrecimentos ou

    preocupaes desnecessrias, tam-

    bm preciso:

    - Verificar se a carteira de vacinao

    para ele e para o dono. No o ali-

    mente em demasia antes de via-

    jar, isso evita surpresas no carro;

    deixe para dar de comer quando

    chegarem ao destino. No caso de

    pssaros mais tranquilo, e o dono

    pode manter o alimento na gaiola.

    - Excesso de temperatura pode

    ocasionar a morte do animal! Prefira

    viajar em horrios mais frescos.

    No se esquea de que ele tem

    pelos e sente mais calor do que

    ns, humanos. Se o automvel

    est em dia e carreg-la junto com ele,

    pois mesmo em viagens de carro, ela

    pode ser solicitada pela polcia rodo-

    viria. Se a viagem for longa, reco-

    mendo que as paradas sejam feitas

    a cada duas horas para que o animal

    possa descansar, dar uma esticada

    nas perninhas e fazer suas neces-

    sidades. No esquea de recolher

    tudo o que ele deixar pelo caminho!

    - Leve sempre gua fresca para dar

    ao seu bichinho. Pode ser gua de

    coco, que um timo hidratante

    Vitrine_89.indd 74 28/11/2011 09:28:39

  • Vitrine

    DEZEMBRO 2011 75

    tiver ar-condicionado, certamen-

    te a viagem ser mais confortvel.

    - Lugar de animal no banco tra-

    seiro e, de preferncia, em caixas

    apropriadas. mais seguro para ele

    e para o dono. Se o animal for gran-

    de, existem grades apropriadas para

    serem colocadas dentro do veculo.

    - Para viagens areas, so exigidos:

    carteira de vacinao e atestado de

    sade (emitidos por veterinrio) com

    validade para trs dias. Providencie

    com antecedncia a caixa de trans-

    porte e converse com o veterinrio

    sobre sedativos para serem dados

    ao animal, pois algumas empre-

    sas areas exigem o seu uso.

    - Se seu amiguinho vai ficar num hotel,

    visite alguns locais e leve seu bicho

    para conhecer. Cheque as condies

    de higiene, espao, se h veterinrio

    dando assistncia, local para brincar,

    passeios etc. Voc vai ficar longe e

    seu pet no sabe quando voc

    Vitrine_89.indd 75 28/11/2011 09:28:47

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201176

    voltar, portanto necessrio que ele

    fique num local menos estranho pos-

    svel e supervisionado por pessoas

    responsveis para evitar surpresas

    no seu retorno.

    MEU AMIGO ROEDOR

    Com a chegada do vero precisa-

    mos lembrar que a chinchila e os

    roedores, apesar de serem animais

    de resistncia fsica muito grande,

    possuem uma caracterstica pouco

    desejvel para esta poca do ano,

    que so seus longos e densos pelos

    (principalmente no caso da chinchila).

    Se verdade que ambos podem ficar

    dois ou mais dias sem beber gua,

    isto no significa que eles no se desi-

    dratem como os outros animais, prin-

    cipalmente na poca, por isso, todo

    cuidado para que nunca falte gua,

    ela primordial vida das chinchilas

    em cativeiro, pois, por sua alimen-

    tao ser composta por alimentos

    secos, torna-se imprescindvel.

    - Nos roedores, cada fio de seus

    pelos 20 vezes mais fino que o

    cabelo humano e de cada raiz saem

    de 70 a 120 fios, lembrando tambm

    que o comprimento dos pelos de

    alguns roedores pode atingir de 2,5 a

    3,5 cm. Dessa forma, devemos tomar

    alguns cuidados nesta poca do ano.

    - Assim como nunca transportar ou

    viajar com seu animal no horrio de

    pico do calor e dar gua sempre

    vontade, o dono deve buscar o local

    mais ventilado para instalar a gaio-

    la. Nos dias muito crticos de vero,

    quando quase no h ventilao,

    se for necessrio, instale um venti-

    lador no local onde se encontra o

    animal para que haja movimentao

    no ar. Evite pegar ou soltar exagera-

    damente o animal nestes perodos,

    nunca deixe-o exposto ao sol e, a

    ltima, mas no menos valiosa, dica:

    garrafas PET congeladas abaixo e ao

    lado da gaiola ajudam muito!

