Sabadao 61

Click here to load reader

  • date post

    18-Feb-2016
  • Category

    Documents

  • view

    219
  • download

    1

Embed Size (px)

description

Jornal semanal com distribuição gratuita

Transcript of Sabadao 61

  • 19 DE ABRIL DE 2014 - EDIO N 61 - ANO 2 - LENIS PAULISTA - CIRCULAO REGIONAL Mxima: 31CMinina: 20C

    Mxima: 31CMinina: 20C

    HOJE AMANH

    Fonte: Climatempo

    Man Frias recebeu 1 veculo por ms degoverno em Borebi; foram 13 at agora

    A Justia de Lenis Pau-lista julgou improcedente a ao que tramitava no F-rum local, desde 2006, ques-tionando a contratao da empresa Futurekids do Bra-sil Servios e Comrcio pela prefeitura municipal para a implantao de sistemas de informtica educativa. A deciso do juiz de Direito da 2 Vara Mrio Ramos dos Santos de novembro do ano passado e considerou que no houve, por parte da municipalidade e demais requeridos, a prtica de quaisquer das ilegalidades apontadas na ao.

    A sentena agora segue para a Cmara de Direito Pblico do Tribunal de Jus-tia do Estado de So Paulo que, durante o julgamento do recurso de ofcio poder reformar ou manter a sen-tena do juiz da Comarca de Lenis. O contrato inicial era de pouco mais de R$ 486 mil, pelo prazo de 12 meses, podendo ser prorrogado, o que ocorreu em 2005, com vigncia at 2006, no valor acrescido de R$ 944.478,00, chegando a mais de R$ 2 milhes, segundo autos do processo.Pgina 5

    As trs mdicas cubanas, que fazem parte do programa Mais Mdicos do Governo Fe-deral e iro trabalhar na rede bsica de Sade de Lenis Paulista chegaram cidade esta semana e devem passar a atuar em cerca de 20 dias, pra-zo para que seja liberado seu registro profissional especfico pelo Ministrio da Sade.

    Arelis Del Carmem Urbano, de 46 anos, Carmem Rosa Gar-cia Ballester, de 28, e Deilys Cardenas Lugones, de 27 anos, iro atuar nas unidades de ESF do Ncleo, Monte Azul e em Alfredo Guedes. Com pouca dificuldade no idioma, as trs mdicas disseram ter boas expectativas para sua estadia, sem maiores dificuldades para sua adaptao, e garantiram ter tido uma boa impresso da

    cidade. o Ministrio que de-fine as regies e cidades onde os mdicos iro atuar.

    Com o reforo das mdicas, a cobertura da rede de Estra-tgia da Famlia deve chegar a 65% do municpio, j que a Sade ter 90 dias a partir de agora para adequar as atuais unidades, segundo o diretor Mrcio Santarm.

    As profissionais so forma-das em clnica geral, j que a estratgia de preveno e promoo de sade em Cuba modelo mundial. Renato Ba-cini, que ser responsvel pelo programa em Lenis, explicou que pelo Mais Mdicos as pro-fissionais podem atuar por trs anos no Brasil. As adequaes posteriores do programa ainda no foram divulgadas pelo Mi-nistrio da Sade.

    Dois assuntos renderam debates longos na sesso do Legislativo de Lenis Pau-lista, na segunda-feira, dia 14, a votao em regime de urgncia do Plano de Amor-tizao do IPREM e o projeto de pagamento da reviso dos salrios dos servidores mu-nicipais. Mas, os vereadores

    tambm aprovaram outros dois projetos em regime de urgncia e quatro em segunda e ltima votao. O primeiro debate longo entre os ve-readores foi motivado pelo pedido de votao em regime de urgncia do projeto que trata da mudana de repasse ao Iprem. Pgina 3

    Servidores recebero reajuste em parcelas

    Homem roubano centro, preso e solto em 30 min.

    Um homem de 40 anos foi preso em flagrante, depois de furtar uma loja de roupas no centro de Lenis Paulista, na tera-feira, dia 15. Se-gundo a Polcia Militar, por volta das 10h, a loja havia acabado de abrir, quando o homem entrou rapidamente e pegou cinco peas que estavam em uma bancada prxima porta Pgina 4

    Nardeli criticaatendimentooftalmolgico

    Durante seu discurso na sesso de segunda-feira, dia 14, do Legislativo, o verea-dor Nardeli da Silva voltou a criticar as mudanas feitas no atendimento oftalmolgico, pela rede bsica de Sade, especialmente quanto s ci-rurgias de catarata. Pgina 3

    APAE lana campanha dedoao hoje

    A APAE lana neste fim de semana a campanha de cons-cientizao sobre o trabalho desenvolvido pela entidade h 40 anos em Lenis Paulista, que inclui uma campanha de doao em parceria com o SAAE (Servio Autnomo de gua e Esgoto). Pgina 6

    Depois de sete anos, caso Futurekids julgado improcedente e vai para TJ

    Billy

    Mao

    MatrizRua Anita Garibaldi, 650

    Centro - Lenis Paulista/SP(14) 3264-3340

    3263-3985

    FilialAv. Pe. Saltio R. Machado, 563

    Centro - Ao lado do Frum(14) 3263-8248

    Que este seja o verdadeiro sentido da Pscoa: Ressuscitar nossas maiores virtudes para que possamos semear Amor, Paz e Fraternidade.

    Que este seja o verdadeiro sentido da Pscoa: Ressuscitar nossas maiores virtudes para que possamos semear Amor, Paz e Fraternidade.

    Feliz Pscoa!Feliz Pscoa!Feliz Pscoa!

