Trabalho Em Grupo

of 20/20
ADRIANA DE ARAUJO FRANCO PADILHA ANA ELISA SANTOS NERI DE QUEIROZ CHARLENE CARDOSO CAMARGO NILZA ANTONIA DE OLIVEIRA SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO PEDAGOGIA PRODUÇÃO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO: A LINGUAGEM DO BRINCAR NA PRÁTICA EDUCATIVA
  • date post

    03-Aug-2015
  • Category

    Documents

  • view

    252
  • download

    26

Embed Size (px)

Transcript of Trabalho Em Grupo

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO PEDAGOGIA ADRIANA DE ARAUJO FRANCO PADILHA ANA ELISA SANTOS NERI DE QUEIROZ CHARLENE CARDOSO CAMARGO NILZA ANTONIA DE OLIVEIRA

PRODUO TEXTUAL INTERDISCIPLINAR EM GRUPO:A LINGUAGEM DO BRINCAR NA PRTICA EDUCATIVA

Apia 2012

ADRIANA ARAUJO FRANCO MIRANDA ANA ELISA SANTOS NERI DE QUEIROZ CHARLENE CARDOSO CAMARGO NILZA ANTONIA DE OLIVEIRA

Produo Textual Interdisciplinar em grupo do 5 Semestre apresentado a da Universidade Norte do Paran UNOPAR VIRTUAL.

Apia 2012

3

SUMRIO

1. INTRODUO ...................................................................................... 04 2. REFERENCIAL TERICO ................................................................... 05 2.1 BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAO INFANTIL ....... 05 2.2 REGISTRO REFLEXIVO DA PESQUISA DE CAMPO ....................... 06 3. CONSIDERAES FINAIS ................................................................. 09 4. ANEXO 1 .............................................................................................. 11 5. ANEXO 2 .............................................................................................. 13

4

6. INTRODUO Nos tempos atuais, as oportunidades de aprendizagem de uma criana na Educao Infantil so incontveis e cabe a ns, educadores, buscar formas de tornar essa aprendizagem cada vez mais prazerosa e gratificante. Para realizar esse fim, podemos contar com os jogos e brincadeiras e, conforme nos foi orientado para a realizao desta produo textual, descrevemos agora os passos necessrios para a realizao da mesma. Falaremos sobre a importncia do brincar na Educao Infantil, em que isso contribui para a formao do indivduo e de que forma isso acontece e tambm da pesquisa de campo efetuada com a finalidade de apresentar uma proposta de brincadeira direcionada para crianas de 4 anos. Contamos em nossa turma de Pedagogia somente com 04 alunas e portanto, teremos somente um grupo para realizar a atividade, mas a troca de experincias entre as alunas do grupo bastante enriquecedora, uma vez que todas ns temos alguma experincia na educao em reas diferentes, ento temos cada uma um ponto de vista, o que fez com que a troca fosse bastante interessante e estimulante. Para a realizao do trabalho em questo, nos dividimos em dois grupos compostos por duas alunas, onde duas visitaram a instituio para fazer a pesquisa necessria e as outras duas confeccionaram o brinquedo e desenvolveram o plano de aula para a atividade em questo. O plano de aula foi realizado junto entidade e pudemos observar at mesmo pelas fotografias em anexo, que as crianas gostaram bastante da novidade e agradeceram o presente. Consolidando nosso trabalho com Eixo integrador do semestre que : Organizao do Espao Educativo na Educao Infantil II, podemos dizer que o mesmo apresenta aspectos como planejamento, recursos, avaliao, a prtica interdisciplinar que esteve bastante presente durante todo o processo e tambm pudemos comparar a teoria aprendida at aqui com a prtica na execuo desta atividade.