    SERVIO

    Mundo Zoo Rua Jos Jannarelli,

    672 Tels.: 3721-8236

    www.mundozoo.com.br

    Vitrine_89.indd 76 28/11/2011 14:51:41

  • Vitrine

    DEZEMBRO 2011 77

    Vitrine_89.indd 77 25/11/2011 21:07:49

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201178

    Bel

    eza

    de de

    ntro|||||||||||||||||||||||

    Cabelos brilhantes, unhas mais fortes, pele viosa, corpo mais sequinho e bronzeado. Os nutricosmticos atuam de forma

    benfica no nosso organismo e atenuam aqueles probleminhas que tanto nos incomodam. Complementares a outros tratamentos,

    as chamadas cpsulas da beleza cumprem o que prometem.

    para forade

    de ||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||||

    Vitrine_89.indd 78 25/11/2011 21:07:57

  • Vitrine

    DEZEMBRO 2011 79

    Vitrine_89.indd 79 25/11/2011 21:08:00

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201180

    H seis meses uso dois tipos de cpsulas: mega 3, com intuito de baixar o colesterol e dei-

    xar os nveis de triglicerdeos est-

    veis (claro que boa alimentao

    tambm ajuda!). A outra cpsu-

    la de colgeno com vitamina C. O

    intuito era de melhorar as fibras da

    pele, cabelos e unhas, mas conse-

    gui, alm destes, evitar o resfriado.

    Estou gostando bastante do resul-

    tado, bem prtico, conta a arqui-

    teta Maira Arruda.

    O envelhecimento da populao e

    a constante busca por retard-lo,

    bem-estar, cuidados com a bele-

    za, diminuio da ao de doen-

    as crnicas e degenerativas... As

    causas para uso dos nutricosmti-

    cos (ou nutracuticos) so muitas.

    Alimentos ou parte de alimentos

    que apresentam benefcios sa-

    de, incluindo preveno e/ou tra-

    tamento de doenas, eles podem

    abranger desde nutrientes isolados

    e suplementos dietticos at pro-

    dutos projetados em laboratrio,

    derivados de plantas ou alimentos

    processados. Sua legislao ain-

    da no muito bem regulamen-

    Vitrine_89.indd 80 28/11/2011 09:31:03

  • Vitrine

    DEZEMBRO 2011 81

    tada, nem sua definio, que acaba

    variando muito de pas para pas.

    Nos EUA se classificam juntamen-

    te com os suplementos vitamnicos

    e so registrados como OTC - Over

    the Counter. No Brasil, a legislao

    ainda muito confusa. O produ-

    to pode ser classificado como ali-

    mento ou remdio dependendo

    das concentraes dos ingredien-

    tes, explica Isabela Fleischfresser,

    dermatologista do Hospital Israeli-

    ta Albert Einstein. A busca por este

    tipo de produto aumentou exponen-

    cialmente e movimenta anualmente

    uma indstria de bilhes e bilhes

    em todo o mundo.

    Segundo Isabela, os nutricosmti-

    cos agem de diferentes formas no

    nosso organismo, e algumas classes

    Vitrine_89.indd 81 28/11/2011 09:31:30

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201182

    principais de objetivos podem ser

    classificadas da seguinte maneira:

    Antioxidantes como vitaminas C

    e E, licopeno, betacaroteno, resve-

    ratrol (uva), polifenis (ch verde e

    caf) agem combatendo os radi-

    cais livres, diminuem a atividade

    inflamatria e o efeito de envelheci-

    mento devido ao estresse oxidativo.

    Vitaminas (vitaminas A, C e E),

    minerais (selnio, mangans, zinco,

    etc.) e aminocidos (biotina, taurina,

    lisina, entre outros) cada um parti-

    cipa de um passo importante para

    garantir o bom funcionamento do

    organismo. Na maior parte visa a

    produo de colgeno, que fortalece

    a pele e tambm cabelos e unhas.