    O prefeito de Borebi, Ma-noel Frias Filho (PR), o Man Frias (foto), est batendo recor-de de recebimento de veculo para o municpio. Os veculos esto no ptio para comprovar. Pelas contas, foram 13 at o momento, entre nibus, Van, caminho e ambulncia. Na tera-feira, dia 22 de abril, Man recebe mais uma am-bulncia das mos do gover-nador, durante inaugurao de hospital em Botucatu. Para o prefeito, que tem sofrido forte ataque da base oposicionista a seu governo, ele est apenas fazendo seu trabalho de buscar melhorias para os moradores e

    para a cidade, mas comemora a renovao da frota municipal em apenas 15 meses de man-dato. Fico feliz porque estou fazendo meu trabalho de forma clara e honesta, totalmente transparente. Marcamos uma nova era da gesto pblica em Borebi, onde tratamos o bem comum com respeito. Mesmo em momentos que tentam denegrir nossa imagem, espa-lhando boatos e inverdades, ficamos firmes no propsito de propagar o desenvolvimento, mostrando que somos capazes de fazer muito mais pela ci-dade, disse o prefeito. Mais Borebi na Pgina 5

    Mdicas cubanas devem atuar em 20 dias na cidade

    BRINCADEIRA DE CRIANA?

    E DA? - Madeira utilizada em construes do Jardim Nelli foram usadas para fazer uma casinha na rvo-re. Para alguns moradores, o ato no passa de brincadeira de criana, para outros, foi a forma encontrada por usurios de drogas que ficam na praa Helco Carani no perodo da noite. Reclamao dos moradores com a falta de ateno para a praa. A falta de manuteno do playground, da quadra, a reposio de

    lixeiras e o consumo deliberado de drogas espanta quem utilizava o local para caminhadas. Veja matria completa na Pgina 6

  • FALE CONOSCO

    CNPJ: 14.647.331./0001-22 IE: 416.050.229.111

    Jornalista Responsvel: Tnia Morbi - Mtb: 52.193Redao e administrao Lenis Paulista

    Av. Jos Antonio Lorenzetti, 537Telefone (14) [email protected]

    CONTATO COMERCIAL: (14) [email protected]

    Sugesto de Pautas: (14) 3263-1740

    Registrado no Cartrio de Registros de Pessoas Jurdicasde Lenis Paulista sob nmero 008 - Folha 15 - Livro B1

    TODOS OS ARTIGOS SO DE RESPONSABILIDADEDE SEUS AUTORES

    Tiragem: 3.000 exemplaresCaderno DeCasaEmCasa: 20.000 exemplaresLenis Paulista - Borebi - Agudos - Macatuba

    EDITORIAL

    Fim do proble-ma, comeo da soluo

    adriana gomes

    tadeu morais

    Receita para comear um novo negcio

    Sabado online: issuu.com/billymao/docs/

    Reflexo

    BUDA

    OPINIO2LENIS PAULISTA, 19 DE ABRIL DE 2014

    Fogo amigo

    Fazer o bem mais que apenas esperar eleogiosBilly mao

    Uma observao nesta semana sobre um ato de um funcionrio de uma rede se supermercados de Lenis Paulista causou vrios comentrios na rede face-book. A forma generosa com que o fun-cionrio atendeu um cliente me chamou a ateno. No porque eu no d ateno para aes boas ou gentis, mas pelo fato do contexto da cena ter mais que dois elementos. Eram 18h30 da noite de tera--feira. Encostei meu carro em frente ao mercado. Enquanto aguardava, a chuva que caia desde o incio da tarde daquele dia persistia e, apesar de ser fraca, estava molhando muito. Nesse momento percebi que vrios funcionrios (quatro no total)conversavam em um rpido encontro, logo na entrada do estabelecimento. Enquanto isso um senhor aparentando uns cinquenta e poucos anos chegava ao estabelecimento com sua bicicleta. Estava com capa de chuva, mas mesmo assim, completamente encharcado.

    A figura daquele senhor me chamou

    a ateno enquanto estacionava sua bi-cicleta, com um misto de dificuldade e pacincia. Ele retirou uma caixinha de leite de uma caixa maior. A caixinha j estava aberta e ele carregava com cuida-do. Dirigiu-se at a porta do mercado e ficou observando os quatro, sem saber se perguntava algo da porta ou entrava no estabelecimento. Titubeou um pouco e deu um pao a dentro. Neste momento, um dos rapazes que estava na conversa percebeu a presena daquele senhor e foi ao seu encontro. De forma gentil e demonstran-do que estava ali para ajudar, atendeu o senhor e fez os procedimentos que em qualquer situao, todos deveriam fazer.

    Do meu carro, apenas observava a cena, eu no era coadjuvante e no fazia parte da ao. Era o espectador. Fiz questo de postar (e agora escrever) o que eu vi na-quele incio de noite chuvosa pelo simples fato de que aes como a que presenciei se tornem uma constante. Normalmente, reagimos da mesma forma com que somos

    abordados. Se com violncia e estupidez, retribumos da mesma forma. Se com carinho e gentileza, tambm.

    Pode parecer piegas exaltar uma quali-dade que deveria ser regra e no exceo, mas, no poderia deixar de relatar algo de bom. Algo de bom que eu tenho, e que tenho certeza, todos tm. No penso que como jornalista tenho que disseminar apenas o que nos aflige, perturba ou nos corri. Cabe mostrar tambm o que existe de bom, mesmo que sejam pequenos atos como o praticado pelo rapaz que nem de longe deveria ter imaginado que seu atos seriam mostratom por tanta gente.

    Todos ns temos falhas, virtudes e mui-to mais. Praticar aquilo que faz bem para nosso prximo, faz bem para ns mesmos e para quem nos cerca. Atitudes simples como respeito com as outras pessoas, aten-o com idosos e cuidado com