5

2. REFERENCIAL TERICO Neste captulo, sero abordados os temas Brinquedos e

Brincadeiras na Educao Infantil, salientando a importncia do brincar na Educao Infantil, alm de realizar o registro da pesquisa de campo efetuada conforme as orientaes recebidas e a implementao do plano de aula proposto para a instituio de ensino. 2.1 Brinquedos e Brincadeiras na Educao Infantil A importncia da brincadeira e do ldico para o desenvolvimento infantil, para sua formao global de fundamental importncia. De acordo com a autora esse aspecto essencial para a constituio da educao infantil desde os primeiros anos de vida. A criana brinca no seu dia a dia e utiliza isso para expressar seus sentimentos, desejos e valores, portanto a brincadeira a melhor forma da criana se expressar. A criana no nasce sabendo brincar, esse mais um aprendizado que ela adquire com outras crianas e com os adultos com quem convivem. O necessrio agregar a brincadeira ao cuidado com a criana. A seleo de brinquedos e jogos tambm fundamental. A pea no pode oferecer qualquer risco sade da criana, devendo ser aprovado pelo INMETRO e adequado faixa etria que ir utiliz-lo. Ao confeccionarmos brinquedos a partir de material reciclvel, tambm temos que ter certos cuidados ao evitar deixar pontas que possam machucar, ao usar tintas e materiais qumicos que possam ser nocivos sade da criana, ao deixar partes soltas que possam ser engolidas, etc. A brincadeira deve promover a interao da criana com a professora, com os colegas, com o ambiente e com os brinquedos. Tambm possvel a interao com a famlia e com o meio em que ela vive atravs da representao ou no relato do que aconteceu na escola, pois de acordo com o referencial curricular nacional, as prticas pedaggicas devem garantir experincias diversas. Na sala de aula onde apresentamos nosso plano de aula Boliche Divertido, estudam crianas de 4 a 5 anos, idade em que elas j atingiram o auge

6

do desenvolvimento simblico, j pode seguir um roteiro para desenvolver a brincadeira. As noes de tamanho ou quantidade tambm esto presentes e podem ser mais bem trabalhadas com determinadas brincadeiras como domin, bingo, memria, entre outros. Na comunidade visitada, a explorao do mundo uma constante visto que as crianas crescem com certa liberdade, j que um bairro pequeno, distante da cidade e com muita rea verde. As crianas brincam livres, sobem em rvores, brincam na lama. muito importante na hora da brincadeira a interveno do adulto, ou seja, do professor, com a finalidade de direcionar o jogo para que se alcance o objetivo esperado para a mesma. Os registros das atividades so de suma importncia para que o processo de aprendizagem da criana possa ser mostrado e avaliado, visto que documento no s para a sala de aula, mas para a vida da criana.

2.2 Registro Reflexivo da Pesquisa de Campo A visita foi realizada em um Centro Municipal de Educao Infantil, onde funciona uma creche com crianas de 3 meses a 4 anos, Pr-Escola Fase I e II e 1 ano do Ensino Fundamental. Esse centro fica localizado em um bairro retirado da cidade e atende a uma populao muito carente. O acesso ao centro ainda de estrada de terra, mas as instalaes do local so muito boas, visto que o centro foi recm reformado e conta com mutires constantes para a realizao de pequenos reparos e pinturas em geral. Contam tambm com uma valiosa parceria com uma empresa multinacional que possui uma fbrica de cimento na cidade. Parceria essa que atravs de diversos projetos, fornece equipamentos e treinamento para professores e funcionrios de todos os centros educacionais vinculados ao municpio. Fomos muito bem recebidos pela Diretora do Centro, que nos encaminhou para a sala de aula da Pr-Escola Fase I, com alunos de 4 a 5 anos, que no momento participando de um jogo denominado Bingo do Nome, em que as crianas podiam verificar nas letras do seu nome as que iam sendo sorteadas, assim, alm de aprender as letras que compe o seu nome, tambm conseguem