    Fibras ajudam no trnsito intestinal,

    diminuem a absoro de colesterol e

    previnem a absoro de substn-

    Vitrine_89.indd 82 28/11/2011 09:34:20

  • Vitrine

    DEZEMBRO 2011 83

    cias nocivas, protegendo, inclusive,

    de cncer do sistema digestivo.

    Pro-biticos regulam a flora

    intestinal, melhoram a absoro

    de nutrientes importantes e pro-

    movem ao imunomoduladora.

    cidos graxos poliinsaturados

    megas 3 e 6 efeito favorvel

    nos nveis de triglicerdeos, pres-

    so sangunea, mecanismo de coa-

    gulao e ritmo cardaco. Tambm

    promovem reduo da incidn-

    cia de aterosclerose.

    Outros hidrolisados de prote-

    nas e sacietgenos.

    Em forma de comprimidos, cpsulas,

    balas de goma, pirulitos, ps para

    misturar nos alimentos ou shakes, os

    nutricosmticos podem ser usados

    para fortalecer cabelos, unhas, esti-

    mular o colgeno, prevenir e retar-

    Vitrine_89.indd 83 28/11/2011 09:34:33

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201184

    matologista da Clnica Weiss, os

    resultados podem ser vistos, em

    mdia, de trs a seis meses

    dar o envelhecimento, reduo de

    medidas, celulite, emagrecimento,

    tratamento da dermatite seborrica,

    para estimular o bronzeado e at

    para a defesa da pele contra o sol.

    De acordo com Simone Weiss, der-

    Vitrine_89.indd 84 28/11/2011 09:34:43

  • Vitrine

    DEZEMBRO 2011 85

    de uso. Essas novas armas so

    complementos nutricionais desen-

    volvidos para prover antioxidantes,

    carotenoides, vitaminas e minerais

    essenciais ao bom funcionamento

    da beleza da pele, cabelos e unhas

    e no substituem cremes, tratamen-

    tos estticos ou dieta. Elas apenas

    somam a dieta equilibrada, os cui-

    dados com a pele no dia-a-dia e

    os tratamentos dermatolgicos.

    Entre as marcas mais conhecidas

    esto a Eximia Fortalize, Inneov e

    Oennobiol. Apesar da boa tolern-

    cia, Simone refora que o ideal

    que todo suplemento alimentar seja

    orientado ou supervisionado por

    um mdico ou nutricionista. A into-

    lerncia a algum componente pode

    causar efeitos colaterais, assim

    como a superdosagem. O fato de

    algumas cpsulas serem colori-

    das artificialmente tambm pode

    desencadear alergias em pessoas

    suscetveis. De forma geral, pode-

    mos tomar mais de um suplemen-

    to de uma mesma marca, um para

    o cabelo e outro para a pele, por

    exemplo. Porm sugiro que, nes-

    ses casos, o paciente procure seu

    mdico especialista, a fim de evitar

    que ocorra uma superdosagem.

    Pesquisa realizada pelo grupo Kline

    apontou que a movimentao no

    mercado de nutricosmticos deve

    chegar a US$ 2,5 bi lhes at

    2012. Segundo maior consumidor

    de cosmticos no mundo, Simone

    nos conta que os preos desses

    produtos, em mdia, no Brasil, so

    parecidos aos de um bom produto

    antienvelhecimento ou de um pro-

    tetor solar diferenciado.

    Vitrine_89.indd 85 28/11/2011 09:34:59

  • Vitrine

    DEZEMBRO 201186

    CARDPIO DE VERO

    Frias, lazer, viagens, agitao,

    praia, sol... Novembro! O tem-

    po passou e voc simplesmente

    esqueceu de preparar a pele para

    o bronzeado? Descascados, cor-

    tados, triturados e preparados na

    hora, frutas, legumes e verduras

    frescas (que combinam perfeita-

    mente com a estao) so timas

    opes para ajudar a pegar e man-

    ter aquela cor, alm de proteger a

    pele dos danos do sol. Quem d as

    valiosas dicas a nutricionista Clau-

    dia Szego, diretora da Prime Nutri-

    tion. So elas:

    - Vitamina A (espinafre, cenoura,

    batata-doce, couve, alface, esca-

    rola, salsa): auxilia no desenvolvi-

    mento e na manuteno da pele;

    - Vitamina C