7

distinguir que a mesma letra aparece no nome do amigo ou que a letra aparece mais de uma vez em seu prprio nome. Percebemos que se trabalha bastante com brincadeiras do folclore da regio, ou seja, com jogos culturais e existe a necessidade de se criar mais jogos ou brinquedos diferentes com a finalidade de estimular a criana em seu aprendizado, pois sabemos que a ateno dada por uma criana a alguma novidade muito maior. Retornamos entidade para apresentar nossa proposta, que no um jogo novo, pois ele j existe h muito tempo, mas existe uma infinidade de propostas que podem ser realizadas com o mesmo jogo. Nosso jogo se chama Boliche Divertido. Para a confeco do nosso brinquedo, trabalhamos com a reutilizao de material que normalmente iria direto para o lixo e nos preocupamos em mostrar isso para as crianas, demonstrando que nem sempre o excesso de brinquedos interessante; confeccionar nossos prprios brinquedos pode ser muito prazeroso tambm. Contamos que podem realizar essa confeco do brinquedo em conjunto com os colegas, utilizando a ajuda mtua no processo da construo. A ideia do jogo do boliche veio a partir da constatao de que na nossa regio esse esporte no muito comum e mesmo para as crianas que viajam para maiores centros, pois dificilmente tem acesso ao referido jogo. Utilizamos na confeco dos pinos de boliche as garrafas pet pintadas com restos de tinta acrlica e as bolas foram feitas com bolas de papel j utilizado anteriormente revestidos com meias velhas e depois personalizadas com retalhos. Aps a realizao da brincadeira com as crianas, entregamos para a professora um manual para a brincadeira alm claro, do brinquedo. Com esse jogo, o aluno alm de conhecer o jogo de boliche, ele pode aprender a contar e a representar os pinos numericamente, relacionar o numeral s quantidades correspondentes, esperar a sua vez, construir grficos e melhorar a sua coordenao motora. O objetivo principal da atividade levar as crianas a construrem noes de quantidade, numeral, contar, comparar quantidades. Foi construdo um cartaz identificando os participantes e o numero de rodadas do jogo, depois foi a vez de organizar as crianas democraticamente por

8

meio da brincadeira minha me mandou e par ou mpar. Da s seguir a ordem at o ltimo jogador. Todos devem observar quantos pinos cada coleguinha derrubou para ajudar na marcao do cartaz de forma coletiva. Assim as crianas tero uma viso geral de todas as jogadas. Em uma segunda aula a professora pode propor que cada criana registre os pontos feitos por ela durante o jogo com material concreto. Elas devero fazer o registro da primeira rodada, da segunda rodada e depois das duas rodadas juntas. Em outra atividade, a professora propor que as crianas faam uma comparao entre os pontos feitos por cada jogador, observando os pontos de cada jogador nas duas rodadas. As crianas devero observar a quantidade e colocar o numeral correspondente. Depois de observarem as quantidades de pontos feitos por cada jogador, as crianas podero preencher o grfico em outra folha de atividade colorindo ou colando algum objeto que represente os pontos feitos por cada um. Para a avaliao da brincadeira, necessrio observar: As crianas j conseguem quantificar os elementos? Aceitam as regras do jogo? Conseguem fazer comparaes? Relacionam quantidade ao numeral correspondente? As crianas demonstraram interesse pelo jogo e pelas atividades de registro? O jogo em questo se integra com as disciplinas do semestre em questo, pois existem diversas maneiras de explor-lo, desde a sua confeco, at ao trabalho de coordenao motora, ao reconhecimento de regras preestabelecidas, classificao e seriao. O Boliche um jogo de regra, mas um jogo cultural tambm devido poder ser considerado como uma atividade de laser e tambm como esporte de competio nacionais e internacionais e podendo ser jogado durante toda a vida.

9

CONSIDERAES FINAIS

O trabalho realizado proporcionou ao grupo, uma importante experincia junto a uma sala de aula da Educao Infantil. A pesquisa de campo mostrou a realidade de uma escola pblica de qualidade, inserida em uma comunidade carente. Foi a partir das metodologias apresentadas de forma interdisciplinar que pudemos perceber o quanto devemos valorizar e oferecer aos nossos alunos, brinquedos e brincadeiras que proporcionem oportunidades de aprendizagem. Ser professor hoje saber articular a teoria e a prtica. A teoria estamos conhecendo no curso de Pedagogia e a sala de aula um espao privilegiado para a produo do conhecimento. Enquanto brinca a criana tem a oportunidade de organizar seu mundo seguindo seus prprios passos e utilizando melhor seus recursos. Brincar uma necessidade do ser humano; quando brinca ele pode aprender de um modo mais profundo, pode flexibilizar pensamentos, pode criar e re-criar seu tempo e espao, consegue adaptar-se melhor s modificaes na vida real podendo incorporar novos conhecimentos e atitudes.

10

REFERNCIAS Disponvel em: http://www.unoparvirtual.com.br/guia_percurso/2012/guia-de-

percurso-pedagogia-licenciatura-4anos.pdf - Acessado em: 13/06/2012 Disponvel em: http://www.labrinjo.ufc.br/phocadownload/artigo_005.pdf - Acessado em: 13/06/2012 Disponvel em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?

aula=15605 - Acessado em: 13/06/2012 Disponvel em: http://www.boliche.com.br/instru1_6.htm#O JOGO - Acessado em: 13/06/2012KISHIMOTO, Tizuko Morchida - BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS NA EDUCAO

INFANTIL1 ANAIS DO I SEMINRIO NACIONAL: CURRCULO EM MOVIMENTO Perspectivas Atuais - Belo Horizonte, novembro de 2010

11

ANEXO 1. ROTEIRO DE PESQUISA DE CAMPO Nome da Instituio: CEMEIEF Prof Carolina Ferreira Lima Endereo: Estrada Apia/Iporanga, S/N, Campininha, Apia/SP

1. A Instituio de Educao Infantil conveniada:ao sistema federal ao sistema estadual

x ao sistema municipal

2. A turma escolhida para a observao Pr Fase I. 3. No momento da Visita Instituio o(a) professor(a) estava trabalhando quaiscontedos? Linguagem: leitura e escrita, utilizando o Bingo do Nome, cujo objetivo conhecer as letras que compe a escrita do seu nome atravs do jogo.

4. Pergunte ao professor(a) quais os Jogos e Brinquedos so mais trabalhados nodecorrer de sua prtica educativa. Registre os nomes desses brinquedos. So utilizados diversos jogos e brinquedos mas, com maior frequncia, surge o uso de cordas, amarelinhas, bingo, roda, entre outras.

5. Os brinquedos ou jogos oportunizados para as crianas so previamenteplanejados? Como o(a) professor(a) planeja esses momentos na rotina? Sim. Toda a aula planejada diariamente. Todas as brincadeiras ou jogos so elaborados de acordo com o planejamento do professor e sob orientao do Professor Coordenador Pedaggico nos HTPCs (Horrio de Trabalho Pedaggico Coletivo)

6. H brinquedos ou jogos oportunizados no trabalho cotidiano do(a) professor(a)que so especficos do municpio ou regio? Descreva brevemente o nome e como ele jogado.

12

Utilizamos bastante o Jogo das Cores, em que sentados em crculos, os alunos devem aguardar a indicao do professor. Ao indicar uma cor, exemplo: VERDE, todos devem sair correndo e tocar algum objeto da cor indicada.

7. Como a recepo dos jogos ou brincadeiras oportunizadas pelo(a) professor(a)junto s crianas? H o resgate das brincadeiras e jogos culturais, folclricos e culturais especficos da cultura regional do municpio ou regio? Relate como isso feito. As crianas adoram jogos ou brincadeiras e sempre estamos resgatando algumas como amarelinha, roda, brincadeiras de corda.

A equipe de docentes da Universidade Norte do Paran agradece a colaborao, bem como os dados colhidos nessa pesquisa de campo. Com toda a certeza, os dados contribuiro significativamente para a formao inicial dos acadmicos e a luta pela a Educao Infantil de qualidade. Atenciosamente, Docentes e discentes do 5 Semestre do Curso de Pedagogia da Unopar Virtual.

13

2. FOTOS DA VISITA AO CENTRO DE EDUCAO INFANTIL

14